1. Spirit Fanfics >
  2. Polaroid >
  3. Cap 26: Wrong Direction

História Polaroid - Capítulo 26


Escrita por:


Notas do Autor


Boa tarde amoresss, como estão? Tudo em paz? espero que sim, sem enrolação vamos ao cap n sei o q falar hoje hehe

Boa Leitura :)

Capítulo 26 - Cap 26: Wrong Direction


Fanfic / Fanfiction Polaroid - Capítulo 26 - Cap 26: Wrong Direction

Polaroid – Cap 26

—Eu não dedico a minha pena para muitos indivíduos, pode ficar feliz em não estar na minha lista caso estivesse eu jamais estaria aqui.

—Por que Ariana? Só me responde isso, eu não consigo te entender e não conseguiria nem se tentasse por um longo tempo – Ela guiou seus olhos para encarar a menor que não a encarava por um único segundo, o verde deu lugar ao mel assim como o mesclado de tonalidades que a ruiva expressava em seu olhar, suas mãos gélidas entraram em contato com a face de Ariana a forçando a encara-la. - Você sempre sabe quando eu estou a ponto de surtar e por incrível que pareça é a única que demonstra o mínimo de empatia comigo apesar do que rolou.

—Talvez porque eu conheça aquilo que você tentou apagar. - Katherine a cortou rapidamente.

—Aquilo que você me fez apagar, Ariana. - Seu tom de voz poderia ser inaudível para qualquer um que passasse, mas ao sentar em frente a mulher grande mantinha toda a sua atenção ao tentar ler as suas palavras e atitudes. - Eu sei que ajudou a Camila, sei que tentou contar para a Lauren sobre o que rolou e eu não te julgo por tentar Ariana, mas a pessoa que você conheceu já era como me disse toda cobra troca de pele, comigo não seria diferente.

—É inútil Katherine, sempre foi. - Ela sorriu, a máscara gélida estava começando a derreter à medida que o tempo passava, Katherine deslizou sua mão até os bolsos da calça jeans no intuito de manter-se afastada. - Não me culpe pelas suas atitudes egoístas, pela falta de escrúpulos, ajudei a Camila sim ela precisava da minha ajuda.

—Como eu precisei? Eu queria que a Lauren me amasse da mesma forma que amava a Camila porque sempre soube que isso iria te atingir. - Uma risada ecoou pela sala, Ariana guiou uma das mãos contra a face curvando seu corpo para trás.

—Não iria me atingir Kat, eu sabia que isso nunca iria acontecer e você também sabia.

—Olhe para si, tudo o que aconteceu e como a nossa história começou Grande. - A ruiva sussurrou aproximando seu rosto, sua fala saia contra a face da morena que podia sentir o peso da respiração quente de Katherine a qual se mantinha ajoelhada em sua frente. - Você se apaixonou pelo seu melhor amigo que é apaixonado pela sua melhor amiga, pensando por esse lado seria o típico clichê, não? Ainda assim, começou a se revoltar consigo e me arrastou pra isso tudo.

—Eu estava vulnerável naquela noite e você sabia disso. - Katherine guardou uma mecha do cabelo da menor, encarando suas orbes escuras sem piscar.

—Pode ser que isso tenha acontecido pela primeira noite, Ari. A noite que você decidiu largar a garota meiga, lembro do que me disse ao abrir aquela garrafa de vodca, talvez tenha sido durante aquele momento que eu enxerguei quem de fato era Ariana Grande. - A mais velha desviou o olhar do seu. - Você sabe tão bem quanto eu que em momento algum eu te obriguei a ter sua primeira vez comigo, ainda sim pequena, a segunda, terceira e todas as vezes que você queria apagar os seus sentimentos eu estava lá.

—Katherine... - Sua fala foi cortada mais uma vez.

