História Pokémon Restructure: Sinnoh Arc - Capítulo 178


Escrita por:

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Aaron, Ash Ketchum, Barry (Jun), Bertha, Braixen, Brock, Conway, Cynthia, Dawn Hikari, Delia Ketchum, Fantina, Flint, Gary Carvalho, Grace (mãe de Serena), James, Jessie, Johanna, Kenny, Khoury, Leaf (Green), Looker, Lucas, Lyra, Meowth, Nando, Paul, Personagens Originais, Pikachu, Professor Carvalho, Professor Rowan, Red, Riley, Serena, Tobias, Ursula, Zoey
Tags Amourshipping, Arceus, Ash, Batalhas, Breedershipping, Concursos, Dialga, Equipe Galáctica, Lendas, Liga, Missão, Palkia, Pearlshipping, Penguinshipping, Pikachu, Pokémon, Rivais, Romance, Serena, Sylveon
Visualizações 148
Palavras 4.978
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


É hora de mais batalhas virem para coroar o dia, e com as rodadas avançando, chega o momento de alguns confrontos de muito peso para tornar o Grande Festival ainda mais emocionante.

Capítulo 178 - Força e Elegância! A Terceira Rodada


As batalhas da segunda rodada terminam em grande animação para os fãs. Sheila vence a segunda batalha do Bloco C, usando Delcatty e Sneasel, e no Bloco D, Jesselina também vence a sua batalha, com Yanmega e Seviper, animando James e Meowth, e começando a aumentar a venda de cards da colega. Enquanto o palco era preparado para a terceira rodada, Ash e Brock vão para a sala de espera para cumprimentarem as garotas.


— Sere, Dawn, vocês foram demais em suas batalhas. – Ash fala, levando as mãos à cintura delgada da namorada, que enlaça seu pescoço ao beijá-lo.


— Obrigada, Ash. – Dawn agradece – Mas tenho que dizer que estão realmente sendo as apresentações mais difíceis que já fiz.


— Em um Grande Festival, sempre será assim. – Serena fala – Não importa quantas vezes você entre, sempre perceberá como é difícil e o quanto te pressiona mentalmente.


— Disse a voz da experiência. – brinca Brock.


— Mas é bem como a Serena diz. – concorda Zoey – A sensação de um Grande Festival sempre supera qualquer coisa pela qual um Coordenador já tenha passado.


— E independente do resultado, a experiência é sempre recompensadora. – Serena fala.


— Palavras sábias que realmente carregam todo o peso de incontáveis torneios. – filosofa Nando – Desejo-lhe boa sorte em sua próxima batalha.


— Pra vocês dois também, Nando. – Serena fala, olhando pra ele e Zoey – Vão nos mostrar um ótimo show, tenho certeza.


— Agora que é a decisão dos blocos, temos mesmo que mostrar o melhor do melhor, certo? – ronrona Sheila.


— Exatamente. – Dawn sorri – Sheila, você verá tudo o que eu tenho.


— E não esperaria menos, miau. – responde a Coordenadora Gata.


— Ei, Dawn. – todos se viram, vendo Kenny, que tinha um sorriso sincero no rosto. O castanho então estende a mão pra amiga de infância – Meus parabéns. As combinações que você usou foram algo que eu nunca esperei.


— As suas também foram incríveis, Kenny, - Dawn aceita o cumprimento do garoto.


— Agora, pra terceira rodada... vá lá e mostre-nos um show também. – Kenny diz.


— Não precisa se preocupar. – responde Dawn.


— A sua batalha vai ser agora, né, Serena? – o castanho olha para Serena – Boa sorte pra você.


— Obrigada, Kenny. – agradece Serena – Vamos dar o nosso melhor. – ela olha para Chaz, que olha para ela e dá um pequeno sorriso.


_________________________________


— Muito bem, fãs! A animação aumenta, e todos podemos sentir as emoções transmitidas a cada apresentação! – sorri Marian – Agora, iremos começar as batalhas do terceiro round!

 

O público vibra e aplaude com gosto. Na sala de espera, Ash e Brock haviam permanecido para dar apoio a seus amigos, e agora acompanhavam a transmissão ao lado de Dawn, Nando, Zoey e Sheila. Kenny já tinha ido ao camarim para se trocar.


— Agora, abrindo as batalhas da terceira rodada, será uma batalha dos sonhos! Uma batalha entre Top-Coordenadores! – anuncia Marian, animando ainda mais a plateia – À minha direita, está o Top de Hoenn do ano passado, e que participou do último Torneio Mundial da Pokécopa, Chaz! – as atenções focam no loiro, que dá uma leve mexida no cabelo ao sorrir – E à minha esquerda, ela que carrega o recorde de a mais jovem Top-Coordenadora por ter vencido em seu primeiro Grande Festival em Johto, há quase três anos, Serena!

