História Pokémon - O Poder do Amor - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Pokémon
Personagens James, Jessie, Meowth, Personagens Originais, Professor Oak, Tracey Sketchit
Tags Amor, Aventura, Capitulos, Latias, Pokémon, Professor Oak, Romance, Transformaçao
Visualizações 7
Palavras 2.474
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey , tudo bem ?
Tenha uma ótima leitura :D

Capítulo 34 - Esperança


Fanfic / Fanfiction Pokémon - O Poder do Amor - Capítulo 34 - Esperança

A irmã do treinador demonstrava uma grande animação , aquilo era bem fora dos padrões da personalidade dela.

Úrsula : Venham comigo !

Joseph : Hey , espe...

Antes de conseguir terminar sua fala , a garota sai correndo em direção a parte traseira no navio.

Joseph : Caramba , quanto entusiasmo !

Ele e sua namorada vão correndo atrás dela , em pouco tempo eles chegam aos dormitórios.

Úrsula : Ok , agora podemos andar com mais calma.

A garota continua liderando o caminho dos dois.

Joseph : Irmã , o que quer nos mostrar ?

Úrsula : É uma surpresa !

- Aguenta as pontas aí.

Após alguns passos , eles chegam até a frente de um quarto bastante familiar.

Úrsula : Reconhecem esse lugar ?

Érica : É o nosso quarto...

Úrsula : Bingo !

Ela abre a porta com muito cuidado.

Úrsula : Entrem com bastante calma...

O casal adentra no quarto da forma mais silenciosa possível.

Joseph : Ué , não estou vendo nada de diferente...

Úrsula aponta o dedo em direção a cama , o treinador olha e acaba vendo uma coisa que não esperava.

Joseph : Eevee ?!

O treinador coloca Sarah nos braços de Érica e sobe em cima da cama onde o pokémon está.

Ele começa a fazer carinho no pokémon que está dormindo num sono profundo e pesado , Butterfree decide ficar voando no quarto para que o treinador tenha o seu momento especial.

Úrsula : Não estou entendendo nada...

- Ele é seu pokémon ?

Joseph : Sim , meu primeiro pokémon.

- Eu deixei ele com o N , estava pretendendo perguntar dele mas acabei me esquecendo.

O garoto começa a sentir alguma coisas se movimentando embaixo dele.

Joseph : ( Mas o que foi isso ? ).

Érica : Úrsula , onde você deixou os dois filhotes ?

Úrsula : Então...

- Os dois estão embaixo dos lençóis !

Joseph : Ah , isso explica tudo.

O treinador levanta o lençol e lá está Latios e Latias , os dois olham para o garoto com um sorriso no rosto.

Úrsula : Foi esses dois que me trouxeram até o quarto de vocês.

Joseph : E o Eevee ?

Úrsula : Quando eu cheguei aqui ele já estava dormindo na cama...

- Não faço ideia de como ele achou o quarto.

Joseph : Haha , eu sei o truque desse danadinho.

- Ele sempre teve um ótimo faro , então achar o meu quarto foi um trabalho fácil.

Érica : Amor , seu amigo não lhe disse nada a respeito dele ?

Joseph : Não , acho que ele estava querendo fazer uma surpresa.

- Considerando os fatos , N deve ter o soltado antes mesmo de me encontrar.

Latios e Latias sobem no colo do treinador , ambos parecem sonolentos e muito interessados em carinho também.

Érica : Estão todos aqui , menos a Suicune...

Úrsula : Eu deixei ela lá no meu quarto...

- Tudo bem ?

Joseph : Claro !

- Pode dormir com ela , creio que a pokémon vai adorar a ideia também.

Úrsula : Okay !

Ela se aproxima do treinador e faz um cafuné na cabeça dele.

Úrsula : Valeu , guri !

Joseph : Qual é , não precisa disso...

A garota vai andando até a porta.

Úrsula : Hoje a noite nós vamos ter alguns eventos no lounge , tentem aparecer lá.

Érica : Oba , nós vamos ir sim !

