História Pokémon Omazon Adventures Re: Boot - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Personagens Originais, Pikachu, Serena
Tags Amourshipping, Personagens Originais, Pokémon
Visualizações 21
Palavras 1.892
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Sci-Fi, Shounen, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Alola amigos, como estão, tranquilos?
Como devem ter percebido, todos os capítulos foram excluídos, com exceção do aviso deixado por mim.
Considerem essa nova versão como um Reboot da segunda versão.

Capítulo 1 - A história começa novamente!Ícaro e seus amigos!


Em um lugar distante, na região sul do nosso planeta azul, existe um vasto continente tropical chamado Omazon.

Nesse continente, habitam várias espécies de criaturas misteriosas, chamadas de Pocket Monsters, ou Pokémon.

Antes de continuar,vá ao youtube e pesquise pelo vídeo This Boy is Satoshi / Ash from Masara Town / Pallet Town - Pokémon Movie17 BGM

Mas não é somente sobre eles que essa história se trata, e sim de um jovem garoto, de cabelos pretos e olhos verdes  chamado Ícaro(vide personagem de fundo azul na capa da fanfic), que a um ano atrás se formou no ensino fundamental, com 16 anos, e está pronto pra sair em sua jornada POKÉMON!


Grandes perigos,novos rivais e velhos amigos,tudo isso lhe espera!

Happyport City,28 de Dezembro de 2018.


Deitado em uma cama, estava Ícaro, com seus fones de ouvidos, de olhos fechados,  aproveitando sua música.

Logo, o garoto abriu seus olhos,se levantou da cama e abriu a janela, revelando o céu totalmente nublado

—Não acredito...-Falou Ícaro.-Justo hoje vai ter tempo...-

A fala do garoto foi interrompida por um barulho de trovão, seguido pela incessante chuva.

—Ah, ótimo...-Falou o garoto.-Vou ter que esperar a chuva passar.-

O garoto então pegou seu celular e viu que haviam 3 mensagens novas.

Ao ver quem enviou as mensagens, seu rosto se iluminou.

—Karol, Vitor e Vanessa...-Falou Ícaro.-Saudades desse trio...-

Enquanto isso, uma silhueta irreconhecível apareceu correndo da chuva,nas ruas de asfalto.

Graças a uma poça,a silhueta acabou caindo,e um trovão caiu aos fundos,iluminando tudo,e revelando um rosto feminino,com cabelos loiros, que aparentemente não eram naturais, e olhos cor-de-mel.

—D-Droga...-Falou a garota.-Preciso achar algum lugar!-

De volta a Ícaro, o garoto já estava vestido com suas roupas de jornada:uma calça preta com listras brancas e cinzas nas laterais, uma camisa preta, luvas de motoqueiro cinzas e um casaco vermelho com os kanjis 強さと勇気(Tsuyo-sa to yūki, literalmente força e coragem) estampados nas costas.

—Por que está tão frio no verão,  será que o Kyurem migrou pra cá?-Brincou o garoto.

O Garoto então foi a sala,e ao abrir a janela, viu a mesma silhueta mostrada anteriormente.

Desesperado, o garoto pegou um guarda chuva e correu pra ajudar.

—Você está bem?-Perguntou Ícaro.

—Sim,eu est...-A garota se interrompeu ao perceber quem falava com ela.-Ícaro?!-

—V-Vanessa?!-Exclamou o jovem, surpreso com a condição de sua amiga.-O que houve?-

—E-Eu só fui pega pela chu-A garota deu uma pausa, e espirrou.

—Saúde...-Falou Ícaro.-Vamos, pode entrar...-

Falou ele abrindo a porta.

—Obrigada...-Falou a garota,  adentrando na residência.

Assim que entraram, os dois foram pegos por uma forte ventania.

—Droga...-Falou Ícaro,se segurando em um balcão.

—S-Socorro!-Gritou Vanessa,enquanto era empurrada pelo vento.

