1. Spirit Fanfics >
  2. Pokemon Jornadas - Circuito em Sinnoh >
  3. Confronto: Ash e Agente Purple!

História Pokemon Jornadas - Circuito em Sinnoh - Capítulo 57


Escrita por: e allissonassis


Notas do Autor


Olá, e sejam bem-vindos a mais um capítulo da fanfic ^^
A gente sabe que Kanto, Johto, Hoenn e Sinnoh são baseados no Japão. Logo, provavelmente estariam sobre um único governo. Mas como eu não posso usar o termo Japão pra se referir as regiões como um todo, eu só irei me referir a elas como “quatro regiões”. O máximo que darei nome, são aos continentes reais.
Ditto isso, bora lá :D

Capítulo 57 - Confronto: Ash e Agente Purple!


Fanfic / Fanfiction Pokemon Jornadas - Circuito em Sinnoh - Capítulo 57 - Confronto: Ash e Agente Purple!

Cidade de Jubilife....

Com um bom trabalho em Equipe de Tobias com Conway, eles foram capazes de barrar Regigigas, e reverte-lo a sua forma selada, em uma pesada derrota para a Newage em sua ofensiva. Agora, eles estavam cercados em Jubilife, com Treinadores e as Forças de Defesas por todos os cantos.

F havia recuado para algum lugar escondido para tentar uma comunicação com os outros aliados.

“Droga! Droga! Droga!” – F gritou furioso enquanto buscava manter contato – “G! Senhora J! Aonde vocês estão?!”

“General F! Temos problemas!” – Disse uma subordinada – “A Ofensiva no Leste falhou! G foi capturada por Treinadoras em Pastoria! Toda a ofensiva no Leste está desabando por exaustão de combate! Inúmeras baixas na Ofensiva Oeste, e muitas tropas estão sitiadas nas cidades!”

“Aonde está a Senhora J?!” – F gritou alto – “A Essa altura do Campeonato, Dialga e Palkia já deveriam estar com ela, e Sinnoh deveria estar de joelhos perante a nós!”

“General F, nós temos noticias da Unidade de Elite do Monte Coronet!” – Disse outro companheiro – “A operação falhou! J morreu. Dialga e Palkia não conseguiram ser controlados!”

“O que?!”

Newage, abra a porta!” – Gritou a voz de Tobias do outro lado de fora do prédio – “Nós sabemos que estão escondidos aí! Rendam-se imediatamente!”

“A Sombra que Charon alertou era real, e atacou J. Na tentativa de atacar a sombra, por acidente, Dialga congelou J no tempo, e Palkia a apagou da existência” – Disse o companheiro – “Ah droga! O Pesadelo tá aqui!”

“Droga!” – F ordenou – “Vamos recuar mais uma vez! Destruam.....”

“Mhehhehehehehe” – Riu uma nova voz surgindo de atrás de F – “Não vão a lugar algum”

“Duuusknoooir!”

“Você de novo!”

Conway estava lá, ajustando os óculos com um sorrisinho de canto, assustando F com sua pose bizarra atrás dele. F tentou dar um soco nele, mas sentiu seus braços reduzirem sua velocidade com o surgimento de uma Sala dos Truques que o afetava diretamente. Conway desviou com facilidade do movimento.

A porta se arrombou, e Tobias entrou com Darkrai e uma Diancie lá, ordenando:

“Diancie, Tempestade de Diamantes!”

“Diaaaan!”

Diancie apontou para frente, criou uma espiral de energia entre suas mãos que se transformou em uma enorme bola de diamantes rosa, e a explodiu em inúmeros diamantes sendo disparados para todas as direções, atingindo os capangas da Newage, seus Pokemon, incluindo F e Tangrowth, e os arremessaram contra a parede devido a intensa violência do movimento. Para aqueles que conseguiam fugir, Conway ordenava:

“Dusknoir, use Soco das Sombras!”

Dusknoir envolvia seus punhos com energia fantasma, e socava o ar, disparando projeções de socos que seguiam sem errar a todos que tentavam fugir, igualmente os derrubando no chão. Quando todos estavam no chão, Tobias ordenou:

“Darkrai, use Vácuo das Trevas!”

“Daaarkaaaaaigh!”

Darkrai juntou as mãos e criou dois orbes de energia semelhante ao vácuo envolvidas por uma aura roxa, e disparou contra o chão. Conway e Dusknoir recuaram, e viram uma enorme mancha preta se expandir na sala para embaixo de todos os que estavam caídos, e fazer um efeito semelhante ao sugamento, forçando-os a irem contra o chão e adormecerem.

A Habilidade de Darkrai, Sonhos Ruins, se ativou, e todo mundo ali passou a ter um forte pesadelo. Conway suspirou de alivio, e deu um sorrisinho de canto:

“Pegamos eles. E agora?”

“Prendemos” – Tobias começou a revirar o lugar – “Procure por mordaças, cordas ou algo do tipo”

“Certo” – Conway notou intensas mensagens e pedidos de socorro vindo dos computadores – “Vamos ver o que eles querem”

Conway deixou aberto o canal de comunicação, e enquanto desarmavam os Capangas adormecidos para poderem amarra-los, ouviram sobre o fato de uma resistência cada vez maior estar os subjugando em todas as cidades do Oeste de Sinnoh, desde Twinleaf, até Snowpoint. Exigiam que J aparecesse de uma vez com Dialga e Palkia.

