1. Spirit Fanfics >
  2. Pokémon Restructure: Kalos Arc >
  3. Superando o Obstáculo Mental! Determinação do Dragão

História Pokémon Restructure: Kalos Arc - Capítulo 76


Escrita por:


Notas do Autor


Com o encontro com Aria tornando ainda mais intenso o desejo de Serena de realizar seu sonho de se tornar a próxima Rainha de Kalos, o grupo segue com sua jornada em direção à cidade de Lumiose, para o desafio de Ash contra Clemont.

Capítulo 76 - Superando o Obstáculo Mental! Determinação do Dragão


Mais sete dias se passam, chegando o dia trinta, com Ash e Serena prosseguindo com seus treinamentos. O rapaz fizera mais duas substituições, mandando Skiddo e Spritzee pra casa, e chamando de volta Fletchinder e Meowstic.

 

Serena, por sua vez, mantinha seu time, mas treinando novas combinações com Dragalge, além de Popplio começar a ser integrada aos poucos. O grupo estava agora no Centro Pokémon da floresta próxima a Lumiose, conversando com Clemont pelo videofone.


Vocês parecem ótimos. – sorri Clemont – É um super-alívio ver que vocês estão indo tão bem.


— Você tá comendo bem? Você tá se mantendo limpinho? Eu espero que sim! Você tá lavando sua roupa? Eu espero que esteja! – Bonnie despeja de uma vez.


Tá tudo absolutamente sob controle. – garante Clemont – Eu acabei de terminar a minha última invenção.


— Última invenção? – pergunta Serena, e Clemont dá o seu sorrisinho de marqueteiro (lê-se: vendedor da Polishop).


Com ela, você nunca mais terá que fazer tarefas domésticas de novo! – ele anuncia, mostrando o robô-empregada que passava ali – Eu a chamo de Engenheira Doméstica Gothitelle! Ela detecta qualquer coisa que precise de limpeza automaticamente e limpa tudo até ficar com um brilho impecável!


— Incrível./Piikaa. – Ash e Pikachu sorriem.


Estão testemunhando o poder da ciência! – sorri Clemont. A robô chega perto dele e então começa a tentar aspirá-lo – Ei, dispositivo de limpeza, para com isso! Para com isso! – ele grita, tentando impedir sua cara de ser sugada, no que ele e a robô caem no chão e acontece uma explosão. Logo, Clemont reaparece sujo de fuligem e com os cabelos armados e crespos – Vou ficar feliz quando chegarem... vai ser um alívio pra mim... – ele tomba, encerrando a ligação.


____________________________


— Que bom que o Clemont tá bem, mesmo que suas invenções sempre acabem do mesmo jeito. – Bonnie sorri, seguindo em frente com Ash e Serena.


— Ele parece bem. – Serena fala – E disse que tá recebendo desafiantes todos os dias.


— Pois é. O Jimmy até comentou comigo sobre a batalha que teve com ele. – Ash sorri – Disse que foi bem complicada pelo fato do Clemont ser bem analítico.

 

Jimmy de fato havia ligado para Ash depois que passara pelo Ginásio Lumiose, dizendo o quanto a batalha contra Clemont foi difícil. A equipe de Clemont, com Heliolisk, Luxray e Magnezone tornou uma batalha mais do que desafiadora para o johtonês, que tivera que recorrer a Typhlosion, além de seu Gogoat e Whiscash.


— Já pensou na sua estratégia, Ash? – pergunta Serena.


— Estamos treinando pra isso. – Ash responde.


— Pense nos Pokémon do Clemont pra descobrir como batalhar contra ele. – recomenda Serena.


— Vamos ver... os Pokémon do Clemont são na maioria tipos Elétricos, e ele ainda tem o Bunnelby e o Chespin. – Ash fala – Magnezone e Luxray são um problema... bom, de qualquer forma, vamos continuar treinando duro.


— Pikachu. – concorda Pikachu.


— Treino especial, Ash? – outra voz se faz ouvir, fazendo eles olharem pra frente. Um braço sai de uma árvore, estalando os dedos, até que a própria pessoa aparece: um garoto gordinho com camiseta preta com estampa de Vanillite – Já faz algum tempo, né?


— Tierno! – espanta-se Ash.


— Nossa, que coincidência. – sorri Bonnie, se aproximando de Tierno junto com os demais.


