1. Spirit Fanfics >
  2. Pokémon XYZ: O Recomeço >
  3. Reecontrando os amigos!

História Pokémon XYZ: O Recomeço - Capítulo 38


Escrita por:


Notas do Autor


Bom dia, boa tarde ou boa noite pra você que vai ler este capítulo!! Nada melhor do que em uma quarentena ter alguma história pra ler não?

Fiquem com o capítulo o/

Capítulo 38 - Reecontrando os amigos!


Na último capítulo de Pokémon XYZ O Recomeço, ocorreu a batalha entre Fabiana e o misterioso Mascarado, onde no final foi o treinador que venceu e acabou tendo sua identidade revelada... Só aconteceu isso?

Tiagoloks:Só pô, capítulo inteiro de batalha, você queria mais o quê? 

Ah, sei lá, mais ação...

Tiagoloks:Mais ação? O capítulo todo foi de batalha véi, não dá pra ter mais ação que isso! 

Ah, mas dá sim! Fazer a equipe vilã atacar, esses paranauê tudo aí. 

Tiagoloks:Bom, já que você não quer fazer seu trabalho, deixa que eu faço. Após Tiago, vulgo Mascarado vencer a batalha e garantir  sua vaga na semifinal da Liga Pokémon de Kalos, nossos heróis poderão seguir com suas jornadas Pokémon!!! 

Tô te falando rapais, tá precisando esquentar o negócio aí...

Tiagoloks:CALA A BOCA, TA DEMITIDO!!




Em Geosenge Town, depois da batalha entre Fabiana x Tiago, as 14:30...

Cyrus entra na base subterrânea do pequeno vilarejo enfurecido. Ele chutava e socava tudo que via pela frente enquanto caminhava até a sala de testes, onde encontraria com Lysandre. Ao chegar em frente a sala e dar um longo suspiro, ele abre a porta com força, assustando Lysandre e todos os outros 3 assistentes que ali haviam. 

Cyrus:Vocês poderiam sair, por favor? Quero conversar com o Lysandre. - Os três jovens assistentes saem da sala, levantando mais ainda dúvidas em Lysandre. 

Lysandre:E então, por que essa agressividade toda? 

Cyrus:A merda do seu brinquedinho. - Ele tira a pulseira controladora do bolso e a joga no chão. - Enquanto você estava dando um rolê por Hoenn, eu tentei usar isso no Dani. Mas não consegui porque isso não funcionou. - Lysandre da um profundo suspiro e se vira para Cyrus. 

Lysandre:Você mesmo havia presumido na primeira vez que nos encontramos que esse aparelho não era 100% funcional, esqueceu disso? E outra, pode jogar esse aparelho fora. Fizemos algo mais... Simples e mais discreto. - Diz ele pegando um pequeno chip na mão e entrega para Cyrus. 

Cyrus:E como posso ter certeza que isso vai funcionar mesmo? 

Lysandre:Eu sabia que você ia perguntar isso. Esse chip funciona tanto em pokémons quanto em humanos, por isso, faremos o teste em ambos. - Giovanni entra na sala no exato momento. 

Giovanni:O que tá acontecendo aqui? Os assistentes que saíram daqui estavam bem assustados. 

Lysandre:Estávamos... Procurando uma cobaia. - Giovanni recua um passo e começa a encarar recioso, os outros dois. 

Giovanni:E cobaia pra que? 

Lysandre:Testar nosso novo equipamento. - Lysandre começa a andar em direção de Giovanni com um outro chip na mão e coloca atrás da orelha de Giovanni, que instantaneamente fecha os olhos. 

Cyrus:Isso acontecia em todos os outros. Não vejo diferença nenhuma. 

Lysandre:Ahr... Eu estava em Hoenn pra desenvolver isso daqui e colocar naquele garoto, o Leo. Os comandos seram executados de uma maneira mais... Efetiva. Exemplo, Giovanni, vá pegar um café pra mim. 

Giovanni:Sim senhor. - O homem sai da sala e Cyrus expressa um tipo de sorriso. 

Cyrus:E com pokémons? Isso também funciona? 

Lysandre:Da melhor maneira possível. É como se o pokémon fosse seu. 

Cyrus:Essa é sua última chance, Lysandre. Não a desperdice. 

Lysandre:Bem, que seja. Nós precisamos fazer com que o plano da Neo Team Flare avance logo.

Cyrus:Bom, você tem razão. - Nesse momento, Giovanni entra na sala, segurando uma xícara de café. Nesse momento, Lysandre vira para seu computador e aperta uma tecla, liberando Giovanni do controle mental. 

