1. Spirit Fanfics >
  2. Pokémon Sword Shield - Galar Rebirth >
  3. Turffield: O Líder Agricultor

História Pokémon Sword Shield - Galar Rebirth - Capítulo 12


Escrita por: wmhogwarts

Notas do Autor


Após um mês aqui está um novo capítulo. Boa leitura.

Capítulo 12 - Turffield: O Líder Agricultor


Fanfic / Fanfiction Pokémon Sword Shield - Galar Rebirth - Capítulo 12 - Turffield: O Líder Agricultor

Os jovens montados no Mudsdale se aproximam de Turffield. Era um cenário com as mais verdes colinas e flores alaranjadas enfeitando e cobrindo toda a plantação com várias cercas separando as pastagens.

- Gloria, está melhor? - pergunta preocupado Victor.

- Eu acho que sim. - ela respondeu. Ele ainda estava afligido pelo estado de Gloria e notou que ela sorria ao abraçar o pescoço do cavalo.

- Gloria, eu notei que você gosta de dar nomes aos seus pokémons. Por que você não deu um nome para o Mudsdale?

- Humm ... Acho que é porque eu não tive muito contato com ele fora da pokébola ainda. Vou pensar aqui ... Já sei!

A garota se esgueira até a cabeça do cavalo marrom e bate de leve com o braço nela.

- Eu te nomeio Faladar*!

- Legal. - fala Victor que a olhava contente.

O Mudsdale passava por um cruzamento quando surge um Wooloo desenfreado e passa por baixo dele. O pokémon cavalo se exalta e relincha alto e salta sobre o Wooloo. Gloria escorregava do seu pokémon mas ele tenta endireitá-la em si com um movimento com a cabeça e Victor o auxilia e a segura. A menina já ia agradecê-lo quando ouve uma voz bem alta e alguém aparece na frente do cavalo o obrigando a parar.

- Volta aqui, 99!

Era um homem um pouco volumoso e forte com cabelo ruivo e usava um chapéu de agricultor e trajava uma camisa branca com detalhes verdes e uma bermuda verde.

Ele enrijece os braços e acelera e pula na direção do Wooloo e o pega pelos pés causando surpresa em Victor. Com a ovelha nas mãos ele retorna até os adolescentes e diz:

- Opa! Desculpa por isso. A 99 é muito evasiva.

- Não seria melhor persegui-la montado ou mandar um Yamper para fazer isso?

- Eu conheço essa voz. - o agricultor olha para os dois e fita a menina. - Glorinha! Nossa! Você não parece muito bem. E sobre o que você falou, esse é o meu método. hehehe

- Ele deve ser louco. Você o conhece? - pergunta Victor para Gloria.

- Você não se lembra dele? Ele estava na apresentação da Liga. É o Milo. O líder do estádio de Turffield.

- É mesmo. Eu nem prestei muita atenção naquilo. Estou ansioso pelas batalhas.

- O que vocês tão cochichando aí? Vou levá-los para um Centro Pokémon para você se cuidar, Glorinha. Você não tá com uma boa cara. - fala o líder de Turffield e caminha na frente seguido por Faladar.

No Centro Pokémon, Milo e Victor se conheceram melhor e Gloria é tratada pela enfermeira. Logo ela toma um banho e retorna com uma blusa verde e minissaia da mesma cor. A vendo Milo comenta:

- Acho que deve trocar de novo. Nas batalhas nos estádios da Liga usa-se o uniforme esportivo.

- Eu acho que você deveria descansar, Gloria. Não está muito bem para raciocinar numa batalha. - diz Victor.

- Tudo bem. Obrigada por tudo, Victor. Até mais, rapazes!

- Até! E se quiser ver a batalha você pode ir até a arquibancada do meu ginásio ou assistir aí mesmo no Centro Pokémon. Vai começar em alguns minutos. - diz o gym leader.

Eles acenaram para ela e foram na direção do estádio.

