História Police Man - Capítulo 5


Escrita por: , stigmasx e cheesegirl

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga)
Tags Bts, Longfic, Party!loves, Policial, Taegi, Taehyung!top, Yaoi, Yoongi!bottom
Visualizações 83
Palavras 1.623
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Policial, Romance e Novela, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


eaiii <33
essa vai ser a primeira vez que a fanfic estará no ponto de vista do Taehyung!
sem mais enrolação, tenham uma boa leitura ^^

Capítulo 5 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Police Man - Capítulo 5 - Capítulo 5

Taehyung POV

O meu horário favorito já beirava no céu. Me diz uma pessoa que não gosta de uma boa madrugada, com o céu cheio de estrelas brilhando e iluminando? Aliás, este horário é perfeito para pessoas como eu.

Andava calmamente até o porão que havia denominado como meu escritório. As ruas estavam calmas, não se via quase ninguém. Alguns pichadores aqui, menores de idade bebendo ali... Cada vez que eu presenciava estas e outras cenas, eu sorria. Boa parte da minha vida foi em torno dessas coisas ilegais, que eram “legais” para mim.

.

.

.

Não demora nem 10 minutos para chegar em meu destino final. Enfio minhas mãos em meus bolsos em busca da chave do grande portão em minha frente. Ao destrancar o tal, tive a visão do local um pouco desorganizado e empoeirado. Ah, qual foi? Eu tenho preguiça! Não entra ninguém aqui a não ser eu mesmo, pra quê arrumar?

No ambiente não existia tantos moveis e nem muitas repartições. Quando você passa pelo portão, consegue ter a visão dos meus computadores no canto direito, de um sofá preto grande no centro, a frente do mesmo, uma televisão e um tapete para dizer que o local é, um tanto quanto, acolhedor. Há um banheiro e uma pequena cozinha ao subir alguns lances de escadas, e não posso esquecer da parte de eu mais gosto, a minha cama que se localiza no canto esquerdo, juntamente com uma pequena cômoda. Não, eu não moro aqui! Mas é sempre bom ter pequenas precauções, pois nunca se sabe quando você irá ter sono ou vontade de transar.

Jogo minha bolsa em qualquer canto no local e me deito no sofá. Como de costume, pego meu telefone e entro no aplicativo de mensagens. Queria sair e transar com qualquer menino que eu obtinha o contato.

Mandar mensagem para o Namjoon seria uma ótima ideia, mas lembrei que ele está preso a 1 mês. Ah pobre Joonie, foi pego pichando o carro da polícia... Ainda bem que consegui fugir a tempo!

- Hmmm, quem será que está disponível e que de preferência seja passivo? – penso alto enquanto rolava a página inicial do aplicativo. – Ten!

Taehyung [01:45 am]

Ten meu amor, você tá ocupado?

Sinto tanto sua falta, baby.

Suas mãos habilidosas me levam a loucura.

10 passivo [01:47 am]

Já to com um rolo, Taehyung :/

Eu gostaria muito de ter você em minha cama..

Mas estou com o Taeyong, desculpe :/

Taehyung [01:47 am]

Oh, sem problemas!

Divirta-se :).

 

Reviro os olhos e saio da conversa indo em busca de outro contato. Já estava acostumado a ser deixado de lado pelos meus contatos frequentes.

- Jungwoo, se você não estiver disponível... eu desisto! – resmungo ao entrar na conversa do citado.

Taehyung [01:50 am]

Woonie :(.

Você quer se divertir comigo?

Woonie passivo [01:55 am]

Oh dó!! Seus machos não aceitaram?

É sempre assim, não é mesmo Kim?

Fique sabendo que, eu não caio mais nessa!

Eu não nasci para ser seu brinquedo de segunda opção.

Não posso negar que você é ótimo na cama...

Mas eu cansei de ser tratado como ninguém.

Pra que ter uma noite maravilhosa e depois ser esquecido?

Taehyung [01:54 am]

Ah Jungwoo, não é bem assim...

Por favor...

Woonie passivo [02:00 am]

Kim Taehyung, não!

Taehyung [02:00 am]

Filho da puta...

Quando precisar de alguma coisa, saiba que não irei te ajudar!

 

Ok, não há mais ninguém que eu conheça que seja passivo e que se enquadra em meu gosto.

- Espera... – me ajeito no sofá com rapidez. – Já sei!

Vou até um de meus computadores e entro no aplicativo de rastreamento de pessoas e deixo em segunda janela, o de fiscalização eletrônica.

Para o de rastreamento, não precisava de muitas coisas, apenas do nome e de alguma coisa de identificação.

Nome: Min Yoongi

Ocupação: Policial

Número de identificação:

- Merda, eu preciso de alguma coisa que possa identificar o Min. – suspiro e abro a navegação em outro computador e entro no site da polícia de Seoul.

Era a coisa mais engraçada e simples de conseguir as informações necessárias de qualquer policial e de qualquer unidade. Em menos de 5 minutos, consigo o número de algumas coisas que eu não fazia ideia do Yoongi.

Nome: Min Yoongi

Ocupação: Policial

Número de identificação: 142.928702-43

Sorrio ao ver diante de meus olhos aqueles números em uma tela preta. Ali continha, praticamente, tudo do Yoongi.

Vou rolando a tela para baixo até encontrar o endereço desejado, aproveito para anotar a senha do sistema de segurança do baixinho. Acabo rindo da criatividade do Yoongi para senhas, ele é tão bobinho.

Ao conseguir tudo o que desejava, fechei a primeira aba e fui ver sobre o sistema de segurança do Yoongi.

