História Poemas da minha alma - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alma, Brisas, Literaturas, Poemas, Poesias, Simbolismo
Visualizações 25
Palavras 66
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


"Não sei nada, nem de mim, nem de outros... apenas sei que não sei"
Socrátes estaria orgulhoso...

Capítulo 21 - (Um poema)


Fanfic / Fanfiction Poemas da minha alma - Capítulo 21 - (Um poema)

Escrevo o que quero

Sem rimas sem vida

Isso não tolero

Toca na ferida

 

Nada que diga

Pode me mudar

Isso irrita como urtiga

Talvez seja o ar

 

Eu sei que não sei

Nada sobre nada

Sei que nada sei

Dessa vida alienada

 

Minha vida alienada

Eu devo mudar

Nada, nada, nada

Não vou mudar de ar

 

Talvez eu seja assim

Sem saber nada sobre mim

 


Notas Finais


Não sei...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...