— Bonnie e Dedenne, vocês estão demais. – diz Tierno, cumprimentando os dois, e então olha para Serena – E é claro, Serena... – ele avança, ajoelhando-se frente à moça – Parece ainda mais linda do que da última vez que eu a vi...


— O-obrigada, mas... – Serena responde, com certo constrangimento. Bonnie e Dedenne se encolhem quando Ash anda vagarosamente até Tierno e aperta seu ombro com força. O garoto então olha meio apreensivo para Ash.


— Elogiar não é proibido... mas se não se conter diante da MINHA noiva... você vai aprender a voar do pior jeito... – Ash fala de forma pausada e rouca, e Pikachu soltava faíscas grandes das bochechas pra reforçar.


— De-desculpa... – Tierno engole em seco: tinha que lembrar sempre que Ash e Serena eram quase casados praticamente, então repara que faltava alguma coisa – Espera... onde tá o Clemont?


___________________________


— Não brinca! O Clemont é Líder de Ginásio, sem zueira? – espanta-se Tierno. Eles não haviam contado a ele, Trevor e Shauna que Clemont era o líder de Lumiose.


— Sim, ele tá em Lumiose se preparando pra nossa batalha. – explica Ash.


— Se eu não me engano, já batalhei no Ginásio de Lumiose. – recorda Tierno – Mas eu não lembro de ter visto o Clemont. Eu batalhei contra um robô esquisito.


— Você tá falando do Clembot. – sorri Bonnie – Foi o Clemont que construiu aquele robô.


— Tá falando sério? Incrível! – impressiona-se Tierno.


— Conseguiu a insígnia? – pergunta Ash. Tierno sorri e tira a insígnia do bolso.


— Aqui está ela.


— Mandou bem. – elogia Ash – E aí, Tierno, o que acha de termos uma batalha agora? Vai ser um ótimo jeito de praticarmos um pouquinho.


— Pikapika. – concorda Pikachu.


— Demorou. – o dançarino sorri, estalando os dedos. Minutos depois, o grupo chega em uma área mais aberta, e Ash e Tierno se posicionam pra batalhar.


— Sliggoo, eu escolho você! – Ash chama o Pokémon molusco.


— Goooo!


— Você capturou um Sliggoo, que da hora. – elogia Tierno.


— Valeu. – Ash acaricia a cabeça de Sliggoo – O Sliggoo era meio medroso e tímido no começo, mas treinos especiais e umas boas batalhas deixaram ele superforte.


— Se liga nos meus Pokémon. – Tierno lança quatro Pokébolas, no que os quatro Pokémon aparecem sorrindo.


— Ludicolo e Wartortle. – sorri Bonnie.


— E Hitmontop e Politoed. – completa Serena.


— É, eu andei aumentando a minha equipe desde a Colônia de Férias. – sorri Tierno – Eles são ótimos.


— Esse Wartortle evoluiu do seu Squirtle, estou certo? – Ash sorri.


— Waaaaar...! – Wartortle entra em seu casco e gira com seu Rapid Spin, junto com Hitmontop, começando a dança. Ludicolo e Politoed acompanham em seguida com sua sincronia animada nos passos, com Tierno completando a dança, e todos fazem pose no fim.


— E aí, Ash? O que você achou do meu novo grupo de dança? – pergunta o garoto.


— Legal, eles têm mesmo ótimos movimentos e ginga. – aprova Ash.


— Aí, acho que podemos ter uma Batalha em Dupla. – Tierno sugere, recolhendo Hitmontop, Ludicolo e Politoed – Meus Pokémon serão Wartortle... e esse meu outro amigão aqui. – ele abre uma outra Pokébola.


— Raaaai!


— Legal, um Raichu. – sorri Ash, enquanto Pikachu involuntariamente solta faíscas das bochechas. Se era um Raichu, ele queria enfrenta-lo. Queria derrotar quantos Raichus aparecessem até enfrentar seu pai.


— Se você vai desafiar o Ginásio de Lumiose, é bom ir treinando contra os tipos Elétricos. – diz Tierno, no que Ash concorda.


— Ele não é fofo?/Nenennee. – Bonnie e Dedenne observam Raichu.


— Pikachu, Sliggoo, vamos fazer o nosso melhor. – diz Ash.


— Pika!/Sliggoo!


— Beleza, que comece a batalha. – sorri Tierno, mas eles ouvem algo nos arbustos, como um som tecnológico. Nisso, um robô estranho aparece dos arbustos, indo rapidamente até Ash, estendendo os braços e agarrando Pikachu.


