1. Spirit Fanfics >
  2. Pokeformação >
  3. Uma visita ao centro pokémon

História Pokeformação - Capítulo 8


Escrita por: Unknow23

Capítulo 8 - Uma visita ao centro pokémon


No fim da tarde Todos haviam voltado, Kukui e Burnet haviam trazido com eles a oficial Jenny que havia se tornado uma arcanine, alguns minutos depois Nessa, Mallow, Sônia e Lana chegavam do resort, após uma breve explicação de tudo que havia acontecido no batalhão e no resort, Lusamine explicava o que elas haviam feito enquanto estavam esperando os demais voltarem, alguns minutos depois, a oficial Jenny voltava para a cidade para seguir as ordens de Lusamine.

    -Bom temos algum tempo livre, querem ir pra minha mansão relaxar lá?

    Eles aceitaram a sugestão de Lusamine, porém ash levantava a mão dizendo:

    -Não é meio longe daqui pra irmos andando?

    Lusamine sorria apontando pras chaves das duas caminhonetes que estavam no estacionamento dizendo:

    -Acho que isso vai resolver o problema querida, dá pra ir 3 no banco da frente e 5 na parte de trás.

Após se arrumarem nos carros, eles iam em direção a mansão de Lusamine que ficava na parte leste da ilha,Lillie ficava na primeira  caminhonete na parte de trás com ash, burnet e Plumeria na parte de trás, na frente Iam, Sônia dirigindo, Lusamine , Mallow, e eva no colo de Lusamine, no outro carro iam no fundo Kukui, Wicke, Gladion, Lanna, e na frente iam Delia dirigindo ,Nessa e Sophie.Durante a viagem Lusamine ligava para a mansão pedindo para que Hobbes juntasse todos os funcionários na cozinha pois ela tinha um anúncio a fazer.

Ao chegarem na mansão , elas foram com os carros até a parte dos fundos deixando os carros perto do parquinho para os pokémons selvagens da floresta, logo todos desciam dos carros e Lusamine dizia:

-Podem descansar um pouco, eu preciso resolver umas coisinhas lá dentro, em 20 minutos eu já vou ter terminado.

Após 20 minutos ela voltava para fora com um pangoro macho, seus pelos faziam parecer que ele estava usando roupa de mordomo, ele fazia uma leve reverência dizendo:

-Boa tarde meus caros, eu me chamo Hobbes e sou o mordomo da família da Sra Lusamine, a comida já está pronta, peço que me sigam para a sala de jantar..

Ele entrava na mansão sendo seguido por todos,eles chegam a sala e veem a mesa posta com vários pratos doces e salgados, com várias empregadas enfileiradas, elas em sua maioria pareciam ter cerca de 20-25 anos, exceto por uma que tinha seus 35 anos e parecia ser a governanta da mansão.Hobbes sorria dizendo:

-Após a refeição, cada empregada irá levar vocês para seus quartos, elas obedecerão qualquer ordem que derem.

Após todos comerem, as empregadas levaram todos a seus quartos, Lusamine ia para seu quarto com Eva, e a Governanta dizendo:

-Agora é hora de se divertirem com seus novos brinquedinhos.

Após algumas horas, todos os funcionários da mansão haviam se transformado, as empregadas haviam se tornado pikachus e raichus da Kanto, enquanto a governanta havia se tornado uma bela Glameow de seios fartos, e um corpo bem definido após sair do quarto de Lusamine, após uma ordem todas as empregadas voltavam a seus serviços de rotina, no final da Noite estavam todos sentados na sala conversando sobre como as coisas estavam progredindo, e fazendo os planos para o dia seguinte.

Ash levantava a mão dizendo:

-Eu tenho uma ideia, mas vamos precisar de algumas garrafas do seu leite professora burnet

Ash começava a explicar sua ideia, que era de usar o leite da professora burnet pra estimular os treinadores que viriam até o centro pokémon que ficava perto da mansão, e que iriam usar a enfermeira Joy como fantoche para ajudar a dar o leite para os treinadores que passam a noite lá, Lusamine sorria de forma pervertida adorando a ideia olhando para Burnet que assentiu dizendo:

-Quantas garrafas vocês vão precisar?

Ash parava por um momento pensando:

-Acho que 4 é suficiente professora burnet

Elas iam até a cozinha voltando meia hora depois dizendo:

-Amanhã temos que acordar bem cedo e deixar essas garrafas na frente do centro pokémon e ficamos olhando o resultado.

