História Poemas Monótonos de um jovem Monótono - Capítulo 68


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Poemas
Visualizações 31
Palavras 82
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


As vezes passamos por dias obscuros, dias que achamos melhor não viver, dias que resolvemos acabar com tudo, mas então, quando acordamos, percebemos que estamos melhor e conseguimos passar pelo nosso dia obscuro.

Capítulo 68 - Meu Dia Obscuro


Eu estou a muito tempo no escuro

Mas eu ainda luto

Posso ter perdido a vontade

Mas ainda busco a liberdade


Eu passarei pela escuridão

Que assola meu coração

Ela vem me perseguindo por tanto tempo

Isso já se transformou em tormento


Eu fecho meus olhos

Não gritatarei por socorro

Vou passar por isso sozinho

Mesmo que se torne impossível


Eu passarei a escuridão

E os medos não mais me perseguirão

Eu então poderei gritar

"A escuridão eu consegui superar"


Eu abro meus olhos ainda acordado

Valeu a pena continuar lutando

A escuridão se dissipou

E nada dela restou


Notas Finais


Obrigado por me acompanharem, espero que gostem, forte abraço. Permaneçam firme.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...