“Bem, isso é o que acontece do ponto de vista deles” – Tobias dirigiu-se ao Conway – “Liga alguma transmissão de notícias ou algo assim, para a gente ver o que tá ocorrendo do nosso lado”

“Tudo bem”

Conway pegou seu Pokétch, e colocou em um canto que desse para os dois assistirem uma transmissão da TV Jubilife, com uma cobertura completa do que ocorria na região de Sinnoh, em um resumo rápido:

Treinadores unidos jamais serão vencidos! A Organização que se autointitula como Newage, que atacou Sinnoh a partir de inúmeras cidades no início da madrugada está sofrendo pesadas perdas por todo o território de Sinnoh. Nesse giro rápido, vocês verão as principais notícias: A começar pela Cidade de Pastoria, aonde a segunda em comando foi capturada por duas Treinadoras sob responsabilidade do Líder de Ginásio Demolidor Wake....”

Imagens de G ajoelhada no chão algemada, olhando para baixo, apareceram, com Misty e Iris, junto de Gyarados e Haxorus fazendo o V de vitória apareceram.

“....Toda a ofensiva ao Leste, sem uma coordenação, está desabando pela ação de nossos corajosos Treinadores! Na Cidade de Jubilife, o conhecido, e ao mesmo tempo misterioso Pesadelo de Sinnoh, Tobias, com o auxilio de um Treinador foram capazes de selar Regigigas, e destruir a espinha dorsal do Exército da Newage, e acabar com a Destruição da Capital!

“Olha nós aí” – Conway disse

Havia imagens do Regigigas limitado pela Sala dos Truques recebendo golpes finais de Darkrai, Latios, Diancie e Dusknoir, caindo ao chão desmaiado.

Até mesmo nas pequenas cidades da Região está tendo uma pesada resistência!”

Imagens de inúmeras cidades menores como Twinleaf, Sandgem e Solaceon apareceram na transmissão. Destaques para Twinleaf, aonde uma multidão enfurecida avançava com forquilhas apareceram perseguindo capangas desarmados da Newage, com Dawn apontando para uma direção em cima da Togekiss. Na Cidade de Solaceon, Angie e Traynee defendiam a Creche Pokemon juntamente com os Pokemon do Izzy que não estavam com ele no momento.

Na Cidade de Snowpoint, e Celeste, temos uma resistência o quanto tanto diferenciada! Em Celeste, um conhecido Coletor que se autointitula como Shiny Hunter, com um esquadrão inteiro de Pokemons Brilhantes, é quem botou os invasores para correr na defesa de sua Cidade Natal, e na Cidade de Snowpoint, três Coordenadores, sendo uma Top Coordenadora, estão usando combinações aplicadas em Concursos para impor pesadas baixas nos invasores!”

Imagens do Shiny Hunter com seu time principal de Pokemons Brilhantes apareceram. Notava-se que seu Palpitoad já tinha evoluído para Seismitoad, e que o Eevee havia evoluído para Sylveon. E o controle sobre a Gardevoir Mega Evoluída havia sido alcançado.

Em outro segmento, puderam-se ver Zoey, Astrid e Nando trabalhando juntos com seus Pokemon para atacar os capangas da Newage.

Não temos números exatos, mas a baixas em ambos os lados do conflito. O que mais nos importa agora, é o motivo pelo fracasso de toda essa complexa e muito bem elaborada invasão da Organização Newage: Nossos esquadrões de Rotom Drones captaram uma movimentação suspeita no Topo do Monte Coronet, e imediatamente entraram em ação! Pedimos cautela dos espectadores, pois as imagens são fortes”

Tobias e Conway ficaram surpresos quando a repórter havia relatado tudo o que ocorreu no Pilar da Lança, e a relação com o ataque em Sinnoh. Não só por imagens explícitas da J sendo empalada por Giratina, mas também congelada no tempo por Dialga e apagada da existência por Palkia.

“Caracas, ó a mulher pelada cara!” – Conway disse animado, pelas imagens sem censura do momento em que J recuperou seu corpo real

“Silêncio!”

A nossa Campeã Cynthia, junto de Três Treinadores foram quem barraram este monstro desconhecido que ataca pelas sombras, que foi capaz de distorcer todo o espaço-tempo nas imagens que lhe mostramos!” – Comentou a apresentadora – “Suspeitamos que um deles seja Ash-Ketchum.....”

“O que?!”

“Não pode ser!”

“....Um conhecido Treinador na Região de Sinnoh por suas habilidades, e de Kalos por seu heroísmo. Mas uma coisa que é certa, independente da identidade desses Treinadores, é que eles e seus pokemons são heróis por demonstrarem imensa coragem!”

Círculos apareceram nas imagens da batalha contra Giratina, e fotos de um Pikachu, um Lucario, um Greninja, um Infernape e um Cinderace genéricas apareceram na transmissão. Então, mostraram na íntegra o processo de selamento de Giratina, e da reversão da Distorção do mundo por Dialga e Palkia.

“O Ash foi quem parou J, e impediu Giratina” – Tobias disse de boca aberta – “Eu não acredito....”

“Olha! Com certeza é o Ash-Greninja!” – Conway indicou – “Eu não acredito que o Ash tá aprontando aqui em Sinnoh também!”

“Ele é imprevisível demais.....” – Tobias deu um sorrisinho de canto – “Mas ainda bem que deu certo. Ao menos, nós pegamos o cabeça do lado Oeste”

Tobias mostrou G, amarrado, e o levantou.

“Vamos aparecer na TV também, e receber os devidos créditos”

....................................

Enquanto isso, na Cidade de Daybreak....

Daybreak era uma cidade comum mais próxima da parte do Monte Coronet aonde o Pilar da Lança estava localizado. Só se diferenciava das outras cidades comuns por haver Concursos lá. Ash estava animado por estarem naquela cidade:

“Sunnyshore é próximo daqui. Quando tudo se resolver, poderemos ir lá com tranquilidade!”

