1. Spirit Fanfics >
  2. Por Ele... Para Ele... Ele 2: Aquele!.- (ChangKyun Centric!) >
  3. Ele!.

História Por Ele... Para Ele... Ele 2: Aquele!.- (ChangKyun Centric!) - Capítulo 38


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capítulo... E sim, infelizmente é o último... 😪😪😪😪 Choremos... 😪😪😪😪😪

Espero que gostem...
Boa leitura...

Capítulo 38 - Ele!.


Três meses depois.

Tudo estava normal. Parecia que nada de ruim havia acontecido à alguns meses atrás. ChangKyun havia se tornado diretor geral do laboratório onde antes trabalhava, e claro que MinHyuk havia virado de braço direto. HyunWoo tinha “construído” seu próprio ginásio de treinamento, já não era mais professor no colégio. Hoseok continuava à fazer muito sucesso no ramo de arquitetura abrindo mais muitas outras filiais pelo mundo, e JooHeon havia sido ouvido cantando enquanto o escrevia uma de uma músicas, por um dos produtores da gravadora em que trabalhava, e no final o jovem Lee ruivo, havia virado um rapper da gravadora, eu prometo álbum fora um sucesso. Agora ele e seu irmão eram músicas famosos.

Muitas coisas haviam acontecido em tão pouco tempo, mas ninguém reclamava, até por que gostavam daquilo, pois com aquilo, haviam conseguido enterrar todo o passado ruim que tiveram, agora eram felizes.

- Oh, Lee JooHeon, abaixa a merda desse som! – Gritou ChangKyun da sala. O ruivo havia inventado de ligar o som na maior altura, só por que sua musica estava tocando. Era sempre assim, desde que o ruivo havia se tornado famoso, sempre que sua musica tocava ele fazia aquilo, era irritante, pois todos daquela casa já não aguentava mais.

- Calma Kyunnie, deixa comigo! – Falou Hoseok que estava ao seu lado, atirando um dos sapatos bem na cabeça do segunda mais novo, este que Resmungou insatisfeito e correu atrás do azulado, que saiu correndo já imaginado o que o Lee faria.

ChangKyun vendo aquilo sorriu todo bobo, não podia acreditar que alguma vez quis não ter nunca conhecido eles, se arrependia profundamente. Viu HyunWoo brigando com os outros dois, os mandando parar de correr pela casa, parecia um pai brigando com seus filhos, por medo que eles se machucassem. E ChangKyun achava aquilo muito fofo, não negaria que gostava e queria viver aquilo para sempre, mesmo que as brigas entre a os três fossem inevitáveis. Mas gostava é queria aquilo.

■■■

Como era fim de semana, e como tal os quatro estavam no “lar" que agora era realmente um lar, já que os quatro – no caso ChangKyun – resolveu aceitar que morassem juntos. Tudo ocorria bem, normalmente, Chang lia seu livro, JooHeon e Hoseok faziam seus exercícios e HyunWoo tentava jogar vídeo game, esse último estava levando uma surra do aparelho, como não tinha costume de jogar aquilo – Pois era fitness – Não era familiarizado com aquele negócio. E de vez em sempre alguns gritos e ligadas de ar frustrados eram ouvidos. Aquilo fazia Chang rir baixinho, até quis jogar com o mais velho, mas daí lembrou que também era péssimo, então deixou ele “sofrer" sozinho.

Mas claro que alegria e tranquilidade de pobre dura pouco, logo MinHyuk chegou fazendo uma algazarra junto com os namorados. Os mais velhos vinham discutindo algo que o mais novo dos IM sequer fazia questão de saber, apenas resolveu ignorar. Era com certeza a melhor coisa que poderia fazer.

- Olha só HyungWon, você não testa minha paciência, se não eu te enterro no chão até tu cria e folhas, viu. – Ameaçou Kihyun. O baixinho rosado estava pistola, e MinHyuk só sabia rir igual um retardado.

- Mas Kiki, você não pode ir, você é baixo demais para ir naquela brinquedo. – Acusou o mais alto, recebendo um belo soco no estômago, que o fez se curvar com a dor.

Os que antes estavam ocupados fazendo suas coisas, foram até onde os três estavam, e quando viram como estavam vestidos, ficaram imaginado o que fariam, e como se lessem suas mentes, MinHyuk os informou que todos, TODOS eles iriam para a praia, e aquilo com certeza era algo que Chang odiava de paixão.

■■■

Um tempo depois.