Joseph : A gente vai tentar !

Ela sai do quarto e fecha a porta.

O treinador se deita sobre a cama , Eevee acaba despertando depois de muito carinho.

O pokémon não contém sua alegria , ele sobe em cima do garoto e o enche de lambidas.

Joseph : Hahahaha !

A garota coloca Sarah e Vulpix sobre a cama , ela também se deita e fica bem perto do treinador.

Érica : Por que você não tenta conversar com ele ?

Joseph : É mesmo , vou tentar fazer isso.

- ...

...

...

...

Érica : O que foi ?

Joseph : Nada , apenas estava pegando fôlego...

- Eevee , você consegue me ouvir ?

O pokémon olha para ele com os olhos cheios de lágrimas.

Eevee : Consigo sim , Mestre.

Ele coloca a orelha no peito do treinador.

Joseph : Algum problema ?

Eevee : Apenas queria confirmar se seu coração estava batendo forte igual o meu...

- Estou muito feliz em poder tê-lo ouvindo a minha voz , eu sempre quis poder conversar com você.

Algumas lágrimas escorrem pelo rosto do cachorro , Latias e Latios se encarregam de enxugar elas.

Latias : Agora não é o momento para chorar !

Latios : Verdade , você deveria estar feliz.

Eevee : Pessoal , esse choro é de alegria...

- É muito bom poder conversar com o único que me aceitou.

O treinador acaricia as orelhas do pokémon , que balança sua cauda de uma forma descontrolada.

Érica : Nossa !

- Parece que você achou o ponto fraco dele...

Joseph : Hehe , eu sempre tive sorte em achar pokémon que gostam de carinho...

Ele faz um cafuné nos dois filhotes também , que correspondem ficando com a barriga pra cima.

Joseph : Então eu sei as artes de fazer um cafuné que penetre na alma.

Érica : Deu pra perceber...

- E a sua cabeça , amor ?

Joseph : Eu já estou melhor , não precisa se preocupar.

- ( Que irônico , minha dor sumiu depois de ter sido nocauteado... ).

Érica : Okay...

A garota faz um carinho no cachorro , ele fica olhando pra ela.

Érica : Hey , meu nome é Érica !

- Sou a namorada do seu treinador , é um prazer poder conhecê-lo.

Eevee : E você é uma Latias também , não é ?

Érica : Como você sabe ?!

Joseph : Lembra do faro dele ?

- Ele consegue identificar qualquer coisa.

Érica : E eu achando que você estava exagerando...

- Esse cachorro é incrível !

Eevee : Hehe...

- Obrigado pelo elogio.

Latias : Sabe , agora me bateu uma curiosidade.

- Como vocês dois se conheceram ?

Joseph : É uma história complicada , podemos deixar isso pra outra hora ?

Eevee : Não precisa se preocupar , Mestre.

- Eu mesmo irei contar a história !

O pokémon anda pela cama e fica a frente de todos , ele tem uma expressão bastante séria.

Eevee : Eu fui abandonado pelo meu primeiro treinador , ele me disse para esperar por ele em um local deserto.

- O esperei por dias , mas ele nunca apareceu...

Érica : Por que alguém abandonaria um pokémon ?

Joseph : Existem humanos que não honram o coração que tem.

- Pode continuar , amigo.

Eevee : Eu já estava fraco e quase desfalecendo , uma chuva forte começou a cair e a água de chuva se misturava com as minhas lágrimas.

- Até que , no meio de todo aquele temporal , um garoto apareceu. Ele estava bastante apressado , mas diminuiu seu ritmo ao me ver ali...

Joseph : ( Até hoje eu não me esqueço desse momento , vê-lo chorando foi... Aterrorizante ).

Eevee : Ele se aproximou e me acolheu em seus braços , ali meu desespero deu lugar a um sono profundo e tranquilo.

- Depois disso eu despertei num Pokémon Center , o Joseph estava dormindo do meu lado.

Joseph : Vale lembrar que eu peguei um resfriado e você cuidou de mim também.

