História Please don't go(Errink) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Papyrus, Sans
Tags Dustberry, Errink, Horrorkiller, Shipis
Visualizações 81
Palavras 919
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - O parque e o parquinho ( Part 3 )


Fanfic / Fanfiction Please don't go(Errink) - Capítulo 5 - O parque e o parquinho ( Part 3 )

On Error 

Eu e Ink saímos da montanha russa e foi muito foda, quando eu olhei para o lado eu vi Ink vomitando.

- Você tá bem Ink? - Perguntei preocupado

- me tira dessa merda agora!! - Falou ele gritando

Eu peguei ele no colo e levei para o medico do parque

| • | Chegando lá | • | 

- Ele tá bem - Perguntei olhando para o medico

- Sim, ele tá bem, só fui um pequeno enjôo e tontura - Falou ele ajeitando os aculos.

Depois disso, eu e Ink saímos do médico e fomos procurar mas coisas legais.

- Olha Ink! A montanha russa da morte! - Falei apontando para um brinquedo super foda

- Não, sem mais ação - Falou ele abraçando meu braço e olhando para mim - Talvez, um brinquedo mas calmo - Falou ele

- Como por exemplo? - Perguntei

- O tunio do amor - Falou ele sorrindo

- Ok, tudo bem - Falei normal

Chegamos no brinquedo, abri a portinha para Ink entrar primeiro, e eu depois. A gente estava navegando naquele pequeno tunio, tava chato, até que apareceu a linda lua no céu.

- A lua não e bonita, Error? - Perguntou ele olhando para ela

- Sim, ela e maravilhosa! - Falei pensativo, olhando para ela também.

- Sabe, eu toda noite quando eu olho para a Lua, tenho uma mania super estranha de olhar para o céu, e dizer uma palavra. - Falou ele com um sorriso

- Eu Também, achava que era só eu - Falei contente olhando para ele

- Espera, você também, nossa, que estranho, pensava que era só eu - Falou ele se virando e olhando para mim - qual e sua palavra expecial? - Perguntou ele

- "Por favor, não se vá" - Falei pegando a mão dele

- A minha também e essa! Por que será? Bem….Toda noite quando eu durmo, tenho um sonho com um garotinho falando que jurava alguma coisa - Falou ele olhando para baixo meio triste

- Eu também! - Falei chamando sua atenção, oque fez ele bem feliz - Que jurava alguma coisa pela alma, não e? - Completei

- Sim! Só que eu não sei oque e - Falou ele olhando para mim, fazendo uma lágrima descer de seus lindos olhos

- Por que você está chorando? - Perguntei olhando para aqueles lindos olhos

- N-nada, E-eu fico assim q-quando lembro dessas coisas - Falou ele pegando minha mão, também e ficando de frente para mim.

- Own, não fica assim - Falei limpando a lágrima dele

- Tá bem, ok. - Falou ele dando um sorriso e me abraçando

Com Dust e Bluberry ( On Dust )

Depois de finalmente consegui pegar o Blu, ele já estava muito cansado, queria levar ele para casa, mas não sabia a onde ele morava.

- Dust, eu tô com sono - Falou Bluberry de um jeito manhoso, fazendo eu ficar com vergonha.

- Temos que falar isso com Dream ou com Ink, mas no momento não sei a onde eles estão - Falei com um pouco de pena dele. Até que lembrei de um lugar do parque que poderíamos descansar.

- Eu tenho uma idéia, vem - falei puxando a mão dele

| • | Chegando lá | • |

Era uma pilha de sofás que tinha atrás do parque, eu não sei por que tinha isso lá, só sei que era estranho. Deixei Bluberry deitado e foi embora, mas no meu primeiro passo, ele pegou minha mão, eu olhei para ele.

- Fica comigo ~~ - falou ele muito fofo

Puta que pariu, ele que me matar, não quer? Ele e fofo demais! Ok, ok, respira.

Eu deitei junto com ele, ele ficou dormindo no meu peito como uma criança, ele e tão fofo e inocente, só que ele fazia uns barulhos estranhos, até falando meu nome. Em quando ele dormia, ele me abraçava mas forte, mas nem tão forte.

- Que fofo…Dorme bem - falei fechando os olhos e dormindo em seguida.

Com Horror e Killer ( On Killer )

Nossa, eu sou muito burro! Devia ter falado que a arma era muito forte!

Ajudei ele a levantar e ele ficou olhando estranho para mim.

- você está bem? - Perguntei preocupado

- Tô mas que bem com você qui - falou ele dengoso

- Hehe, obrigada, ninguém nunca me falou que a minha presença era algo bom - Falei corado olhando para ele

Ele colocou as duas mãos no rosto não sei por que.

- Quer uma pipoca? - Perguntei com um sorriso

- Sim! - falou ele sorrindo

Com Dream e Nightmare ( On Nightmare )

Rrr

Depois que eu esbarrei com esse garoto, ele não me deixou em paz, ele me dava raiva, que chato. Bem, mas e a vida. Eu comprei um Yellow Sky (Uma marca de sorvete amarelo) e parece que ele ficou estranho, mas que garoto esquisito.

Eu andei quase o parque inteiro, e eu nem consegui despista-lo, mas que coisa chata. Até que teve uma hora que eu me estressei

- OQUE VOCÊ QUERER?! SAI DE PERTO!!! - Falei bem alto

- Me diga o porque - Falou ele

Bem, esse garoto e bastante esperto, na verdade, com ele do meu lado não tava mas chato.

- Verdade, foi mal, sai do controle

- Não tem problema - Falou ele com um sorriso

- Quer da uma voutando fora do parque? - Perguntei olhando para ele

- Ok! - falou ele contente

- Ah! Já que puxamos assunto, por que quando eu comprei aquele sorvete, você ficou nervoso - Ele apenas não respondeu, só virou a cabeça para o lado, um pouco ruborizado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...