Já fazia alguns minutos que aquele dando de pessoas estavam em seus carros, dirigindo rumo a praia. Por mais que ChangKyun odiasse aquele lugar, e jurou de pé junto não ir nem a pau, fora um pouco/muito difícil negar, para um JooHeon e um Hoseok de olhos pidões, aquilo era golpe baixo, mais até que resistiu bem, porém, aquela resistência fora por água a baixo, quando HyunWoo inventou de fazer aegyo para tentar o convencer a ir. Era impossível dizer não á aquela gostosura que era aquele homem. E claro que os outros dois, ficaram chocados com aquilo.

Estavam cada casais em seus carros, e estavam cada vê amais próximos do destino, já se dava para ouvir o som do mar, o som das ondas quebrando na areia. Mas tinha uma coisa que deixou o IM um pouco intrigado. Por que raios estavam todos de branco? Não era ano novo! Será que iriam fazer oferenda?. Aquilo estava martelando na cabeça do mais novo, era um sinal para que saísse correndo o quanto antes, porém, resolveu ficar, queria descobrir o que viria dali.

■■■

Quando finalmente chegaram no local, viram que o clima estava realmente perfeito para um a praia, mas o que Chang queria realmente era ir embora, mas não podia, ou seus namorados que tanto queriam está ali, ficariam chateados, e o próprio Chang não queria aquilo. Foram andando até um local, que segundo MinHyuk era o local perfeito, o local onde tudo nas vidas dos quatro mudariam para sempre. E ao chegarem lá, o baque foi certeiro.

Uma tenda branca com algumas flores ornamentais, balançaram com a força do vento, um tapete branco vinha da tenda até os pés do mais novo, que sem entender nada virou a cabeça à procura dos namorados para perguntar o que era aquilo tudo, porém não os encontrou. Haviam sumido junto com os amigos, aquilo deixou ChangKyun ainda mais confuso e agora preocupado.

Mas no momento em que viu o seu pai se aproximando de si, e o guiando delicadamente pelo braço até a tenda, viu os três namorados ali, sorrindo para si. Fora naquele momento que a vida finalmente caiu.

- cuidem bem do meu filho, ou se não, meu ácido está louco para ser usado! – Disse o senhor IM, quando finalmente chegou com o filho perto dos homens.

- Não se preocupe, vamos cuidar muito bem do nosso precioso! – Afirmou HyunWoo olhando diretamente nos olhos do mais novo, que nesse momento já derramava lágrimas, lagrimas essas da mais perfeita alegria e felicidade.

- IM ChangKyun, aceita se casar com esses loucos, mimados, brigões e principalmente e mais importante, são loucos, perdidamente apaixonados por você? Perguntaram os três mais velhos, na mais perfeita harmonia.

Ainda em choque, e com o peito transbordando emoções, ChangKyun deu a resposta que mudaria suas vidas para sempre.

- SIM!

Aplausos foram ouvidos.


Por que de tudo nessa vida, tudo o que os aconteceu, aquele era com certeza o momento mais marcante marcada, por que era com ELE!.

Fim!!!


Notas Finais


Pois é meus queridos, acabou! 😪😪😪😪😪😪

Estou feliz e triste ao mesmo tempo, triste por ter acabado, e feliz por ter concluído mais essa estória.. 😪☺

Eu só queria agradecer à todos que à acompanharam até aqui, que comentaram, que favoritaram... À todos no geral... 🤗🤗🤗🤗🤗🤗

Me desculpa se em algum momento a estória ficou, chata, desnexa ou qualquer coisa do tipo. Há, e me desculpem pelos erros ortográficos, que eu seu que tem... 😂😂😂 Nunca fui um expert em português, mas eu tentei, juro que tentei fazer tudo certinho... ☺☺☺☺☺☺☺

Mais uma vez, muito obrigado a todos que gostaram e acompanharam PE.PE.E 2:A! 💙💙💙💙💙💙 De coração, sou muito grato... 👏👏👏💙💙💙💙💙💙💙

Ps.: Não coloquei como terminada, por que ainda vou postar um extra, curtinho, mas um extra. 🤗🤗🤗🤗🤗☺☺☺☺☺☺☺

Ps2:. Já estou com muitos plots para novas estórias na cabeça, mas estou em dúvida, por qual grupo devo começar. Temos: SF9(RoonNiBin), GOT7(MarkBumSon) E EXO(KrisKaiSoo). Qual desses vocês acham, que devo fazer primeiro?! 🤔🤔🤔🤔

Até prevê...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...