História Poesia de vadia - Capítulo 11


Escrita por:

Visualizações 21
Palavras 80
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Poesias, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse texto não é originalmente meu. É um recado, e a pessoa vai saber disso. Mas também é um autorecado. Todo mundo precisa parar e respirar as vezes...

Capítulo 11 - Respira


Fanfic / Fanfiction Poesia de vadia - Capítulo 11 - Respira

Se algo ainda dói
Permita sentir a dor
E aprender com ela,
Mas não se acostume
Com o que te machuca.

Se não deu certo ontem
Não quer dizer que nunca vai dar certo
Amanhã é outro dia.

Você não é o que os outros não
Conseguiram enxergar em você.

Você não se torna incapaz
Só porque o outro não conseguiu
Sentir a sua intensidade.

Tá tudo bem parar um pouco...

Respira, toma um fôlego, e vai. 


- Iandê Albuquerque 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...