1. Spirit Fanfics >
  2. Pokeformação >
  3. Uma reunião de família chocante

História Pokeformação - Capítulo 6


Escrita por: Unknow23

Capítulo 6 - Uma reunião de família chocante


Após descansarem eles se sentaram na sala conversando sobre o que deveriam fazer a seguir, Lusamine havia dado ordens para alguns, Kukui e Burnet deviam ir até o batalhão de polícia  se divertirem um pouco com a oficial Jenny, Gladion e Wicke iriam até a base do team skull, eles eram problemáticos, mas no geral eram meio burros, então a transformação deles seria bem fácil, Sônia, Nessa, Lanna e mallow iriam até o resort, pois alguns funcionários do aether foundation já estavam indo em direção ao resort.

    Alguns minutos depois dos outros  saírem, Ash ouvia barulho de conversa na parte de baixo do prédio, parecia ser a voz de Sophocles, mas não fazia sentido, ele deveria estar em hoenn ainda, e parecia ser a voz da mãe de Ash, o que era ainda mais estranho, ela ainda deveria estar em Pallet, Lusamine sorria dizendo:

-Parece que as visitas são pra você Ash.

Ash dava um sorriso levemente pervertido, ela estava animada pra ver sua mãe depois de alguns meses, e bem no fundo estava com um pouco de inveja por Lilie estar com a mãe perto dela , enquanto a mãe de ash estava em outra região, a quilômetros de distância, ela ficava perto da escada esperando eles subirem, a ao ver os dois usava o Hypnosis para fazer os dois dormirem, e o Psychic para levitar os corpos deles para a sala deixando Sophocles no puff e levando sua mãe para o sofá colocando a cabeça dela em seu colo.

Delia havia decidido fazer uma visita surpresa para Ash,ela comprou as passagens e deixou Mr Mime responsável por cuidar da casa, e durante uma das escalas, durante a troca de voos, ela acabou sentando ao lado de Sophocles, durante o restante do vôo eles começaram a conversar, e logo ela percebeu que o garoto era amigo de seu filho:

-Fico feliz que meu filho tem amigos como você.

Sophocles riu dizendo:

-O ash é incrível, ele sempre me ajuda com meus inventos

Conforme eles conversarem durante as horas que seguiram ela decidiu ir junto com sophocles fazer uma visita surpresa para Ash na escola, ela havia ficado impressionada em como alola era bonita na primavera várias flores pelo caminho, os pokémons pareciam relaxar em todos os lugares que você olhava, após passear um pouco com Sophocles de guia, eles decidiram ir até escola encontrar ash e os outros e fazer a surpresa com Sophocles que havia trazido vários presentes da cidade de Mossdeep, e ao chegarem na escola, acharam estranho que a essa hora ela estava vazia mesmo sendo no meio da aula.essas foram as últimas lembranças de Delia até ela acabar desmaiando.

Após algum tempo ela acordava percebendo que estava com a cabeça no colo de alguém, ao virar a cabeça via o que parecia uma garota gardevoir, ao perceber que delia havia acordado, ela sorria dizendo::

-Oi mamãe, dormiu bem?

Mamãe? Délia ainda não entendia o que estava acontecendo, estava sonhando ainda? Delia tentava se levantar ficando meio tonta, Ash segurava nos ombros dela dizendo:

-Cuidado mamãe, você acabou de acordar do meu  Hypnosis, melhor não exagerar e ficar deitada mais um pouco.

Delia olhava para a garota novamente dizendo confusa:

-Mamãe?

Ash ria baixinho dizendo:

-Ok, é justa sua confusão, eu mudei um pouquinho,desde a última vez que nos vimos, sou eu mamãe, Ash.

Delia acordou completamente tomando um susto ao entender que aquela garota gardevoir era seu filho…, aliás uma garota gardevoir? Ela olhava pela sala vendo uma charizard macho sentada do outro lado da sala enquanto uma Ninetales de alola estava lambendo o pau dela, tudo aquilo era muito bizarro pra ela, Ash tentava acalmar ela  dizendo:

-Mamãe se acalme, estou bem e vc ainda é minha mãe.