Gloria se sentou no sofá do Centro Pokémon enquanto comia um pudim. Os seus pokémons foram levados pela enfermeira para serem alimentados. No televisor anunciava os participantes e a garota via o desafiante Victor com o uniforme da Liga bastante concentrado na batalha que começaria em instantes.

A castanha ficou enjoada e nervosa e largou o pudim no balcão da enfermeira e pediu os seus pokémons, agradeceu a Joy e saiu do estabelecimento.

"Relaxe, Gloria! Desse jeito não vai dar".

Quando ela vê um Yamper alegre que late para ela e dá um giro e corre olhando para trás para ela o seguir.

- Tudo bem!

Ela correu atrás do cachorro elétrico e passou a oeste do estádio numa zona com uma grande plantação e distraída com o desenho que formava na colina ela esbarrou em alguém.

- Ah! Desculpa.

- Oh! Tudo bem, Gloria.

- Sonia?

- Sim. Eu estou por toda parte acompanhando os meus pupilos. Eu pedi ao meu Yamper para te trazer aqui para você admirar esse monumento natural curioso e pelo visto ele te afetou como fez a mim. A que você acha que esse geóglifo se remete?

- O Dia Mais Escuro.

- Muito perceptivo de sua parte. Especialmente porque a parte que descreve a tempestade negra quase desapareceu.

- Aquela criatura no desenho parece um pokémon gigante. - fala a garota apontando para a colina.

- Dynamax? Parece provável ... Certamente se parece com um Pokémon gigante. Suponho que as pessoas três mil anos atrás poderiam ter apenas imaginado isso, mas é muito semelhante ao Dynamax. Não pode ser apenas coincidência. Há muito tempo ... uma grande tempestade negra cobriu a região de Galar. Pokémons gigantes correram soltos ... Mas o que foi aquela tempestade negra que eles chamaram de “ O Dia Mais Escuro ”? Que conexão ela tem com Dynamax? Acho que sou a sortuda que cuidará disso ... Vovó com certeza me dá muito o que fazer. Obrigada por sua opinião sobre o assunto! Como agradecimento, vou lhe dar um cartão da liga.

A garota recebe o cartão do gym leader Milo.

- Milo é um Líder de Ginásio do tipo Grama. As coisas correrão bem para você se usar movimentos do tipo Fogo, Voador ou Inseto. Treine bem! Seria muito ruim se os seus pokémons não estiverem em plena forma.

- Muito obrigada pela ajuda. - Gloria a agradece.

- Não foi nada. Até mais, minha jovem e dê um beijo naquele garoto bonitão que estava com você em meu nome!

- Tá louca?! - ela se assusta com o pedido e sai a acenar rindo. - Tchau!

Gloria chega ao ginásio e fica surpresa com uma cena.

- Eu quero um autógrafo.

- Eu também.

- Calma que tem para todo mundo. - dizia Victor enrubecido cercado por duas garotas pedindo a sua assinatura nas suas pokébolas.

- O que aconteceu para você estar tão famoso? - pergunta Gloria que chega afastando as mulheres com empurrões para se aproximar de Victor.

- Eu venci o Milo. - fala ele muito contente do seu feito.

- Wow! Você é mesmo muito bom. - a garota se impressiona.

- Eu acredito que você também vai conseguir.

- Obrigada. Eu vou treinar um pouco e logo desafiarei o Milo.

- Okay. Me chama se precisar de ajuda. Aqui o meu número.

A castanha recebe o número dele e logo passa o seu também.

Gloria se dirige ao leste da pequena cidade e num campo resolve iniciar o seu treinamento. Ela chama o Raboot e olha nada contente para ele.

- RABOOT? - grunhe o pokémon rapidamente.

- Você me está estranho, Bucca. Você está demorando mais tempo para realizar um movimento. Você não era tão cauteloso assim.

- RA ... BOOT?

- Tudo bem. Você está em fase de amadurecimento. Eu me orgulho de você que sempre quer estar melhor.

Ela o abraça e Bucca a rejeita.

- Você detesta os meus mimos ainda hehehe

Após realizar o treinamento, a garota de cabelos marrons vai ao Centro Pokémon e coloca o uniforme esportivo com o número de inscrição 148 e recupera os seus pokémons.