— Piiikaaa!


— Pikachu! – exclama Ash.


— O que tá acontecendo? – pergunta Serena.


— Solta o Pikachu, poxa! – brada Tierno. A comporta da cabeça do robô se abre, e uma mensagem holográfica é transmitida, com um certo trio rindo.


— Equipe Rocket! – indignam-se Ash, Serena e Bonnie.


— Aquele grupo de ladrões de Kanto? – espanta-se Tierno – Já ouvi alertas sobre eles em Lumiose.


Continuam babacas como sempre. Estamos falando remotamente com vocês, de bem longe. – diz Jessie.


Wooooobbuffet!


E agora, testemunhem o poder do mais novo robô da Equipe Rocket: o Capturador Automático de Pikachu, também conhecido como C.A.P. – sorri James.


Nosso C.A.P. consegue trabalhar de bem longe, detectando a eletricidade do corpo do Pikachu de qualquer lugar pra depois capturar o patife Pokémon. – explica Meowth.


Muito bem, mostre sua mágica, C.A.P. – diz Jessie. De trás do robô, é liberada uma jaula dobrável, e o robô começa a levar Pikachu pra ela.


— Não, eu não vou deixar! Sliggoo, Dragon Breath!


— Sliiiiggoooo! – o molusco dispara seu sopro esverdeado, estourando o braço e libertando Pikachu. O robô se ergue, e então vai contra Raichu e Wartortle, estendendo seus braços de novo e pegando os dois.


— Raichu e Wartortle! – exclama Tierno.


— Pikachu! Sliggoo! Vão ajudar! – aponta Ash. Os dois Pokémon avançam contra o robô, mas Pikachu é rechaçado por um dos braços, enquanto Sliggoo consegue agarrá-lo. O robô balança os braços com tudo, colocando Wartortle, Sliggoo e Raichu na jaula, fechando-a e começando a leva-la pra longe em alta velocidade.


— Volta! – Tierno corre, mas o robô libera uma fumaça que bloqueia a visão de todos, e o robô some na floresta.


— Ah, não! – preocupa-se Serena, enquanto Ash aperta os punhos de raiva.


— “Eu estou tentando... juro que estou tentando, Senhor, mas eles não estão me dando escolha”! – Ash reza internamente para Arceus. Estava definitivamente cansado daqueles três, que mostraram mais inteligência dessa vez, mas para propósitos malignos.


____________________________

 

Enquanto eram levados, Raichu e Wartortle tentavam dobrar as barras da gaiola. O rato grande até mesmo apela para seu Thunderbolt, dando um choque em Wartortle por acidente, enquanto Sliggoo não sabia o que fazer. Do lado de Ash, eles esperavam a volta do batedor, que não demora a aparecer.


— Fletch, fleeetch!


— Fletchinder! Encontrou alguma coisa? – Ash pergunta, mas o pássaro balança a cabeça em negativa.


— Tchinder, tchinder.


— Tudo bem. Muito obrigado, Fletchinder. – Ash agradece e recolhe Fletchinder pra Pokébola.


— Acho melhor a gente se dividir pra procurar. – sugere Serena.


— Então, vamos começar agora. – diz Ash.


— Beleza. – diz Tierno – Bonnie, você pode vir comigo.


— Claro. – concorda a lourinha.


— Quando a gente encontrar eles, a gente se encontra aqui, tá? – diz Tierno.


— Tá legal. – responde Ash, seguindo pra um lado com Serena, enquanto Bonnie e Tierno vão para outro lado.


___________________________


— Delícia. – Meowth sorri, sentado sob uma árvore e comendo algumas frutas, com Jessie e James por perto, também à toa, quando o robô chega – Hehehehe, ele rouba demais.


— Agora podemos relaxar e fazer os trabalhos importantes ao mesmo tempo. – diz Jessie – É importante que gênios do mal como nós trabalhem com a cabeça, e não com os braços.


— Woooobbuffet. – concorda Wobbuffet.


— Essa tecnologia C.A.P. vai ajudar a gente a capturar um monte de Pokémon além do Pikachu, e... – James se aproxima da gaiola pra ver, e se surpreende ao encontrar Raichu – Ahhhh! Eu me enganei! Isso aí é um Raichu!