Ash estava no Dragonite com Pikachu, Greninja e Lucario, enquanto o Dragão carregava Goh machucado nos braços, com cuidado para não o machucar mais do que já estava, já que ele não tinha nenhum Pokemon Voador para fazer o serviço para ele. Cynthia voava a frente com o Togekiss e com o Izzy desacordado seguro com ela. Infernape e Cinderace haviam sido retornados.

A primeira coisa que fizeram ao chegar na Cidade, foi pousar em frente a um dos Hospitais. Puderam ver os Treinadores da cidade a distância, expulsando os invasores da Newage. A multidão, por reconhecerem Cynthia, e Ash pela transmissão de TV, fizeram um alvoroço pela chegada dela:

“A Campeã veio nos salvar!”

“Ela já nos salvou da Sombra seu imbecil!”

“Mas ela nos agraciou com sua presença!”

“Parem!” – Cynthia gritou alto, com Izzy nos braços – “Temos feridos! Ajudem! Eles são tão heróis quanto eu fui, e merecem mais atenção!”

“Eu já apanhei de um Gyarados em fúria” – Goh disse ironicamente – “Isso aqui não é nada....ai.....”

Então, a Equipe do Hospital rapidamente entrou em ação e levaram Goh para o socorro, enquanto faziam uma bateria de exames em Izzy. Ash esperava em uma salinha particular com Cynthia e seus Pokemon, esperando notícias da situação de seus amigos, ao mesmo tempo que se sentia incomodado. Pikachu e Lucario o confortavam, com o Greninja o observando atentamente de braços cruzados e encostado em uma parede.

Cynthia decidiu falar com ele:

“Está tudo bem?”

“Bem.....sim...mas” – Ash olhou para ela – “Agora que terminamos, a J morrendo...foi bem perturbador”

“Foi inesperado. Eu também me assustei se você quer saber. E tudo bem demonstrar medo e pavor diante de tais coisas. Mas precisa se superar. Anime-se!” – Cynthia deu um sorrisinho – “Você salvou Sinnoh mais uma vez”

“É....obrigado...” – Ash suspirou e olhou para frente – “Eu vou tentar”

Um médico de plantão apareceu, e Ash se agitou por notícias de seus amigos:

“Doutor, como eles estão?”

“Bem, muito bem” – Disse o médico com um sorrisinho – “Por algum motivo, o mais novo não sentia tanta dor mesmo tendo o braço esquerdo e várias costelas quebradas, e está na sala de recuperação acordado. O mais velho está bem. Mas a pancada que levou foi forte, e ele irá ficar desacordado por um tempo”

“Oh....menos mal, heheh” – Ash sorriu – “Goh foi capaz de domar um Mega Gyarados do 0. Não é a primeira vez que ele sai quebrado”

“Imprudência da parte de garotos. Isso sim” – Retrucou o médico, sério – “Eu peço para pararem de agirem de tal maneira, antes que os ossos do menino se quebrem permanentemente” – Ele ergueu um dedo – “Parem de procurar encrencas”

“Eu não procuro encrenca. E a encrenca que me procura!”

Cynthia riu alto. O médico revirou os olhos, e pediu licença para se retirar. A Campeã dirigiu-se ao Ash:

“É muito bom que eles estejam bem. Mas o que vai fazer agora?”

“Eu vou ver o Goh, e depois.....” – Ash lembrou-se de algo – “Preciso contatar o Trio Escavadeira! Precisam trazer a Anabel aqui!”

“Anabel?”

“É uma amiga minha...ela foi atingida por Hiper Raio Salamence da J, e está desacordada em um esconderijo secreto subterrâneo do Trio Escavadeira”

“Entendi....esse Trio Escavadeira....soube de suas ações”

“E você? Vai fazer o que?”

“Preciso resolver essa situação. Como a Campeã da Região de Sinnoh. Vou dar uma olhadinha no Goh e Izzy, e deixar uma nota para ele”

“Nota de que?”

“Dizendo o que você vai ouvir agora. Ash, muito obrigada por tudo o que fizeram durante o meu coma. Eu fui imprudente. Deixei minha paixão quase me congelar, e a Newage agir como quisesse. Mas você se levantou contra eles, como um verdadeiro Herói, e Campeão”

Ash sorriu, coçando a nuca sem jeito:

“Não conseguiria sem meus pokemon também...”

“Exatamente” – Cynthia concordou, e se aproximou dos três, fazendo carinho em cada um – “Vocês, e os outros que estão nas pokebolas, ou que estão em Kanto. Todos são heróis”

“Piiikaa!”

“Graaaaurgh!”

Pikachu e Lucario deram sorrisinhos com o agrado. Greninja ficou em silêncio. Cynthia então se afastou:

“Faça o que tem que fazer Ash, e eu vou fazer o que preciso fazer. Tudo bem? EU vou indo. Adeus, e até breve”

Cynthia virou-se para a saída, e caminhou. Mas ao chegar na porta, virou-se para Ash, e deu um sorrisinho piscando um olho:

“Espero enfrenta-lo qualquer dia desses. Sendo sincera....” – Cynthia olhou para os três pokemons – “Contra eles também”

Ash se tocou de que pelas coisas estarem se resolvendo, em breve poderia retornar ao Circuito. E que estava muito próximo da Oitava Vitória necessária para avançar para a próxima fase. Fechou os punhos, e disse determinado:

“Pode apostar que eu também espero enfrenta-la um dia! De igual para igual!”

.....................................

Durante a Noite....

Ash havia conseguido contatar o Trio Escavadeira, e no último ato como aliados, eles levaram a Agente Purple em segurança para o Hospital de Daybreak, aonde a mesma tratou de seus ferimentos, e estava se recuperando desacordada na mesma sala que Izzy e Goh estavam.

