1. Spirit Fanfics >
  2. Por Acaso - ChanSoo >
  3. .7- come back to me

História Por Acaso - ChanSoo - Capítulo 7


Escrita por: e SehunTriste


Capítulo 7 - .7- come back to me


"Então beije."

 

Kyungsoo não sabia de onde havia tirado tanta coragem, nem mesmo podia pôr a culpa no álcool já que não havia bebido mais do que duas garrafas de cerveja. Talvez quisesse fazer aquilo a tempos e nunca tinha reparado.

 

Viu o Park se aproximar e sentiu os lábios alheios encostarem no seu com delicadeza. Por alguns segundos o menor hesitou em fechar os olhos, até que Chanyeol o puxou para mais perto colando os corpos sem que ficasse um mínimo espaço entre ambos. Kyungsoo fechou os olhos e se permitiu  sentir o beijo que era calmo. Chanyeol sugava os lábios alheios com vontade mas ainda assim com calma. Como se aquilo nunca mais fosse acontecer. Kyungsoo estava ali completamente entregue ao beijo do Park, todo som e barulho sumiu. Chanyeol não pensou que ia ser correspondido daquela forma, mas havia gostado. KyungSoo era a primeira pessoa que mexia consigo depois de Junmyeon. 
 

Chanyeol pediu passagem com a língua que foi concedida, e logo os dois estavam tão envolvidos no beijo, até Chanyeol sentir que estavam sendo observados. Se separou devagar de KyungSoo sem tirar os olhos do mesmo.
 

— Chanyeol?

O maior ouviu atrás de si e se virou devagar esperando não encontrar que imagina ser o dono da voz. Mas para sua infelicidade era…
 

— Você de novo, Junmyeon?
 

— Não sabia que gostava de baladas. — o tom sarcástico que o outro usava era quase palpável. — Oi, você não é o rapaz do Parque?
 

— Sou sim. E você, quem é?— kyungsoo não sabe como mas Jongin e Minseok apareceram misteriosamente do seu lado.
 

— O que você está fazendo, Kyung?... — minseok falou baixinho. — Olha só que coincidência! Como vai, Sr. Park, Sr. Kim.
 

— Bom, se vocês nós dá licença precisamos ir, tchauzinho. Foi um prazer.

 

Minseok saiu puxando o amigo pelo braço até estarem fora da boate.
 

— Você ficou maluco é? 
 

— Kyungsoo o que deu em você?
 

— Aish, esse cara me irrita! 
 

— Olha eu também não gosto dele, o.k.? Mas não pode arrumar inimizade com ele, ele é muito influente e você é apenas um modelo que está começando agora.
 

— Eu sei Min, mas…

— Mais nada, a gente vai pra casa antes que você arrume mais confusão.


(...)

 

Chanyeol observava o menor ir embora, e planejava fazer o mesmo até que Junmyeon segurou seu pulso.
 

— Já vai? Eu acabei de chegar.
 

Chanyeol encarou a mão que segurava seu pulso com nojo e s puxou de volta pra si.

 

— Por isso mesmo eu vou embora.

— Porque você insiste em negar que você ainda sente algo por mim?

— A única coisa que eu ainda sinto por você Junmyeon, é desprezo.— E saiu deixando o ex-noivo para trás. 

Ia procurar Baekhyun, mas a boate estava cheia demais então logo desistiu. 


(...)
 

Já havia se passado quase uma semana e Chanyeol e Kyungsoo não haviam mais tocado no assunto do beijo. Continuaram a vida normalmente, Kyungsoo ignorando Chanyeol, Chanyeol tentando se aproximar, e Junmyeon a todo tempo atrás do fotógrafo.
 

Para sorte, e alívio do mesmo Junmyeon iria embora, o que poderia facilitar suas chances de se aproximar de KyungSoo. Depois do beijo na boate Chanyeol não conseguia mas tirar o menor da cabeça. 
 

Kyungsoo estava da mesma forma, apesar de negar para si mesmo e não aceitar o fato de que algo no Park mexia consigo de uma forma que ele não sabia explicar. Apenas ignorava o fato e o beijo que havia acontecido, nem havia falado para os amigos sobre isso,  mas cada vez ficava mais difícil esconder isso.
 

Kyungsoo estava perdido novamente em seus pensamentos quando ouviu a voz do melhor amigo o chamar. Minseok estava parado ao seu lado com ambas as mãos na cintura.
 

— Pretende ficar aí? Vamos! O Sr. Park está te esperando!
 

Kyungsoo se levantou rápido, em um segundo já era puxado pelos corredores da agência de modelos até chegar ao estúdio do Park.
 

Minseok saiu e deixou o amigo ali, Chanyeol estava concentrado mexendo na câmera. O menor se aproximou e o fotógrafo desviou seu olhar do que estava fazendo e encarou o menor deixando um pequeno é quase inaudível "uau"  escapar dos seus lábios. Kyungsoo estava com uma calça de couro bem colada e uma camiseta branca que tinha alguns "rasgos". 

 

— Kyungsoo, eu preciso…
 

— Chanyeol, se for sobre o beijo, eu prefiro fingir que não aconteceu... — se virou de costas e caminhou até uma mesa que tinha no canto do estúdio. — Eu sei como sua relação com o Sr. Kim é complicado e eu não quero ficar no meio de tudo isso.
 

Kyungsoo escutou passos que estavam indo em sua direção, o coração bateu mais rápido e antes que pudesse processar qualquer movimento Chanyeol já estava ali, com o corpo colado ao seu. O maior colocou as mãos na cintura alheia  e se aproximou do ouvido do menor.
 

— Kyungsoo, eu não tenho mais nada com Junmyeon, e não pretendo ter. — a voz do Park era macia e o modelo sentiu um arrepio passar por todo o corpo. — O único que eu quero é você…
 

Chanyeol depositou um beijo no pescoço do mais novo, causando ao mesmo mais uma onda de arrepios, KyungSoo estava zonzo e não sabia o que falar. Queria aquilo, mas não sabia se deveria prosseguir. 
 

KyungSoo se virou devagar para conseguir olhar nos olhos do Fotógrafo, o coração batia em um ritmo que nem ele sabia que era possível ”Quando eu me senti assim? Quando tudo isso começou?" A cabeça do menor fazia milhões de perguntas ao mesmo tempo, e a única que saiu de seus lábios foi:
 

— Eu também quero você…
 

Kyungsoo não sabia como deixou aquilo escapar, mas pra sua  surpresa viu um sorriso se formar no rosto  do fotógrafo. Chanyeol passou o dedo pelo rosto do garoto se aproximando devagar até selar o lábios. Kyungsoo talvez jamais admitiria, mas estava esperando aquilo, ah, como estava.
 

O menor passou os braços pelo pescoço do  fotógrafo o puxando pra mais perto. O beijo era calmo, assim como os dois estavam no momento, uma troca de sentimentos recíprocos que nenhum dos dois imaginava que existia. 
 

Os dois se afastaram devagar colando as testas enquanto esperavam a respiração normalizar. Chanyeol tinha um sorriso de orelha a orelha e nem ele sabia explicar o por quê.

 

— KyungSoo…

— Sim?

— Quer sair comigo?

Kyungsoo deixou um sorriso bobo escapar, e deu um selinho rápido no maior.

— Eu adoraria...


Notas Finais


Então, a co-autora postou na história errada kkk mas agora tá certo. @SehunTriste, obrigada negaaaa.

Espero que tenham gostado, eu sei que estou demorando com os capítulos mas é pq estou de mudança e tá tudo um caoss.

Bjs até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...