1. Spirit Fanfics >
  2. Poesias de uma poeta morta >
  3. A morte, O assassino e A depressão.

História Poesias de uma poeta morta - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá ser de luz, tudo bom?
Eu resolvi trazer para vocês textos de minha própria autoria, que outrora um dia me salvou da depressão. Por isso, são bem especiais!

Espero que gostem desse primeiro capítulo, façam suas próprias interpretações, sinta cada palavra e acima de tudo, tenha uma boa leitura 😉💖

Capítulo 1 - A morte, O assassino e A depressão.


A morte, O assassino e A depressão●


Você foi o mal que eu conheci

Foi você que me seduziu sem compaixão

E me fez provar da mais pura escuridão

Então, somente então, abusou de mim.

Ah ah ah ah ah

Naquela noite, eu me senti tão suja

Largada num beco sem saída

Sem ninguém para poder me salvar

E depois somente depois, ele se foi.

Eu fiquei jogada ao chão

Com frio, com medo e com dor

Não houve ajuda, não houve ninguém!

É você quem me matou na noite fria

Foi ele que acabou com minha vida

Eu lembro tão bem você em cima de mim

Onde me fez sentir a dor mais cruel que eu vivi

E enfim, morri.

Ah ah ah ah ah




*                                                                    *


Um, dois, três, quatro 

Quando chegar no cinco já terei alcançado você

Um, dois, três, quatro

Se esconder não é preciso, porque meu amor, eu já terei matado você!

Seguindo você pelas ruas dessa cidade

Andando sempre sozinha, viajando em pensamentos...

Oh minha doce garotinha no que tanto pensa?

Sempre tão solitária e triste, por onde anda minha garotinha risonha?

Um, dois, três, quatro

Quando chegar no cinco já derei alcançado você

Um, dois, três, quatro

Se esconder não é preciso, porque meu amor, eu já terei matado você!

Ouvindo seus pedidos de ajuda

Sentindo o gosto de suas lágrimas

Oh minha doce garotinha por que luta tanto assim?

Seria tão mais fácil se você deixasse eu acabar com seu sofrimento

Um, dois, três, quatro

Minha doce garotinha já não existe mais!



Notas Finais


Galera, esses dois textos tem a mesma pegada. Ao ler você associa com algo, porém a realidade consegue ser mais profunda e até mesmo, trágica.
No primeiro texto nos deparamos com um assassinato. No segundo é uma metáfora para a depressão e o suicídio. Por isso o título do capítulo. É isso, só queria explicar para vocês!

Até a próxima, beijinhos 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...