 

As luzes focam a kalosiana, que arranca não apenas aplausos, como suspiros e gritos apaixonados de uma parte da bancada masculina. Na sala de espera, Dawn e os demais quase conseguem sentir a aura de ciúme e raiva emanando de Ash, que estava jurando que não iria sair sem socar pelo menos cinco dos fãs atirados.


— Teremos cinco minutos cravados no relógio, então... vamos lá! – sinaliza Marian.


— Tropius e Ampharos, dancem! – de uma das Pokébolas de Serena, sai uma explosão de fogo, e do meio dela surge Ampharos, enquanto de outra, grandes pétalas rosas irrompem no ar, e da luz a qual elas cobriam, surge a grande forma de Tropius.


— Amphaaaa!/Trooooo!


— Macherie e Glalie, hora do show! – Chaz lança suas Pokébolas, que liberam símbolos em forma de clave, e das luzes, aparecem os dois Pokémon.


— Machoooke!/Glalieee!


— Então o Chaz agora tem um Glalie... – Ash estreita o olhar.


— Você reparou, Ash? – pergunta Brock, no que Ash acena com a cabeça: tinha notado o brilho singular de uma pedra em um dos chifres de Glalie.


— Tropius, voe! – o Pokémon fruta abre suas frondosas asas de folhas e se lança ao ar – Use Air Slash, e Ampharos, Thunder Punch!


— Trooooo!/Phrooos! – Tropius cria duas esferas de ar comprimido, as quais Ampharos soca contra os oponentes com seu poder elétrico.


— E Serena começa com uma impressionante fusão de movimento, equilibrando vento e eletricidade! – narra Marian, e a visão das duas esferas de ar eletrificado reduzem os pontos de Chaz, mas este apenas sorri.


— Macherie, derrube com Brick Break! Glalie, use Blizzard! – a Machoke fortalece seus braços e derruba as esferas com um golpe em cada uma, espalhando alguns pequenos raios em volta dela, o que a faz parecer mais forte. Glalie então sopra uma forte nevasca pelo campo todo – Macherie, Bulk Up!


— Maaaaaaa! – Machoke faz uma pose de força, envolvendo-se em uma aura vermelha e ressaltando seus músculos, enquanto Ampharos e Tropius sofriam o dano da nevasca.


— E Chaz mostra sua resposta, pulverizando o ataque duplo de Tropius e Ampharos, enquanto Machoke parece magnificamente forte em meio a nevasca! – narra Marian. Os pontos de Serena caem pelo seu ataque ter sido evitado, e caem mais um pouco com a cena de agora.


— Ele está demonstrando muito bem como os Pokémon dele são poderosos... mas não quer dizer que não tenhamos nossas medidas. – Serena sorri – Tropius, Seed Bomb!


— Trooooo! – voltando a ganhar altitude, Tropius dispara algumas sementes grandes de seu pescoço.


— Ampharos, use Thunder agora! – Ampharos dispara seu trovão de uma forma que os raios aderem nas sementes e as aceleram, caindo furiosamente sobre Glalie e Machoke.


— Isso é o que podemos chamar de ferocidade! Um ataque duplo devastador que está causando efeitos lindos de explosão! – sorri Marian, no que os pontos de Chaz sofrem uma boa queda.


— Glalie, use Double Team!/Glalieee! – o Pokémon face cria vários clones de si mesmo, circundando Ampharos e Tropius.


— E essa agora? – Serena estreita os olhos.


— Macherie, Low Sweep!/Machooooke! – Macherie vem de repente, passando por um dos clones e aplicando uma rasteira em Ampharos – Glalie, Frost Breath!


— Glaaaaaa! – Glalie libera um sopro gelado contra Tropius, cobrindo-o de pingentes de gelo e reduzindo os pontos de Serena.


— A Serena está sendo bem pressionada... – comenta Dawn.


— Chaz está mostrando dinâmica em seus movimentos enquanto está ressaltando o poder de seus Pokémon. – analisa Brock.


— O que é uma forma realmente interessante de abordar o poder puro em um Pokémon. – concorda Zoey.


— Tropius, use Sweet Scent! – o Pokémon fruta vem um pouco mais pra baixo e libera sua nuvem de fragrância, que se espalha no campo e chega a afetar Macherie e Glalie – Agora Ampharos, use Signal Beam!


— Phrroooos! – a Pokémon dragão elétrico dispara o raio rosado de sua joia na cabeça, direcionando-o e atingindo ambos os oponentes, o que diminui os pontos de Chaz.


