História Pony - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Huang Zitao "Z.Tao", Kris Wu, Lu Han
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 13
Palavras 1.027
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Hentai, Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então, pessoal... Eu tenho um breve anúncio...
Ultimamente, eu ando tendo vários problemas familiares, na escola e alguns "amigos". Eu amo escrever, de coração. Vocês não tem noção. Alguns comentários que recebi esse ano, voltaram a minha cabeça. Comentários de uma pessoa que queria me ver para baixo como "sua escrita é horrível" etc. Isso veio de uma pessoa, que na época, eu considerava amiga.
Receber esse tipo de comentário, é a pior coisa que se pode acontecer para um escritor. Já que colocamos nosso tempo pensando no que as pessoas vão gostar, colocando cada detalhe em seu devido lugar, dando apoio a pessoas que se sentem sozinhas... Entre mais.
E eu não estou numa boa fase para escrever... Irei tentar, juro. Mas senão sair bom, ou do jeito que vocês imaginaram... Me desculpem.
Desculpa por não ser do jeito que você esperava. Desculpa se não ficou bom... Apenas... Desculpas.
Eu ando muito mal com isso, tento não falar com meus amigos, para não incomodá-los com meus problemas desse tipo.
Fiquei tão feliz quando cheguei a 100 visualizações e agora estamos quase chegando a 150. Isso é tão bom, é maravilhoso para mim e eu só tenho a agradecer.
Mas enfim, eu vou dar o meu melhor. Prometo.
Boa leitura e desculpa já esse texto longo ksks ❤️

Capítulo 9 - Algemas? Mordaça? Venda?



OLHEM AS NOTAS INICIAIS, POR FAVOR


Lee Hyun Seok (Pony)

Nosso beijo se iniciou, suas mãos desceram para minha bunda a apertando. Cambaleamos um pouco. Minhas unhas bagunçam seus cabelos... Eu quero. Quero ele, quero sentir ele...

Andamos com uma leve dificuldade para a cama, me sentei. Comecei a tirar sua calça a abaixando por completo. Sua ereção era nítida... E que pau enorme. Beijo-o por cima de sua box branca. Senti meus cabelos saírem de meus ombros, era ele que havia os pegado para ficar melhor para mim.

-Coloca sua boquinha... Vai...-ele já estava mais excitado que tudo. Com seu pedido, abaixei sua box revelando seu pênis completamente rígido, branquinho, com suas veias pulsando marcando bastante.

Começo beijando, fazendo ele arfar levemente. Quando menos espera, abocanho com tudo seu membro. O que não consegui colocar na boca, termino com as mãos.

Seus suspiros e gemidos me fazem ficar mais excitada do que já estou. Sua mão me guiava a velocidade que ele queria, minha língua passava por cada perímetro de seu belo e enorme pênis. Sinto suas veias ressaltarem mais avisando que ele iria gozar a qualquer momento. Tiro minha boca e passo a língua por sua cabeça, sua cabeça foi jogada para trás. Coloco tudo de novo na boca, um gosto ácido e doce ao mesmo tempo, invade minha boca. Ele havia gozado.

-Tire sua roupa. Já volto.-fiz o que ele mandou, o mais velho se dirigiu a uma pequena cômoda.

Fiquei só com a lingerie que o mesmo me presenteou, me sento na cama o esperando. Ele se vira com duas algemas.

-Depois temos que conversar sobre algumas coisas... Mas agora quero que fique de quatro.

Ele realmente é aqueles homens "Daddy"... Suas grandes mãos, pegaram as minhas fazendo com que elas ficassem presas na cama. Estou algemada. Baek me vendou, colocou uma mordaça... Que tortura. Não foi bem assim que imaginei a minha primeira transa.

Sinto a cama afundar, alguma coisa passando pelas minhas costas. Arqueio sentindo uma leve cosquinha. De repente, uma dor me invade na banda direita de minha bunda.

-Rebole para mim, vai... Ou sofrerá as consequências depois.-faço o que ele pede. Sinto seu membro na minha bunda.

Minha calcinha é deslizada pelas minhas pernas. Quando menos espero, sua mão começa a massagear minha intimidade já molhada. Um, dois... Três dedos ele penetra forte. Solto um pequeno grito que foi abafado pela mordaça. Os movimentos começaram a ficar mais rápidos e fundos, só se escutava os meus sons a abafados, o choque de sua pele contra a minha, seus suspiros...

Sinto minhas pernas fraquejarem avisando um orgasmo por vir. Ele retira suas mãos antes de eu atingir meu ápice.