Giovanni:O que aconteceu? - Diz ele retomando a consciência e logo começando a encarar a xícara que estava em sua mão. 

Cyrus:Nada de interessante. Apenas tome o seu café, ok? Temos que começar a ir atrás do portador da ambição. Lysandre, Giovanni, façam suas malas. Vocês irão para Sinnoh. 

Giovanni:Mas e você? - Diz ele começando a beber o café. 

Cyrus:Eu... Eu vou resolver alguns assuntos. 




No hotel de Lumiose, as 15:21 da tarde...

Tiago descansava deitado em sua cama, enquanto refletia na batalha que havia tido anteriormente contra Fabiana. Quando ele estava prestes a fechar os olhos e tirar um cochilo, ele ouve algumas batidas na sua porta. Ele logo se senta na cama e pegando seu chinelo, vai até a porta, a abrindo. 

May:Bom... Eu ia vir pra cá sozinha mas... Eles vieram juntos... - De repente, Giulia, Fabiana, Felipe e João saem de trás de May. Tiago abre um sorriso e diz. 

Tiago:Bem... Vamos entrando, vamos entrando. - May junto do quarteto entram no quarto de Tiago, que logo fecha a porta. Ao se acomodarem, Giulia começa a encarar o garoto com uma certa desconfiança. 

Giulia:Por que não nos disse que tinha voltado? - Tiago se sentava com as pernas cruzadas no chão enquanto ouvia a pergunta da garota. Ao se sentar, ele começa a prestar atenção em Giulia e responde: 

Tiago:Eu queria fazer uma surpresa. Acho que deu certo, haha. 

Felipe:E quando você pretendia nos contar?

Tiago:Na verdade eu não ia falar, eu ia deixar vocês descobrirem sozinhos. Se não conseguissem, eu ia me revelar na final da Liga Pokémon. 

Fabiana:Então quer dizer que se você não chegasse na final da Liga Pokémon, você não nos contaria nada? - Tiago começa a balançar a cabeça, confirmando a pergunta da garota. 

Tiago:Isso mesmo. - João começa a rir. 

João:Como esperado, né? Haha. - May se levanta da cama do garoto e com as bochechas infladas, interrompe a conversa deles. 

May:Não queria interromper, mas o Tiago me disse que ia me levar para o aquário de Kalos! - Felipe começa a encarar a garota. 

Felipe:Então essa é sua irmã? 

Tiago:Sim, sim. Esse é meu fardo, haha. - Ela chega perto do garoto e da um soco no braço dele. 

May:Seu besta. 

Tiago:É brincadeira, é brincadeira. Haha. Bom, se vocês quiserem ir... Lá deve estar vazio, já que o povo tá vendo a Liga Pokémon. - O quarteto começa a se encarar e abrem todos um sorriso, respondendo juntos depois.

- SIM!!! - Tiago começa a rir. 

Tiago:Vocês não mudam mesmo hei, haha. Bom, só vou me trocar e daí a gente vai poder ir. - O garoto pega sua mochila que estava no pé da cama e a leva para o banheiro. Felipe se levanta do lugar em que estava sentado. 

Felipe:Bem, algum de vocês sabem onde fica o quarto da Safira? - João e Giulia o encaram nesse momento e o garoto percebe a confusão que havia causado. - E-eu quero falar com ela sobre o Dani. - Mas isso não serviu para convencê-los, ao contrário, só serviu para atiçar mais ainda a curiosidade de ambos. João se levanta e vai até a porta, a abrindo. 

João:Me siga...

Felipe:Ok... Mas como é que você sabe o quarto dela? - João suspira e responde ainda confuso. 

João:É uma longa história... - Eles saem do quarto, deixando as garotas sozinhas. 

Giulia:Então você é a tão famosa irmã do Tiago, né? 

May:Eu sou famosa por aqui? 

Fabiana:B-bem... É um modo de falar mas... Você meio que acabou ficando meio famoso entre a gente. Mesmo o Tiago não falando muito de você. - May nessa hora coloca sua mão no queixo, começando a encarar Fabiana. 

May:Pode até ser. Mas ele me falou bastante de você. - Fabiana nesse momento cora e Giulia começa a rir com a situação que sua amiga estava passando. 

Fabiana:O-o-o que ele disse? 

May:Coisas boas. Coisas boas. Não se preocupe. 

