História Policial SN - Capítulo 60


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO
Personagens G-Dragon, Oh Se-hun (Sehun), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys (BTS), Ceo, Crack!fic, Exo, Jimin, Policial, Tatithaina, Vendida
Visualizações 11
Palavras 534
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 60 - Capitulo final


 Um mês desde que eu saí do trabalho, eu e Ji não comentamos nada do que havia acontecido naquele dia. E mesmo sem falar nada do que havia acontecido, a mesma cena se repetia varias vezes, no meu quarto, na minha sala, na minha cozinha, no meu banheiro, na casa dele, no quarto dele, na varanda dele. 

Parecíamos 2 coelhos no cio, mas tinha que admitir, era muito prazeroso.

-estava pensando em pedir pizza hoje .-Ji-Sub fala depois do nosso ato pervertido. 

-pode ser.-eu falo.-acho que vou tomar um banho.-detestava sentir o meu corpo grudado em suor.

-ok, vou pedindo a pizza.-ele fala se levantando.

Caminho até o banheiro, sentia meu corpo dolorido, transar 5 vezes na semana podia ser um bom exercício. Ligo o chuveiro, sinto a água percorrer pelo meu corpo, e meus cabelos, que agora estavam grandes, escorrem pelo meus seios.

-Lua?-Ji-Sub fala depois de entrar no banheiro. -temos 30 minutos. -ele fala com um sorriso sexy. 

Seus lábios tocam o meu pescoço, e sinto um arrepio percorrendo a minha espinha. Sua mão percorre a minha vagina, ele começa a fazer movimentos rotatórios na mesma, meus gemidos são abafados pelos seus lábios. Ele coloca o seu membro na entrada da minha intimidade. 

Coloco a minha perna em sua cintura, para que ele conseguisse entrar melhor, enquanto fazíamos o movimento de vai e vem ele me beijava.

~ding-dong~ 

-sim.-eu atendo a campainha, ainda sentia corada, com os lábios inchados e cabelos molhados.

-a sua pizza senhora.

-obrigada.-eu falo entregando o dinheiro. 

-senhora, essas cartas estava aqui no chão.-ele me fala entregando o envelope. 

-obrigada.-eu forço um sorriso e fecho a porta. -que estranho.-eu falo para Ji-Sub assim que deixo a pizza sobre a mesa.

-o que?-ele sai do quarto secando os cabelos. 

-uma carta do governo. Será que estão me implorando para que eu volte.-eu digo com um ar de brincadeira, sento no sofá. Ji- Sub pega uma fatia da pizza e senta ao meu lado.

——————————————————————

Cara senhorita Lua, 

Agradecemos o seu trabalho bem feito, seu serviço foi extremamente importe para a república sul coreana.

Devido a morte da sua tia, e o seu desemprego, estamos negando o seu visto de sul coreana, e você tem o prazo de 1 semana para retornar ao Brasil. 

——————————————————————

Olho para Ji, eu estava sendo expulsa por um país que eu dediquei a maior parte da minha vida. Foram 18 anos aqui.

-18 anos e eles estavam me expulsando.

-calma Lua, deve ter algum engano.

-não tem, eles estão me expulsando!-eu me levanto irritada. Começo andar de um lado para outro, era loucura. Ji volta para o quarto e eu começo a ter um ataque de pânico, o que eu vou fazer? Como vou fazer com tudo aquilo? Tento respirar.

-o que você está fazendo?-eu falo para Ji assim que ele aparece na sala.

-já que você não me ouve...

-como posso te ouvir? Eu estou sendo deportada...

-Lua, você quer casar comigo?-ele fala, tão fácil, tão simples...

-o que? 

-case-se comigo, e você não poderá ir embora.

-mas...

-sem mas, só diga sim.

Eu abro a boca para falar e a resposta era simples.

-eu...


Notas Finais


-certo pai, me conte tudo.-eu falo olhando para o meu pai.
-não acho que você esteja preparada.
-eu acho que estou.-arrumo meus cachos.
-não e história para crianças? -ele fala rindo.
-eu não sou criança, eu já tenho 9 anos.
-ok.-ele pega o livro mais velho, no último andar da cômoda de livros, e se senta novamente ao meu lado.
-Aconteceu a muito muito tempo, antes das bruxas de Salem serem perseguidas, antes que as nossas irmãs serem queimadas na fogueira. -ele fala abrindo o livro.- desde o Big Bang, com a agitação dos átomos, e a crianças do mundo, nos filhos dos universos nascemos.
-como seres especiais?
-como seres especiais. Os humanos acreditam que deus criou o mundo, e que apenas ele pode exercer magia. Mas nos “seres especiais” fruto das agitações moleculares, e fruto da energia dispara no Big Bang temos esse poder de usar.
-mas...
-mas o único problema é que a energia trabalha em duplas, e nos do meio mágico, não podemos nos reproduzir sem encontrar a nossa dupla luminosa, sem distinção de cor, e de sexo.
-homens podem namorar homens?
-claro.
-mulheres com mulheres também ?
-claro que pode, o nosso espírito é livre, e a nossa luz interior também. Por isso podemos nos casar com quem quiser.
-igual você é a mamãe?
-eu e a mamãe nos encontramos e tivemos você... estávamos predestinados a nos encontrar, assim como em outras vidas e assim como nas próximas vidas. Assim e o nosso universo assim que sempre foi e assim que sempre será.
-é como eu sei que ele é a minha dupla luminosa?
-você vai saber minha querida.-ele passa uma folha.
-o que é isso escuro?
-é algo para outro dia, vamos? Você vai se atrasar para a escola.
Estávamos em uma cidade nova, sempre foi assim, desde que a mamãe morreu eu e o papai não ficamos muito tempo na mesma cidade. Minha tia Estela diz que não era assim, que eles sempre viveram na mesma cidade, mas era perigoso um luminoso ficar sozinho com uma filha pequena em uma cidade grande.
-qual é o seu nome querida?-a professora fala com um sorriso amigável.
-Aoki Hana.
-seja bem vinda, Aoki Hana, espero que você se sinta acolhida aqui.


https://www.spiritfanfiction.com/historia/universo-luminoso-14865356


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...