1. Spirit Fanfics >
  2. Popcorn - Minsung >
  3. Beijos e gatos?

História Popcorn - Minsung - Capítulo 8


Escrita por: e linowcat


Notas do Autor


oiiii boa noiterr, tudo bomm? eu tô com fome e vocês?
enfim eu tô aq pra atualizar a história pra vocês mesmo com muita fome, OQUE EU NÃO FAÇO PRA vocês
eu também vou tentar fazer um agrado pra vocês, vocês me entendem em em em

Capítulo 8 - Beijos e gatos?


Fanfic / Fanfiction Popcorn - Minsung - Capítulo 8 - Beijos e gatos?

Lee Minho.

Eu nunca senti tanta raiva como eu estou sentindo agora, como que ele consegue dizer tudo aquilo numa tranquilidade tão grande, aqueles palavras tão sujas para o meu Jisung ele é tão sujo. Um grande filho da puta, nunca que eu vou deixar Jisung, nunca.

— Meu bem, tudo bem. — Levanto seu queixo, para olhar seu rosto tristonho. — Você nunca mais vai ver ele, nunca mais. — Aperto seu queixo de leve.

— Eu tô com medo, Minho. — Ele suspira alto, ainda me olhando com um rosto tristonho. — Ele pode te machucar, eu não quero você machucado Hyung. — Seco uma lagrima que cai, o fazendo soltar meu queixo. — Se ele te machucar eu não vou me perdoar.

— Não se preocupa esquilo, ele não vai encostar um dedo em mim. Se encostar, fudeu para ele. — Riu de seu comentário. — Vem, vamos pegar um sorvete para nós. — Ele me puxa da cadeira me fazendo levantar, e vai me puxando até os corredores da sorveteria. — Você quer de que' meu bem? — O Lee abre um dos freezer, olhando os sabores dos sorvetes.

— Vamo' fazer assim, eu pego de Creme e você de Chocolate e nós divide, Okay Hyung? — Proponho para o Lee, pegando os sorvetes que falei e olho para ele sorrindo pequeno.

— Tudo bem, eu vou ir pagar. — Ele da um leve selar em meus lábios antes de ir pagar. — Fica aqui.

— Ta bom, eu te espero. — Fico olhando os outros sorvetes enquanto ele foi pagar.

























Han Jisung.

O Minho ele esta sendo tão bom comigo, que eu nem sei se eu mereço ele. Tão cuidadoso que nem sei oque fazer para retribuir tudo isso que ele está fazendo por mim. 

— Meu bem, no que você tanto pensa? — O Lee, chega me fazendo sair de meus pensamentos. — Vem, vamos para casa. — Ele sai me puxando pela rua, já que sua casa era um pouco perto da sorveteria.

— Eu tava pensando  você, Hyung. — Ele olha pra mim um pouco surpreso, pelo meu comentário sobre si. — E pode ter certeza que é coisa boa que eu tava pensando.

— Que tipo de coisa, posso saber? — Ele me olha com um olhar malicioso junto com um sorrisinho. 

— Ah não, parece um adolescente você. — Pego a sacola de sua mão, para eu carregar em quanto ele me puxava pelas ruas até sua casa. — Vou falar nada...

— Não vai? vamos ver mais tarde de você não vai falar nada então. — O Lee fala, enquanto soltava minha mão, para pegar a chave de abrir a porta. A casa do Lee é uma casa moderna, bem arruma até. Por fora a casa tem um cercadinho, com algumas flores, a casa é branca com alguns tijolinhos em volta dela.

— Vem, vamos entre. — Ele diz, me puxando pela cintura me fazendo entrar em sua casa. — Não repara na bagunça, meus gatos fazem muita bagunça. — Diz, coçando a nunca um pouco tímido pelo estado da casa.

— Você tem gatos? — Digo, colocando os potes de sorvete na mesa.

— Tenho... v-você tem alergia a pelos, por que, se tiver se retire agora de minha casa. — O mais velho coloca uma das mãos na cintura e com o outro braço aponta para a porta.

— Eu não tenho alergia a pelo de gato seu idiota. — Falo rindo, de sua palhaçada. — Você nunca falou deles pra mim.

— Minhas filhas preciosas, o certo de dizer. Não apenas gatos. — Ele vem até a mesa, onde eu estou. Ele pega os dois potes de sorvete e abre. — Vamos comer agora, meu bem. — Vai até a direção de um dos armários, abrindo e retirando duas taças de sobremesa.

— Vamos! — Digo animado, pegando uma das colheres que ele havia pego também, pegando a taça colocando um pouco de sorvete de chocolate e de baunilha. — Oh, Hyung... o cheiro é tão bom. — Digo, praticamente salivando.

— É mesmo, Hannie. — Ele coloca seu sorvete na taça, e misturando para ficar tudo misturado. — Olha o aviãozinho, abre o bocão pro Hyung, esquilo. — Dou uma risada alta, mas mesmo assim abrindo a boca. — Ta gostando? — Aceno com a cabeça um sim'. — Deixa eu provar agora. — Ele come uma colherada do sorvete.

— Ta bom, Hyung? — Me sento de frente em seu colo, sorrindo pequeno. — Me da mais, Uhm? — Falo enquanto passo uma mão minha em seu pescoço.

— Abre a boquinha, meu amor. — Digo e feito, eu abro a boca para receber mais uma colherada do sorvete. 

Sorrio para o Lee, chegando perto de seu rosto dando apenas um pequeno selinho em seus lábios. Pego outra colher na mesa pegando do meu sorvete, e levo até sua boca também o fazendo comer aquele gostosura. Minho passa uma mão envolta de minha cintura me, apertando contra ele. Ele puxa meu rosto, fazendo colocar praticamente contra o dele, apenas para chupar meu lábio inferior me fazendo gemer baixinho. 

— Jisung, eu te quero tanto que você não tem noção. — Puxo seus cabelos de leve, arranhando sua nuca de leve também. 

— Agora você me tem, Minho. — Falo, no pé de seu ouvido. 

O Lee, puxa meu rosto contra o dele chocando nossas bocas uma na outra, começando um beijo totalmente novo para ambos, um beijo com desejo e muita vontade. Gemo alto quando Minho começa, a chupar minha língua, viro a cabeça para ele aprofundar mais o contato.

— Han Jisung. — Ele solta as taças na mesa, me fazendo saltar um pouco no seu coloco pelo susto,e recebendo um arfar do mais velho.

— Hyung... — Começo a rebolar em seu colo, enquanto ele puxa meu pescoço, que já deve ter algumas marcar de chupão ali. — Você ta tão duro. — Fico rebolando em cima de seu membro já acordado.


























Continua?


Notas Finais


sério, eu vou fazer outro cap MAS FINALMENTE COM UM HOT PRA VOCÊS, vai demorar um pouco pq escrever hot não é fácil. E EU TÔ FALANDO SÉRIO, me desculpem por demorar tanto pra escrever. ta difícil aq

deixem cometários me mimando, du gosto ta bom? se quiser me chamar no twitter fique a vontade meu arroba é (@/Marcelataputahh) se quiser também me chamar aqui, podem me chamar eu vou ficar muito feliz.

>>>>>>ACEITO<<<<<< ajuda para escreve minha linda história. não tenham vergonha de chamar, eu só vou fazer umas perguntinhas básicas ta bom??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...