Gloria estava na entrada do estádio e chega até o recepcionista.

- Aqui o meu League Card. Eu vim para desafiar o Líder de Turffield.

O funcionário da Liga vê o cartão e leva a garota a uma grande sala que era como uma estufa e haviam muitas plantas, Wooloos, desafiantes e Yampers.

- Sendo o primeiro dos oito ginásios, Turffield recebe muitos desafiantes, portanto para decidir a ordem dos desafios é proposta esta tarefa. Aquele que conduzir o seu rebanho de Wooloos mais rápido e chegar com todos os pokémons primeiro será o próximo desafiante de Milo.

A menina chama o Raboot, a Pelipper e o Yamper das pokébolas.

- Vamos lá, galera!

Após alguns instantes o funcionário ordena o início da prova.

O pokémon cachorro latia para ordenar as ovelhas, o Raboot as ajeitava com a sua velocidade e a Pelipper supervisionava. Tudo estava indo muito bem até uma ovelha se assustou com o Yamper e correu na direção contrária do bando.

- Rápidos, Raboot e Pelipper!

Os dois pokémons se puseram a frente dela e a recolocaram no rebanho.

Vendo que estava atrasada, Gloria começou a se desesperar.

- E agora? - então ela passa instruções para os seus pokémons.

O Raboot ameaça lançar Ember nas ovelhas as faz ir mais rápido. Ele e os outros pokémons coordenam o movimento do rebanho e conseguem passar em velocidade e sem dar atenção aos Yampers que estavam ao redor para atrapalhar a tarefa dos treinadores. Com muito esforço o time de Gloria chega em primeiro.

- A desafiante número 148 venceu o desafio. - anuncia o assistente do ginásio.

A garota recolhe os seus pokémons e a porta de entrada dos desafiantes é aberta e Gloria vê o interior do estádio e a multidão ansiosa por mais uma batalha e havia um grande telão que exibia anúncios e marcaria o placar da partida.

A garota volta a estar nervosa por causa de toda a multidão. Abre um grande portão e dele surge sorridente Milo e é ovacionado pelo público.

- Olá, minha jovem escoteirinha! Quem diria que nos encontraríamos numa situação assim? Não precisa ficar nervosa. Pense nisso como uma daquelas provas de camping que você tirava de letra que te levaram a ser minha ajudante como guia de acampamento e ser a líder de uma equipe.

- Aquela foi uma ótima época. Mas eu ainda sou a sua rival. Eu te agradeço por me animar para a batalha. - fala confiante Gloria.

- É assim que eu gosto. Que tal começarmos, minha rival?

- Vamos lá!

- Vai Gossifleur!

Da pokébola de Milo surge um pokémon flor de pétalas amarelas, sob as pétalas algo como cabelos ruivos, caule verde sálvia e o rosto num tom pêssego com olhos ocre de pupila escura e com um reconfortante sorriso.

- GOSSIFLEUR!

- Que coisa mais linda! Vamos lá, Grace!

 - PÉEEEE!

 A habilidade Drizzle da pelicana é ativada ao sair da pokébola e começa a chuviscar no campo de batalha.

- Wing Attack, Pelipper!

A Pelipper voa em velocidade na direção do pokémon flor e o golpeia com a parte interna de sua asa.

- Gossifleur! - grita Milo preocupado. - Se recomponha e cante para nós!

Gossifleur reergue-se e começa a cantar um melodia aprazível e calmante.

- Foi perfeito! Agora aquieta-se antes de por todo o estádio para dormir! hehehe - e após alguns segundos ele completa:

- Recupere-se com essa Poção, meu amigo!

Ele entrega uma poção ao seu pokémon que a toma e parece muito mais saudável.

- Magical Leaf, Gossifleur!

- O quê?!

A garota estava distraída com a canção do pokémon flor e procura a sua Pelipper.

- Não fique aí parada, Grace! Faça algo!

Então ela nota a pokémon deitada no chão com as asas fechadas e dormia tranquilamente. - Oh, não!