Um barulho de pacote se abrindo, camisinha. A dor me invadiu por completo, não esperava por aquilo.

Seus movimentos eram rápidos, fundos e precisos. Eu tentava gemer, mas não conseguia. Obrigada mordaça.

BaekHyun parou e saiu de dentro de mim, tirou as algemas e me virou.

Com seu consentimento, tiro a mordaça e a venda. Revelando seu leve suor, uma face satisfeita com uma belíssima e gostosa mordida em seus lábios.

Seu pênis adentrou novamente em mim, levo minhas mãos a suas costas as arranhando com força. Baek parou novamente o sexo para retirar meu sutiã que era o único pano que se encontrava em meu corpo.

-Tão gostosa... Geme, amor... Grite se precisar...-ele falou em meio aos beijos penetrando novamente, só que dessa vez bem mais forte.

Mordo meu lábio, assim que nosso beijo se desfez, porra, que delícia.

Uma dor horrenda que se transforma em prazer puro. Sinto meu ápice chegar novamente. Quando menos percebo. Gozamos os dois juntos... Ele caiu no meu lado, respirações descontroladas...

O mesmo me puxa para mais perto de si, depositando um beijo no topo de minha cabeça.

-Eu te amo, HyunSeok...-seu sussurro me fez abrir um imenso sorriso.

-Eu também te amo, BaekHyun...-o encaro e vejo-o sorrindo. Um beijo fofo e apaixonado iniciou-se sem segundas intenções.

Adormecemos ali mesmo.

Sou sacudida por alguém, abro os olhos de leve e vejo Baek me encarando.

-Temos que ir... Vem, vamos tomar um banho.-ele me ajudou a levantar.

Eu estou mais dolorida que tudo, puta merda. No chuveiro, rolou mais algumas coisas... Chupões por toda a extensão de meu pescoço, se encontra. Colocamos nossas roupas, guardamos o que tinha pra guardar e fomos.

Olho meu celular... 05:30 da manhã.

-Não acredito que me acordou cinco e meia... Por que tão cedo?-pergunto, ele passa seus ombros pelo meu pescoço. O amanhecer daqui é lindo...

-Quer mesmo chegar lá com todos acordados e vários questionamentos?-agora tudo faz sentido.

Chegamos a casa do meu irmão, entramos em um silêncio que nem eu escutaria. Quando passamos pelo quarto do meu irmão, a porta é aberta revelando... Sehun?! Que?!

-Mas que porra...-começo a falar, ele me interrompe.

-Eu não conto se vocês não contarem.-Sehun fala... Safado! Reviro os olhos e encaro Baek.

-Fechado, agora fiquem de bico fechado ou vamos acordar todos...-concordamos e fomos cada um para seu quarto.

Me jogo na cama pensando em cada minuto com Baek, foi mágico... Abro a câmera frontal e olho o estrago em meu pescoço. Isso tá mais roxo que tudo.

Mais tarde, quando minha amiga viu isso... Quase me matou e me ajudou a esconder com maquiagem prova d'água.

Descemos para tomar café, já com os biquínis e shorts.

-Depois quero saber de todos os detalhes.-ela falou antes de nos separarmos para cada uma de um lado da mesa.

-Maninha? Estava onde ontem? Te procurei e não achei.-Donovan, para me foder, me faz uma pergunta dessas.

-Ela saiu comigo e com o Suho...-Juyu me ajudou, parece que os meninos estão finalmente estudando inglês e entenderam um pouco.

-Não vi o Baek ontem também...-Chanyeol comentou, Baek engasgou de leve com os ovos.

-Ele também foi conosco, para fazer mais compras.-Suho o respondeu.

SALVOS PELO CONGO.

-E eu vi o Baek no quarto quando fui me deitar, o que não foi muito tarde.-Sehun falou, bebeu seu suco e nos olhou com a cara mais plena que tudo.

Meu cu nunca trancou tanto como agora.

O dia passou rápido, brincamos bastante na piscina. Meus pais e meu irmão ficaram com a gente hoje. O que foi maravilhoso.

Mas a questão é... Será que vai ter mais? Já que experimentei, quero mais.

Afinal, o que o Sehun fazia no quarto do meu irmão, sendo que eu tenho um cunhado? 


Notas Finais


Então... Será que vai? Kkkkkkkkk
Sehun safadinho!
Obrigada por lerem ❤️❤️ até o próximo e obrigada pelas 140 visualizações, isso é pouco aos olhos de vocês
Mas, aos meus, é muito ksksksksksksks
Até o próximo capítulo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...