História Poesia de Vadia - Capítulo 11


Escrita por:

Visualizações 43
Palavras 182
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Literatura Feminina, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor



Capítulo 11 - Hoje


Fanfic / Fanfiction Poesia de Vadia - Capítulo 11 - Hoje

Ele não é mais meu
Mas hoje eu queria dormir com ele 

Não sei ao certo o que está acontecendo
Mas enquanto isso
As lágrimas rolam pelo rosto

O meu coração acelerado
Os meus pés inquietos
A minha respiração sufocante

Me sinto pouco
Me sinto pressionada
Me sinto velha
Me sinto errada

E agora me vejo vendo corpos
Sem ver alma
Procuro comparar quadris
Sem nem me dar conta
Que estou procurando defeitos em outras
Que estou procurando beleza
Que estou me sentindo tão diferente de todas...

E o teu quadril
Que nunca achei dos mais belos
Era tudo que eu queria tocar
E ver, e beijar... e sentir que é a melhor coisa do mundo, como eu sentia...

E agora tudo que eu queria
Era os teus longos braços
Enlaçados no meu corpo
E eu estou esquecendo tudo que eu prezava

Alguém pode me escutar?
Eu preciso dizer
Que preciso de ti
E queria ter a certeza
Que tu só queria a mim

Me sinto pouco
Me sinto pressionada
Me sinto velha
Me sinto fraca
Me sinto cansada
Me sinto nada...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...