Nas bancadas, Victor estava assistindo torcendo para Gloria quando ouve uma voz ao seu lado:

- Vamos ver se essa garota tem o que é preciso para me enfrentar um dia. - disse uma garota de cabelos pretos com uma franja que chega até o olho direito, com tufos de cabelo que lembram chifres e fitas vermelhas nos dois rabos de cavalo dispostos de cada lado.

- Você conhece ela? Eu sou o Victor. Eu a acompanhei até aqui.

- Hello! Sou a Marnie de Spikemuth. Ela é minha amiga. E você me parece um cara legal. - falou ela a sorrir de lado para o garoto e acenar para ele.

Do lado de cima dos assentos estava um rapaz de cabelos creme um pouco encaracolados e vestia roupa púrpura com detalhes rosa.

- Era disso que o campeão falava para eu ficar de olho? Essa garota caiu num truque barato desses!

Enquanto isso o Gossifleur gira e libera várias folhas de seu corpo e as lança no oponente lhe causando cortes e a perda de algumas penas e a fazendo gemer mas não a despertando de seu sono.

- Grace, acorda!

- Ainda não. Mais uma vez, Gossifleur!

O pokémon gira e novamente acerta as suas folhas afiadas no pokémon de Gloria. A garota desviava o olhar da cena quando a Pelipper levanta a cabeça e dá um alto grito:

- PÉEEEE!!!

A jovem se anima ao olhar para a sua ave e sorri e aponta para o céu.

- Air Slash, agora!

As asas de Grace são envoltas num brilho azul e por baixo delas surgem vários discos cortantes azuis que são disparados no adversário que não escapa e é atingido com tudo e foi super eficaz.

- Levante-se, meu amigo! Você já sabe o que deve saber. - diz Milo cruzando o seu olhar com o de Gossifleur.

- GOSSI ... FLEUR!

O pokémon solta novamente as suas folhas afiadas e por mais que a Pelipper tentasse esquivar delas, as folhas a perseguiam e acabaram por vencê-la e terminar a primeira luta. O público aplaude o seu líder e o placar apaga uma das pokébolas de Gloria restando quatro.

- Não! - Gloria refletiu sobre o ocorrido e trouxe a sua Pelipper de volta à pokébola. - Você foi maravilhosa como sempre, Grace. Mas ainda vamos melhorar muito juntas.

- A Gloria ainda é muito inocente. Eu o derrotei com apenas um pokémon. - fala Marnie segurando o Morpeko entre os braços cruzados.

- Caramba! Você deve ser muito boa. Eu suei um bocado contra esse cara! - fala Victor um pouco desconcertado ao ver a garota tapar a boca com uma mão e a sorrir discreta para ele.

E do lado de cima, o garoto cabelo creme pensa: "Já cansei de ver isso! O campeão deve ter se enganado". E então ele logo se dirige à escadaria para fora do estádio.

De volta no campo de batalha ...

- O que vai ser agora, Glorinha? - pergunta Milo animado.

- A estrela do meu time. Arrase, Bucca! - o coelho com a boca tampada pela gola do casaco esportivo que forma a sua pelagem surge com olhar concentrado. - Ember, já!

O Raboot chuta uma pedra para o alto e rapidamente corre até ela e a golpeia de voleio na direção do adversário com um rastro de chamas que provoca queimaduras no Gossifleur que não suporta a intensidade do movimento e desmaia queimado. Assim no telão apagava uma pokébola de Milo, lhe restando apenas um pokémon.

- A Gloria conseguiu? Esse Raboot é mesmo muito poderoso. - fala Victor.

- Agora vem a parte interessante. - diz Marnie com os braços cruzados e atenta ao que se passa no campo de batalha.

Milo retira uma pokébola do bolso e a lança para frente trazendo um pokémon com cabeça verde clara de expressão calma e triângulos verdes como fosse o seu cabelo e de corpo amarelo na parte que parece um manto e verde onde se assemelha a um vestido. Possui um espesso algodão em forma de globo na cabeça com sementes marrons espalhadas nele.