— Macherie, use Brick Break contra Ampharos!/Tropius, use Leaf Tornado em Machoke! – Macherie avança contra Ampharos, mas Tropius libera rapidamente o tornado de folhas, que envolve Macherie e a faz parar.


— Glalie, use Blizzard em Tropius!/Ampharos, use o Thunder Punch! – Ampharos entra na trajetória do Leaf Tornado, usando isso pra se impulsionar. Ao comando de Serena, Tropius redireciona o tornado na direção de Glalie, que é socado antes de liberar sua nevasca, sendo envolvido por raios e folhas.


— Ampharos vem para apoiar Tropius com um Thunder Punch cheio de estilo! – narra Marian, enquanto os pontos de Chaz caem de novo – E estamos na metade do tempo!


— Acho que agora é o momento de agir seriamente. – Chaz toca no alfinete de gravata em sua camisa, onde estava sua Pedra-Chave – Vá, Glalie! Mega Evolução!


— Ampharos, vamos dar tudo de nós! – Serena abre seu pingente de coração, ativando sua Pedra-Chave – Mega Evolução!


— PHROOOOS!/GLAAAA! – as Mega Pedras reagem, e os dois Pokémon começam a mudar de forma, com Ampharos ganhando pelos que pareciam nuvens na cauda e cabeça, enquanto Glalie ganha um chifre de gelo no meio de sua testa, além da metade de baixo de seu corpo ficar completamente escurecida, além da bocarra aberta. Em poucos segundos, termina o processo de Mega Evolução.


— Ampharos e Glalie mega evoluíram, e agora é mais do que certo que esta batalha terá um patamar não visto nas batalhas anteriores! – sorri Marian. Os pontos dos dois Coordenadores abaixam, mas os de Chaz estavam duas polegadas menores.


— A Serena vai ter que administrar bem isso. – comenta Brock – Na Mega Evolução, Ampharos se torna um tipo Elétrico e Dragão.


— O que a deixa ainda mais vulnerável para o Glalie. – concorda Sheila.


— E não é apenas isso. – Brock fala, enquanto todos olham para ele – A habilidade do Glalie na Mega Evolução é Refrigerate, o que torna todos os movimentos tipo Normal em movimentos tipo Gelo.


— Glaaaa...! – Glalie libera um breve nevoa de sua boca, que parecia congelar o ar em si.


— Vamos dar um jeito nisso. – sorri Serena – Ampharos, Ion Deluge!


— Amphaaaaa! – Ampharos dá um choro majestoso para o ar, emitindo eletricidade de todo o seu corpo, e usando-a para cobrir todo o campo.


— Agora Tropius, Sweet Scent!/Troooo! – Tropius voa e agita suas asas, liberando a fragrância doce, que chega até os adversários, mas também era acompanhada por faíscas que infligem um efeito paralisante além do relaxante.


— Whoa, essa é uma incrível combinação! Vejam essas faíscas elétricas, e o efeito que elas adicionam ao Sweet Scent! – sorri Marian, enquanto os pontos de Chaz caem.


— Macherie, use Dual Chop no Glalie! Glalie, avance com Headbutt! – instrui Chaz.


— Maaaaachoke! – os braços da Machoke brilham com energia dracônica, e com um golpe duplo, ela lança Glalie contra os adversários. Glalie se choca com força contra Ampharos e Tropius, deixando pingentes de gelo em seu rastro.


— Minha nossa, esse foi um ataque tremendo! – espanta-se Marian, e os pontos de Serena ficam menores que os de Chaz.


— Agora os pegamos. – Chaz sorri. Tropius e Ampharos estavam cercados nos dois lados pelos adversários – Macherie, use Rock Slide! Glalie, use Blizzard!


— Maaaaa!/Glalieeee! – ambos lançam seus ataques, com pedras e neve seguindo contra os Pokémon de Serena.


— Ampharos, Cotton Guard! Tropius, Leaf Tornado! – instrui Serena. Ampharos fica frente a Tropius, erguendo sua guarda de algodão, que então envolve os dois mais rápido devido ao tornado de Tropius, formando um escudo duplo, impedindo os ataques de Glalie e Machoke, com algumas das folhas e algodão congelando – Ampharos, Signal Beam!


— Phrooooos! – Ampharos salta e gira, disparando o raio rosado, pulverizando todas as folhas e algodões em brilhos estonteantes quando os ataques de Chaz são cancelados.


— E é uma grande tenacidade de Ampharos e Tropius, com uma defesa que não deixou nada chegar neles! – narra Marian, e os pontos de Chaz caem de novo, ficando menores que os de Serena.


— Essa batalha está ficando cada vez mais intensa. – impressiona-se Sheila.


— Dá pra ver porque os dois são Tops. – diz Zoey.