—Vanessa!-Falou Ícaro, estendendo seu braço até sua amiga, que por pouco não consegui alcançar.

Logo,ele puxou Vanessa para seus braços, a segurando com seu braço esquerdo, e segurando o balcão com o direito, enquanto Vanessa o abraçava.

Enquanto isso, uma silhueta irreconhecível de um Pokémon era visível pela janela.

30 segundos depois, a ventania parou,  e a dupla suspirou de alívio.

—Ufa...-Suspirou Ícaro.-Por um segundo,  eu achei que a casa ia cair....-

—É...-Falou Vanessa.

Chegando ao quarto de Ícaro, Vanessa percebeu que o olho esquerdo dele adquiriu uma coloração dourada.

“-Mas o que?-”Pensou Vanessa.“-Esse é o Olho Demoníaco da Verdade?Espera,isso não é uma fanfic de Pokémon?-”

“-Acho que o criador errou as fanfics...—”Pensou Ícaro, com uma gota na testa.

(N/A:Opa,fanfic errada gente)

“-SABIA!!—”Pensaram Ícaro e Vanessa totalmente sincronizados.

Voltando a fanfic original, Ícaro e Vanessa estavam sentados na cama de Ícaro, jogando um jogo de cartas, conhecido como Uno.

“-Eu não vou fazer isso,é muita sacanagem...-”Pensou Vanessa,e,depois de 5 segundos, tirou uma carta 9 azul de sua mão e posicionou em cima de um 2 azul.

—Droga...-Resmungou Ícaro, retirando uma carta do baralho, e a posicionando em cima do 9 imediatamente:um 9 vermelho.

Então, Vanessa posicionou um 6 vermelho sobre o nove, sobrando apenas uma carta, e, em menos de 10 segundos, Ícaro a lembrou de gritar UNO, porém tarde demais, sendo que a loira teve que comprar 2 cartas.

—“Chansu!”(expressão japonesa que significa “minha chance”)-Sussurrou Ícaro,colocando um 5 vermelho sobre o 6 e gritando UNO rapidamente.

—Desculpe Ícaro...-Falou Vanessa, retirando uma carta de sua mão, e lentamente a posicionando sobre o 5:era um 4.-Mas eu não tive escolha...-

—AH NÃO PODE SER!!!-Berrou o garoto,enfurecido,e pegando 4 cartas do baralho.-Qual a cor?-

—Azul.-Falou Vanessa, posicionando um 4 azul sobre o 4.(Nas regras do UNO oficial, os que são feitos comprar com um 2 ou 4 tem a vez pulada)-Uno...-

Então Ícaro,com um sorriso sem graça, posicionou um 2 sobre o 4 ,e a sequência continuou com Vanessa comprando uma carta do baralho, Ícaro colocando um 3 azul, Vanessa colocando um 3 amarelo e exclamando UNO, Ícaro posicionando um 3 vermelho e também gritando UNO,   e, para o alívio de Ícaro, Vanessa foi obrigada a comprar, dando a vitória ao garoto.

—Ufa...-Falou Ícaro.-Meu coração disparou por um momento...-

Logo,o garoto viu que Vanessa estava com uma cara triste, e, ao se aproximar pra perguntar o que houve, ela pulou nos braços de Ícaro, o que deixou-o meio corado e confuso, pois nunca havia sido abraçado assim tão repentinamente.

—Hahahah.-Riu Vanessa.-Te enganei direitinho...ue, o que houve?-

—N-Nada não.-Falou Ícaro, meio desnorteado.-Eu só tô meio tonto...-

No momento que o garoto terminou a frase,  o mesmo desmaiou aos pés de Vanessa, que posicionou a mão em sua testa, percebendo que ele estava com febre.

Algum tempo depois, Vanessa estava sentada na cama do irmão de Ícaro, e Ícaro estava deitado em sua cama,com cobertas até seu pescoço, e com um saco de gelo em sua testa.

“-Tomara que funcione...-”Pensou Vanessa, olhando para Ícaro.