- ELDEGOSS!

- Está na hora do Dynamax!

O líder de Turffield recolhe rapidamente o Eldegoss e ativa o seu bracelete Dynamax e então a pokébola fica rosa e aumenta de tamanho. Milo dá dois tapinhas leves na pokébola e a lança por trás do corpo. Uma poderosa irradiação de tons rosados emerge e surge o Eldegoss muito maior que o seu treinador e o público todo podia vê-lo muito bem.

- Vamos nós também, Bucca!

A garota retorna o pokémon coelho à pokébola, ativa a Dynamax Band e a bola aumenta de tamanho e se torna rosa. Ela a segura nas duas mãos e a atira para o alto e para trás, e surge o Raboot enorme contornado pelo rosa do fenômeno Dynamax.

- RABOOT! - fala o coelho atento.

- Vamos lá! MAX Overgrowth, Eldegoss!

O campo de batalha é envolvido por luzes verdes e roxas e o terremo muda crescendo o tamanho da grama. O Eldegoss DX invoca vários cogumelos gigantes ao redor do oponente. Os cogumelos verdes então liberam uma luz brilhante que ofusca a visão do adversário antes de  explodir.

- Wow! Incrível! - impressiona-se Gloria. - É a nossa vez, Bucca! MAX Flare!

O Raboot DX logo se recompõe e chuta uma rocha coberta por magma e a lança no oponente. De seus estilhaços intensifica o calor e surge uma forte luz solar. Ele voa até o céu e as chamas queimam o terreno e envolvem o adversário causando grave dano ao Eldegoss DX.

- Aguente, meu amigo! - grita Milo para o seu pokémon.

O pokémon algodão consegue sobreviver ao ataque.

- MAX Guard!

Uma parede azul transparente aparece à frente do Eldegoss DX.

- Vamos terminar isso! Ataque com MAX Flare, Bucca!

O tipo fogo cria as chamas no calor e um turbilhão de fogo vai na direção do rival mas não ultrapassa a barreira não causando dano.

- Não é possível! - exclama Gloria.

- Max Strike, Eldegoss!

O Eldegoss DX fica com uma expressão séria e ao concentrar energia, a energia percorre por baixo da terra e ao se aproximar do adversário, explode em um turbo de poder amarelo e azul.

- Cuidado, Bucca!

O pokémon coelho não teve para onde fugir e foi atingido pelo MAX Move.

- Não! - Victor ficava sem acreditar. A sua amiga estava com muitas dificuldades.

- Aquele Raboot vai aguentar. - diz Marnie tranquilamente.

O Raboot ajoelha-se e começa a arfar continuamente e parecia um pouco tonto.

- Você está bem, Bucca? - a garota perguntou para ele preocupada roendo as unhas de uma mão.

- Acho que já vou preparar algo para a próxima batalha. - falou Milo esticando o braço.

Os batimentos cardíacos de Bucca estavam acelerados. Ele não desiste e rapidamente sai do campo de vista de todos e uma grande energia o acompanha por baixo da terra e então sobe junto com ele e acerta por inteiro o golpe no Eldegoss DX. Que não suporta o poder amarelo e azul que emergiu do solo junto com o chute do coelho. O placar do estádio apaga a última bola de Milo e aparece o League Card de Gloria com a palavra "Winner". O público aplaude e sauda a vencedora e a batalha.

- Impossível! Contra atacou com o MAX Strike. Dessa vez eu achava que venceria. hehehe - disse o agricultor com o braço sobre a cabeça. Ele retorna o Eldegoss e chega próximo da jovem que abraçava o seu pokémon e o agradecia.

- Parabéns, Glorinha! Você me proporcionou uma batalha muito divertida e foi a merecedora da Insígnia de Grama. O caminho para ser um campeão é muito árduo portanto considere a si mesma o seu maior rival e supere-se.

- Entendido. - Gloria faz pose de escoteiros quando recebem uma medalha e lhe é entregue a insígnia. Ela pega e guarda na sua caixa de insígnias e a recolhe na bolsa.

