História Please don't go(Errink) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Papyrus, Sans
Tags Dustberry, Errink, Horrorkiller, Shipis
Visualizações 44
Palavras 525
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Parque e parquinho (Part 2)


Fanfic / Fanfiction Please don't go(Errink) - Capítulo 4 - Parque e parquinho (Part 2)

On ink

Bem, depois daquele meu showzinho, nois decidimos nos dividir. Bluberry ficou com Dust, Horror ficou na quela barraquinha de tiros, eu e Error ficamos juntos andando pelo parque, e Dream ficou sozinho, que pena.

A gente decidiu ir a montanha russa, eu fiquei com medo, mas eu acho que ele tava com muita determinação ( XD ).

- Vamos Ink, para de ser medroso - Falou ele puxando meu braço

- Não! Nem pensar que vou entrar nisso aí!!! - Falei gritando

- Ink!! Por favor!! - Falou ele olhando para mim sem paciência

- Não! Não! Não - Falei ainda com medo

Ele me pegou no colo

- Agora vamos entrar na quela merda! - Falou ele com um sorriso

"Jesus, eu vou morrer!" Pensei. Depois de 1 segundo, foi que percebi "Ele me pegou no colo?"

Senhor!!

- Ink…. você tá bem? - Falou ele sentado na poltrona da montanha russa, olhando para mim.

Eu estava com olhos de coração e nem prestando atenção, até o brinquedo ligar. Quando eu percebi, estava de cabeça para baixo.

- ERROR! ME TIRA DAQUI!!! - Gritei com muito, mas muito medo

- Agora não dá! - Falou ele levantando os braços e ainda no brinquedo.

Com Bluberry e Dust (On Bluberry)

Eu e Dust estávamos andando pelo parque, na esperança de achar um brinquedo legal. Eu já estava entediado, até que vi uma máquina de algodão doce.

- Dust! Dust! Dust! - Falei olhando para ele com olhos de estrela

- Fala - Falou ele sorrindo

- podemos comprar algodão doce? - Perguntei, torcendo para que ele dissesse, sim.

- Tudo bem… - Falou ele revirando os olhos - Quantos você quer? - ele perguntou

- Eu quero 10! - Falei normal

- 10? - Estranhou ele

- 10! - Fiz uma expressão fofa

- Ok, 10 - Falou ele indo comigo até a máquina.

12 minutos depois

- DOCE!! - Falei correndo para todos os lugares do parque

- Bluberry!!! - Gritava Dust correndo atrás de mim

Com Horror e Killer ( On Horror )

Eu estava na quela barraquinha de tiro, Killer estava me emcinando a mirar. Eu estava aprendendo muito bem, ele disse que eu não tinha dificuldade, e também que eu aprendia rápido. Eu fiquei com feliz com isso.

- Ok, agora, você tem que puxar o gatilho e pronto - Falou ele como se fosse fácil

- Ok, vou tentar - Falei mirando e atirando. Eu cai não chão, ele não me falou que era tão forte.

- Você tá bem?! - Perguntou ele me ajudando a levantar preocupado

Nossa….ele parece um anjo.

Com Dream

Eu estava sozinho, eu estava muito entediado, eu prefiro ficar com meus amigos, mas eles tiveram a ideia de se separar, parece até escubidu XD.

Eu tava andando, aí derrepente, eu esbarrei com um garoto. Eu cai no chão e ele ficou me olhando com raiva

- Você não olha por onde anda , não? - Perguntou ele cruzando os braços

- Eu olho sim, para isso que serve os olhos - Falei com um sorriso fofo

- Rrrr - Falou o garoto levantando a franja zangado.

- Qual e seu nome - Falei me levantando

- Meu nome e Nightmare - Falou ele olhando para o lado

- Prazer, meu nome e Dream - Falei esticando a mão


Notas Finais


Antes que vocês me crussifiquem, vai ter SIM NightDream. Obrigada, Tchau, amo vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...