— Tropius, Solar Beam! – Tropius abre bem suas asas e reúne energia solar.


— Glalie, Frost Breath! Macherie, use Brick Break! – Machoke avança, e Glalie usa seu sopro congelante nos braços dela, criando grandes lâminas de gelo.


— Ampharos, Dragon Pulse!/Phrooooos! – Ampharos dispara a rajada azul em forma de dragão, obrigando Machoke a usar seu golpe para contê-lo, enquanto uma bola de energia solar se forma frente à boca de Tropius – Tropius, agora!


— Pius! – Tropius, de forma surpreendente, engole a bola solar, deixando todos de boca aberta.


— Isso é...! – Dawn fica espantada. Logo, as asas de Tropius, bem como suas demais folhas, começam a emitir um brilho forte, como se Tropius estivesse sendo revestido pelo próprio sol.


— E aquela forma de Tropius! Suas folhas estão brilhando de forma tão intensa que é como se ele fosse o emissário do sol! – narra Marian, e os jurados também ficam impressionados com o brilho emanado das folhas, abaixando os pontos de Chaz em uma taxa perigosa.


— Ampharos e Tropius, Formação de Pressão Furiosa! – Ampharos se posiciona, com um olhar decidido, enquanto Tropius paira atrás dela, também com um olhar que parecia perfurar os oponentes.


— Macherie, use Rock Slide, e Glalie, use Frost Breath!


— Maaaaaa!/Glalieeeee! – ambos invocam seus movimentos, e o sopro de Glalie transforma as pedras disparadas em pedras de gelo, aumentando seu poder de dano, mas Serena e seus Pokémon estavam prontos.


— Ampharos, Thunder! Tropius, Leaf Tornado!


— Phrooooos!/Trooooo! – Ampharos invoca seu poderoso trovão, que é envolvido pelo tornado de folhas brilhantes, mais fortes agora com o poder solar contido nelas. O tornado é imediatamente eletrificado, passando pelo ataque duplo de Chaz, pulverizando tudo.


— Isso é...! – impressiona-se Chaz.


Thunder Tornado! – aponta Serena. Ampharos e Tropius colocam mais poder, e o ataque combinado envolve completamente Machoke e Glalie. Ampharos e Tropius viram para o público e fazem uma pose de poder, enquanto o poder combinado explode em Machoke e Glalie com luzes imponentes. O público vai imediatamente à loucura com aquela exibição, mas Machoke e Glalie ainda estavam conscientes.


— Macherie, Brick Break! Glalie, Blizzard! – comanda Chaz. Ampharos e Tropius se viram e se preparam, mas quando os oponentes estavam a ponto de atacar, o relógio soa.


— É isso, o tempo acabou! – anuncia Marian, no que todos olham para o relógio – E depois de uma batalha intensa e espetacular, o primeiro semifinalista do Grande Festival é... – todos olham para os círculos de pontos – Serena!


— Vencemos!! – comemora a kalosiana, sob os aplausos estonteantes da plateia. Ampharos volta ao normal, indo abraçar Serena junto com Tropius – Ampharos, Tropius, vocês foram maravilhosos.


— Amphaaa./Troooo. – os dois sorriem, enquanto do outro lado, Chaz consolava Machoke e Glalie, que pareciam a beira das lágrimas.


— Macherie, você foi maravilhosa, nunca duvide disso. Glalie, você foi forte e valente. – Chaz sorri para os dois – Deram o seu melhor.


— Maaaa.../Glalie.


— Não se preocupem, sempre há o outro dia. – garante Chaz, que então olha para Serena e seus Pokémon – “Ela realmente evoluiu bem mais desde a Copa Wallace... bem, é mais uma vitória para você, Srta. Yvonne... até nosso próximo encontro”. – o loiro dá de ombros, mostrando um sorriso resignado.


_________________________________

 

Em Vaniville, Fletchling e Rhyhorn vibravam com a grande vitória de Serena, e Grace apenas tinha um sorriso orgulhoso ao olhar para a televisão.


— Muito bem, filha... você está cada vez mais forte.


___________________________________


— Essa vitória foi impressionante! – sorri Dawn.


— Essa é a minha Serena, sempre incrível! – anima-se Ash, e Pikachu também sorri.


— Usar o Solar Beam como carregador pra tornar os ataques do Tropius mais poderosos, e ainda juntando isso ao Thunder de Ampharos... uma combinação inimaginável. – diz Zoey.


— E combinando isso com uma movimentação corporal de muito estilo. – observa Brock – Não houve muita dança, porque com certeza a Serena antecipou que Chaz estaria preparado pra isso.


— O que não quer dizer que Tropius e Ampharos não “dançaram” a seu modo. – complementa Nando – Eles fizeram sua própria poesia com ataques especiais.


