1. Spirit Fanfics >
  2. Pokémon: O Mestre >
  3. Os aprendizes de um Elite!

História Pokémon: O Mestre - Capítulo 65


Escrita por:


Capítulo 65 - Os aprendizes de um Elite!


Pokémon: O Mestre

Capitulo 65: Os aprendizes de um Elite!

07/03/45

—Você venceu Lucks!—Fala Meilin recolhendo sua Nidoqueen.

—Eee! Isso ai nós vencemos Ghost!!—Exclama Lucks comemorando pulando no ar junto com seu Gengar.

—Se fizer essa comemoraçãozinha durante a liga Pokémon você vai virar a maior piada da região. —Diz Kaine.

—Kaine, deixa a gente comemorar em paz!—Exclama Lucks se divertindo.

—Ai, ai, agora vamos ter que deixar nossos pokémons descansarem um pouco lá com as enfermeiras. —Fala Meilin.

—Não tem problema, nós vamos partir só amanhã.—Comenta Kaine— Vamos tirar esse dia para treinarmos nossos pokémons. —

—Legal, vou poder batalhar contra os treinadores aqui no centro e ganhar mais grana!—Diz Lucks.

—Aproveitem porque amanhã vamos caminhar até chegar em Shizhong. —Avisa Kaine.

—Tem certeza Kaine? Essa é a maior cidade da região de Siake!—Fala Selina.

—É nessa cidade que ocorre a liga!—Lucks está eufórico.

—É sim!—Confirma Selina.

—Woow nós temos que ir pra lá vai ser muito legal! Foi lá que o primeiro Mestre Pokémon oficial nasceu!—Exclama Lucks.

—Mas essa cidade é um pouco “longinha”. —Diz Meilin—Pra chegarmos lá partindo de onde estamos teremos que ir pela rota do caminho sem fim vai levar uns três dias pra nós o cruzarmos!—

—Não importa o tempo que leve!—Exclama Lucks—Nós temos que chegar nessa cidade de qualquer jeito, ela é o lugar mais almejado pelos treinadores de Siake!!—

—Treinem hoje, amanhã nós partimos!—Fala Kaine indo embora.

—Vocês sempre pegam os caminhos mais compridos e perigosos?—Pergunta Meilin.

—Nós pegamos os que mais têm aventuras, então sim!—Responde Lucks animado.

Em outro lugar nesse mesmo instante...

Local: Ilha dos vulcões.

—Ei Bust!—Exclama Lair.

—Lair? O que é? Já terminou sua corrida Pokémon diária?—Pergunta o velho elite Bernard Bust.

—Sim, eu e o Flames nós superamos dessa vez, demos cinco voltas ao redor da ilha em apenas duas horas!—

—Parabéns então!—Fala Bust—Tanto treinador e Pokémon tem que ter um bom condicionamento físico!—

—Sim... Mas e aquele papo sobre o olho negro que eu te falei em? Você disse que depois ia me falar o que sabe sobre eles!—

—Bah, a principio eu não acreditava na existência do olho negro, mas depois que você me disse que seu irmão os enfrentou eu tenho motivos para acreditar na existência deles. —

—Sim e pelo que eu sei ou acho que sei, já que não tenho certeza, o olho negro deve ter como chefões treinadores bastantes poderosos e você como um grande elite pode me dizer que treinadores bastante poderosos poderiam usar seus pokémons para o mal, não é?—

—Ao longo da minha vida enfrentei muitos treinadores, como espera que eu lembre os nomes de todos?—Fala Bust com uma expressão séria no rosto.

—Foi mal então, não precisa ficar nervoso!—Fala Lair.

—Mas tem um homem que se não tiver morrido com certeza faz parte desse olho negro!—Exclama Bust com um cara de raiva olhando as nuvens.

—E quem é esse cara?—

—Sente-se eu tenho uma longa historia para te contar!—Ordena Bust se sentando na sua cadeira de praia.

—Tomara que seja um historia legal!—Brinca Lair também se sentando em uma segunda cadeira de praia.

—É sobre os aprendizes que eu tive antes de você... —

—É mesmo, você tem um filho, não tem?—

—Humf, tenho sim, ele também foi um dos meus aprendizes. Ele foi o segundo aprendiz que eu tive e assim como o primeiro foi uma grande decepção!—Bernard está zangado.

—Decepção em que sentido? Eles não aprendiam o que você ensinava?—

—Não, muito pelo contrario eles aprenderam até bem demais!—

—Não entendo então. —

—Eles queriam aumentar o poder de seus pokémons para ficarem famosos e a ganancia subiu a cabeça deles, eles achavam que só porque tinham pokémons poderosos o suficiente para ganhar ligas e torneios eles tinham que obter tudo o que queriam!—Bernard se sente triste e bravo ao mesmo tempo—Meu filho Baltazar Lion Bust achava que só o fato dele ser meu filho significava que ele era melhor que as outras pessoas, que ele que tinha que mandar em tudo, ele chegou ao ponto de matar outros pokémons só pra mostrar para os outros treinadores o qual poderoso ele era! Ele acha que poder é tudo, com poder se consegue tudo, riqueza, fama, respeito e comida, outra péssima característica dele é essa de comer e sempre está com fome!—

—Nisso ele é parecido comigo e meu irmão. —Ri Lair.