Nome da empresa: Moon’s security

Endereço: xxx-xxx

Senha: MinGeniusLab55219

Vários quadrados começam a aparecer na grande tela em minha frente. Passo os olhos a fim de uma só imagem, procurando pelo baixinho.

- Mas já?! – acabo me surpreendo com o Yoongi dormindo todo encolhido na cama. Uma parte minha estava com pena de acordar o mesmo, mas eu queria me satisfazer e o Min é bem flexível a essas coisas... ok, nem sempre.

Fecho todas as abas do meu computador, pego minha bolsa e minhas chaves. Quando coloco meu corpo para fora do porão, um frio incontável percorre todo meu corpo e acabo ficando arrepiado. Resmungo e volto para pegar um sobretudo preto.

.

.

.

Fico sentado num banco que era em frente ao grande edifício do Yoongi. Retiro o meu celular do bolso e começo a mandar milhares de mensagens para o mesmo. Aposto que o mesmo acordaria me xingando, se me ver então... é capaz de me matar antes mesmo de eu tentar alguma coisa.

Menino que eu transei [03:20 am]

YOONNIEEEEEE

AAAAAAAAA

DOCINHO DE COCO

YOONGI

M

I

N

Y

O

O

N

G

I

Yoongi [03:30 am]

Taehyung, eu te odeio tanto, sabia?

O que você quer??

Aliás, que seja importante!

EU ESTAVA DORMINDO PORRA!!!

Menino que eu transei [03:30 am]

Claro que é importante!

Eu sou importante.

Desce aí, vamos sair :).

Yoongi [03:31 am]

Você bebeu quantos litros de álcool?

Tá maluco, Taehyung?

Menino que eu transei [03:31 am]

A única coisa que eu pretendo beber hoje...

... é o seu gozo meu amor.

E estou maluco para te foder todinho.

Yoongi [03:31 am]

Taehyung...

Isso é sério?

Você só quer transar?

Meu Deus, usa as mãos...

Menino que eu transei [03:32 am]

Eu não quero só transar...

Desça e descubra o que eu quero, babe.

Estou te esperando, pequeno :).

Visualizada ás 03:32 am

 

Sabia que Yoongi estava descendo, mas não imaginava que seria tão rápido como foi. O garoto trajava roupas simples, pretas... e curtas.

- Yah, você não está com frio? – pergunto quando cheguei perto do menor.

- Um pouco, por isso espero que não demore muito para irmos ao tal lugar. – Yoongi suspira pesado e coça os olhos de forma fofa.

Retiro meu sobretudo e coloco sobre os ombros do Min.

 – Toma, você está com roupas bem finas. – sorrio e começo a andar com meus braços em torno do menino, que me olhava um pouco surpreso depois de perceber que estava com meu casaco.

.

.

.

- Bem vindo a minha humilde casa. – abro os braços quando entro em meu apartamento.

- De humilde isso aqui não tem nada... Vem cá, você é rico ou você é um assaltante? – engulo seco com a pergunta feita, mas não foi percebida pelo Yoongi que se encontrava encantado com a casa.

- Herança, babe. – sorrio sem mostrar os dentes e puxo o loiro pelo pulso suavemente. – Mas o que mais importa é você na minha cama gemendo da melhor forma. – falo no pé do ouvido dele e depois mordo seu lóbulo.

Vou puxando o menino de forma delicada até o meu quarto. Ao chegar no ambiente, ajo rapidamente e encurralo Min numa parede.

- Ah, como eu estava com saudade desse corpo e, principalmente, dessa boca. – digo antes de começar a beijar o menor com uma grande persuasão.

Sinto as mãos gélidas de Yoongi tocarem meu peitoral, me empurrar para longe. Com seu ato acabo caindo sentado na cama, me dando uma ótima oportunidade de puxar o mesmo contra mim, fazendo-o cair sentado em meu colo.

- Você realmente acha que pode tentar fazer com que eu desista de tentar te fuder, bae? – levo suas mãos para minha nuca e, em seguida, levo as minhas até sua bunda. – Você está completamente enganado, baby boy... – sinto o mesmo tentar se revoltar, mas apenas faço com que ele rebole em meu colo, fazendo nossos membros manterem contato. Jogo minha cabeça para trás quando começo a sentir meu membro pulsar.

Ele, ao invés de parar, estava cedendo aos meus movimentos. Podia sentir sua ereção surgir aos poucos e colidir com a minha. Fiz questão de colocar uma música sexy de fundo. Dei um sorriso ao perceber que, mesmo que minhas mãos não fizessem mais esforço nenhum, o rebolado continuava.

Depois de um tempo, outra música sexy pode ser ouvida. Como sua cabeça estava abaixada, levantei seu rosto com delicadeza. Nossos olhos se encontram rapidamente antes de descerem e irem para ambos as bocas.

- Hoje eu vou deixar essa passar, mais saiba que eu continuo não querendo mais te ver. – Yoongi começa a me beijar com tentação e eu apenas me permito ser guiado pelo mesmo, deixando de lado as palavras que o mesmo tinha dito.

Não demora muito para que os nossos beijos fossem trocados por diversos beijos em meu pescoço e sem contar das inúmeras reboladas que Min aplicava em meu colo. Definitivamente o menino estava me levando a loucura em poucos segundos.


Notas Finais


será que vai ter hot no próximo capítulo? isso vocês irão descobrir :)
obrigada pelos 40 favoritos, até a próxima~~

Capa por: @MochiDesigner
Betado por: @LeeHina
Escrito por: @cheesegirl e @stigmasx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...