História Poesia de Vadia - Capítulo 15


Escrita por:

Visualizações 27
Palavras 161
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Literatura Feminina, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 15 - Dúvidas


Fanfic / Fanfiction Poesia de Vadia - Capítulo 15 - Dúvidas

O ser humano tem mania de definição.
Tudo tem que ter um por quê, um o quê, O como e quão.
Exigem mínimos detalhes, querem verdades súbitas.
Não aceitam que há fases que a gente encontra dúvida.
E tá tudo bem!
Não dá pra calcular tudo...
Não temos a capacidade de dominar o mundo,
Quem dirá, defini-lo também.
As pressões psicológicas sempre surgem das coisas que não sabemos responder.
E cá pra nós, tem coisas que não dá pra saber.
Na verdade muita coisa... Entre tantos casos...
A vida é feita de acasos, e as perguntas sem resposta são o tempero do prato!
Esquece isso de ter que saber tudo
Quem te ama ou não,
O que é alegria ou luto.
Não é seu papel descobrir os significados,
Não cabe a tí, buscar a saída!
Viva os curtos espaços de tempo,
Com longos desejos de viver o momento,
Viva! Pois até mesmo a própria vida, meu caro, não pode ser definida. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...