História Poderes de Afrodite - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Min Yoongi (Suga)
Tags Ativo, Jungkook Top, Passivo, Yoongi Bomttom
Visualizações 31
Palavras 1.190
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei?? Boa leituraaaa

Capítulo 3 - Será??


Fanfic / Fanfiction Poderes de Afrodite - Capítulo 3 - Será??

fugitivo?? nao seria além, por que tudo isso pai???por que tudo tem que acontecer justamente com a minha pessoa??

jungkook se intitulou meu dono,ele acho o que?? que a gente estar em um mundo abo e ele é o alfa??? me poupe monamur, se bem que de qualquer forma não estaria errado pelo seu porte físico, popularidade e o fato de ser mandão.

O que eu estou pensando??

omma por que a senhora tinha que ser filha de Afrodite??

"- mãe por que os meninos e as meninas ficam me seguindo para me namora?- diz meio embolado, tinha apenas 5 anos naquela época "

" - yoongi meu filho, use estes óculos , ninguém irá lhe seguir mais anjo- me entregou aqueles óculos simples e pretos"

"- mas saiba que no futuro uma pessoa irá lhe amar, não só por causa deste poder, está pessoa irá lhe amar pelo que vc é, não importa se esteja de óculos ou não- os fios pretos longos caiam perfeitamente e estupidamente belo no rosto da mulher de pele clara."

"- um dia alguém irá me amar pelo aquilo que sou- falou confuso"

"- Sim, e nao deixe está pessoa ir embora anjo- deu um sorriso doce para seu filho, este que retribuiu o afeto colocando seus novos óculos no rosto"

"- Eu te amo omma, e não por causa de poderes- falou inocente"

"- eu sei meu anjo, eu também te amo- sentiu o abraço de seu filho em um momento só deles"

- sinto sua falta mãe- susuro enquanto olho a grande janela do meu quarto.

- o céu estar lindo hoje, você estar iluminando ele não estar- pergunta para as estrelas vendo a cortina de tom bege balançar ao vento.- eu sei que estar- um sorriso triste pintou em seu rosto.

........

- droga- corro escadas a cima, só me meto em confusão na vida porra.

ouso passos rápidos e pesados vindo logo atrás de mim.

minha única saída é o terraço da escola e trancar a porta até eles irem embora.

mas antes de concluir meu objetivo vejo uma coisa um tanto intrigante.

- o Que?? ?- tinha quatro cadeiras uma do lado da outra,tinha ali algo não sabia o que pós ali tinha um pano braco em cima.

coloco minha mão em cima do pino logo tratando de puxa-lo para o lado.

revelando ali um ser dormindo, seu rosto tinha alguns cachucados apesar disso dormia traquilamente, o ser que estava lá não era ninguém menos que jeon jungkook.

a iluminação daquele local mesmo sendo pouco mostrava quão belo ele era, sua respiração estava tão leve , tão tranquila, seu peito subia e descia de forma lenta, aquilo me acalmava , mas não sabia o por que.

ainda estava perto de si, quando sinto ele segura minha mão, tomei um leve susto, não se ele estar acordando , ele não abriu os olhos para me comprovar tal fato, estão deixei ali minha mão repousar na sua, sentindo ali calorzinho aconchegante, algo a mais, diria que me sentia mais completo com aquele pequeno gesto.

Estava tão entrestido com aquilo que não vi quando ele abriu os olhos e me puxou para ele, fazendo eu tacar a cara em seu tórax bem definido diria de passagem.

- ashiii- resmuguei.

- o que faz aqui??- perguntou olhando diretamente em meus olhos por de trás dos óculos.

- eu....- interrompido

- ai estar você- ouvir uma voz em tom de raiva.

avia esquecido que estava sendo seguido.

- o que vocês querem??- jungkook se alevanta das cadeiras improvisadas em formar de cama.

- só negócio jeon- falou o outro.

- que tipo de negócios você tem com o que é meu??- meu?? pronto virei propriedade.

- seu?? -falou confuso, nei olhe para mim, nei sei por que ele falou isso também- tanto Faz, vir pegar o dinheiro de meu lanche- sorri presunçoso.

- roubando- falou

- sabe como é jeon, leis da casa- alargou o sorri, enquanto isso eu estou atrás do poste que é jeon jungkook.

- não irá roubar ele, procure outra pessao- fala como se fosse normal.

- por que não posso roubar ele jeon- falou furioso.

- por que ele é meu, pensei que tinha ouvido está parte- coça atrás da cabeça em forma de tédio com direito a um bocejo de leves.

- você sabe como funciona aqui jeon- falou cuspindo ódio.

filho para que isso?? Você pode roubar qualquer pessoa não precisa ser necessáriamente eu.

- estou nei ai - balança os ombros- mas nele você não toca. - diz por fim.

- quer ver- fala em desafio.

- quer brigar??comigo??- falou confuso pela ousadia alheia.

- com quem mais seria?? estar na hora de tira seu pedestal jeon- sorriu com seu pensamento.

- estar bem, estão venha, vomos ver se você é capaz yunk- afastou as cadeiras com os pés em puro tédio e esperou os cinco passar.

antes de ele passar para o terraço também, eu seguro em sua blusa fazendo ele olhar para trás, olho para ele tantando entender aquilo, ele só simplesmente sorriu e baguçou meus cabelos e sorriu.

- me espere aqui.- e saiu.

me coloque ao lado da porta da onde dava entrada ao terraço e olhei aquilo.

Ele ele estava no meio, e o cinco fazendo um roda ao redor dele.

-pode vir os cinco se quiser, assim me poupa tempo- falou alto para os cinco ouvir.

- petulante - o primeiro a correr para cima foi o tal yunk dando logo um soco na cara do jeon.

- acho que você não é tudo isso que falam- sorriu vitorioso.

-huum- um resmugo saiu dos lábios de jungkook- só isso?? esperava mais, como diria...com um pouco mais de força- sorriu mas não dando tempo do outro reagir e deu um soco tão certeiro que escutei o barulho de osso quebrando daqui, certeza que foi o nariz.

vendo o líder cair no chão com o nariz em sangue , um de seus amigos correu para cima de jungkook para continuar a briga, este que só desviou e deu um cotovelada nas costas deste , outro osso quebrado.

está mini briga durou sete minutos , quando pude finalmente ver o último deitar no chão inconsciente, corri até jungkook sem saber por que estou correndo ao seu encontro.

jungkook estava no meio deitado ali, passei pelos corpos dos garotos indo até o seu, abaxei e avaliei seu estado, um corte no labio, um corte na bochecha e um olho roxo e sagrando um pouco.

- por que você fez isso??- perguntei vendo abri os olhos para mim e sorri.

- por que você é meu- respondeu calmamente fazendo carinho em meu rosto.

"- "- mas saiba que no futuro uma pessoa irá lhe amar, não só por causa deste poder, está pessoa irá lhe amar pelo que vc é, não importa se esteja de óculos ou não-"

"- um dia alguém irá me amar pelo aquilo que sou- falou confuso"

"- Sim, e nao deixe está pessoa ir embora anjo-" se novo as memórias.

será??

tiro do meu bolso um lenço, e a passar em seu rosto.

- vamós irei cuidar de seus ferimentos.....


Notas Finais


Aviso: Não foi revisado

O que acharam???
Até o próximo capítulo , bayyy


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...