— Por que toda essa gritaria? – Jessie se aproxima e também vê o ratão laranja – Aaahhh! Nosso Pikachu! Tá legal, cadê nosso Pikachu?


— Será que ele evoluiu? – pergunta Meowth.


— Eu duvido muito, mas eu não sei explicar direito isso. – responde James.


— Raaaichuuuuuu! – Raichu dispara seu Thunderbolt em James, que acaba todo torrado e cai no chão.


— Não, não, não! – James se recompõe – O Thunderbolt que normalmente faz a gente decolar é muito mais forte do que essa cócega.


— Muito bem, já entendi! O C.A.P. se enganou. – diz Meowth – Ele agiu com base na carga similar que o Pikachu tem o hábito de emanar.


— E o que é isso? – Jessie se aproxima mais da gaiola.


— Waaaartortleeee! – a tartaruga dispara nela sua Water Gun, encharcando Jessie e derrubando-a no chão. Quando Meowth e James olham pra colega, ela estava com uma expressão assustadora (lê-se: Samara).


— Ninguém estraga o meu cabelo...! Pumpkaboo, Shadow Ball! – ela chama a Pokémon abóbora.


— Kaaaaboo! – Pumpkaboo dispara a bola negra, que acaba desengatando a jaula do robô, e a jaula segue desgovernada pra longe dos Rockets.


— Peraí! – grita James.


— É isso o que acontece com quem se mete comigo!


— Mas Jessie, agora eles foram pra longe. – diz Meowth.


— Eles estavam onde a gente queria... – James ia falando, mas para: a expressão de Jessie era mais terrível do que ele já vira recentemente.


— Eu só me importo em capturar o Pikachu, e nós vamos por as mãos naquele pestinha pirralhesco hoje mesmo! – briga a arroxeada, que então dá um chute no robozinho – Vai! Encontre aquele Pikachu!


____________________________

 

Seguindo por um pedaço de grama alta, estavam Tierno e Bonnie, concentrados na busca aos Pokémon raptados.


— Presta atenção onde pisa. – avisa Tierno.


— Tudo bem, tô prestando, pode deixar. – responde Bonnie, quando um estrondo atrás deles lhes chama a atenção.


— Caiu alguma coisa ali atrás! – Tierno se vira, e ele e Bonnie correm pra lá. Ali estavam uma jaula arrebentada, e Sliggoo, Wartortle e Raichu livres.


— Slig? Sli, sliggoooo! – a lesma vai até os outros dois, que se levantam.


— Waaartortle./Raaai.


— Olha, é o Sliggoo! – aponta Bonnie, e Sliggoo olha pra lá também.


— Wartortle, Raichu! – Tierno corre para seus Pokémon – Que alívio.


— Wartortletortle./Raaai. – os dois sorriem.


— Nenenneee! – Dedenne pula em Sliggoo, que segura o amiguinho com um sorriso.


— Então, vocês caíram lá de cima, né? – observa Tierno – Que bom que vocês tão bem.


— Ué? Cadê o robô da Equipe Rocket? – pergunta Bonnie – Ele não caiu com vocês?


— Sligsliggooo. – nega Sliggoo.


— Espera um pouco...! Aquela máquina horrível pode captar a eletricidade do Pikachu! – lembra Tierno – Então ela deve estar atrás dele agora.


— Então quer dizer que o Ash e os outros estão em apuros! – percebe Bonnie.


— Temos que acha-los. – diz Tierno, olhando pra cima – E depressa, porque parece que vai chover.


— Aiiii... – Bonnie olha pro alto, vendo as nuvens escuras se formando.


— Essa área é conhecida por chuvas rápidas. – diz Tierno – Temos que andar depressa.


— Então, deixa tudo com a gente! – declara Bonnie – Dedenne, está pronto?


— Denne! – o ratinho pula dos braços de Sliggoo e emite sua eletricidade por seus bigodes-antenas – Denneee!


— O Dedenne pode sentir a eletricidade do Pikachu. – explica Bonnie – Quer dizer que o Dedenne pode descobrir onde ele está.


— Uau, o Dedenne pode fazer isso? – impressiona-se Tierno, e o ratinho olha para a direita.


— Denne! – Dedenne imediatamente corre naquela direção.


— O Dedenne já sabe! – Bonnie corre atrás de seu Pokémon, seguida por Sliggoo. Ainda impressionado, Tierno a segue junto com Wartortle e Raichu.