Ash estava em um banquinho entre a cama da Agente desacordada, e o de Goh, segurando-a pelas mãos, esperando o momento que iria acordar. Do lado oposto, Izzy estava desacordado cercado por uma Vigília formada por Infernape, Absol, Staraptor, Gardevoir, Feraligatr e Electabuzz.

Pikachu e Lucario estavam próximos de Ash, e Greninja estava afastado, observando de um canto. Goh estava acordado, mexendo no celular com a mão saudável enquanto falava:

“Sabe, eu me pergunto se vamos ganhar medalhas ou algo do tipo”

“Provavelmente sim...quer dizer, salvamos Sinnoh. Não é possível que eles se esqueçam de nós”

“Deve ter alguma cerimônia formal ou algo do tipo” – Goh disse – “Coletiva, sabe. Vejo aqui que muitos Treinadores se juntaram para expulsar os caras da Newage”

“Me pergunto como o pessoal que encontramos na viagem se virou nessa invasão...além do Paul e do Barry”

“Talvez isso lhe responda”

Ash viu as imagens de Misty e Iris prendendo G, assim como a derrota de Regigigas por Tobias e Conway, Dawn no meio dos habitantes de Twinleaf com forquilhas, e os Coordenadores em Snowpoint.

“Ai não......” – Ash ficou surpreso, e deu um sorrisinho – “Todo mundo parece que se deu bem”

“Misty e Iris talvez nem saibam que tem você como amigo em comum. Me pergunto como elas irão reagir quando descobrirem, já que parecem ser bem amigas aqui”

“É.....” – Ash concordou, até se tocar de algo – “Mas e a Serena?”

“Não aparece em lugar algum”

“Eu pensei que ela tinha se esforçado para ser forte, e enfrentar o perigo. Considerando que eu sou inspiração dela, ela poderia ter se jogado contra o perigo, feito alguma coisa grande como esse pessoal aí”

“Vai ver amarelou, para não pensar no pior”

“Vira a boca pra lá”

“Desculpe” – Goh viu algo no celular – “Oh, o povo descobriu que estamos em Daybreak. Quer apostar que logo vão vir aqui?”

“É mesmo”

...........................................

Mais Tarde.....

Como Ash previu, o hospital foi cercado por curiosos que queriam ver quem eram os três heróis que impediram Giratina de distorcer a Região e o universo ao lado da Cynthia. Ele discutia algo com Goh:

“Os pequenos focos de resistência da Newage estão sendo apagados. Eles já perderam, basicamente”

“Como estão as cidades?”

“Destruídas, em chamas...” – Ash mostrou imagens – “Vai ter um trabalhão para reconstruir tudo...me preocupo com o Ginásio de Sunnyshore e o Circuito, se eles serão cancelados”

“Espero que não. Se cancelarem a Liga e o Circuito, podem cancelar os Concursos e o Grande Festival, que por fim, podem cancelar os Rallys de Tipos e a Classe Ultra de Coletores. Faltando uma medalha pra mim!”

“É, você entende os meus temores, hehehe”

“Graaugh?”

“O que foi Lucario?”

Lucario ficou atento, e olhou para uma janela. Sentiu uma aura familiar se aproximando pelos ares, e um Gliscor acabou jogando uma pessoa conhecida pela janela:

“Ai!”

Ash e Goh, assim como os Pokemons, ficaram curiosos pela entrada dinâmica de alguém:

“Astrid?”

“Cadê ele?!” – A Coordenadora se levantou agitada, dizendo aos dois – “O Izzy está bem, não está?”

“Uh, sim” – Goh indicou com a mão a cama atrás dela – “Olha ele ali”

“Oh, ainda bem!”

Astrid entrou no meio dos pokemon, e se ajoelhou segurando as mãos dele, dizendo baixinho:

“Eu estou tão feliz por estar bem, Izzy.....” – Sorriu, e olhou para o Ash e Goh – “Desculpe essa entrada dramática. Mas a Enfermeira Joy permitiu um acompanhante no quarto. O Ash no caso. Eu tive que agir”

“Eu poderia sair sem problemas, sabe”

“Não faria esse incomodo não” – Astrid disse – “Vocês estão bem, não estão?”

“Bem, eu só quebrei umas costelas e um braço” – Goh disse com ironia na voz – “Eu tô bem sim”

“Menos mal. Fico feliz por isso” – Astrid sorriu, antes de olhar para Izzy – “O que houve com ele? Eu soube das notícias, e vim o mais rápido que pude. Eu acho que acabei ameaçando demais um Treinador com uma Kirlia que sabia o Teletransporte, mas.......os fins justificam os meios”

“Esse seu lado de preocupação me assusta, sabia” – Goh disse – “Forçou um treinador a lhe teletransportar de Snowpoint aqui para Daybreak. Quem faria uma coisa dessas?”

“Tudo bem, Astrid. Acho que eu faria a mesma coisa se eu tivesse em sua situação” – Ash disse – “Nós fizemos um ataque conjunto ao Giratina para mantê-lo preso para os Guardiões dos Lagos iniciarem o processo de selamento. Mas no último segundo ele superou nossos Pokemon, e os jogaram para todas direções”

“Cinderace me atingiu, e o Infernape atingiu Izzy” – Goh disse – “Eu tive sorte de ficar acordado. Mas Izzy não acordou até agora, apesar de vivo”

“Em coma...entendi” – Astrid então olhou para o amigo, enquanto dizia ao Ash e ao Goh – “Sabem, Izzy me ajudou muito desde que cheguei em Sinnoh. Fez eu descobrir uma vocação para algo. Me ajudou a ter os primeiros passos e aprendeu junto comigo. Não só isso. Mas quando eu passei por apuros, ele me ajudou a ter confiança em mim mesma. Em Kalos eu estava sozinha. Aqui em Sinnoh, ao menos eu tenho alguém com quem sempre contar, mesmo viajando por conta. Assim que soube das notícias, eu queria ter certeza de que ele estava bem”

“Os médicos disseram que ele precisa descansar por um tempo” – Ash disse – “Em breve ele acordará”

“Menos mal...”