Logo, Ícaro lentamente abriu seus olhos, o que chamou a atenção de Vanessa, que sentiu seu coração disparar.

—O...o que?-Falou Ícaro, esfregando seus olhos e olhando para os lados, onde avistou Vanessa, quase grudada à seu rosto.

A garota então pegou na mão esquerda de Ícaro ,o que o deixou meio sem graça.

“-Assim tão de repente?-”Pensou Ícaro.

Vanessa então deitou sua cabeça na região do tórax de Ícaro ,o deixando mais sem graça ainda.

O garoto logo reagiu, abraçando a garota.

Depois de um tempo com silêncio ,Ícaro então o quebrou:-Ahn, não é melhor irmos logo pro laboratório?-

—Ah é?-Falou Vanessa,se levantando.

Então, Ícaro foi até um balcão e pegou uma pequena esfera metade preta com um H em amarelo(em cima)e metade branca (em baixo),e foi em direção à porta,que estava aberta pois Vanessa havia saído.

Logo, os dois estavam fora da casa, indo em direção ao laboratório do Professor.

Na porta do laboratório, a dupla encontrou dois treinadores:uma garota de longos cabelos azuis e vestido verde xadrez, além de uma pele clara, e um garoto de cabelos pretos que formavam franja dupla na frente, pele também clara,uma camiseta azul-acinzentada e uma calça preta.

—Onde eles estão hein?-Perguntou a garota.

—Não sei, mas estão demorando.-Respondeu o garoto.

—Ei!-Falou Ícaro.-Estamos aqui!-

—Hã?-Indagou o garoto, e a dupla olhou pra trás.-Finalmente hein!-

—É!-Falou a garota.-E por que demoraram tanto?-

—Digamos que tivemos imprevistos hehe...-Falou Ícaro.-Mas então...Karol, Vitor,prontos?-

—Claro!-Falou Vitor.

—Faz um tempão!-Exclamou Karol, irritada.

—Foi mal foi mal!-Falou Ícaro.-Se não fosse uma longa história, eu contaria agora.-

—De qualquer forma...-Falou Vanessa.-Vamos pegar nossos iniciais!-

Após falar isso, a garota saiu correndo pra dentro do laboratório.

—Francamente...-Falou Ícaro, assentindo negativamente.

—Hehe...-Riu Vitor, entrando logo em seguida,e após ele, Karol também entrou.

Ícaro então encarou a porta do laboratório e abaixou a cabeça, fechando os olhos, e, em 5 segundos, levantou a cabeça e abriu os olhos, como todo protagonista alguma vez já fez, entrando logo em seguida.

Logo, o quarteto chegou em uma sala onde havia um homem de aparentemente 23 anos, com cabelos castanhos, olhos pretos, e um jaleco branco, que estava entre 7 mesas.

—Ahm?-Falou o homem.-Mais treinadores?-

—Sim!-Falou Ícaro.

—Interessante...-Falou o homem.-Prazer em conhece-los, eu sou Cedar(pra manter a tradição né hehe[Pra quem não entendeu, Cedar é Cedro, um tipo de madeira em inglês]), o Professor daqui!-

—Legal!-Falou Ícaro.-Bem, Professor Cedar, nós gostaríamos de escolher nossos Pokémon, por favor...-

—Vocês estão em quatro?-Perguntou o Professor.-Mas eu só tenho 3 Pokémon Iniciais padrões sobrando...-

—Sim,eu sabia que algo assim aconteceria, então, independente do reserva, eu o escolherei...-Falou Ícaro.

—Tem certeza?-Perguntou o Professor, e Ícaro simplesmente assentiu com a cabeça.-Okay então...-

O Professor então pegou uma Pokéball de cima da mesa e a lançou,liberando um feixe de energia que se materializou em um Pokémon pequeno,de cor azul e preto. Suas pernas e tronco eram de cor preta, sua cauda era de cor azul e tem um colarinho amarelo no pescoço, possuía também choques arredondados nas costas das suas patas dianteiras,além de ter uma máscara preta e olhos vermelhos.

