História Poemas de um Desconhecido - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Poemas
Visualizações 11
Palavras 192
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lírica, Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Um poema postado em um horário apropriado para o seu conteúdo,caso se perguntem do horário, são exatas 00 hrs e 06 minutos, espero que gostem ^^

Capítulo 11 - Uma História Diferente



"E quem diria que isso aconteceria?
 Se eu não acreditaria?
 Só se meus olhos não vissem
 Só se meus braços não sentissem
 Se minha boca não tivesse encontrado a tua
 Eu não estaria em tua cama
 Não estaria vendo como me ama
 E dito isto, aprecio tua natural, para que
 Dentro de mim, um grito gutural se forma


 Novamente em meus braços, posso sentir seu toque suave
 Posso sentir teus lábios lindos, teu gosto doce
 Sem pensar, nem conscientemente, minhas mãos descem por tuas costas
 Em um simples momento, tu estás em meu colo, sem preocupações
 Em um beijo quente com um desejo ardente
 Ações não controladas, nossos corpos se unem em um segundo
 Uma paixão louca e jovial, intensa e estranha, da forma que nós somos
 Uma experiência em meio a tudo isso, eu faço, e desta mesma experiência
 O calor aumenta, a paixão se entrega, o amor se derrete, um vácuo se forma
 Tudo some e apenas sentimos nossas respirações ofegantes
 Mas terminamos este momento com mais um beijo
 Um beijo que nos deixa delirantes
 Deixando aquele gostinho de 'quero mais'
 E com certeza, mais terá."

- Angelo
                             Augusto
11.07.2018



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...