“Astrid” – Goh chamou

“Oi?”

“Posso perguntar algo?”

“Pode”

“Você é a única maluca que fez algo extremo a esse nível. Invadir um hospital pra visitar alguém..... apesar de eu achar que deve haver outras malucas em especifico que fariam algo do tipo. E pra chegar em tal nível, você gosta dele, não é? Mais do que simples amigos, certo?”

Astrid o encarou, sentiu a bochecha esquentar, e escondeu o rubor olhando para o lado:

“Talvez”

“Talvez não é uma respost.....”

“Deixa, Goh” – Ash interviu – “Tudo bem, Astrid. Não tem problema também. A gente não vai falar pro Izzy quando ele acordar. Nada além de que você veio visita-lo”

“Obrigada...”

Astrid ficou ali, observando seu amigo adormecido, sorrindo para si mesma. Então, ela notou que deveria ir embora, pois Gliscor empoleirado na janela chamou a atenção dos seguranças. Dirigiu-se ao Izzy:

“Izzy, tenha uma boa recuperação. Eu preciso ir agora. Espero vê-lo no Grande Festival. Tudo bem? É a sua ami Astrid. E quanto a Liga, saiba que estarei torcendo por você no último ginásio. Bonne chance”

Então, Astrid se levantou e acenou para Ash e Goh. Sentou-se na beira da janela, e Gliscor a segurou pelos ombros, levando-a para o alto e sumindo dali planando para uma direção segura. Ash e Goh se entreolharam, e decidiram deixar de lado por hora, até ouvirem o amigo gemer na outra cama:

“Astrid....”

.................................................

Na Manhã Seguinte.....

Izzy sentiu finalmente as luzes do raio de sol baterem seu rosto, e grunhiu despertando de seu coma. Levou a mão na cabeça, e murmurou:

“Ai.....que dor........” – E olhou ao redor – “Aonde estou?”

“Infeeernaaape!”

“Absoool!”

“Staaaraaptoor!”

“Gaaardeeevoooir!”

“Eleeectabuuuuzz!”

“Feeraaaaligaatr!”

Os seis Pokemons despertaram quase que ao mesmo tempo, e pularam todos de uma vez em Izzy, animados por seu Treinador estar acordado finalmente.

“Hey! Heheh” – Izzy riu, fazendo carinho em todo mundo – “Que bom que estão bem...Faiah, Darkey, Misaka, Gerda, Minato, Wilma....”

Da cama oposta, Goh despertou de seu sono, assim como Ash, que dormia sentado na cadeira ao lado. Greninja ainda estava no mesmo canto, observando. Lucario havia sido retornado, e Pikachu dormia aos pés da cama do Goh.

“Gente....aonde a gente tá?” – Izzy perguntou – “O que houve? Cadê a Cynthia? O Giratina?”

“Izzy” – Ash se levantou, animado – “Que bom que acordou”

“Bom dia” – Goh disse, bocejando – “A gente se deu mal, mas o Giratina também. Isso que vale”

“Conseguimos selar o Giratina, mas Infernape e Cinderace foram arremessados contra você e o Goh” – Ash disse – “Goh aguentou. Mas você apagou”

“Vantagens de apanhar do Gyarados!”

“Feernape” – Infernape pediu desculpas

“Ah....entendo” – Izzy suspirou de alivio – “Que bom” – E dirigiu-se ao Infernape – “Tudo bem, Faiah. Não precisa pedir desculpas. Acontece” – Se espreguiçou – “Cara, me sinto revigorado. Dormi muito bem.....aonde a gente tá?”

“Daybreak” – Goh disse – “Perto de Sunnyshore”

“Entendi” – Izzy notou alguém se mexendo – “Acho que não sou o único a despertar”

Ash e Goh viraram-se para a cama da Agente Purple, e viram que ela estava despertando. Ash se agitou, e logo se aproximou:

“Anabel! Que bom que está bem”

“Ai....que dor de cabeça.....” – A Agente grunhiu – “O que houve? Aonde estou?”

“Anabel, está tudo bem. A gente venceu. Derrotamos a Organização Newage” – Ash disse olhando aos arredores – “Com apenas dois feridos”

“Ash?” – A Agente despertou completamente, e olhou ao redor – “O que aconteceu comigo?”

J, a Líder, ordenou ao Salamence, e ele disparou um Hiper Raio a partir do momento em que você entrou na sala. Você foi atingida”

A Agente se agitou:

“Oh, é mesmo! Combater o crime! É a minha missão!”

“Relaxa, Anabel....” – Ash sorriu, e mostrou seu celular – “Veja. O crime foi combatido. Você foi uma heroína”

A Agente viu notícias da ascensão e a queda da Newage em sua investida para dominar Sinnoh, e quão pesada foram as perdas que tiveram em tão pouco tempo. Ela se surpreendeu ao ver F e G presos, assim como o Regigigas selado novamente, e as imagens do Pilar da Lança.

“Está tudo tão confuso.......” – A Agente suspirou – “Por favor, me deem um tempo....”

“Olha Anabel. Não se preocupe. Vamos explicar as coisas assim que os médicos liberarem você e o Izzy, e o Goh”

A Agente olhou ao redor, e viu os dois amigos acenando. Suspirou, e concordou:

“Certo”

......................................