Delia respirava fundo tentando se acalmar olhando para Ash dizendo:

-O que aconteceu com você?

Ash pegava um copo de leite com sua telecinese entregando a sua mãe dizendo:

-Beba um pouco , você precisa se acalmar

Ela bebia um pouco do leite se acalmando,o leite era muito bom ,estava levemente gelado, e tinha um sabor adocicado e refrescante, ela se acalmava tomando o resto do leite do corpo.Após sua mãe acalmar Ash começava a explicar tudo que havia acontecido exceto pela parte do leite que ela bebeu ser o leite da professora Burnet, Delia não sabia explicar, mas ela começava a ficar com um pouco de calor, após ouvir toda a história ,ela ainda tentava absorver tudo, ela respirava por alguns minutos organizando os pensamentos, mesmo que ela começasse a sentir um pouco de atração pela filha.

-Então quer dizer que vocês viraram pokémons, e agora vocês vão transformar o mundo todo em pokémons?Você não acha isso meio extremo?

Lusamine sorria dizendo calmamente, enquanto ia até Ash e Delia sentando em uma cadeira e cruzando as pernas:

-É uma maneira de ver isso, mas também podemos finalmente dar um salto evolutivo imenso, nós ainda vamos ser parcialmente humanos, mas agora temos ciência de que devemos tratar melhor da nossa natureza e os pokémons.

Délia olhava para Lusamine lusamine começando a ficar levemente interessada nela, os argumentos dela faziam sentido, e elas pareciam bem saudável, mais do que ela própria, o calor dentro dela ia aumentando,ela via o semen escorrendo pelo pau de Lusamine  isso estava martelando em sua cabeça, até mesmo Ash estava começando a despertar desejos sexuais nela.

Ash olhava para a mãe olhando com um olhar inocente dizendo:

-Você está bem mamãe?

Delia respirava fundo dizendo:

-Estou filha só estou ficando com um pouco de calor.

Ash dava um sorriso travesso e levemente pervertido dizendo:

-Oh não, que descuido o meu, eu acabei te dando o leite da professora Burnet , ao invés do leite normal de miltank.

Delia olhava incrédula para Ash, que sorria de forma travessa se aproximando e beijando Délia na boca dizendo:

-Me desculpe por te enganar mamãe, mas era o único jeito de você se soltar, e se juntar a nós.

Aquele beijo acendeu algo dentro dela, ela retribuiu o beijo da filha apalpando os seios dela, Ash tirava a blusa da mãe deixando os seios dela a mostra, pelos marrons começavam a crescer lentamente pelo corpo dela, enquanto pelos mais claros estavam crescendo na região da barriga e dos seios, Delia se ajoelhou na frente da filha começando a pagar um boquete para ela carinhosamente dizendo:

-A mamãe vai te punir ouviu bem?

Ash gemia sorrindo sentindo as lambidas da mãe em seu pau,ela no começo achou um pouco estranho sua própria mãe fazer isso, mas esse pensamento logo sumiu de sua mente, sua mãe era muito habilidosa com a língua, Ash não havia sentido todo esse prazer com simples lambidas com ninguém antes, ela começava a gemer algo arqueando as costas no sofá, Lillie se aproximava para ver o espetáculo , ela pegava o telefone gravando delia fazendo sexo com Ash, até ela gozar dizendo:

-Você não teve essa mesma reação comigo ou a mamãe.

Ash olhava para o lado envergonhada, Delia apenas puxou o rosto da filha pra mais perto do seu beijando ela novamente dizendo com um sorrisinho pervertido no rosto:

-A mamãe é boa não é?

Ash assentiu com a cabeça envergonhada, delia tirava o resto das roupas devagar olhando para entre as pernas onde o clitoris dela começava a crescer,ao ver isso Delia olhou para a filha dizendo:

-Parece que a mamãe vai poder te punir direitinho

Ela começava a se masturbar enquanto seu pau crescia devagar até ficar maior que o da filha, ela gozava em Ash gemendo dizendo:

-Agora é hora da sua punição querida, quero que abra bem sua boceta pra mamãe.

