1. Spirit Fanfics >
  2. Pó de Estrela >
  3. Two

História Pó de Estrela - Capítulo 2


Escrita por: plsjessie

Capítulo 2 - Two


– Eu não acredito que Eunwoo está de volta. – Jinwoo dizia lentamente do outro lado da linha. Moonbin estava trancado no banheiro do quarto, quase como se tivesse visto um fantasma e tentasse se proteger dele.

Engasgou antes de responder Eunwoo então simplesmente correu para o único lugar que estaria a salvo do olhar cheio de estrelas do garoto.

– Como isso aconteceu? – Moonbin perguntou, mais para si mesmo do que para o outro.

– Bom, provavelmente os pais dele simplesmente quiseram voltar. Ou o garoto prodígio foi muito insistente e quis ver você de novo. – respondeu fazendo com que Moonbin sentisse as bochechas corarem ao ouvir a segunda opção.

– Cala a boca. – murmurou se mexendo desconfortável. O piso frio começava a incomodar sua pele quase totalmente exposta. – Não lembra quando ele foi embora?

– Lembro que aquela garota que não gostava de você disse que beijou ele. E daí? Não significa que era verdade. – Moonbin tinha certeza que o outro revirava os olhos. – Eu realmente quero te ajudar, Moonbin, mas se for pra você ficar se lamentando, eu prefiro dormir. Nós temos aula amanhã, sabia?

– Eu sei, mas como eu...

– Finja que Eunwoo é um bicho-papão e se esconda debaixo das cobertas até amanhã de manhã. – respondeu à pergunta incompleta. – Agora, eu realmente preciso dormir. Boa noite.

– Até amanhã. – murmurou antes da linha ficar muda.

Moonbin encarou o azulejo por longos minutos, sua mente sendo preenchida por tardes doces de sua infância quando ainda corria pra lá e pra cá com uma versão mais fofa de Eunwoo.

Sorriu para a parede antes de notar o que estava fazendo.

Ele não podia se deixar levar, sabia que não.

Levantou-se vagarosamente, olhando o relógio de seu celular marcando meia-noite e dezessete antes de desligar a luz do banheiro para que, por fim, pudesse seguir o conselho de Jinwoo e agir infantilmente, se protegendo debaixo das cobertas. Mas algo o impediu de ir até a cama e fugir de seu fantasma particular. Sentiu um papel esmagando sobre seu pé esquerdo assim que saiu do banheiro e o pegou sem pestanejar.

Era um pequeno avião. Como os que ele e o garoto da casa ao lado trocavam antes dele ir. Aquele simples pedaço de papel dobrado fez Moonbin estremecer.

Algo dentro de si ainda tentava o convencer de que Eunwoo era só uma alucinação linda demais para ser real. Mas aquilo provava que a voz estava errada.

Desfez as dobras do papel, a respiração descompassada por motivos que ele mesmo desconhecia. Iluminou o papel com a luz do celular, e as letras certinhas do outro pareciam perfeitas, fazendo-o praguejar. Tudo em Eunwoo parecia perfeito e aquilo não deveria acontecer.

Espero que não tenha se escondido porque não me reconheceu e acha que sou um louco.

Moonbin riu baixinho antes de pegar uma das folhas de seu caderno e escrever com sua letra torta – ajudada pela luz fraca do celular – uma mensagem para Eunwoo. 

“Eu nunca esqueceria você.”

Dobrou, se aproximando da janela a uma distância segura, jogando o aviãozinho para dentro da escuridão do quarto alheio. Meio segundo depois uma mensagem caía aos seus pés. Se assustou pensando que Eunwoo talvez o tivesse visto quase sem roupas pela segunda vez na noite, mas concluiu que ele esperava por uma mensagem qualquer para poder lhe enviar aquilo.

Pegou a mensagem do chão, correndo para a cama e abrindo-a vagarosamente debaixo das cobertas, e as palavras iluminadas pela luz do celular fizeram seu coração bater mais forte.

“Senti sua falta.”




Notas Finais


meu plano é fazer com que vocês morram (de amores) com essa fic
binwoo é lindo, vamos exaltar
ate o prox cap, bye ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...