História Pokémon:Batalha de Guildas (Interativa) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Tags Fakemon, Pokémon
Visualizações 35
Palavras 314
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem, essa é minha primeira fic... Não sei se vai ser boa, mas vou dar meu melhor.

Capítulo 1 - A introdução e as fichas


Em uma noite estrelada, uma moça ficava admirando o céu e estava meio contente, pois ela iria logo para sua primeira jornada longe do orfanato, e poderia conhecer seus pais em algum lugar do mundo. Porém, ela vê uma figura misteriosa e decide segui-la, chegando em um grande lago.

No entanto, o lago começou a criar ondas e puxou a moça para dentro do lago. Ela começou a gritar por socorro, mas ninguém poderia ouvir os gritos, e então, ela vê um luz misteriosa no final e ao tocar naquela luz, um clarão enorme surgiu ao redor.

A moça acordou com uma voz que perguntava sobre o bem estar dela. A moça então vê que era um Riolu, e ele pergunta algo estranho para a moça.

-Ei, garota. Nunca vi esse tipo de pokémon antes. Quem é você e de que raça é você?- perguntou o Riolu. A moça ficou sem entender o que estava acontecendo, e quando foi ver o seu reflexo no lago, ela vê uma figura branca com alguma coisa em sua cabeça parecida com cabelo. A moça ficou desesperada por um momento, mas decidiu manter a calma e falou seu nome para o Riolu.

-Bem... Meu nome é Samako, e eu não sou um pokémon... Pelo menos não até agora...- respondeu a moça. O Riolu observou que ela estava confusa, e com um pouco de medo, apesar dela não expressar isso em seu rosto. -Ei, se você quiser um local pra dormir por um tempo, você pode ir lá na guilda onde pertenço.- disse o Riolu. Samako ficou agradecida, e decidiu segui-lo até a guilda.

Após arranjar um quarto, Samako se despediu do Riolu, e decidiu dormir até o dia seguinte. No entanto, ela ficou preoucupada sobre como ela veio parar nesse mundo e que pokémon ela virou, e além disso, ela estava preocupada se iria ver seus pais novamente.


Notas Finais


Vou colocar um exemplo da ficha nos comentários.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...