Ash obedecia sua mãe encostando no sofá empinando a bunda dela e abrindo a boceta com os dedos.Ao ver a boceta melada e rosada da filha, Dela abraçava ela por trás apertando os seios dela, delia passava pela mesma transformação que a filha , seus pés e mãos estavam mudando, , alguns minutos depois ela agora tinha 4 dedos em cada mão e pé, um rabo começava a crescer , Delia soltava seus cabelos que estava ficando levemente ondulados, e ficando mais claros e um pouco mais longos, seus cabelos castanho escuros agora eram de uma tonalidade castanho mel brilhantes,

Ela esfregava seu rosto no da filha dando pequenos choques nela, as orelhas dela iam ficando maiores e arredondadas, seus olhos estavam azuis, e ela dava mais alguns choques em Ash dizendo:

-Isso é pra você aprender a não enganar a sua mãe.

Ash gemia a cada choque da mãe, ela sentia um pouco de dor, mas ao mesmo tempo era extremamente gostoso, o pau de Delia ia cada vez mais fundo dentro dela,o rosto de delia mudava devagar se tornando um pequeno focinho, o rabo dela terminava de crescer e ela gozava dentro de Ash fazendo ela gozar junto da mãe soltando um gemido , Delia tirava o pau de dentro da filha dizendo    .

-Agora abra bem a boca filha

Ash se ajoelhava abrindo bem a boca ficando de frente para Delia que se masturbava animadamente gozando na cara de Ash e esfregando seu pau na cara dela, fazendo com que Ash lambesse todo o semen que escorria pelo pau dela, Após lamber todo o semen, Ash ficava deitada no sofá exausta, enquanto Delia estava flutuando acima do chão sentada em sua cauda, ela balançava as pernas alegremente, Délia parecia vários anos mais jovem, seus seios estavam maiores e firmes, Délia havia se tornado uma raichu de alola, ela flutuava pela sala olhando para sophocles que estava desacordado ainda abrindo um sorriso largo e pervertido dizendo:

-E se eu te der uma irmãzinha mais nova filha?

Ash olhava sem entender por alguns segundos, até olhar para sophocles e entender o que Delia quis dizer, ela sorria de forma pervertida assentindo com a cabeça, ela ia até a geladeira pegando uma garrafa com o leite da professora Burnet tomando um pouco para recuperar um pouco de energia.Ela voltava para a sala vendo que sua Mãe havia colocado Sophocles no sofá e já havia tirado toda roupa dele, ela oferecia um pouco de leite pra mãe dizendo:

-Acha que isso vai dar certo, mamãe?

Ela sorria dizendo:

-Vamos torcer pra que sim

Delia subia no sofá enfiando seu pau na boca dele enquanto Ash começava a masturbar ele devagar, elas duas começavam a se mexer em sincronia, pouco a pouco o pau de sophocles ia ficando mais ereto e duro, ele começava a acordar quando Delia enfiava seu pau ainda mais fundo na boca dele, ele sentia as caricias de Ash, sentindo seu pau ficar mais duro,

No que ele acordava finalmente Delia era pega de surpresa gosando com tudo dentro da boca dela fazendo ele engasgar e gozar no rosto de Ash, que sorria animada,Sophocles ia emagrecendo devagar , ele engolia todo o semen de Delia se engasgando, a mente dele estava turva e ele não lembrava direito o que estava fazendo ali, Delia se sentava do lado dele dizendo:

-Não se preocupe querida , a mamãe e a sua irmãzona vão cuidar de você

Ele não entendia o que estava acontecendo, mas aquela voz era levemente familiar, elas duas eram mesmo a mãe e a irmã mais velha dele? Elas não pareciam em nada com ele, mas ao mesmo tempo ele sentia que aquilo era verdade, Délia beijava a boca dele carinhosamente passando a mão pelo penis de sophocles que ia encolhendo conforme ele emagrecia.

