1. Spirit Fanfics >
  2. Pokémon Mystery Dungeon - A Shining Duo >
  3. O Resgate de Caterpie!

História Pokémon Mystery Dungeon - A Shining Duo - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - O Resgate de Caterpie!


Depois de alguns minutos correndo, eu e Shiro achamos o buraco pelo qual Caterpie caiu e começamos a adentrá-lo. Após uns minutos de exploração, finalmente paramos um pouco.

- Shiro... Por acaso você sabe onde estamos? – Perguntei para ela, um pouco desconfortável.

- Bem... Esse lugar se parece com uma masmorra misteriosa. – Responde ela, também desconfortável, mas menos aparente.

- E.... o que é uma masmorra misteriosa? –

- Masmorras misteriosas são masmorras onde toda vez que se entra, a disposição de cada “sala” é diferente... pelo menos isso era o que dizia um livro antigo que eu li... –

Repentinamente, ouvimos um barulho de uma das vinculações entre as cavernas, um Pokémon saiu da mesma, alarmando-nos. Era um Wurmple, mas Shiro se preparou para batalha, me deixando confuso, mas então o mesmo dá uma investida contra a prateada, que recebe o golpe, mas usa o mesmo ataque, desmaiando o Wurmple.

- Ufa, essa foi rápida... – Diz ela, um pouco aliviada, mas ainda um pouco preocupada – Aquele Tackle até que foi um pouco forte... –

- Shiro, você está bem? – Pergunto para tal, me aproximando à sua frente. – Você deu um ataque bem forte, viu? Desmaiou ele com um só movimento. –

- Heh, eu estou bem, mas ainda não sou muito forte... – Responde Shiro, olhando por onde o Wurmple veio – Não sou tão forte como minha mãe... – Ela cochicha essa última parte, mas eu não consigo ouvi-la muito bem

- Como quem? –

Com a minha fala, ela dá um pulo de surpresa. Provavelmente, não era para eu ouvir isso...

- N-nada! – Shiro fala rapidamente e se vira por onde o Wurmple veio – Ele veio dali... talvez...-

Ela corre para a conexão com eu a acompanhando, chegando em uma outra parte da caverna, com uma estrutura parecida com uma escada, e descendo rapidamente, chegando em uma parte mais profunda.

- Aqui se parece... com o lugar que estávamos quase agora... – Digo, desanimado.

- Ah, vamos lá, não vai demorar muito. – Responde Shiro, tentando me animar novamente.

- ...- Eu suspiro. – Está bem... -

Voltamos a explorar, lutamos com mais alguns Pokémon ferozes, encontramos a “escada” novamente e descemos mais uma vez, e depois, mais uma vez, porém, nesta última vez...

- Ah! Q-quem são vocês?! – Uma vozinha disse, com medo e receio

- Caterpie! Sou eu! Shiro! – Diz a prateada à minha frente – Sua me mãe pediu para vir te ajudar, então eu vim te ajudar! –

Caterpie olha para Shiro e corre até ela, abraçando-a com felicidade, nem prestando atenção em mim, e continuou assim até a hora de irmos embora, o que não seria nada tão ruim, mas...

- Ei! Ei! Você é o namorado dela? – Pergunta o pequeno, deixando eu e a prateada vermelhos.

- N-não! – Diz Shiro rapidamente

- Eh? Por quê? Vocês parecem um casal tão lindo! – Responde a pequena lagarta, nos deixando mais vermelhos ainda.

- É porque nós se conhecemos hoje... – Eu me pronuncio.

- Ah, tá bom. – diz ele, parando de perguntar, por enquanto...

Algum tempo depois, e depois de várias perguntas constrangedoras, finalmente saímos da caverna, encontrando Butterfree.

- Ah, finalmente... vocês estão bem! E meu filho! Vocês conseguiram! – Ela diz.

- Mamãe! – Fala o Caterpie, correndo até a mãe e a abraçando.

- Muito obrigada... Tomem, isso é para vocês. – Butterfree diz, nós dando algumas Oran berries, algumas Pecha berries e algumas moedas de ouro.

- De nada, Senhora Butterfree. – Diz Shiro, feliz e levemente aliviada.

- Vamos, Caterpie, agradeça a Shiro e o Jay. – Fala a mãe alegremente.

- Obrigado, Shiro e Jay! Vocês são tão legais! – Diz o pequeno, com olhos brilhantes.

- Claro Caterpie, qualquer coisa, é só chamar. – Digo, logo olho para Shiro – Bem, já acabamos aqui, não é? – Ela assente nos despedimos deles, que vão embora.

- Então... – Shiro chama a minha atenção – Você tem algum lugar para ficar? –

- Eu...... Não... –

- Olha, se você não tem nenhum lugar para ficar, me siga. –

E eu, como não tenho escolha, a sigo e ela me leva a uma casa me deixando impressionado.

(Uau... Eu estou feliz... eu acho que assim que um Pokémon se sente quando quer abanar a cauda... bem talvez eu me sinta assim por agora eu ser um Cyndaquil! Mas... quem eu era antes? Eu não me lembro...)

- Legal, não é? Você pode morar aqui se quiser. Ah, isso é uma caixa de correio – Ela fala, apontando para o objeto. – Você recebe cartas e outras coisas aqui... bem, eu quero te perguntar uma coisa... –

- Hâ? O quê? –

- V-Você quer fazer um Time de Resgate comigo? –

- Time de resgate? O que é isso? –

- É um time que faz coisas parecidas ao que fizemos no resgate do Caterpie... E, quando estávamos lá, eu vi que você era bem forte... bem mais do que eu esperava. –

- Ah, claro! –

- Eba! Mas... eu não tenho um nome para o time... –

- Bem... que tal... Warped Team?

- Esse é um bom nome, então... Sim! – Ela comemora – Então, até amanhã! –

Ela vai embora e eu entro na casa e deito na cama que fica perto da lareira...

---Continua...---



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...