História Plié, chassé and jeté - sekaifem! - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Kai, Personagens Originais, Sehun
Tags Ballet, Dança, Exo, Fem, Kai, Kpop, Ohsehun, Sekai, Sekaifem, Yuri
Visualizações 14
Palavras 1.017
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: FemmeSlash, Orange, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - 1


Sehun movia seu corpo com entusiasmo com a música tocada em seus fones enquanto caminhava até a sala de ensaio da namorada, todas as quartas ela vinha junto de Jongin até a academia pois fazia aula de boxe, a qual sempre terminava mais cedo que a aula de balé de Jongin, então aproveitava para assistir os ensaios.

  Namoravam a mais de dois anos e Sehun amava ver a namorada ensaiar, principalmente quando se apresentava nos palcos, era como se ela encontra-se seu ponto de paz toda vez que via Jongin apresentar mais uma de suas danças fascinantes.

  Em frente a sala de ensaio da namorada, Sehun espiou pelo pequeno vidro na porta vendo que Jongin ainda não estava dançando, guardou os fones junto com o celular no bolso de seu moletom e entrou na sala tentando não chamar atenção e atrapalhar o ensaio, foi até o canto da sala e sentou-se frente ao espelho que cobria toda a parede do lugar. Jongin estava atenta a dança da colega e não pareceu perceber que Sehun já se encontrava ali, seu olhar era sério e absorvia todos os movimentos que a outra fazia.

  Ela era uma das melhores bailarinas da academia, ja havia ganhado muitas competições de dança em importantes academias da Coreia, todos na academia em que dança a conhecem e admiram seu trabalho inclusive Sehun, filha da professora de dança de Jongin. Sehun não gostava de balé, a mãe tentara levar a filha desde pequena para a dança mas de nada adiantava. Até que um dia Sehun estava na academia de entrou na sala na qual Jongin estava ensaiando, ficou admirada com a perfeição da menina e passou a vir todos os dias com a mãe. Observava Jongin dançando de longe, pois era tímida para conversar com a mesma, um dia Jongin percebeu que Sehun sempre estava lá, mas não sabia quem era a garota então perguntou a sua professora, quando a mãe de Jongin lhe disse que era sua filha resolveu logo apresentar lhe, sabia que a filha gostava de meninas e sempre apoiou, e apoiou ainda mais um relacionamento com uma das suas melhores alunas.

  - Kim Jongin.

  A voz de minha mãe faz se ouvir tirando me dê meus pensamentos. Era a vez de Jongin dançar. Ela levanta se prontamente com um sorriso no rosto, minha menina tem paixão pela dança, as vezes digo a ela que prefere dançar a estar comigo, ela ri, aquele riso maravilhoso que me faz lembrar o por quê de a amar tanto. Suitcase da Sia começa a tocar pelo aparelho de som que há na sala  e Jongin caminha até o centro, seus passos são leves e delicados, cada movimento lento que faz com o corpo e os braços a cima da cabeça me apaixona, Jongin deixa se levar pelo ritmo da música,  dançando agora com os olhos fechados me faz perceber o quão boa é. Seu cabelo antes preso em um coque agora cai em pequenos cachos por seus ombros enquanto a mesma faz alguns giros, a música termina pois são apenas alguns minutos que cada aluna tem para se apresentar, Jongin curva-se frente as colegas e a professora e quando ergue a cabeça me olha por rápidos segundos e solta um leve sorriso, caminha até mim se sentando ao meu lado, olho para ela e sorrio.

  - Oi. - digo e selo nossos lábios rapidamente. Sorrio e encosto o corpo na parede fazendo sinal para minha menina deitar- se sobre meu braço.

  - Pensei que já estivesse ido embora.-  diz pegando minha mão e entrelaçando à sua.

  - Você sabe como amo te ver ensaiar.

Jongin solta um pequeno riso e se aproxima de meu ouvido.

  - Já esta quase terminando, podemos ficar aqui depois das aulas e eu posso dançar para você.- me olha e volta a deitar- se sobre mim.

Faço sinal com a cabeça concordando com a ideia e deixo um beijo em seu cabelo.

    A ultima aluna termina sua apresentação e as meninas começaram a sair da sala, pego Jongin pela mão e levanto indo em direção de minha mãe. A mesma abre um grande sorriso quando me vê.

  - Que saudades que eu estava de você meu docinho. - mamãe diz apertando minha bochecha, ouço o riso de Jongin ao meu lado e faço uma carranca, sempre odiei esse apelido.

  Não via mamãe a bastante tempo, ja que agora eu e Jongin resolvemos morar juntas em outro bairro, viemos para cá somente quando ambas temos aulas na academia.

  - Não me chame assim na frente de todo mundo.- digo sentindo minhas bochechas ruborizarem e solto um riso fazendo mamãe rir. - Também estava com saudades.

 

  - Ela pede por você toda noite.- Jongin  diz a minha mãe e as duas riem. Reviro os olhos e pego na mão de minha mãe.

  - Podemos ficar aqui até mais tarde?, Jongin quer aproveitar que estamos aqui para treinar mais um pouco.

  - Claro que sim meninas, mas devem me prometer vir mais vezes para cá me visitar, precisamos conversar.- mamãe diz e sorri.

  - Certo, vamos tentar vir.- rio e a abraço.

  -Tenho que ir meninas, ainda tenho muito trabalho para fazer.- mamãe diz e abraça Jongin e entrega a chave da sala para a mesma. - Podem deixar a chave com o porteiro que fica na recepção, ok, aproveitem.- abre um sorriso e sai da sala deixando eu e Jongin sozinhas.

  Caminho até a porta trancando- a e deixo a chave em cima de uma pequena mesa no canto da sala, Jongin pega uma cadeira e a leva até o centro fazendo sinal para eu sentar, arqueio a sobrancelha e a olho.

  - O que você vai fazer?- pergunto enquanto sento na cadeira.

  - Pare de ser curiosa. - diz tirando o casaco ficando apenas com seu maiô verde água que usa para ensaiar, se olha no espelho e ajeita seu cabelo atrás da orelha, ela sabe que eu amo quando faz isso, a deixa tão adorável e me excita ao mesmo tempo, eu a amo tanto. - Eu tenho uma surpresa para você.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...