__________________________

 

Em um terreno rochoso entre duas falésias, Ash, Serena e Pikachu seguiam procurando da sua forma, quando de repente, Pikachu recebe o pulso elétrico.


— Pikachuuu.


— Mensagem elétrica do Dedenne, certo? – percebe Ash.


— Será que aconteceu alguma coisa? – pergunta Serena, no que eles ouvem algo de cima, vendo o robozinho descendo o rochedo.


— É o robô! Cuidado, hein, Pikachu? – Ash alerta. Pikachu se posiciona, e o robô estende seus braços para pegá-lo – Use Iron Tail!


— Pika! Chuuuuuupika! – Pikachu pula e desce seu golpe de cauda com tudo na cabeça do robô, derrubando-o enquanto ele tremia com o defeito.


— Beleza, vamos. – sinaliza Ash, e os três vão correndo pra outro ponto, enquanto também reparavam o céu escurecendo. Sabiam que tinham que encontrar os demais antes que chovesse.


___________________________


— Ahhhh... – Tierno reclama, frente a uma pedra enorme que bloqueava o caminho por onde ele e Bonnie seguiam.


— A gente nunca vai passar por isso. – diz Bonnie.


— Sliggosliggoo. – a lesma vai em frente e começa a se concentrar – Sliiiiggoooo! – ele dispara seu Dragon Breath, mas faz apenas um buraco na pedra, sem destruí-la.


— Não adianta... – lamenta Tierno, mas Sliggoo não desiste e vai tentando espatifar a pedra na força, usando investidas sucessivas, mas quanto mais tentava, mais se machucava.


— Sliggoo, por favor, pare! – pede Bonnie.


— É inacreditável, Sliggoo é incrível... – admira-se Tierno, que então olha para seus Pokémon – Wartortle, Raichu, ajudem o Sliggoo.


— Waaar!/Raaai! – os dois vão até Sliggoo, amparando-o quando ele dá uma vacilada. Juntos, os três investem contra a pedra, que finalmente se parte em pedacinhos.


— Beleza!/Ebaaa!


— Sliggooo!/Waaar!/Raaai! – os três Pokémon sorriem, orgulhosos de seu feito.


___________________________

 

Do outro lado, Ash, Serena e Pikachu ainda corriam, com o robô da Equipe Rocket em seu encalço, estendendo suas mãos mais uma vez para pegar Pikachu, mas Ash se cansa disso.


— Agora você pediu! – ele cria uma densa lâmina de aura em sua mão esquerda, jogando-a e atravessando a cabeça do robô, que dá curto e cai.


— Como tem coragem?! – indignam-se os Rockets, saltando do rochedo pra perto do robô, encarando o casal e Pikachu.


— Tenho coragem porque vocês não deixam a gente em paz! – retruca Serena.


— Esse Pikachu é o MEU Pikachu! – Ash fala, enquanto Pikachu se posiciona pra lutar.


— Prepare-se pra encrenca, não vai continuar sendo não!


— Encrenca em dobro, você perdeu a noção.


— Pra proteger o mundo da devastação./Pra unir as pessoas de nossa nação./Pra denunciar os males da verdade e do amor./Pra estender nosso poder às estrelas!


— Jessie!/E James!


— Equipe Rocket decolando na velocidade da luz!/Rendam-se agora, ou preparem-se pra uma batalha fenomenal.


— Meowth, é isso aí!/Woooobbuffet!


— Lembrem: “por favor” e “obrigado” são palavras sagradas. – zomba Jessie.


— Mas até boas maneiras não significam nada pra um bando de adolescentes mimados. – diz James.


— Nós teremos o Pikachu de qualquer jeito! – Meowth fala, colocando o robô de pé outra vez.


— Com ou sem aura, você não vai nos impedir dessa vez! – declara Jessie.


— E pensar que você teve a chance de se livrar disso. – Serena perde o decoro – Prefere continuar sendo uma velha virgem fracassada pelo resto da vida?!


— Quê?! – as palavras de Serena quebram algo dentro de Jessie, com James e Meowth engolindo em seco – Como ousa...? COMO OUSA ME CHAMAR DE VELHA?! EU TENHO VINTE E CINCO ANOS!!


— Continua sendo uma virgem fracassada. – diz Serena.


— Chega disso! – Meowth aperta o botão, o que James prefere antes que sobrasse pra ele, mas então, uma certa lesma draconídea chega com tudo, jogando o robô na parede de pedra e terminando de danificá-lo – Quê?!