Na mesma manhã, Goh, Izzy e a Agente Purple receberam alta do hospital. Goh andava mancando. Ash estava os esperando na saída, mas foram recebidos por uma multidão de pessoas que fizeram um alvoroço na presença dos três. Greninja os seguindo, já que ainda não tinha sido capturado novamente.

“Demais!” – Goh disse animado, ainda com o braço engessado – “Que recepção!’

“Olá! Olá” – Izzy acenou para todo mundo – “Vocês são uns amores!”

A Polícia Internacional tratou logo de dispersar a multidão, e um agente que Ash conhecia muito bem abordou os dois:

“Oh, é o Looker” – Ash disse animado

“Olá, Ash. É bom revê-lo” – Disse o Agente com um sorrisinho de canto – “Mas eu preciso interroga-lo sobre tudo o que houve no Monte Coronet”

Looker era um oficial da Policia Internacional que Ash conheceu em Sinnoh, em sua aventura original na região, e em Unova. Era um homem alto, de cabelos curtos castanhos, e de 40 anos. Usava um terno da cor marrom escuro com uma gravata vermelha, um longo sobretudo de cor marrom claro e sapatos sociais pretos.

“Muitas aventuras, Ash?” – Looker questionou, abrindo um caderninho – “Minha superiora falou muito bem de você. Vejo que ainda tem o costume de se jogar de cabeça na encrenca”

“É.....” – Ash disse, com um sorrisinho, até se tocar de algo – “Superiora?”

“É, a Agente Purple” – Looker disse pegando a caneta – “Uma prodígio da Agência. Quem diria? Com 15 anos mandando em alguém de 40 como eu! Fwahahahahhahaha!”

“Aonde ela está?” – Goh perguntou – “Falando nisso?”

“Fazendo o relatório da missão, é claro” – Looker disse – “É o último trabalho dela antes de ser dispensada para descansar. Essa operação tirou muito dela. É justo a Agência dar uma pausa a ela depois de tanto esforço” – E dirigiu-se aos três – “Vamos lá, colegas. Podem contar tudo. Detalhe por detalhe”

Sem opções, os três tiveram que dizer tudo o que houve. Desde o Lago da Perspicácia, até o selamento de Giratina, e a reversão da Distorção daquele mundo. Looker anotou tudo, e chegou a uma conclusão:

“Eu pensei que a J estava morta....mas agora é certeza que ela não irá mais voltar a nos incomodar”

“Senhor Looker, será que pode nos dar explicações?” – Ash disse sério – “Essa Agente Purple. O que ela é?”

“Eu prefiro não se meter nos problemas de minha superiora, Ash” – Looker guardou o caderninho dentro do sobretudo – “É melhor perguntar a ela, se quiser suas respostas. Assim que ela terminar a reunião com os caras grandes, é claro”

“Certo” – Ash dirigiu-se aos amigos – “Chega de enrolação. Eu vou confrontar ela”

 Um tempo se passou, e a movimentação da Polícia Internacional e das pessoas acabou diminuindo. Enquanto esperavam, Ash decidiu falar com Greninja:

“Olha. Eu não sei se você vai ficar ou não. Sinto muito por não lhe dar atenção depois que tudo acabou. Mas.....bem, meus amigos! Eu precisava ficar perto deles, e me certificar de que o bem-estar deles estivesse acima de meus desejos e incertezas”

“Greenin” – Concordou o Pokemon

“Eu tenho muitas perguntas, é claro. Mas antes que eu possa fazer algo, eu preciso confrontar a Anabel...Agente Purple, sei lá. E uma coisa que eu posso adiantar, é uma pergunta chave: Você veio para ficar? Ou você vai ir embora?”

“Greenin-Greenin” – Greninja descruzou os braços, e levou uma ventosa no cinto do Ash, indicando a vaga da sexta pokebola – “Gre-nin-ja”

“Você veio para ficar?!”

“Greeninja!” – Concordou o Pokemon

“Ah! Demais! É tão bom! Oh, puxa.....”

Ash se agitou, pegou sua mochila, abriu, e sacudiu jogando tudo para fora. Goh e Izzy viram tudo caindo: Roupas, os suprimentos, remédios, a carteira do Ash, e o Estojo de Insígnias, além de cinco pokebolas especiais, sendo uma delas, uma Bola Criatura.

“Oh droga....que imprudência, heheheh”

Ash rapidamente arrumou tudo dentro da mochila, e deixou por último as pokebolas especiais:

“Essa uma é do Butterfree. Essa do Pidgeot. Essa do Lapras. Essa Bola Criatura é do Naganadel, e por fim” – Ash guardou todas, e deixou a última pokebola, mostrando-a pro Greninja – “Essa é a do Greninja” – E dirigiu-se aos amigos – “É claro que eu os deixei ir embora por um bem maior. Mas nunca joguei fora as pokebolas. São o símbolo de nossa união. E se um dia eles quiserem retornar, como que acontece hoje, elas estariam aqui”

“Entendi” – Goh disse, antes de sorrir – “É um gesto bem bonito”

“Mas será que o Greninja aceita?” – Izzy disse olhando ao pokemon

Greninja rapidamente bateu no botão da pokebola, e se deixou ser novamente capturado. A pokebola sacudiu nas mãos do Ash três vezes, e emitiu o click característico de captura. Em circunstâncias normais, Ash faria todo seu showzinho característico. Mas ao invés, apenas disse para a pokebola:

“Sei que é possível vir de Kalos até as quatro regiões de a pé partindo pelo leste e atravessando a Europa até aqui na Asia. Deve ter sido uma longa jornada para me encontrar. É melhor descansar por aqui”

E guardou a Pokebola no cinto, junto com as outras. Dirigiu-se aos amigos:

“Vamos esperar a Anabel”

“Certo!” – Disseram os dois

Mais um tempo se passou, e eles decidiram esperar nos jardins de frente para o Hospital, embaixo de uma árvore. Goh sentado no chão, desenhando em seu gesso, Izzy tinha escalado a árvore e descansava num galho, e Ash estava encostado do outro lado. Pikachu explorava a área ao redor, admirando as flores.