— Mas essa batalha já era. – Zoey sorri – E agora...

 

Ela olha mais uma vez para Nando, que devolve o olhar, fazendo com que todos sentissem o clima de rivalidade que emanava dos dois, embora da parte de Zoey, também houvesse uma leve sugestão de um climão maneiro que Ash e os demais conheciam bem.


— “Puxa, Zoey... você podia ter me contado”. – pensa Dawn, ao ver um leve brilho no olhar da ruiva para Nando.


__________________________________


— E agora, senhoras e senhores, está na hora da batalha que decide o classificado do Bloco B! – anuncia Marian, que logo aponta para os dois Coordenadores, que já estavam em seus lugares – À minha esquerda, está Zoey! E à minha direita, está Nando! – o público aplaude enormemente os dois, que já estavam formando suas bases de fãs – Em breve saberemos qual destes Coordenadores irá para a Fase Semifinal!

 

Na sala de espera, Serena já tinha voltado e recebido os parabéns de seus amigos, tendo sido beijada por Ash com muito entusiasmo. O quarteto agora estava concentrado na transmissão da próxima batalha, ao lado de Sheila.


— Temos cinco minutos cravados no relógio, e comecem! – anuncia Marian, e o tempo começa a correr.


— Leafeon, Mismagius, mais uma vez, cortinas abertas, vão! – das Pokébolas de Zoey, explodem estrelas multicoloridas, que fazem uma espiral no campo antes de revelar os dois Pokémon.


— Leaaaf!/Mismagius!


— Uau, então o Misdreavus da Zoey evoluiu... – suspira Ash.


— Quais será que o Nando vai escolher pra contrariar esses dois? – indaga Serena.


— Tenho quase certeza que o Nando vai com um tipo Inseto ou tipo Grama. – aposta Brock.


— É, eu aposto que será um Pokémon que pode usar o Sing./Piplup. – concordam Dawn e Piplup, que veem Nando puxar suas Pokébolas após um leve dedilhar em sua harpa.


— Kricketune e Lopunny, por favor, preciso da ajuda de vocês. – das Pokébolas de Nando, surgem faixas repletas de notas musicais, e do meio delas, aparecem seus Pokémon.


— Krick./Looopunny!


— Hã? Lopunny? – estranha Dawn.


— Lopunny não é um tipo Inseto ou Grama, e também não pode usar Sing, mesmo que possa Mega Evoluir. – Brock fala – Mas ele não parece estar usando uma Mega Pedra.


— Leafeon, use Energy Ball! Mismagius, Shock Wave! – instrui Zoey.


— Leeeeaaaf!/Miiiiismagiuuus! – o Pokémon verdejante dispara a esfera verde, a qual Mismagius carrega com seu ataque elétrico.


— E aí está! Uma fusão de movimentos! – narra Marian – A Energy Ball se uniu a Shock Wave!


— Incrível.../Piiika. – Ash e Pikachu estavam genuinamente surpresos.


— Mesmo os movimentos anteriores foram disparados com esse estilo de movimento comovente. – avalia Brock.


— E esses dois movimentos acabaram casando muito bem visualmente. – complementa Serena.


— Leafeon e Mismagius são maravilhosos./Luuup. – Dawn e Piplup falam.


— De acordo, eles são lindos. – concorda Sheila, e todos veem os pontos de Nando serem os primeiros a cair.


Trés jolie! – impressiona-se Fantina – Se esse movimento bater a marca... – todos veem a Energy Fusion Ball seguir na direção dos Pokémon de Nando, que estava tranquilo.


— Tudo bem, Lopunny, use Jump Kick, e Kricketune, use o Bug Buzz. – Lopunny dá um giro e manda a esfera de Zoey pro alto com um único chute.


— E a fusão de movimento é mandada para o ar! – Marian segue a esfera com os olhos.


— Incrível, o Nando usou a Energy Ball da Zoey contra ela. – diz Serena.


— É sério, que poder incrível de controlar tudo ao redor. – Brock fala.


— KRIIIIICKEEEEEEE...! – as asas de Kricketune brilham em vermelho, e erguendo a cabeça para o ar, ele emite uma onda sonora que parecia até uma canção, emitindo ondas dolorosas pelo ar, prejudicando Leafeon. Enquanto Kricketune estava emitindo seu ataque, Lopunny estava dançando entre as ondas de energia, que iam se enrolando em seu corpo voluptuoso.


— Lopunny está usando os feixes de luz criados pelo Bug Buzz como se fossem lindos lenços para se enrolar neles, e os fãs estão completamente admirados! – exclama Marian, enquanto os fãs realmente aplaudiam muito aquela exibição.


