1. Spirit Fanfics >
  2. Pokémon School Interativa >
  3. Curta 7 - Quarentena

História Pokémon School Interativa - Capítulo 63


Escrita por:


Notas do Autor


Gente, essa curta aq é unicamente para contar duas novidades sobre a fic:


1° - A Pokémon School estará agora sendo postada no Wattpad tambem!!🎉🎊🎉🎊🎉🎊🎉🎊

Gente, atualmente, ele tá com mais de 15 capítulos postados e logo postarei outros até chegar nos capítulos atuais. Msm q eu tenha q ficar o dia todo postando capitulos lá, fazer o Wattpad ser uma outra plataforma de leitura da Pokémon School é um dos meus objetivos.

N, eu n pretendo abandonar o Spirit agr pq tem mta coisa no Spirit q eu adoro apesar de tudo, mas saibam q se a fic for apagada vcs n precisam se extressar pq tem o Wattpad como segunda plataforma. Então, espero o apoio à fic no Wattpad, para qm puder ajudar, óbvio. ^^

2° - Sim, agra a fic tem discord pq ta complicado escrever 500 parágrafos nas notas de autor só para dizer um recado. Sigam lá, amados, pq lá vou provavelmente mandar recados por lá e será melhor para saberem mais sobre o andamento de capítulos novos e até fanarts novas q viram a ser postadas lá.

Gostaria de agradecer ao @Leitordepokemon por ter dado a idéia de fazer o Discord e o @Qr0w por ter sido o primeiro a entrar no serve quando eu anunciei na aba atividades di spirit. Espero q vcs passei por lá, msm q n tenha papo TODOS OS DIAS, axo lgl q possamos no comunicar de maneira mais fácil sobre a fic e oq eu planejo.

Capítulo 63 - Curta 7 - Quarentena


Emilly P.o.v.






- AAAAAH!!! QUE TÉDIO! - gritei irritada, esparramando-me sobre a minha cadeira gamer em frente ao seu Pc.

Black: Ly, pode parar com isso? Você já tá reclamando faz horas. - disse já aborrecida comigo reclamando. Estava deitada em sua cama, mexendo no seu celular.

- Ficar só no quarto de quarentena é um saco. - reclamei emburrada.

Black: Mas você ama ficar na frente do pc o dia inteiro, pensei que fosse ser um sonho para você.

- Mas antes eu tinha opção de sair quando bem eu entendesse, agora não tenho mais essa opção… Sem falar que estamos a um mês de quarentena. - digo chateada.

Black: Bem, isso vai durar por mais algum tempo, então arranje o que fazer. - disse séria, levantando de sua cama e indo até o guarda roupa.

- Mas o que? Eu já zerei todos os jogos interessantes de hoje em dia e também hackiei eles muitos outros. O que fazer então? - perguntei suplicando desesperada por uma idéia para mim sair daquele tédio.

Black: Sei lá, vai conversar com alguém. Te vira. - disse despreocupada, entrando no banheiro com uma toalha em mãos - Faz qualquer coisa. - disse antes de fechar a porta.

- Qualquer coisa…? - pensei por algum tempo sobre, e logo uma idéia me veio em mente.

Usou seu pc para acessar o meu próprio sistema de câmeras secretas que estão muito bem escondidas pela escola, o mesmo sistema que eu usa para ajudar a conseguir informações vergonhosas para Bloody Rumors. Para a minha sorte, tinha câmeras nos quartos, então eu podia ver como meus amigos estão depois de um mês de quarentena. Seria como assistir um reality show.

Mudei de câmera em câmera até chegar no meu primeiro canal: Quarto do Matt e Zack.

Vejo Zack sentado na ponta da sua cama, olhando o celular com remorso e arrependimento, quando Matt saiu do banheiro do quarto.

Matt: Roberto García, querido, cuando mis padres nos invitaron a cenar hoy en su casa, entonces prepárate. - disse com uma voz fina, enquanto fingia estar procurando uma roupa boa no guarda roupas.

Zack: Samira Hair, deberíamos hablar. - disse com seriedade.

Matt: Se ve serio. ¿Te gustaría decir algo, Roberto García? - perguntou intrigado.

Zack: Samira ... ¡Maté a tu hermano, Afonso Cabelo! - revelou seriamente.

Matt: ¿QUÉ?  ¿CÓMO PUEDES MATAR A MI HERMANO AFONSO? - perguntou espantado.

Zack: Esto debería haberse hecho hace mucho tiempo, incluso después de que él robó a mi esposa, Consuela. - disse seriedade.

Matt: Bueno, ahora sé que no solo vendiste a mi hijo, robaste mi tierra y mataste a mi mejor amigo... 

- Como você ainda está junta com ele depois disso tudo? - perguntou enquanto assistia aquela cena estranha de novela.

Matt: ... ¡Cómo mataste a mi hermano también!  Menos mal. Ahora tengo más razones para matarte. - disse sério, revelando uma arma de mentira.

- Certo, próximo "canal". - disse perdendo o interesse na atuação dos dois, pulando de canal em canal - Uuuuh. Quarto da Leyla e da Skylet. - disse sorrindo animada, vendo a escuridão do quarto e ninguém em nenhuma das camas.

Leyla: Diário da Leyla, dia 32. Passaram-se um mês e um dia desde estou em quarentena com o monstro. Estou atualmente dentro do armário do meu quarto na esperança de que ele não me veja. - cochichava escondida dentro do armário, ofegante e assustada - A princípio, pensei que o monstro estava inofensivo, porém os dias dentro do quarto afetaram drasticamente o comportamento dele. Ele está mais feroz, selvagem e, com certeza, mais perigoso. Agora, qualquer ruído acorda ele do sono, todo palavra dita em sua presença o irrita e ele não pode mais ser parado… Estou em maus lençóis aqui, e é inevitável que ele vá me achar. Caos eu não sobreviva até o fim da quarentena, quero dizer que eu amo meus pais e-- ela parou de falar ao ouvir o ranger da porta do banheiro - Ele está vindo….