Passado um tempo, Ash viu a Agente Purple saindo do Hospital caminhando. Decidiu ficar oculto, e quando a Agente passou do lado da árvore, Ash apareceu do nada para aborda-la:

“Anabel, está na hora de esclarecer as coisas”

“Ash”

A Agente Purple o encarou em sua posição, sem recuar. Ash igualmente não demonstrou sinal de que iria recuar:

“Você não vai embora sem se explicar. Não há mais perigo para mim ou meus amigos...” – Ash indicou a árvore com as sobrancelhas – “Ou seja, chega de segredinhos. Você não pode mentir para mim, Anabel. Ou Agente Purple”

A Agente o encarou durante alguns segundos, e suspirou, revirando seu terno:

“Tá certo....você merece saber a verdade”

Ela mostrou sua identidade, e certificado de registro de na Academia da Policia Internacional. Na imagem de sua foto, ela estava de cabelos curtos, e lá tinha o seu verdadeiro nome:

“Eu sabia...você era a Anabel esse tempo todo”

“Isso mesmo” – Disse a Agente, olhando para baixo, evitando contato visual – “Apesar de Agente Purple também ser meu nome oficial na Agência”

“Por que você fez isso, Anabel? Por que se escondeu de mim? Melhor: Por que você está se envolvendo com o Governo?”

“Era um jogo de oportunidades, Ash” – Anabel disse séria – “Eu vi a chance para algo básico, e quando fui ver, estava na academia da Polícia Internacional”

“Bela explicação” – Ash cruzou os braços – “Anabel, você mal tinha 10 anos! Como você fez essa proeza?” – E indicou a distância – “Looker é um homem de 40 anos que recebe ordens de você, de 15 anos. Tem noção do quão bizarro e sem sentido isso é?!”

“Calma” – Anabel disse séria – “Abaixe o tom. Ainda está falando com uma autoridade. Eu não quero, mas se me tirar do sério, eu posso prendê-lo por desacato”

Ash suspirou e se recompôs:

“Me desculpe....é tão confuso.....” – E olhou sério para ela – “Bem, se você apenas me dizer o que houve, eu vou ficar feliz e satisfeito. Eu busco essas explicações a 3 meses ou mais”

“Depois que você venceu o Desafio na Torre de Batalha, eu decidi entrar em um programa de Patrulheiros Mirins da Polícia Internacional. Nada de mais, sabe. Apenas cuidar de escolas e evitar delinquência, etc. Mas...a nossa diretora viu que meu talento era demais para apenas um programa de Patrulheiros Mirins. Eu fui subindo, subindo, subindo, subindo...e acabei me tornando uma agente da Polícia Internacional. Codinome Purple”

“Entendo”

“Sim, isso mesmo” – Anabel disse séria – “Meu parceiro é o Looker. Você o conheceu, por que ele sempre falou bem de ti. Minha primeira missão foi investigar a Fundação Aether em Alola e seu suposto envolvimento com Criaturas Interdimensionais. Ash, eu não acredito que estava trabalhando para Lusamina”

“Não era nada criminoso, tá bom?”

“Sim, foi isso que nossa investigação apontou. Estavam apenas evitando dor de cabeça aos caras grandes” – Anabel continuou – “Finalizada a missão em Alola, eu fui resolver alguns casos menores aqui nas quatro regiões. E então, me apareceu essa atividade suspeita daqueles que viriam a ser chamados de Newage. Visto que meus talentos eram altos demais, eu fui encarregada de chefiar a investigação aqui em Sinnoh, e para-los o quanto antes, visto que esse Circuito de Treinadores iria atrair gente do mundo inteiro, e todos poderiam ser potenciais alvos”

“E o Trio Escavadeira? Foi no caso deles que nos encontramos pela primeira vez”

“Eu sabia da existência desses ladrões. Os únicos que nunca consegui pegar, devido as viagens pelo subterrâneo. Mas você conseguiu temporariamente o grande feito. Eu não pude acreditar à primeira vista de que você estava em Sinnoh. Foi um choque revê-lo depois de tanto tempo”

“Era o início das ações da Newage. A essa altura do campeonato, estavam angariando fundos para comprarem os equipamentos, pelo o que tudo indica” – Ash disse – “O que me faz perguntar: Você estava obcecada o tempo todo com a minha segurança, e a dos meus amigos. Por que?”

“Bem.....é que.....é que.....” – Anabel sentiu-se corada, e olhou para baixo – “Eu sabia que os caras eram barra pesada. Eu não queria que você virasse a vítima depois de finalmente nos encontrarmos. E sabia muito bem que você tem uma tendência em procurar encrenca....”