Dançando... que romance. – Jesselina murmura para si mesma, sentada em um pufe na sala de espera, enquanto os pontos de Zoey diminuem.


— E Nando marca vários pontos com a dança estonteante de Lopunny!


Incrível... que maneira fantástica de mostrar a Lopunny. – Zoey murmura consigo mesma.


Nando está demonstrando aos fãs uma performance que é uma festa em todos os sentidos! – Marian ia dizendo.


— Isso é inspirador, miau... – murmura Sheila.


— Lopunnys são conhecidos por uma incrível elasticidade e também por suas habilidades de salto. – lembra Brock – A ideia de Nando de combinar essas habilidades com a música de Kricketune pra fazer Lopunny parecer uma bailarina torna isso uma performance mágica.


— Uma dançarina e um músico de presente, hein? – Ash arregala levemente os olhos.


— Outra obra-prima do Nando... – suspira Dawn.


— Cuidado! A Energy Fusion Ball está vindo direto pra baixo! – avisa Marian. Ciente do que vinha, Kricketune dispara o Bug Buzz como um feixe, pulverizando a esfera em uma linda luz multicolorida, e Lopunny salta entre as luzes, ficando ainda mais em destaque – E agora, a explosão da Energy Ball está fazendo Lopunny brilhar com cores lindas!


— Oh, magnificque! – admira-se Fantina, e os pontos de Zoey abaixam de novo.


— O Nando usou até mesmo uma fusão de movimento da Zoey pra mostrar seus Pokémon. – admira-se Serena.


— Eu nunca vi a Zoey sob uma pressão igual a essa, mesmo em Jubilife contra a Serena. – Dawn fala.


— Piplup./Pikaaa.


___________________________________


— O Nando é durão... ele tá usando a experiência de Batalha de Ginásio enquanto mostra todos esses lindos movimentos. – percebe Zoey – Mas eu peguei alguns movimentos lindos em minha própria demonstração. Mismagius, Leafeon, Double Team vocês dois!


— Mismagius! Mismagius! Mismagius!/Leeeaf! Leeeeaf! Leeeaf! – os dois Pokémon se multiplicam, cercando Kricketune e Lopunny, mas o que era impressionante era que eles estavam distribuindo perfeitamente seus clones um ao lado do outro.


— É um Double Team duplo, e eles se colocaram uns depois dos outros com precisão! – espanta-se Marian.


— Oh, nossa. Esse contraste é... impressionante. – Nando fica genuinamente surpreso.


— A Zoey está usando os Pokémon dela num perfeito sincronismo, enquanto realmente destaca o fato de que é uma Batalha em Dupla. – percebe Brock.


— Mas o Nando ainda está dominando a batalha. – observa Sheila.


— E é como vai terminar se continuarem assim. – Dawn fala.


— Não se esse Double Team for um chamariz. – percebe Serena.


— Tudo bem, Lopunny, Blizzard./Loooopunnyyyyy! – a coelha sopra uma forte tempestade de neve.


— Tudo bem, lá vai, não é? – sorri Zoey, intrigando Nando. A nevasca vai apagando os clones, mas estava fazendo a luz incidir de forma estonteante, destacando Leafeon e Mismagius.


— Lopunny está eliminando os clones com Blizzard, mas Zoey está usando a luz dos duplos desaparecendo para causar um brilho adicional em seus Pokémon! – narra Marian.


— Espetacular! – admira-se Contesta.


— Essa vibración é trés belle! – impressiona-se Fantina, e os pontos de Nando sofrem uma queda.


— Vou falar: tanto o Nando quanto a Zoey estão ótimos./Piiikaaa! – admite Ash, e Pikachu também concorda.


— Entendi o que você quis dizer, Serena. – sorri Dawn – O Double Team foi só um truque pra levar o Nando a fazer o que a Zoey queria.


— A Zoey sabia que ao desaparecimento dos clones, iria criar uma luz momentânea e ela tirou vantagem disso. – Serena tinha os olhos brilhando, e no palco, Nando se prepara para o movimento.


— Kricketune, Sing!/Kriiiiickeeetuneeee... – o grilo esfrega suas lâminas, emitindo sua canção. As belas ondas de som começam a se espalhar pelo palco, enquanto Lopunny fazia uma pose dramática a seu lado.


— É isso! É o melhor movimento de Nando: Sing! – narra Marian, e Zoey perde mais pontos.


— Sabia que o Nando ia usar Sing... Mismagius, use Lucky Chant! – instrui Zoey. Mismagius se posta atrás de Leafeon e ergue seu braço fantasmagórico frente a seu rosto.


— Mismagius, mismagius, mismagius... – o fantasma começa a entoar um feitiço.