— Muito bem, Sliggoo!/Pikapika! – elogiam Ash e Pikachu.


— Sligsliggoo. – sorri Sliggoo.


— São o Ash e a Serena! – Bonnie aponta, chegando junto com Tierno, e logo os Rockets se veem na desvantagem, cercados por todos os lados. Serena puxa uma de suas Pokébolas.


— Agora aceitem seu destino de uma vez. – ameaça Ash.


— Pirralhos chatos! Pumpkaboo, Shadow Ball! – Jessie chama seu Pokémon.


— Kaaaaaboo! – Pumpkaboo dispara a bola negra contra Sliggoo, que estava perto do robô.


— Evasiva! – instrui Ash. Sliggoo salta, e o ataque de Pumpkaboo atinge só o robô, destruindo-o, mas várias fagulhas de fogo se espalham da explosão, caindo em volta dos Rockets e do casal.


— Estraga-prazeres! – exclama Meowth.


— Isso sempre acontece! – reclama Jessie. As chamas também caem nas árvores mais próximas, e logo os Rockets estavam presos com o casal Ketchum em um círculo de fogo.


— Sliiig! – exclama Sliggoo.


— Ash, Serena, não! – grita Bonnie, e Tierno a protege de uma árvore em chamas que cai perto deles.


— E essa agora...? – preocupa-se Serena.


— Eu poderia criar uma cúpula pra nos proteger, mas se o fogo continuar consumindo o ar, estamos perdidos. – Ash fala., tentando se proteger. Sliggoo, que estava por perto, sente mais lembranças terríveis lhe ressurgindo, quando houve o ataque dos Pokémon tipo Inseto e Veneno à sua casa, e um Seviper usara Flamethrower, prendendo alguns dos amigos dele entre as chamas.


— Gooo! – Sliggoo mostra um olhar de coragem: não iria deixar Ash e Serena presos naquelas chamas. Ele olha pra cima, vendo as nuvens escuras, e então, sente um pingo lhe atingir. Ash e Serena também começam a sentir a água lhes gotejando.


— Está começando a chover? – Serena olha pra cima.


— Isso é bom. – Ash fala – A água vai levar todo esse fogo.


— Ash! Precisam se proteger de algum jeito! – avisa Tierno – É uma chuva rápida, mas bem forte!


— E agora? – preocupa-se Serena, no que vai pingando mais, até formar um chuvisco que vai aumentando. Nesse momento, um brilho branco-azulado lhes atrai do lado – Ashy!


— O quê?! Sliggoo! – exclama Ash, vendo que Sliggoo era a fonte daquela luz. A chuva vai ficando mais forte e, do corpo de Sliggoo, um dragão de luz sobe ao céu.


— Isso é...! – Tierno arregala os olhos com aquela luz. Dentro das chamas, o corpo de Sliggoo cresce, com seus chifres ficando mais longos e grossos. Ele perde totalmente a forma de molusco e muda pra uma de dragão bípede, até que finalmente a luz cessa e a evolução se completa.


— GOOOOOODRAAAA!!!


— Sliggoo evoluiu pra Goodra! – exclama Serena.


— Incrível! – Ash sorri.


— Eu não diria isso! – exaspera-se Meowth.


— Goooo! – Goodra vai até Ash, Pikachu e Serena, abraçando-os e protegendo-os da chuva com o corpo.


— Ei, valeu Goodra. – agradece Ash. Como esperado, a chuva apaga o fogo, e tanto Bonnie quanto Tierno foram pra baixo de uma árvore, protegendo-se parcialmente da chuva, enquanto os Rockets ainda estavam ali, se encharcando. Passam-se alguns minutos até a chuva parar.


— Legal, agora está se acalmando. – sorri Serena.


— De jeito nenhum! – reclama Jessie – Meu cabelo molhou outra vez!


— Tudo bem, antes molhar o cabelo do que decolar. – diz Meowth.


— Olha, o Goodra daria uma boa captura. – diz James.


— Vamos cortar essa grosseria. Goodra, hora da lição! – brada Jessie – Agora, Pumpkaboo, Dark Pulse!


— Kakakakaaaboo!


— Agora eu me zanguei! Inkay, Psybeam! – James chama seu Pokémon também.