Eevee : Era o mínimo que eu podia fazer...

Érica : Fico feliz em ver que terminou tudo bem.

Latias : Pai , ele não tem nome ?

O treinador leva um susto ao ser chamado daquele forma.

Joseph : P-pai ?!

Latias : Nossa !

- Me desculpe , acabou saindo no aut...

Antes dela conseguir terminar o garoto faz um cafuné nela , ela fica o olhando com uma expressão confusa.

Joseph : Está tudo bem , pode me chamar de pai.

- Vocês também , Latios !

Ambos : Oba !

A pokémon fica toda sorridente , Latios também demonstra bastante felicidade com a notícia.

Joseph : Respondendo a sua pergunta , Latias...

- Devido as atitudes do Eevee , decidi o chamar de : Hope.

Érica : Esse nome tem algum tipo de significado ?

Joseph : Sim , significa Esperança !

Hope : Eu já estava desconfiando que tu tinha se esquecido do meu nome !

Joseph : Apenas estava esperando o momento certo de te chamar por ele.

O treinador vai até a ponta da cama para ver como a Sarah está.

Ao se aproximar , ele percebe que a borboleta está acordada.

Joseph : Hey , tudo bem ?

Sarah : Uhum...

- Eu ouvi toda a história de vocês... A cada momento eu te admiro mais , sabia ?

Hope vai até a borboleta , mesmo acordada ela ainda está deitada na cama.

Hope : Esse cheiro...

- Você me lembra o aroma de um Celebi , mas possui um cheiro mais puxado para as estrelas.

Joseph : Celebi ?

- Eu acho que já vi um desses , esse pokémon possui o poder de controlar o tempo.

Sarah : Não difere muito do meu poder...

- Espero ter a chance de encontrar esse tal de Celebi.

Latias : Hope , você reconhece o cheiro de uma estrela ?

Hope : Sim , esse aroma é comum nas Cleffas.

- Essas pokémon chegaram até o nosso planeta usando as estrelas cadentes como meio de transporte.

Latios : Estrelas cadentes ?!

- Então até nelas nós temos pokémon...

Sarah : Você possui um nariz bem apurado , Hope.

Joseph : ( Sarah é a pokémon mais poderosa e misteriosa que eu tenho , espero que Oak consiga me dar as respostas necessárias ).

Érica : O que foi , Joseph ?

Joseph : Hum ?

- Ah , não é nada.

O treinador se levanta da cama e vai até a sua mochila , lá ele guarda o rádio e começa a organizar os seus apetrechos.

Joseph : Bom , acho que o jeito é nos arrumarmos pra festa.

Érica : Você vai querer ir ?

Joseph : Sim , é a nossa última noite de folga.

- Nos próximos dias a gente vai ter um monte de coisas pra resolver , então vamos aproveitar !

Érica : Ótimo !

- Vamos tomar um banho ?

Joseph : Pode ir na frente , eu vou arrumar as nossas roupas.

Érica : Okay !

O treinador arruma as roupas e adentra no banheiro , os dois tomam um banho bem demorado e relaxante.

Agora são 21:00 , Úrsula está andando de um lado para o outro esperando o casal.

Felipe : Parece que os dois estão atrasados...

- Será que eles dormiram ?

Úrsula : É uma possibilidade !

- Eu vou ir lá chamá-los.

A garota vai andando em direção aos dormitórios , no meio do caminho ela acaba trombando com os dois.

Úrsula : Poxa , finalmente !

- Já estava indo chamar vocês.

Joseph : Desculpa , a gente perdeu a hora.

- E essa Suicune no seu colo ?

Úrsula : Não quis deixá-la sozinha no quarto , então a trouxe comigo.

Érica : Que ótimo , é bom termos todos juntos.

Úrsula : Cadê o Eevee ?

Ao perguntar sobre ele , Hope coloca a cabeça pra fora da camisa do treinador.

Joseph : Olha ele aí , haha !