Giulia:O Tiago disse alguma coisa sobre gos... - Ela é interrompida pela porta do banheiro sendo aberta por Tiago. 

Tiago:Sobre o que vocês estavam conversando? - Diz ele com um sorriso de curiosidade. May nesse momento aproveita a brecha. 

May:Nada, sobre como você tinha medo de trovão e que você sempre mijava na cama quando chovia de noite. - Tiago nesse momento, pega um travesseiro da cama e joga no rosto de May. 

Tiago:Todo mundo já teve um medo besta. 

May:Eu tô brincando, eu tô brincando. Mas agora contei né, hihi. - Ela faz uma cara fofa e Tiago também começa a rir da situação. - Eu tava contando o quão bem você falou da Fabiana pra mim. - Tiago cora de leve e logo disfarça. 

Tiago:Eu disse bem de todo mundo pra você! Nem tenta isolar o que eu falei. Ué, cadê o Felipe e o João? 

Giulia:Foram no quarto da Safira... O Felipe queria falar com ela. 

Tiago:E você deixou? Bem, quero dizer. Afinal você gosta dele né? - Foi a vez de Giulia corar e se levanta rapidamente, dando um soco no braço do garoto. 

Giulia:E-eu não sei do que você tá falando! 

Tiago:Hahaha, é brincadeira. Já tava sentindo saudades desses seus socos. 

May:Masoquista...




No quarto da Safira...

Felipe:Você não tá muito segura aqui em Kalos Safira. - Safira se joga na cama e coloca seu rosto contra um travesseiro, começando a bater os pés. 

Safira:Ah... Por que você decidiu contar isso pra mim antes de dizer pro Professor Sycamore? 

Felipe:Porque seu primo do jeito que é bem capaz de querer bancar o bonzão e fazer alguma besteira. 

Safira:É. Você tem um bom ponto agora. - João nesse momento, coloca a mão no peito. 

João:Então talvez seja por isso que tinha alguns capangas da Neo Team Flare te seguindo naquele dia... - Safira se levanta. 

Safira:Pode ser... - João tira a mão de seu peito e segura as mãos da garota. 

João:Eu vou te proteger! De qualquer um que quiser te pegar!!! - Safira vira o rosto e abre um sorriso. 

Safira:Mas eu fui mais longe do que você na Liga Pokémon... Talvez eu não precise da sua proteção... - João nesse momento desaba no chão e Safira começa a rir junto de Felipe. - É brincadeira, é brincadeira. - João se levanta e Safira fica com seu rosto bem próximo do dele - Obrigada por querer me proteger. - Ela fecha os olhos e sorri para João, que na hora cora. 

Felipe:É... Tiago tá falando que eles já estão prontos. Temos que ir. Vou deixar vocês dois sozinhos. - Felipe sai do quarto. 

Safira:Por que você tá fazendo tanto por mim? 

João:Ah sei lá... Talvez justamente pelo fato de que a pessoa que você mais confia está no time inimigo... Eu me coloquei no seu lugar e acho que não queria passar pelo que você está passando. - A garota abre mais um sorriso e vai até o lado direito de João, beijando sua bochecha. 

Safira:Bem, obrigada de novo. - João fica totalmente desnorteado e começa a dizer com uma voz trêmula. 

João:B-bem... E-eu te-tenho que ir. Até mais. - Ele sai do quarto, deixando a garota sozinha. 

Safira:Ah Dani... Será que eles descobriram que eu sou uma Draconid? E se descobriram, com que finalidade eles usariam essa informação? Bom, acho que agora tem mais pessoas nas quais eu posso confiar. 




Na Rota 8, as 15:51 da tarde... 

May brincava em meio a Rota 8 e estava cada vez mais impressionada com o tamanho de Kalos. Giulia, João e Felipe tentavam acompanhar a garota e Tiago vinha atrás junto de Fabiana. 

Fabiana:Por que você voltou afinal? - Tiago se surpreende com o quão direta a pergunta havia sido. 

Tiago:Bem, pra ver vocês não conta né? - Fabiana nega com a cabeça. - Ahr... Eu vim desafiar a Liga Pokémon pra tentar vencer. 

Fabiana:Ué, mas todos entram na Liga Pokémon pra tentar vencer. 

Tiago:Sim eu sei. Mas é que... Se eu perder eu vou voltar pra Hoenn... - Fabiana se surpreende. 

Fabiana:Por que isso? Você deixou alguém lá te esperando? 

Tiago:Não, não é isso... É só que... Ahr... - Lembranças vem a mente de Tiago. 