—Um Riolu?-Perguntou Ícaro.-Que demais!-

—Você gostaria de escolhê-lo?-Perguntou o Professor.

—É claro!-Respondeu Ícaro.-Riolu é um Pokémon incrível, e ainda evolui pra Lucario, que é mais incrível ainda!-

—Pelo visto você sabe bastante...-Falou o Professor,pegando mais três Pokéballs.-Agora pra vocês...-Referindo-se aos treinadores restantes.-Esses são os Pokémon que sobraram.-

O Professor lançou as 3 Pokéballs para cima, liberando mais três feixes, que se materializaram em: Um pequeno Pokémon reptiliano verde, com mãos e pés de três dígitos, uma cauda verde grande, seu estômago e garganta eram vermelhos ,e possuía grandes olhos amarelos; Um Pokémon quadrúpede, coberto de pelos amarelos, orelhas grandes, com tufos de pelos laranjas nas pontas, e sua cauda possuía uma ponta laranja ,seu focinho possuía pelos brancos, e seus olhos eram vermelhos; E por último um Pokémon tartaruga azul claro com a sua característica mais notável sendo a casca dura sobre suas costas, três dedos estavam localizados em cada mão e pé, e possuía olhos roxos.

—Esses são Treecko, Fennekin e Squirtle,escolham quem quiserem.-Falou Cedar.

—Eu escolho Treecko!-Falou Vitor, se aproximando do Pokémon de grama.

—Eu acho que escolho Squirtle...-Falou Karol, fazendo o mesmo com o Pokémon de água.

—Bom, somos eu e você Fennekin!-Falou Vanessa, pegando a raposa de fogo no colo.

—Aqui estão suas Pokéballs e Pokédex.-Falou o Professor, entregando 6 Pokéballs pra cada,sendo que uma de cada possuía um adesivo com o respectivo tipo do inicial, e mais um dispositivo vermelho, que lembrava um videogame antigo chamado Game Boy Advanced.

—Muito obrigado(a)!-Falaram os 4 em unisom,e em seguida saíram do laboratório.

—Ei...-Falou Ícaro, chamando a atenção de todos.-O que acham de treinarmos em minha casa?Lá tem um campo de batalha!-

—Me parece uma boa ideia!-Falou Karol.

—Vamos, talvez até possamos aprender mais sobre Pokémon!-Falou Vitor.

—Está decidido então?-Perguntou Vanessa.

—Sim!-Respondeu Ícaro.-Vamos lá!

Dialga used Roar of Time

Palkia used Spacial Rend


Depois de algum tempo caminhando, o quarteto chegou na casa de Ícaro.

—Vamos, entrem pessoal!-Falou Ícaro.-Vamos dar nosso melhor para treinar!-

—CERTO!-Falaram os outros em unisom.

—Okay, então...-Falou Ícaro, se dirigindo ao campo de batalha.-Quem começa?-

—Eu!-Falou Vanessa.-Eu quero batalhar contra você!-

—Certo!-Falou Ícaro.

—E eu serei a Juíza!-Falou Karol.

Então Vanessa se dirigiu ao campo,em frente de Ícaro, enquanto Karol foi para a lateral.

—Essa batalha será de 1x1!-Começou Karol.-Quando o Pokémon de um dos lados ficar fora de combate, o oponente vence!Além disso, como é nossa primeira batalha,Itens como Potions não serão permitidos!De acordo?-

—Sim!-Falou a dupla de treinadores.

—Certo!-Falou Karol, levantando seu braço e o abaixando, imitando um corte.-E que a batalha...Comece!-
E com esse inicio de batalha, o capítulo se encerra!
No próximo, além dessa batalha, haverá mais uma batalha, mas quem será o vencedor?

TO BE CONTINUED...


Notas Finais


Bom, é isso que eu queria trazer pra vocês, e mais um aviso: a história vai continuar inédita somente após o capítulo 6 ou 7.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...