História Por Ele Desisto de Tudo - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Tags Diabolik Lovers, Laito, Sakamaki
Visualizações 24
Palavras 621
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei mais ou menos sorry
Estou usando intenet do vizinho então pelo menos estou escrevendo
E olha vem muita emoção ai...

Capítulo 8 - Raiva ou Tristeza?


Fanfic / Fanfiction Por Ele Desisto de Tudo - Capítulo 8 - Raiva ou Tristeza?

Frase:"Se algo ou alguém te faz feliz, corra atrás, antes que perca para outro"


Alguns dias  depois... *Ruby está andando pelo corredor de seu quarto quando Yuma aparece e ela se assusta*
(Ruby)-EITA DESGRAÇA! Peste do demônio! 
(Yuma)-O que houve jovem? "Ele ri"
(Ruby)-Besta! Mas e ai o que quer? 
(Yuma)-Ah um beijo talvez... Não vim te relembrar da nossa  proposta pra tentar te ajudar... 
[Flashback]
Ruby-[...]"Às vezes sinto vontade de me  trancar em uma sala fechada de vidro com um medidor de sofrimento, só pra ver se ajuda e a raiva passa"
[Presente]
(Ruby)-Sim me lembro.Um dos meus sonhos*com pressa ele segura na minha mão e corre comigo"  Calma! Yuma! 
*Ele me leva até seu quarto e pega um tecido preto  amarra nos meus olhos,ele não dizia n-a-d-a*
(Ruby)-Lá vem... *falo  sorrindo e um pouco confusa*
(Yuma)-Fica tranquila vai precisar! *Ele me pega no  colo,eu me assusto e me arrepio.Ele andou comigo  por mais ou menos uns 5 minutos, descemos bastante escadas pelo o que eu senti*
(Ruby)*Ele enfim me coloca no chão tira o pano e vejo os outros numa sala escura*
Oi, rapazes o que tá acontecendo? 
(Ruki)-Yuma  e  Kou pensaram bastante e decidiram vir até mim falar sobre seus"surtos"  Então sua ideia do "quarto da depressão" foi bem... Digamos realizada. *As luzes se acedem e vejo  ali um quartinho de vidro cheio de restos de madeiras e vários objetos como facões, adagas,machados, luvas de boxe  e uns bonecos de cerâmica e almofada*
(Ruby)* Fico surpresa *-Meu  Deus! Então! Nei sei o que dizer mas obrigada mesmo.
(Yuma)-Não agradeça ainda, não sabemos o que pode acontecer, 
(Kou)-Vai lá, Boa Sorte(ele coloca a mão em meu ombro e eu o abraço) 
(Azusa)-Vamos estar te observando pelas câmeras para manter uma certa distância do barulho. 
(Ruby)-Ok então... *Vou  andando até a parede de vidro coloco a mão na parede imaginando algumas desgraças que já me aconteceram e vou ficando séria, é difícil quando me sinto assim pareço uma pessoa sem alma*  Aliás se eu ficar irritada não garanto que essa sala me segure vocês... 
(Yuma)-A porta é de ferro impossível vazar som e de arrombar, o  vidro não se preucupe o máximo que  pode acontecer é ficar arranhado. 
(Ruki)-Queremos fazer um teste com esse"lugar",ninguém melhor que você para isso, ah e só não se mata lá dentro, vou  para a cabine, qualquer coisa que você disser poderemos ouvir de lá e vamos nos falando. (Concordo e todos se retiram me  deixando lá dentro trancada, a tortura começa) 
(Ruki)-Ruby pode nos ouvir? (Aceno que sim) 
(Ruby)-Tá vamos começar
(Azusa)-Lembrando que se sentir cansada tem um colchão, cobertas nos fundos e cadeiras também. 
(Ruki)-Vamos lá pense na pessoa que você odeia e então vamos ler sua mente. 
(Ruby)*Penso na minha vida com minha mãe isso eu simplesmente odeio* Deixo eles ver meu passado...*
(Yuma)-Ruby pense na sua mãe como fruto do seu ódio, vamos lá se lembre de quando era criança e ela te Arrancou sangue te tanto te bater
*Ruby começa a ficar com raiva, ódio e muito séria,parece que está fazendo efeito*
(Ruby)*Minha respiração começa a ficar rápida e pesada* Desgraçada,fiquei anos com aquela marca! *Pego a faca de carne afiada a corto o boneco de pano,cada vez mais destruído*
(Azusa)-Ela te obrigava a ir para igrejas que não  prestavam e te afastou  do que  gostava. 
(Kou)-Lembre do seus amigos que ela afastou de você, quando foram  morrar longe
(Ruki)-Lembre dás brigas, os tapas e que ela te dava, dás surras que  você  já levou dela
(Ruby)*Eu entrei em desespero, raiva tudo junto como se eu estivesse tomando tiros no peito,eles falando ao mesmo tempo me lembrando de desgracas,já estava fora de mim,locona,pertubada,violenta  até eu surtar e começar a gritar*
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...