Todos haviam concordado com a ideia.Na manhã seguinte antes do sol nascer, Nessa, Ash e Sônia pegava um engradado colocando as garrafas com o leite da professora Burnet, e iam em direção ao centro pokémon, ao chegarem lá, Ash batia na porta dos fundos do centro pokémon, uma enfermeira Joy em treinamento, Ash aproveitou o momento de surpresa usando o Hypnosis nela dando uma ordem:

-Leve esse leite para dentro e traga a sua senpai aqui por favor..

Ela obedecia , voltando alguns minutos depois com a Joy responsável pelo centro pokémon,ela olhava para Ash e as demais ainda sem entender quando foi pega no Hypnosis de Ash também,Ash ordenava que ela servisse o leite aos treinadores que estavam dormindo lá, e elas deveriam esquecer de tudo que viram.As duas entravam no centro pokémon como se nada tivesse ocorrido, Ash ,Nessa e Sônia ficavam escondidas do lado de fora observando elas preparando tudo normalmente

Elas servirem o leite para os treinadores e para elas,enquanto os treinadores conversavam animadamente sobre o que fariam naquele dia, as duas enfermeiras começavam a arrumar as coisas no centro pokémon, as duas tomaram mais um pouco do leite enquanto limpavam o balcão, nesse momento elas repararam que os treinadores estavam um tanto inquietos, um barulho de tecido rasgando chamava a atenção delas,uma das treinadoras estava com a blusa rasgada com os seios livres, as duas estranharam que a pele da garota estava ficando amarelada.

Elas viram que dois dos garotos se aproximavam dela a farejando, a Joy mais velha reparou que a pele deles estava ficando azul, os dois rasgavam suas roupas enquanto asas cresciam nas costas deles, os dois se aproximavam da primeira garota que rasgava suas roupas chamando eles para mais perto dela,a Joy mais velha correu para tentar ajudar eles, enquanto a mais nova tinha ido para os fundo pegar alguns remédios que estavam em falta, porém ela começou a sentir algo estranho dentro dela, vendo os jovens transando e se transformando em pokemons, ela se encostou no balcão colocando a mão por baixo do avental e das roupas começando a se masturbar.

 Nesse momento a Joy mais nova voltava para a parte da frente, nesse momento um cheiro forte de semen invadiu as narinas dela, ela olhou para os treinadores sem roupas no chão se transformando, os outros dois treinadores restantes haviam se tornado um lucario macho e uma glaceon, ela olhou para o lado procurando por sua senpai vendo ela se masturbar encostada no balcão, ela se aproximava da Joy mais velha dizendo assustada:

-Senpai o que aconteceu aqui?

A joy mais velha não conseguia raciocinar direito, seu corpo estava ficando quente, e suas roupas mais apertadas, quando viu sua kouhai perto dela, ela não conseguiu resistir, ela a beijava passando as mãos pelos seios dela, passando a mão entre as pernas dela, a Joy mais nova sentiu aquele beijo enquanto seu corpo ficava mais quente também, o beijo da sua senpai ascendeu algo dentro dela, ela se afastava dizendo:

-Não podemos fazer isso senpai

    Ash que havia entrado sorrateiramente no centro pokémon se aproximava dela dizendo:

    -Claro que podem querida

    Ela se virava para trás dando de cara com ash que sorria a beijando , Joy sentiu aquele beijo ficando quente, Nessa abaixava as calças dela vendo a boceta dela totalmente melada começando a lambe-la, Joy soltou um gemido alto sentindo as lambidas de nessa, ela queria mais, ela sentia que aquilo era incrível,ela se sentia em êxtase a cada lambida até cair de joelhos com o pau de Ash bem em frente a seu rosto.

Enquanto isso Sônia se aproximava da Joy mais velha dizendo carinhosamente:

-Você quer ajuda? 

    Dava para ver que ela estava excitada, Sônia tirava o avental dela mostrando a calcinha de Joy totalmente melada e ofegante,as roupas dela estava ficando apertadas demais, e estava ficando difícil de respirar, mas ao ouvir a voz de Sônia e o cheiro dela, Joy ficou de joelhos pegando no pau dela e lambendo-o com vontade, a pele dela pouco a pouco ia tomando um tom rosa claro.

