História Please Me - Shawn Mendes - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Camila Cabello, Hayes Grier, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Baby, Daddy, Fuck Me, Hot, Mendes, Papai, Papi, Pegação, Sex, Shawn, Shawn Mendes
Visualizações 27
Palavras 852
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meros mortais!

Tudo bom com vcs?

Ent... Aq está meu livro hehehe, espero q gostem:)

Bjs bjs

Capítulo 1 - Hey papi...


P.O.V Shawn

Mais uma noite comum de viagem, eu, Aaron, Cameron e Taylor estávamos em um barzinho qualquer em Toronto.

Estavamos todos sentados em uma mesa perto da porta de entrada quando escuto o som do sininho que dizia que a mesma estava sendo aberta.

Viro meu olhar para a porta e vejo um grupo de garotas entrar; ambas tinham traços bem... Diferentes, digamos assim, não pareciam ser canadenses.

Uma das garotas levou seu olhar até nossa mesa. Nossos olhares de cruzaram. Seus olhos verdes e fundos me deixaram intrigado, já tenho minha presa da noite. A mesma estava com um pirulito em sua boca com um glos rosa, isso a dava um ar mais... Sexy, confesso.

O grupo de amigas da garota bonitinha seguem caminho até a pista de dança, me levanto e viro meu olhar para a garota bonita que agora estava se remexendo ao som de alguma música do SoMo.

- Vai onde Mendes? - pergunta Aaron dando um gole em sua cerveja.

- Curtir um pouco dessa balada chata. 

Me dirigi  até a pista e me aproximou da garota de olhos verdes.

- Me concederia esta dança? - brinco.

- Claro. - diz com tom debochada olhando para suas amigas.

Vamos até a pista de dança. Ela se aproxima de meu corpo. Levo minhas mãos até sua cintura e a mesma leva suas mãos até meu pescoço.

Corpos colados, música alta.

- Eu... Estava percebendo que... Você estava me olhando bastante, quando você entrou... O que acha de irmos para minha casa... Quero descobrir qual a cor da calcinha que você está usando... - digo a girando e fazendo a mesma cair ds costas em meus braços.

- Primeiro... - diz e eu a puxo mais para perto de meu peito. - Eu nem sei seu nome... E segundo... - diz chegando perto de meu ouvido. - Quem disse que eu estava de calcinha? - sussurra em meu ouvido deixando um beijo em meu pescoço em seguida.

- Boa garota. - digo dando um tapa em sua nádega direita. - Meu nome é Shawn... E o seu princesa? - digo em seu ouvido.

- Ninna. 

- Agora podemos sair dessa festa chata? - digo levando minha mão até sua bunda.

- Desculpe papi... Minha noite acabou de começar... - diz saindo dos meus braços e indo em direção a mesa das suas amigas.

P.O.V Ninna...

- O cara gato e gostoso da outra mesa não tira os olhos de você. - diz Dily dando um gole em sua cerveja.

- Quem? - digo olhando para a mesa de Shawn.

- Quem mais seria? - diz Sarah vendo Shawn sorrir para nossa mesa.

- O amigo dele é lindo... Vou chamar ele pra dançar. - Diz Dily olhando para o garoto mais baixinho.

- Ele me chamou pra transar... O Shawn. - digo.

- Gente! E o que você falou? - Diz Sarah.

- Falei que minha noite ainda não tinha acabado. 

Sarah se engasga com sua vodka.

- Tá doida garota? - grita pegando ar. - Você vai  voltar naquela mesa e vai chamar o gostosão pro figt! - diz.

-  Será que eu chamo ele? O que eu digo? 

- Seja natural... Não o seu natural... Um natural descente. Mas... Seja indecente... Seja igual a Dily. - Sarah fala recebendo um tapa na cabeça de Dily em seguida.

- Ele já deve estar durão. Louco por você Ninna. É só chegar na mesa. - diz Dily.

- Dily! - a repreendo. - Tá... Vou lá... Me desejem boa sorte. - digo.

- Espero que ele seja bom de cama.

- Não esqueça da camisinha! 

Me aproximo de sua mesa e ele me olha de um jeito inocente.

- Shawn... O que acha de me levar pra casa? - digo e vejo um enorme sorriso malicioso se formar em seu rosto.

- Garotos... Preciso levar a dama para casa. - diz dando um apertão em minha  bunda.

- Não esqueça da camisinha Mendes. - diz o rapaz da direita, o que era bem parecido com o Shawn.

- Preciso pegar minha bolsa. - digo em seu ouvido.

Vamos andando até a mesa onde estavam as garotas.

- Meninas, Shawn, Shawn... Dily e Sarah.

- Satisfação, porque prazer só na cama. - Diz Sarah apertando a mão de Shawn que deu um sorriso de lado.

- Espero que coma ela direito. - diz Dily apertando sua mão.

- E como vou... - diz Shawn me olhando com um sorriso sacana em seus lábios.

- Vamos. - digo pegando minha bolsa.

Ele me leva até seu carro, entramos e colocamos os cintos. Shawn dá a partida e começa a tirar o carro do estacionamento.

- Onde vamos? Sua casa ou a minha? - pergunto.

- A minha. Não sei onde a sua fica.

Apenas assinti e liguei o rádio do carro.

- Tem alguma música para colocar? - pegunto.

Ele simplesmente aponta para o porta luvas. Abro o mesmo e escolho um de seus CDs.

Alguns minutos depois Shawn para seu carro na garagem de sua casa.




Notas Finais


Continua...

Tan tan taaaaaan hehehe...

Espero que estejam gostando:v

Bjs da sua iludida🙂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...