- Eu tenho uma coisa para você. Me aguarde lá na estufa próxima ao meu rebanho de Wooloos. - disse o líder de ginásio. Gloria seguiu curiosa até o local designado enquanto Milo agradecia aos espectadores.

Na arquibancada o público começava a se retirar do estádio.

- Foi até interessante de se ver. Até mais, Victor! Eu te vejo por aí. Os meus amigos me esperam. Se ver a Gloria diz a ela que eu a desafiarei algum dia. - a garota de maria-chiquinha dá uma última olhada para o garoto e sorri para ele com uma mão próxima à boca.

- Okay. Adeus! - Victor se despediu desconcertado. "Tenho que ver o Milo lá na estufa agora", ele se lembrou.

Após alguns minutos Victor se encontra com Gloria na estufa e aguardavam a chegada de Milo.

- Grande luta! - diz ele a parabenizando.

- Obrigada. Mas realmente eu não sei se eu fui muito bem. - A castanha responde sem olhar para e mexendo os pés nervosa.

- Eu acho que você foi como eu. Eu tenho uma certa confiança por batalhar muito mas quando eu vi esse monte de gente ela foi para o espaço. - dizia Victor pensando em como foi a sua vez de enfrentar o líder de Turffield.

- Enfim cheguei. Agora vamos ao que interessa. Primeiro vocês precisam saber que após a Rota 5 está Hulbury, o seu próximo destino onde terão o segundo ginásio. E por segundo: isso aqui são sementes do algodão do Eldegoss. São ricas em nutrientes e ideal para a alimentação de humanos e pokémons. Cada um vai ganhar um pacote. Quero ver vocês e os seus pokémons saudáveis.

Eles recebem os pacotes com as sementes e guardam nas suas mochilas.

- Victor, muito obrigado por ajudar a Glorinha. Receba aqui esses Safety Googles e fique imune a golpes Powder e Spore e também a efeitos de clima. - Ele entrega o item com aparência de óculos venda e aperta a mão de Victor.

- Para você, Escoteirinha. Vai ser de muita ajuda se você souber treiná-la. Uma Bounsweet bastante solitária que possuo e que com certeza uma aventura poderá animá-la. Boa sorte e cuide bem dela.

Gloria recebe o pequeno pokémon púrpura semelhante a uma fruta com folhas verdes e uma pequena saia branca na cintura e sem mãos mas com dois pezinhos simples. Exalava um doce perfume.

- Muito obrigada, Milo.

A garota o agradeceu e colocou a sua nova parceira de time na pokébola e então foi puxada para um abraço muito forte pelo gym leader e ele para o movimento ao ouvir um estalo.

- O que foi isso?

- O que mais?! Os meus ossos. - responde ela um pouco exaltada.

- Foi mal. Mas você não poderia escapar disso. Adeus Victor e Gloria. Boa sorte nas suas jornadas e podem me visitar quando quiserem.

Os dois jovens se despediram dele e seguiram rumos diferentes. Ela para o Centro Pokémon e ele se adiantou a ir para Hulbury.

- Nos vemos qualquer dia. Cuide-se, Gloria! - fala Victor olhando diretamente nos olhos da menina.

- Até! Tchau! - disse Gloria e ao se distanciar ela ficava um pouco triste e com saudades de Victor e Milo.

 No Centro Pokémon, Gloria admirava a nova membro do time e a sua primeira insígnia enquanto refletia a sua jornada até então. "Eu já me sinto muito feliz por encontrar amigos como o Victor e a Marnie e depois de tanto tempo reencontrar o Milo".

Gloria se despede da enfermeira e deixa Turffield e prossegue o seu caminho rumo à Hulbury.




Notas Finais


* Falada é o nome do cavalo da princesa em A Pastora de Gansos, conto dos Irmãos Grimm.
Eu agradeço a quem leu o capitulo e também agradeço ao meu grande amigo que sempre me ajuda e gostaria muito que acompanhassem a fic dele também.
https://www.spiritfanfiction.com/historia/pokemon-geracoes-fire-red-leaf-green-22077499


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...