— Iiiiinkaaay! – Inkay dispara seu ataque junto com Pumpkaboo, mirando em Goodra e no casal, mas o dragão logo se coloca a frente de Ash e Serena, recebendo os dois ataques e resistindo praticamente sem nenhum arranhão.


— Não! – exclamam os Rockets.


— Ah sim! Agora é a sua vez, Goodra! Dragon Breath! – instrui Ash.


— Goooooodraaa! – Goodra dispara uma grande rajada violeta em forma de dragão, atingindo Pumpkaboo e Inkay, jogando-os contra os Rockets e explodindo todos eles dali.


— Estamos decolando de novo!!/Wooooobbuffet!! – eles desaparecem entre as nuvens escuras, que iam se abrindo gradualmente.


— Tchau-tchau! – acena Bonnie, saindo de baixo da árvore.


— Ei, Ash, isso não foi o Dragon Breath, foi o Dragon Pulse! – sorri Tierno.


— Isso é ótimo. – Ash sorri para Goodra – Incrível você ter aprendido o Dragon Pulse, Goodra.


— Pikapika.


— Goood. – Goodra abraça o Treinador e o colega.


— Ash! – Tierno e Bonnie correm até o rapaz, e Serena já estava perto – Essa foi a primeira vez que eu vi um Sliggoo evoluir pra Goodra.


— Foi sinistro, né? – Ash fala – Ele treinou pra valer e ficou superforte. Não vai perder pra mais ninguém.


— Pode crer, verdade. – concorda Tierno – Escuta, Goodra. Você tem sorte de ter um Treinador como o Ash.


— Goodraaa. – Goodra sorri ao concordar.


— Ei, Tierno, a gente ainda não fez a nossa batalha. – diz Ash – O que você me diz?


— Boa, demorou. – sorri Tierno.


_____________________________

 

Ao entardecer, eles estavam em outro campo aberto na floresta. Tierno e Ash mantém suas escolhas de antes: uma batalha dupla de Wartortle e Raichu contra Pikachu e Goodra.


— Pikachu, Quick Attack! – instrui Ash, e o rato amarelo já parte com seu ataque veloz, acertando Wartortle.


— Wartortle, use o recuo pro Rapid Spin! – instrui Tierno, Wartortle vai pra trás, girando intensamente, no que Pikachu se afasta.


— Evasiva! – comanda Ash. Pikachu salta, esquivando-se da concha giratória.


— Raichu, mire o Charge Beam no Goodra! – aponta Tierno. Raichu concentra a eletricidade em sua boca, disparando o raio reto.


— Goodra, use o Bide! – instrui Ash. Goodra recebe o raio de frente, resistindo com toda a sua força, e uma aura avermelhada o recobre.


— Beleza, Focus Blast agora!/Rairaaai! – Raichu dispara a esfera amarela, acertando Goodra mais uma vez, mas o dragão se mostrava incólume quando a fumaça cessa.


— O Goodra é forte. Meio lento, mas sua resistência é demais. – diz Tierno – Raichu, Focus Blast de novo!


— Rairaaaichuuuuu! – o ratão lança a esfera amarela mais uma vez.


— Pikachu, intercepte com Electro Ball! – aponta Ash.


— Pika!


— Ajude o Raichu, Rapid Spin! – Tierno comanda Wartortle, que salta e gira, interceptando Pikachu e jogando-o pro lado, deixando o caminho aberto para o Focus Blast atingir Goodra, mas isso só dera mais poder ao dragão.


— Goooooodrrraaaa! – Goodra dispara a grande rajada branca com todo o dano acumulado.


— Prepare-se, Wartortle, use o Water Gun!/Tortleeeeee! – a tartaruga dispara seu jato de água.


Iron Tail!/Chuuuuuupika! – Pikachu usa sua cauda para parar o ataque de Wartortle, e o ataque de Goodra vai direto contra os dois Pokémon de Tierno, atingindo-os.


— Isso é tão legal! – sorri Bonnie. A fumaça passa, e tanto Wartortle quanto Raichu estavam de pé, no que Tierno sorri.


— Achei que eu tinha vencido, mas acho que não. – Ash sorri.


— Pika./Gooodra.


— Beleza, tá na hora de usar um pouco de ritmo! – Tierno estala os dedos, e logo, Wartortle e Raichu começam a demonstrar sua dança de batalha. O ratão laranja salta, e Wartortle avança com seu intenso giro – Wartortle, use o Skull Bash no Goodra agora!