    Os seios de Joy iam ficando maiores conforme ela lambia mais avidamente o pau de Sônia sentindo que o semen de Sônia começava aos poucos, ela sentiu aquele gosto na boca enlouquecendo, seus seios finalmente explodiam sua blusa ficando livres, eles haviam quase dobrado de tamanho, sua calcinha rasgava enquanto a bunda de Joy ficava maior também ,Sônia colocava a mão sobre a cabeça dela dizendo:

    -Boa garota

    Joy estava adorando isso, ela aumentava a velocidade enfiando o pau de Sônia bem fundo em sua boca, ela queria o semen de Sônia em sua boca, ela queria ele dentro de si, era a única coisa que passava na cabeça de Joy naquele momento, Sônia finalmente gozou na boca de Joy que engolia todo o semen dela ficando mais animada, ela sentia sua boceta ficar mais molhada, Sônia sorria sorria passando a língua pelos seios de Joy dizendo:

    -Quer o meu pau dentro de você?

    Joy assentiu com a cabeça sentindo as lambidas pelo corpo, Sônia terminava de rasgar os restos da roupa de Joy deixando-a completamente nua, Joy se encostava no balcão empinando sua bunda para Sônia que por sua vez enfiava seu pau na boceta dela, Joy soltava um gemido alto sentindo o pau de Sônia ir fundo dentro dela,Sônia soltava o cabelo de Joy que estava ficando cacheado e um pouco mais curtos, uma pequena bolsa começava a se formar na barriga dela enquanto todo seu corpo havia mudado por completo, sua pele estava completamente rosa.

    Enquanto isso no outro canto Ash e Nessa brincavam com a Joy mais nova, Ash tirava as roupas dela dizendo:

    -Você quer ser uma de nós fofinha?

    A Joy mais nova estava confusa, ela estava com medo mas excitada ao mesmo tempo, ela olhava para sua Senpai que parecia estar feliz, e ela sentia uma pequena pontada de inveja disso, ela finalmente cedeu a seus desejos respondendo afirmativamente para Ash que sorria de forma pervertida dizendo:

    -Vamos começar com algo simples, que tal me pagar um boquete?

    Ash e Nessa a levavam para os bancos ,Ash se sentava de pernas abertas chamando ela para mais perto, a Joy mais nova se ajoelhava nas almofadas começando a lamber o pau de Ash com vontade, seu corpo também começava a mudar, Nessa começava a lamber a boceta dela em seguida começando a masturba-la, a garota estava começando a gostar daquilo, seu corpo estava se desenvolvendo rápido, a pele das pernas estava tomando um tom rosa avermelhado enquanto o restante do corpo estava ficando rosa claro, os seios dela que eram bem pequenos estavam crescendo.

    Ash gozava na boca dela fazendo com que a Joy mais nova engolisse todo o semen engasgando e tossindo um pouco respirando devagar,ela não sabia explicar mas o semen de Ash era ainda mais gostoso que o leite que ela havia tomado mais cedo, aquilo foi correndo sua mente , Nessa se sentava de frente para ela abrindo bem as pernas dizendo:

    -Agora é a sua vez de lamber a minha boceta querida.

    Ela olhava para a boceta rosada de Nessa ficando animada , os seios dela finalmente pararam de crescer, antes eles eram muito pequenos , agora eles estavam enormes, era exatamente o que ela desejava, seus seios e sua bunda não eram maiores que os de sua Senpai, mesmo assim ela estava satisfeita, Joy começou a lamber a boceta de Nessa, enquanto uma pequena bolsa também crescia em sua barriga mas era bem menor que o de sua senpai, mas ela ainda não havia notado isso, seu cabelo estava ficando mais longo enquanto ela lambia a boceta de Nessa que soltava gemidos de prazer animada.

    Ash aproveitou o momento de distração de Joy enfiando seu pau na boceta dela, Joy soltava um gemido algo sentindo o pau de Ash dentro dela,era enorme, sua boceta era apertava, mas aos poucos ela estava se acostumando com isso, Joy rebolava animada para Ash que dava vários tapas na bunda dela, Ash apertava a bunda de Joy com força metendo seu pau fundo dentro dela, Joy revirava os olhos gemendo de prazer, Nessa sorria de forma pervertida pondo a mão sobre a cabeça de joy esfregando sua boceta na cara dela.Alguns minutos depois Ash e Nessa gemiam juntar gosando na cara e boceta de Joy que se deitava exausta nas almofadas com o semen escorrendo por suas pernas, e o sucos vaginais de Nessa escorrendo por seu rosto.