— O Lucky Chant? Mas por quê? – Serena fica espantada, prestando mais atenção na batalha, no que as joias no peito de Mismagius começam a brilhar, e ele levita para o alto.


— Mismaaaagiuuuuus! – Mismagius libera cordas de energia carmesim de suas joias.


— O que é isso? – indaga Nando.


— Eu explico. Quando eu pensei na possibilidade de nos enfrentarmos agora, eu sabia que eu iria usar... o meu Mismagius. – sorri Zoey – Porque eu sabia que usando o Mismagius, o Lucky Chant iria contra-atacar o seu golpe Sing.

 

Nando arregala os olhos em espanto, e todos veem abismados o feitiço conjurado por Mismagius realmente derrubar a música de Kricketune, fazendo este e Lopunny entrarem em posição defensiva, enquanto os pontos de Nando caem de novo.


— Esta batalha é algo sem igual! Uma batalha com música e magia, é única! – brada Marian.


— Acho que a Zoey tá começando a virar isso. – sorri Dawn.


— Ela treinou pra usar o Lucky Chant especialmente contra o melhor ataque do Nando. – diz Brock.


— Mas que ótima estratégia./Pikaa. – aprovam Ash e Pikachu.


— Realmente interessante. – Serena tinha os olhos brilhando ao ver esse modo de usar o Lucky Chant, já imaginando as possibilidades.


— Lindo! O Lucky Chant derrota a Sing, incroyable! – exclama Fantina.


— Esperta. A Zoey mais uma vez usou minha estratégia contra mim mesmo. – sorri Nando.


— Hora de melhorar as coisas. – anima-se a ruiva – Leafeon, Leaf Blade!


— Leeeeeaaaf...! – Leafeon avança, com as folhas de sua cabeça e cauda brilhando ao se estenderem.


— Depressa, Lopunny, Focus Blast!/Looopunnyyy! – a coelha atira a esfera amarelada, mas Leafeon a corta com a folha da cauda e então acerta Lopunny com a folha da cabeça.


— E esse é um grande golpe! Leafeon usa o corpo pra fazer uma Leaf Blade! – os pontos de Nando abaixam de novo.


— Kricketune, use o X-Scissor contra Leafeon!/Mismagius, use a Psywave contra Kricketune! – Nando e Zoey comandam.


— Kriiiii.../Miiiiiismaaagiuuus! – Kricketune avança com suas lâminas cruzadas, e Mismagius libera feixes psíquicos de seu corpo.


— Lopunny, ajude! – exclama Nando. Lopunny salta e agarra Kricketune, evitando a Psywave, e então lança o grilo contra Leafeon.


— Use a Leaf Blade de novo, você tem que pegar aquele X-Scissor! – Leafeon contra-ataca rapidamente, usando as lâminas de sua cabeça e cauda para bloquear cada investida das lâminas de Kricketune.


— Nenhum dos dois lados está dando uma folga, e a plateia fica fascinada enquanto assistem a essa ação em forma de duelo! – narra Marian, e como ela havia dito, todos estavam realmente impressionados, mesmo os que estavam na sala de espera, enquanto os pontos de ambos os Coordenadores caem igualmente.


— Nossa, eu gostaria que essa batalha continuasse pra sempre. – admira-se Dawn.


— Tirou as palavras da minha boca. – Sheila fala.


— Eu também gostaria. – responde Serena.


— Pra sempre? – indaga Ash.


— Miiiiiismaaaagius! – o fantasma usa novamente sua Psywave, que é bloqueada pelo Protect de Lopunny, enquanto Leafeon dispara sua Energy Ball, que é cortada pelo X-Scissor de Kricketune.


— Os ataques, a defesa, e a elegância de tudo isso. – Dawn fala – Eu não acho que conseguiria fazer o que eles estão fazendo.


— Dawn está falando da maneira como eles controlam seus Pokémon enquanto estão usando os movimentos do oponente para sua vantagem. – Serena traduz para Ash e Brock.


— Sim, vendo como eles são, qualquer um deles poderia vencer. – completa Sheila, enquanto eles acompanhavam a batalha se intensificando ainda mais.


— Estamos na marca dos trinta segundos! – avisa Marian.


— É tão lindo, e ver movimentos que nem esses numa Batalha de Torneio é incrível, sério. – diz Dawn.


— Kricketune, Silver Wind, e Lopunny, use Blizzard! – comanda Nando. Kricketune libera o poderoso vento prateado, enquanto Lopunny dança ao redor do grilo, soprando sua nevasca, e a sublimação do ar contido no vento de prata logo cria lindos flocos de neve poligonais.


— Agora, é a colaboração entre Silver Wind e Blizzard! Enquanto o palco é iluminado com uma luz maravilhosa, Kricketune e Lopunny parecem absolutamente inspiradores! – Marian fala. De fato, a visão dos dois Pokémon em meio aos flocos de neve era poética.