    Delia enfiava um dos seios na boca dele dizendo:

    -Seja uma boa menina e obedeça a sua mamãe, e é hora de vc mamar um pouco.

    Sophocles começava a lamber os seios dela sugando como se fosse um bebe, após finalmente o pau dele encolher e se tornar uma boceta, Ash começava a lamber ela carinhosamente dizendo:

    -A irmãzona tá aqui maninha , apenas relaxe está bem?

    Ele gemia sentindo as lambidas, e isso estava ficando melhor, conforme a sensação de prazer aumentava, os seios dela iam crescendo devagar , enquanto pêlos brancos começavam a crescer por todo seu corpo, ela gemia com uma voz mais fina, instintivamente ela pegou no pau de Delia começando a masturba-la. Délia sentia Sophocles a masturbar dizendo:

    -Você é muito apressada filha.

    Ela apenas sorria abaixando carinhosamente a cabeça de sophocles até seu pau, Ela começava a lamber o pau de Delia animadamente empinando a bunda, um rabo de esquilo começava a crescer eu corpo, Sophocles abocanhava o pau de Delia enfiando fundo em sua boca ficando excitada, o gosto do semen estava deixando Sophocles  completamente doida, seu cabelo estava ficando maior e azul claro,os pêlos cobriam quase cobriam seu corpo por completo, ela usava uma das mãos livres para se masturbar enfiando seus dedos bem fundo em sua própria boceta.

    Os seios de Sophocles finalmente se desenvolveram por completo quando Delia gozava novamente na boca , ela denovo engolia todo o semen ,ela levantava a cabeça ainda tonta dizendo:

    -Quem sou eu?

    Delia acariciava a cabeça de sophocles dizendo:

    -Você é minha filha Sophia, já se esqueceu disso?

    Delia pegava as mãos da filha enquanto elas mudavam também, logo ela também tinha tinha 4 dedos em cada mão e pé, e pequenas garras em cada dedo,Dela beijava ela carinhosamente dizendo:

    -Agora é hoje de você brincar com a sua Irmã mais velha e a mamãe juntas, eu quero que você abra bem a sua boceta pra sua irmãzona enfiar o pau dela dentro de você.

    Sophie via Ash se sentando no sofá indo até ela sentando em seu colo e enfiando o pau de Ash dentro dela com um gemido dizendo:

    -Ele é tão grande onee-chan

    Ash beijava ela carinhosamente dizendo:

    -A onee-chan vai cuidar bem de você.

    Délia se levantava indo para trás se Sophie enfiando seu pau no cú dela que soltava um gemido esganiçado ao sentir o pau das duas dentro dela, seu rabo terminava de crescer, e sem querer ela soltava uma descarga de energia em Ash que apenas gemia segurando a bunda de Sophie ainda mais forte, as orelhas dela pararam de crescer, os dois dentes da frente ficavam maiores que os outros, ela havia se tornado uma pachirisu, ela sentia a mãe e a irmã a foderem deixando ela ainda mais excitada, ela começava a se mexer junto delas sentindo cada centímetro do pau delas ir mais e mais fundo, até que as duas gozaram juntas dentro de sophie que soltou outro gemido dando mais um choque em Ash já que ela não conseguia controlar direito seu corpo.

    Alguns minutos depois Sophie estava deitada no colo de Ash com semen escorrendo pela bunda e pelas pernas,enquanto Delia estava Flutuando em cima de sua cauda sorrindo vendo as duas filhas no sofá dizendo:

    -A mamãe ama muito vocês meus amores.

    Sophie cochilava devagar no colo de Ash dizendo:

    -A sophie tambem ama a mamãe e a onee-chan

Ash sorria dizendo:

-Apesar desse corpão a cabeça ainda é de uma criança mesmo

Ela beijava a testa da irmã que cochilava esparramada em seu colo.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...