“Já é a terceira vez que digo isso em 24 horas: Eu não procuro encrenca, é a encrenca que me procura”

“Dá na mesma!” – Anabel protestou – “Enfim, não queria que abusasse da sorte. E queria resolver o caso o mais rápido possível para que eu pudesse me revelar, explicar as coisas, e dizer mais coisas”

“Que coisas? Bem, pode dizer agora. Newage é o passado. J morreu. F e G estão presos. Seu trabalho não é a prioridade agora. Eu quero falar com a Anabel que eu conheci. A Treinadora com quem eu me dei bem na Torre de Batalha. Não a Agente Purple, da Polícia Internacional”

Anabel mais uma vez olhou para o lado, com as mãos atrás das costas, e juntou as palavras. Quando estava pronta, respirou profundamente, e disse:

“O que eu queria dizer, é que....bem, quando nos encontramos pela primeira vez. Senti que tínhamos uma conexão, de alguma maneira. Por que nós nos demos muito bem. E....sim, a nossa batalha também foi ótima! Me provou que além de ser uma pessoa legal e divertida, era alguém que sabia aprender com os erros. Sabia que tinha um potencial muito bom como Treinador. E isso ocorreu. Eu soube através da televisão, o acompanhando nas Ligas ao redor do mundo, enquanto estava na Agência” – Anabel suspirou – “Só que...bem, eu sentir que tínhamos uma conexão gerou uma consequência que me perseguiu por muito tempo, e que eu tentei superar sem sucesso”

“O que houve?” – Ash se tocou de algo – “Espera! Dawn, Serena, May, Angie, Bia......todas eram garotas que você intimava a ficar longe de mim. E consequentemente, todas......”

“Todas eram suas amigas. A maior parte delas detinham interesse em você, de maneira romântica” – Anabel interrompeu – “Claro que, por serem suas amigas, também queria longe de perigos para você não se sentir triste. Mas também.......eram concorrentes. Quando eu vi a garota de Solaceon o beijando, e você apaixonado por aquela Galariana na Ilha de Ferro, meu coração ficou muito partido. E bem, eu não quero obriga-lo a nada como Dawn e Serena fazem, mas quero que saiba que assim como elas, eu te amo desde que me cumprimentou por último. E como alguém que eu amo, eu quero proteger até o fim, com todas as minhas forças, de todas as maneiras possíveis”

Anabel olhou para Ash, dando um sorriso verdadeiro. Ash ficou em silêncio, boquiaberto e sem saber como reagir. Na árvore, os amigos do Ash, mais Pikachu estavam em choque:

“COMO É QUE É?!” – Goh exclamou surpreso – “Eu não acredito!”

“Essa menina é louca!” – Izzy disse incrédulo – “Mais louca do que Serena e Dawn!”

“Tudo bem. É algo chocante para todos” – Anabel olhou para a saída e olhou novamente para Ash – “Você não precisa dizer nada. Apenas saiba que eu queria tirar esse peso de minha consciência, e que você soubesse como eu me sentia. Eu não vou obriga-lo a gostar de mim. Eu acho que no fim, quem tem que fazer a escolha, é você”

Anabel mais uma vez olhou para a saída, e voltou a falar para Ash, corada:

“Eu acho que vou indo então. Eu lhe disse tudo o que precisava saber. E.....bem, já que você não vai dizer nada, ao menos deixe me provar o que sinto....”

Ela ergueu-se na ponta dos pés, e deu um selinho na bochecha do Ash, que ainda estava de boca aberta sem entender nada, e confuso demais para juntar as palavras. Anabel colocou um papel nos bolsos do Ash:

“Me liga se mudar de ideia. Eu vou indo” – E começou a andar – “Até mais. Boa Sorte no seu desafio. Estarei torcendo por você”

Ash virou-se, e observou a garota seguindo em frente, caminhando para fora dos terrenos do hospital. Izzy saltou da árvore que estava, e se juntou ao Goh para irem até o Ash, juntamente do Pikachu. Eles surgiram lado a lado do Ash. Goh perguntou:

“Mais uma pro seu seleto grupo de opções de futuras namoradas, Ash. O que você vai fazer?”

“Eu....eu não sei....”

“Olha Ash, se você quer a minha opinião, deveria deixar de lado isso por hora” – Izzy disse – “Você veio a Sinnoh para um Circuito. Não para dar atenção a essas garotas. Foque no Greninja e seu retorno, e no último Ginásio!”

“É, Ash!” – Goh disse animado – “Deixe-as de lado. Foque nas coisas boas! Você derrotou sete Líderes de Ginásio em sua força total! Tem noção do quanto isso é bom?”

“Acho......acho que vocês têm razão!” – Ash disse, voltando a realidade, determinado – “Vamos para Sunnyshore! Vamos acabar de uma vez com essa baboseira. Eu vim aqui para vencer no Circuito, e é isso que vou fazer! Não vou deixar que essas garotas me distraiam!”

“Bela escolha” – Izzy disse com um sorriso de canto – “Só espero que a Cidade não esteja destruída”

“Sunnyshore será o local aonde eu terei a minha sexta medalha” – Goh disse mostrando o celular – “Vai ter um Rally de Tipos lá, edição Elétrico, em Sunnyshore mesmo”

“Camaradas, Sunnyshore será o lugar aonde nos classificaremos para as nossas competições!” – Ash disse olhando os dois – “E é pra lá que a gente vai!”

“Piiika-Pikaachu!” -Pikachu concordou, igualmente determinado


Notas Finais


Então é isso pessoal, mais um capítulo ^^
Após um oneshot que escrevi para um projeto (cuja conta acabou sendo derrubada), eu perdi a vontade de fazer o abilityshipping como o oficial do Ash aqui nessa fanfic. Afinal, iria contra o meu lema na hora de escrever: “Inovar sempre. Não fazer mais do mesmo”.
Então, tá aí. Não sei se ficou ótimo no final das contas. Mas a real identidade da Agente Purple é a Anabel sim, e ela estava escondendo sua identidade.
Isso conclui o arco do clímax da fanfic. Agora, haverá três capítulos de transição antes do arco das competições (que estou bem animado para escrever). Para o próximo capítulo, a explicação de como Greninja foi parar de Kalos para Kanto, e depois para Sinnoh (ops, spoiler :v), e também a chegada em Sunnyshore.
Obrigado pela leitura, cuidado com o vírus, e até breve :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...