História Poesias de uma morta - Capítulo 145


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ansiedade, Depressão, Poesia, Saudade, Tristeza
Visualizações 31
Palavras 92
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Magia, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 145 - Anonimato


Um medo profundo , que sei que nunca me deixará em paz , é o medo que as pessoas não gostem de mim . Que me julguem , é tão difícil me livrar deste medo , eu até acho que é impossível.  

Por isso escrevo no anonimato , as pessoas ainda podem falar mal do que eu faço , mas elas não sabem quem eu sou e isso alivia o sofrimento por causa das críticas.  

Eu posso até ser covarde por não sair do anonimato , mas ele é tão confortável .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...