—Eu não terminei, seja uma boa menina e continue me ouvindo. - A ruiva sorriu. - Poderia ser uma ótima opção para nós duas, eu não tinha sentimento por você a final éramos amigas a muito tempo, até que a ruiva tolinha se apaixonou não foi pequena? Ari cê me conhecia tão bem que logo entendeu o que eu sentia e não demorou muito para passar a me tratar de uma maneira completamente diferente.

—Eu imaginei que seria a melhor saída, éramos amigas Katherine em nenhum momento quis a confusão dos seus sentimentos. - A ruiva encaminhou seu dedo indicador em direção aos lábios da menor, dedilhando a extensão dos mesmos.

—Ariana, você pode fingir me odiar, me afastar ou trazer a vida todo esse ódio fictício que a Sabrina e o resto das suas amigas juram que você sente por mim já que elas nunca iriam entender que o seu ódio é totalmente derivado de outro sentimento. - Ela sorriu. - Pode me odiar a vontade pequena Grande, mas você me odeia porque no fundo sabe que pode ser apaixonada pelo bundão do Dylan, pode imaginar uma vida com ele chegar a um relacionamento, mas no fundo do seu peito está escrito que é o arroto de Fanta que você ama. – A ruiva se afastou voltando a sentar, ela continuava encarando a garota encolhida em sua frente. – Você já se certificou de como o brinquedinho estava, não? Agora pode me deixar sozinha.

-x-

—Então professora, o que me diz?

—Digo que você deveria agendar um novo momento para o início da nossa aula senhor Payne. - A morena sorriu direcionando seu olhar ao mais velho que já prestava atenção atentamente em suas palavras, o homem estava animado e não conseguia esconder sua alegria com a resposta de Kristine que logo completou a frase. - Hoje, no mesmo horário que me encontrou aqui acidentalmente, leve consigo a pontualidade, sou uma professora severa. - O tom de voz brincalhão provocou uma risada gostosa em Liam que assentia a cada palavra que ouvia.

—Tudo certo senhorita. - O homem arrumou seus materiais ao lado da garota que logo abandonou a sala, Kristine andava pelo corredor lotado devido ao intervalo completamente aérea sentia que finalmente teria um bom momento após tudo o que aconteceu em sua vida nos ultimos tempos. A morena sorriu ao avistar Selena emburrada com um copo de suco de laranja em mãos, a garota parecia reclamar de algo que Jorge falava, ainda assim não refletia irritação.

—O que fez para a Sel está assim, Jorge? - O moreno encolheu os ombros.

—Selena não entende que eu só quero ajudar. - Gomez o interrompeu.

—Você não entende que eu gosto do que tinha trazido para comer, seu idiota. - Lopez revirou os olhos, encarando a melhor amiga de sua suposta namorada.

—Kristine me corrija se eu estiver errado, refrigerante e batatinha são alimentos saudáveis?

—Não? - Selena colocou uma nova carranca em seu rosto, cruzando os braços em baixo dos seios.

—Exato! - Ele exclamou. - Eu estou cuidando do bem estar da Selena, enquanto ela reclama como uma gralha azeda.

—A comida era minha, quem iria comer era eu e não você, seu insuportável! - A garota resmungou recebendo uma risada de Froseth em resposta.

—Crianças. - Sabrina brotou em seu campo de visão com uma maçã em mãos.

—Gente eu fui completamente ignorada pela Ariana e pela Lauren também, me sinto ofendida, Kris só você me ama – A loira envolveu os braços em volta da cintura da amiga a abraçando de lado.

—Putz Sabrina, por que não procurou o Dylan? - A loira arregalou os olhos.

—Caralho Gomez, eu estou carente e não louca. - Jorge soltou uma risada em resposta. - Aproveitando a risada do cacheado, acabei lembrando, pelo amasso que eu presenciei, eu estou achando que camren voltou.

—É Kris Flores, parece que você perdeu a Lauren, eu shippava – Selena negou com a cabeça segurando uma risadinha.

—É amiga, parece que eu perdi. - Ela assentiu sorrindo, se envolvendo em um assunto aleatório dentro de sua rodinha.

#POLAROID



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...