Úrsula : Tem duas borboletas no seus ombros e um Eevee dentro da sua camisa...

- Você está precisando de Pokébolas ?

Joseph : Não , é que eu eu gosto de deixá-los livres.

- E eles também adoram a ideia , não é mesmo ?

Os pokémon ficam esfregando o focinho nele , demonstrando uma resposta bem positiva.

Úrsula : Só você mesmo...

- O pessoal está aguardando a gente no lounge , não vamos fazê-los esperar ainda mais !

Érica : Ok , vamos indo.

As duas vão seguindo na frente , o garoto as acompanha a uma certa distância.

Hope : Joseph , obrigado por ter me deixado ficar com o N...

- Lembra o que você me dizia a respeito de ficarmos com aqueles que precisam de nós ?

Joseph : Ah , então foi por isso que você ficou com ele !

- Estou orgulhoso de sua decisão , tenho certeza que N é grato a você também.

Hope : Existiram momentos que eu achei que tinha tomado a decisão errada.

- Mas , essa suas palavras me mostraram que... Eu apenas estava agindo conforme o meu mestre me ensinou.

Joseph : Fico feliz em ouvir isso...

- Posso te pedir uma coisa ?

Hope : Claro !

Joseph : Me chame só pelo meu nome , ok ?

- Esse lance de “ Mestre “ é muito estranho.

O pokémon fica rindo da situação , Érica ouve toda a conversa mas opta por deixá-los terem o momento mais privado.

Alguns passos depois , eles chegam até os seus familiares.

Felipe : Já estava achando que vocês não viriam !

Úrsula : Pai , sem drama.

Lúcia : Aposto que esses dois estavam dormindo !

Joseph : A gente tinha acabado de tomar banho , foi impossível não capotar...

- Falando em dormir , a mãe da Érica tá por aqui ?

Alice : Estou bem aqui...

Érica : Mamãe !

A garota vai andando até a sua mãe , que a encara com um olhar sereno e calmo.

Érica : Você melhorou ?

Alice : Estou bem melhor , pode ficar tranquila.

A mulher fica olhando pro treinador , ela logo percebe o Hope na camisa dele.

Alice : Oh ! Veja só o que temos aqui...

Ela se aproxima dele e começa a fazer cafuné na orelha do cachorro.

O garoto tenta se segurar , mas não consegue e começa a rir sem parar.

Alice : O que foi ?

Joseph : É que a cauda dele está me fazendo cócegas...

Alice : Ah , me desculpe !

Joseph : Não se preocupe , é bem confortável.

- Apenas faz muita cosquinha , então é difícil segurar a risada.

Érica : Deixa eu ver se entendi direito...

- Se fizermos carinho no cachorro automaticamente fazemos cócegas em você também ?

Joseph : S-sim...

- ( Estou com um péssimo pressentimento ! ).

Mãe e filha se olham com um olhar de quem vai aprontar algo , o treinador começa a se afastar mas acaba esbarrando no seu pai.

Felipe : Opa , onde você pensa que vai ?

O rapaz começa a segurar o garoto , que fica sem escapatória.

Joseph : Essa não...

Érica : Agora é hora do...

Lúcia : Ataque de cosquinhas !!

Joseph : NOOOOOOO !!!

                                                      Continua.


Notas Finais


Olá , seja bem-vindo as notas finais !
Estamos quase terminando o arco da viagem marítima , depois dele nós estaremos entrando na reta final da história desse Mestre Pokémon.
Eu estou preparando o terreno para diversas coisas , quem é atencioso já deve ter percebido que essa FanFic possui MUITAS possibilidades de histórias paralelas que possam dar o protagonismo a personagens secundários ( Jack , N , Úrsula , etc ).
Antes de escrever essas histórias alternativas de Pokémon , pretendo escrever uma FanFic de Harvest Moon e Rune Factory ( crossover ) , assim vou poder fugir um pouco do universo Pokémon.
Comentários positivos e críticas são bem-vindas !
Obrigado por ter lido , te vejo no próximo capítulo :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...