 —Humf, ele lutava contra outros treinadores e pegava toda a grana deles e lutava até que os pokémons do oponente ficassem tão feridos que fosse parar no centro Pokémon por meses ou até mesmo morrerem! Eu sabia que isso era errado e o adverti varias vezes, mas ele não obedecia, ele foi processado varias vezes, mas sempre usava meu dinheiro para se livrar da prisão... Foi então que eu decidi dar um lição nele, há três anos atrás eu o deserdei, ele não ficara com meus pokémons nem com meu dinheiro após minha morte e como ele já tinha mais de 18 anos o expulsei de casa e disse que só o aceitaria de volta quando ele se tornasse um grande treinador honesto e de bom coração! Creio que ele nunca vai voltar... —

—Poxa... Você não teve nenhuma noticia dele nesses últimos três anos?—

—Não o vi em nenhum dia desde então. Todo ano eu assisto a liga de todas as regiões na esperança de ver meu filho competindo como um grande treinador de respeito, mas... Nem sei se ele ainda está vivo e mesmo que esteja ele não deve ter mudado, se tiver mudado foi pra pior!—

—Talvez não Bernard, talvez ele esteja treinado durante esses três anos pra ter certeza que ira ganhar a liga desse ano, ser pessimista demais é ruim. —

—Você é uma boa pessoa Lair, espero que seja diferente dos meus antigos aprendizes! Infelizmente eu me considero mais realista do que pessimista. —

—Seu filho foi seu segundo aprendiz então... Mas e o primeiro? Quem foi?—

—Ah sim, falta Kelune, meu primeiro aprendiz, ele era uma boa pessoa ou pelo menos aparentava ser!—Bernard suspira estressado— Se ele estiver vivo e provavelmente deve estar, com certeza ele faz parte do Olho Negro. —

—Porque acha isso?—

—Ele era uma pessoa boa, tinha uns problemas de raiva, mas ainda uma boa alma, mas depois que ele passou por umas tragédias ele mudou muito, passou a enxergar o mundo como algo perdido, uma desgraça total e que ele era o único que podia ajeitar as coisas, ele disse que destruiria esse mundo para criar um melhor, ele pirou totalmente... —

—Os treinadores que causaram a grande guerra também pensava assim. —

—É, pensavam mesmo. —Concorda Bernard—Mas um dos motivos para Kelune ser um problema, sua ideologia ficou bem parecida com a de Zarãn, o desgraçado que começou a guerra... Mas voltando a Kelune... A quinze anos nós tivemos uma batalha mortal aqui, lutamos com tudo, o vulcão até chegou a entrar em erupção aquele dia por causa dos ataques de nossos pokémons... Foi uma das lutas mais incríveis que tive até hoje... E no fim eu venci. Mas foi difícil eu admito, ele poderia ter vencido se não tivesse deixado a raiva domina-lo e focasse na estratégia... —

—E ele simplesmente foi embora depois disso?—

—Eu devia tê-lo detido, não falo de matar, mas tê-lo segurado e ligado para a policia pelas coisas que ele fez... Mas não o fiz e ele fugiu, ele fugiu gritando que me derrotaria algum dia e que o mundo vai mudar por causa dele... Desde então nunca mais vi nada sobre ele... Já fazem quinze anos, eu não sei se ele mudou, infelizmente só consigo acreditar que pessoas como Kelune e Baltazar só mudam pra pior. —

—Putz. Que triste pra caramba... —Comenta Lair.

—Ah... É a vida, você tem momentos bons e ruins... Equilíbrio que se fala né? Você disse que seu irmão viaja com pessoas que anseiam acabar com o olho negro, certo?-

—Isso mesmo. —

—Então escute bem o que vou te dizer... Se Kelune realmente for um membro do Olho Negro, ou até mesmo o chefe, você deve retirar seu irmão dessa jornada de qualquer jeito. Há quinze anos Kelune quase me derrotou, com certeza agora ele está mais forte que eu; e ele não tem piedade, se seu irmão se intrometer no caminho dele, ele será destruído. —

—Tá certo... Eu protegerei o Lucks caso seja Kelune o responsável pelo Olho Negro. —

—Ah! Pelo menos um dos meus aprendizes será uma pessoa boa, prometa que não vai tentar me matar, certo?—

—Claro que eu não faria isso. —Gargalha Lair.

—Agora pegue seus pokémons, vamos praticar pontaria!—

—Beleza!—Comemora Lair animado.

—Pegue os alvos dentro da mansão e traga para cá, traga os alteres também. —

—Vamos lá, Flames!—Exclama Lair correndo junto com seu Infernape para a mansão da ilha.

—É Hegner, os treinadores de hoje parecem carregar a mesma determinação que carregávamos. —Fala Bernard encarando o Sol refletido nas ondas do mar onde ele consegue ver as imagens de seus antigos parceiros de jornada e também de seus aprendizes.

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...