— Waaaaar! – Wartortle sai do casco e projeta-se de repente, acertando Goodra no peito com sua cabeça.


— Beleza, agora agarra ele! – instrui Ash. Goodra então agarra Wartortle rapidamente, impedindo-o de se afastar.


— Wartortle! – exclama Tierno – Raichu, ajuda ele! Focus Blast!


— Rairaaai!


Electro Ball, vai!/Pikapikapikaaachupi! – Pikachu dispara a esfera elétrica, colidindo-a com a esfera de força de Raichu – Goodra, arremesse o Wartortle!


— Gooooooodra! – o dragão lança Wartortle com tudo em Raichu, causando uma colisão dolorosa que os deixa tontos.


— Mantenham o ritmo, se segurem! – diz Tierno, mas os dois se trombam por acidente.


— Eles perderam o ritmo. – sorri Serena.


— Pikachu, Thunderbolt no Wartortle, vamos lá! – instrui Ash.


— Piiikachuuuuuu! – o rato amarelo libera seu relâmpago.


— Goodra, Dragon Pulse no Raichu! – Ash prossegue.


— Goooooodrrraaaaa! – Goodra dispara a rajada dracônica. O relâmpago de Pikachu se une a ela, formando um dragão de trovão que acerta os dois Pokémon adversários ao mesmo tempo. No final, Wartortle e Raichu estavam completamente nocauteados.


— Waaar.../Raaai...


— Wartortle! Raichu!


— Conseguimos, nós vencemos a batalha! – sorri Ash.


— Pikaaa!/Goooodraaa! – Pikachu e Goodra comemoram.


___________________________

 

Pouco tempo depois, após recolherem seus Pokémon, Tierno estava pronto pra partir, despedindo-se de Ash e das garotas.


— Muito obrigado, Tierno. – Ash agradece – Tivemos um ótimo treino graças a você.


— Quero que batalhe no Ginásio de Lumiose igual à hoje. – diz Tierno.


— Tenha certeza. E quando nos encontrarmos, vamos batalhar de novo. – garante Ash.


— Pode deixar. – concorda Tierno, que olha para Bonnie – Manda um oi pro Clemont, beleza?


— Sim. Se cuida na estrada, Tierno./Nenne. – dizem Bonnie e Dedenne.


— Manda um oi pra Shauna e pro Trevor também. – acena Serena.


— Pode deixar, e boa viagem, galera. – despede-se Tierno, saindo dali pra continuar sua viagem.


___________________________

 

Seguindo adiante, já de noite, Ash, Serena e Bonnie chegam em uma encosta, de onde finalmente avistam a grande capital de Kalos, com seu principal marco turístico, a Torre Prisma, completamente iluminada.


— Eu tô vendo, eu tô vendo! – sorri Bonnie.


— Ali está. Cidade de Lumiose. – sorri Serena – Nós chegamos.


— Clemont, aí vamos nós. – diz Ash – Tá chegando a hora.


— Pikapika. – secundou Pikachu, sentindo a mesma ansiedade que Ash enquanto observavam as luzes brilhantes da cidade de Lumiose.


____________________________

 

Em outro lugar, longe dali, mais especificamente no Deserto de Kalos, um pouco próximo da usina de força, uma grande figura humana olhava para o céu. Suas roupas eram esfarrapadas em vários lugares, e seus cabelos eram longos, desarrumados e brancos, com uma touca de lã na cabeça. Seus cabelos também lhe caíam sobre os olhos, dificultando que fossem vistos, mas no pouco que se podia ver, havia uma certa melancolia no olhar daquele homem, cuja altura chegava a impressionantes três metros.


— O Pokémon flor... o Pokémon flor... que recebeu a vida eterna... – ele murmura, olhando para o céu estrelado.

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


A Equipe Rocket está fazendo a paciência de Ash chegar no limite, e pode não demorar muito para que ele resolva seguir o decreto da Rainha Ilene e usar força letal em breve. Fora isso, o caracol finalmente evoluiu pra um fucking dragão de resistência absurda.

Tierno reaparece, mostrando as adições em seu time de dança de batalha, também tendo conquistado a Insígnia do Ginásio de Lumiose, assim como Jimmy, que teve uma difícil batalha diretamente contra Clemont. Agora, é Ash quem está chegando... o que vai virar nessa disputa? Fiquem ligados.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...