    A Joy mais velha  caia no chão gritando de dor, Sônia sorria dizendo tentando acalmá-la:

    -Está tudo bem querida, é só seu ovo crescendo dentro de você, assim que ele sair de dentro de você toda essa dor vai passar.

    As palavras de Sônia haviam entrado dentro de sua cabeça, ela iria botar um ovo, isso ficou rodando em sua mente, ela havia se tornado um pokemon de verdade, a barriga dela ia crescendo, Joy passava a mão por cima de sua barriga animada sentindo ele crescer dentro de si,após a barriga parar de crescer , ela sentia o ovo saindo de seu útero , mesmo com sua boceta totalmente melada ela ainda sentia dor,o ovo deslizava por sua boceta até sair por completo de dentro dela, Sônia entregava o ovo nos braços de Joy que o abraçava feliz, em seguida ela colocava o ovo na bolsa em sua barriga percebendo que ela havia se tornado uma linda e sexy chansey,mesmo sem conseguir levantar ela viu que sua Kouhai havia se tornado uma Hapinny.

    Com a ajuda de Sônia ela se levantou caminhando devagar até a Kouhai apertando os seios dela dizendo:

    -Olha só quem cresceu um pouco

    A Joy mais jovem gemeu sentindo as mãos da sempai apertando seus seios dizendo:

    -Foi tudo graças a mestra senpai, ela me deu esse corpo maravilhoso

    Ao se virar ela beijou sua senpai sentindo o gosto do semen de Sônia que havia ficado na boca dela, ela olhava para a senpai que havia mudado, ela estava mais alta, seus seios estavam enormes e ela agora tinha um ovo em sua barriga, a garota sentiu uma pontada de inveja, apesar delas duas serem enfermeiras Joy a senpai havia se tornado uma chansey e tinha um ovo, mas ela havia se tornado uma Hapipiny dizendo:

    -Não é justo, por que só a senpai virou uma chansey e tem um ovo?

    Nessa abraçava ela carinhosamente passando a mão por entre as pernas da garota para que ela soltasse outro gemido ,em seguida dizia:

    -Você é uma enfermeira em treinamento, por isso virou uma Happiny, ainda não é madura o suficiente para virar uma chansey.

    A Joy mais velha estufava o peito fazendo os seios balançarem dizendo:

    -Você ouviu a mestra kouhai, eu sou mais madura que você

    Ash sorria dizendo para a mais nova:

    -Se você prometer lealdade a mim , eu prometo te dar um presente bem especial.

    A mais nova prometia lealdade a Ash assim como a Joy mais velha, após isso, Ash ia até os fundos do centro pokémon voltando alguns minutos depois , entregando uma Oval Stone para a mais nova colocando na pequena bolsa na barriga dela dizendo:

    -Quando você amadurecer isso vai te ajudar a evoluir, nesse momento você finalmente vai ter seu ovo.

    A Joy mais nova olhava para a Oval Stone na bolsa em sua barriga feliz , ela olhava para os treinadores que haviam se transformado por completo e estavam transando no outro canto do centro pokémon dizendo:

    -O que vamos fazer com eles mestra?

    Eles paravam de fazer sexo de aproximando delas e se ajoelhando.Ash olhava para eles dizendo:

    -Eu tenho um trabalho para vocês, quero que a Dragonite e os dois Salamances voem para outra ilha compartilhar a nossa benção, enquanto a Glaceon e o Lucario, podem ir para o Battle Drome, pode ser que consigam achar algo interessante lá.

    Os 5 saiam do do centro pokémon seguindo as ordens de Ash, no que as 5 estavam voltando para a mansão de Lusamine, Ash viu o Mimikyu da equipe rocket andando pela floresta indo em direção a toca da Bewear, ela teve uma ideia bem divertida dizendo:

    -Sônia você pode voltar com elas pra casa da mestra Lusamine? Eu e a Nessa temos algo para resolver aqui.

    Sônia sorris entendo a ideia de Ash dizendo:

    -Tudo bem, mas vocês ficam me devendo essa, e depois eu vou cobrar com juros Ash querida.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...