— Minha vez agora. – diz Zoey – Leafeon, Aerial Ace, e Mismagius, Psywave!


— Leeeeaaaf...!/Miiiiismaaagiuuus! – o Pokémon mágico lança sua onda psíquica, que começa a se fundir a Leafeon, que era envolvido por muita energia eólica. Após um grito determinado de Leafeon, todo o poder psíquico se reúne em suas costas, formando enormes asas de luz.


— Minha nossa! – espanta-se Nando.


— E a Psywave de Mismagius dá a Leafeon lindas asas de luz! – sorri Marian.


Orra, orra, orra, eu nunca tinha visto isso! – encanta-se Fantina.


— Ela está usando poderes psíquicos ao máximo. – avalia Brock – O poder de Mismagius e a beleza de Leafeon estão em perfeito equilíbrio juntos. É um movimento de fusão supremo.


— Leeeeaf! – Leafeon usa as asas de luz pra voar livremente pelo ar, esquivando os flocos de gelo que caiam pelo palco enquanto avança contra os adversários.


— Que incrível beleza... – admira-se Nando – Lopunny, intercepte! – ele comanda, e a coelha salta para receber Leafeon com um Jump Kick.


— Tudo bem, Mismagius, use Shock Wave! – comanda Zoey. Mismagius vem frente a Leafeon para protege-lo, e a voadora de Lopunny acerta a onda elétrica que Mismagius ergueu como um escudo. O choque manda os dois pra trás, deixando o caminho livre para Leafeon.


— Kricketune, use o X-Scissor!/Tuuune! – as lâminas de Kricketune emitem seu poder cortante. Leafeon avança destemidamente, estilhaçando os flocos de gelo pelo caminho, e é recebido pelo golpe de Kricketune, que o estava usando como defesa.

 

Lopunny e Mismagius apenas podem observar o momento em que seus respectivos parceiros de batalha colidem com seus movimentos, criando uma poderosa energia no ponto de choque. As asas de Leafeon desaparecem, assim como o poder nas lâminas do grilo, quando finalmente a energia resultante da colisão explode, e quando a luz da explosão passa, pequenas partículas azuis estavam caindo suavemente sobre o palco. Zoey e Nando estavam espantados, mas logo olham um para o outro e sorriem, e nesse momento, o cronômetro finalmente zera.


— Acabou! – avisa Marian, e todos olham para os círculos de pontos, que não deixavam dúvidas – E o vencedor dessa incrível batalha é... Zoey! – o público aplaude enormemente, enquanto a ruiva parecia meio atordoada – Então Zoey é a segunda semifinalista!


— Ah! – Zoey sorri, se agachando até Mismagius e Leafeon, que já tinham ido para o lado dela, abraçando-os – Obrigada a vocês dois, vocês foram ótimos.


— Que batalha incrível! – elogia Serena.


— E a Zoey venceu. – sorri Dawn, feliz pela conquista da amiga.


— Foi uma grande viória para ela. – aprova Brock.


— Parece que vocês são as próximas. – Ash olha para Dawn e Sheila.


— Miau, com certeza. – concorda a Coordenadora Gata – Vamos mostrar um show tão bom quanto eles, não?


— Não precisa se preocupar. – garante Dawn.


______________________________________

 

De volta ao palco, Nando e Zoey tinham ido para o centro do campo, trocando um amistoso aperto de mão, no que Zoey tenta não corar.


— Obrigado pela batalha memorável, querida Zoey. – Nando sorri cordialmente, e a ruiva não segura seu rubor, ainda sorrindo.


— Nando... sou eu que agradeço. – responde Zoey.


— Boa sorte pra você na semifinal. – diz o menestrel. Zoey agradece, e então de repente, Fantina se junta aos dois.


Magnificque! – ela exclama, erguendo as mãos dos dois Coordenadores – Vocês dois são ótimos!

 

Eles se viram para o público, que os aplaudia com fervor. Tendo visto duas batalhas incríveis e poderosas, agora Dawn teria que decidir com Sheila a vaga do Bloco C para as semifinais. As duas se encaram, já sentindo a tensão da disputa.

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


A Batalha dos Tops foi bem intensa, mas ela acaba com Serena vencendo com uma novíssima combinação, conseguindo superar Chaz mais uma vez... enquanto em seguida, tivemos a melhor Batalha de Torneio entre rivais já vista: Zoey contra Nando, que mostraram o verdadeiro poder de um Coordenador desde o começo, com Zoey levando a melhor. Agora, Dawn está prestes a enfrentar Sheila para conseguir a terceira vaga. O que acontecerá? Fiquem ligados.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...