A porta do banheiro foi aberta lentamente, mesmo que as luzes permaneçam desligadas. Vi algo saindo do banheiro lentamente, fazendo sons bizarros de grunhidos que estavam me dando calafrios.

Skylet: …. BLaCk…. QuerO tE VeR… SAuDADes….. QuERo vEr a BlACk… - dizia em uma voz assustadora que ficava mudando de tonalidade do fino para o grosso, ela parou de andar e olhou para trás - EU… sINtO… o SeU mEDo! - disse antes de avançar contra o guarda roupa.

Leyla: AAAAAAAH!!! - gritou.

- Tá, ficou chato. - disse desinteressada, mudando de canal de novo.

Cryst: AAWN, LEON!!!!

Vana: Vai, Leon, fode a Cryst enquanto eu chupo os seio dela!

- Ai, eca! Próximo! - disse constrangida e com nojo da cena sexual em sua frente, mudando para o quarto de Markus e Andrik, que jogavam UNO.

Markus: Compra mais 4 e eu escolho a cor verde. - disse pondo a carta no meio.

Andrik: Nossa, já é o quinto mais 4 que você me faz comprar. Você tem algo contra mim? - perguntou sorrindo de canto, aceitando e comprando as cartas.

Markus: Nada haver, é só um jogo. - disse seriamente - Como você levou um 4, agora é minha vez de novo. Compre mais 20 e eu escolho a cor verde. - disse sério, jogando mais cinco cartas 4 e depois um carta 8 verde.

Andrik: Você tem certeza MESMO que não me odeia? - pergunto sorrindo torto.

Markus: Besteira. Sua vez.

Andrik: Nem fudendo eu ganho agora. - disse entregando as cartas.

- Chato. - disse irritado, mudando de canal muitas vezes, passando pelo quarto da Mary e Emília jogando Xadrez, Júlia rindo loucamente enquanto assistia um filme de terror - Já tá ficando chato. - Disse aborrecida, parando no quarto de Brukno e Yamato.

Brukno: Já faz um mês desde a quarentena. Muitos se apavoram e muitos brincam com o perigo, andando na rua como se estivesse tudo bem e não fosse nada, mas não é verdade, porque muito já morreram lá foram por conta dessa doença. Infelizmente, estamos ainda na meio dessa situação… Ainda tem muitas mortes por vir e temos que nos cuidar para não sermos parte desse número que está crescendo cada vez mais. Precisamos nos cuidar e é importante ficarmos em nossas casas, além de manter nossa higiene o mais intacta possível. Isso é algo perigoso e temos que evitar isso juntos antes que sejamos afetados por elas. - disse seriamente - Eu sei, eu sei, quarentena pode ser a pior coisa possível para uns, mas também pode ser o contrário para outros, não importa. O importante é que devemos ficar em nossas casa e nos mantermos calmos, além do mais, ficar no quarto durante 24 horas não é tão ruim. - disse sorrindo de canto - Certo, Pimento, Diaz e Peralta? - perguntou para os seus três travesseiros que tinham rostos desenhados - "Sim, Brukno, você tem razão, mas tem gente parece que enlouquece se ficar muito tempo no quarto". - disse mexendo no travesseiro rosa e fazendo uma voz feminina - Você acha, Diaz? Mas é apenas um mês dentro do quarto, o que tem de ruim? - perguntou despreocupado - "EU VOU TE MATAR!". - disse o travesseiros verde, com a voz mais grossa - Cala a boca, Pimento. - respondeu a o travesseiro - "É, cala a boca, Pimento. Vamos relaxar, Brukno, logo essa doença passa". - disse o travesseiro azul, com uma voz mais relaxada - Valeu, Peralta. Eu amo vocês… Menos você, Pimento, espero que você morra. - disse sorrindo enquanto abraçava os travesseiros.

- Uau… Acho que já chega. - digo inexpressiva, desligando o meu Pc.

Black: E aí, Ly, está menos entediada? - perguntou a prima enquanto saia do banheiro com a toalha envolta do corpo.

- Sinceramente, vou parar de reclamar depois disso. - digo serenamente - Fico feliz por ainda ter sanidade depois de um mês de quarentena. - disse sorrindo de canto - E você? Como consegue não enlouquecer? - perguntei curiosa.

Black: Sei lá, eu fico entretida com você. Você é uma prima muito divertida, apesar de tudo. - disse sorrindo para mim.

- Aiii, Black! Que lindo! - disse se levantando da cadeira e abraçando a prima - Eu te amo, prima! - disse sorrindo, enquanto abraçava a perna da Lopunny.

Black: Eu também te amo… Gunter.















[Fim]


Notas Finais


Gente, espero q tenham gostado da curta de hoje para animar a vcs q estão de quarentena, msm q fanficar n seja talvez o melhor entretenimento de vcs kkkkk N se preocupem q o cap q eu estava escrevendo antes dessa curta provavelmente será postado essa semana.

É isso, gente, acabou. Amo vcs, fiquem em casa, lavem as mãos, cuidem-se e toda a manhã prendam a respiração por mais de 10 segundos, caso sintam incômodo, pfv, vão ao hospital pq pode ter haver com corona. Flw vlw ^3^

Link da Fic no Wattpad: https://my.w.tt/WRo4lEUg54

Link do Discord Oficil da Fic: https://discord.gg/jzZPG8


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...