Flashback on* 

Tiago carregava suas malas de rodinhas junto de May. Haine, Birch e Lillith acompanhavam eles em meio ao aeroporto. 

- Tudum...

- O vôo para Kalos sairá em 10 minutos. Todos os passageiros, se encaminhar para a área de embarque. 

Haine:Nem acredita que você vai ir embora! 

Tiago:Bem... Se eu quiser desafiar a Liga, eu tenho que e ir agora... - Haine se entristece. - Espero que você assista minhas batalhas pela televisão. 

Haine:Você promete que vai voltar? - Tiago começa a rir. 

Tiago:Tá torcendo pra eu perder? 

Haine:N-não! Não é isso... É só que... Eu vou sentir sua falta... 

Tiago:Eu também vou sentir a sua. - Nesse momento Haine corre e abraça o garoto.

Haine:Eu vou te esperar!

Flashback off* 

Duas horas depois... 

No caminho de volta para o hotel, May não parava de falar dos pokémons que nunca havia visto antes e conversava com João, Felipe, Giulia, Fabiana e Tiago. 

Giulia:Você nos disse que batalhou com o Tiago apostando pra que ele ficasse em Hoenn e ele acabou vindo... Quer dizer que você perdeu? 

May:Não. Na verdade nós empatamos. Nosso pai que deu a ideia dele vir pra cá desafiar a Liga e caso perdesse, ele ia voltar para Hoenn. - Todos olham para Tiago e Fabiana pergunta. 

Fabiana:Isso é verdade? - Tiago andava tranquilamente enquanto olhava para o estrelado céu da Rota 8. 

Tiago:Sim. Se eu perder a Liga Pokémon, eu vou voltar para Hoenn. 

João:E você vai perder? 

Tiago:É claro que não. Eu não vim pra com essa intenção, se não eu nem vinha! É claro que eu quero ganhar e... Vou derrotar qualquer apareça no meu caminho. - Giulia nesse momento aperta o passo e fica em frente de Tiago, colocando seu braço em frente ao rosto e cerrando o punho:

Giulia:Então eu te espero na final da liga!!! Lá finalmente teremos nossa batalha. - Tiago abre um sorriso. 

Tiago:Mas pra isso você tem que vencer o Felipe primeiro, não? 

Felipe:Tiago tem razão. Eu não vou facilitar pra você nem um pouco! - Giulia abre um sorriso. 

Giulia:É contando com isso que eu digo que vou pra final da Liga! 

Tiago:Dani já venceu a batalha dele hoje e a Safira provavelmente vai vencer a dela. Espero que vocês façam uma grande batalha! - Felipe e Giulia se encaram e dizem ao mesmo tempo:

- PODE APOSTAR!!! 



Em Lumiose, as 20:15 da noite... 

Giulia:Bem, eu vou agora. - Tiago, May, Fabiana e João se encaram. 

May:Nós vamos juntos. 

Giulia:E você Felipe, não vem? 

Felipe:Eu tenho que ir no laboratório do Professor Sycamore, falar uma coisa com ele... - João cutuca o braço de Giulia com o cotovelo e a garota entende a indireta. 

Giulia:Ahr... Bom, eu vou com você. 

Felipe:Não precisa, é sério. 

Giulia:Que isso. Você vai estar mais cansado do que eu amanhã! Quero ter uma batalha justa. - Felipe sorri de canto de rosto e diz:

Felipe:Ninguém pode ir contra você, não é? Bem, pode ser então. - a garota abre um sorriso e vai até o lado de Felipe saltitando.

João:Bem, então até amanhã Giulia. - Eles se despedem e partem, deixando Giulia e Felipe sozinhos na rua principal de Lumiose. 

Giulia:Então, o que você vai falar com o professor? 

Felipe:Uma coisa séria que tem a ver com minha viagem pra Sinnoh... É bem seria. Mesmo. 

Giulia:Uau, realmente parece ser sério... - Diz ela tentando esconder a curiosidade. 

Felipe:Ok, ok... Já entendi. No caminho eu te conto. 

Giulia:Eu sempre venço! 

Felipe:Amanhã não vai ser sempre! - Diz ele começando a andar e Giulia o acompanha. 

Giulia:É claro que vai ser!!! 

Felipe:Veremos então, haha. 





A jornada continua...





Notas Finais


Bom, é isso! Se gostaram, comentem o acharam, se não, comentem o que errei e corrigirei nos próximos capítulos! 

Um abraço de Bewear para todo mundo que leu até aqui e flws!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...