História Por essa ninguém esperava. - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Bakugo Katsuki, Midoriya Izuku
Tags Kacchanxdeku
Visualizações 164
Palavras 731
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Foi muito bom escrever essa fic, esse vai ser o último capítulo 😭, gostei muito de escrever possivelmente faça mais algumas depois 😉, Boa leitura e me desculpem pelos erros.

Capítulo 8 - Voltando


Fanfic / Fanfiction Por essa ninguém esperava. - Capítulo 8 - Voltando

Bakugou On

Acabei acordando um pouco mais cedo que Midoryia, ele parecia um anjinho dormindo. Acabei não tendo coragem de acorda-lo, me levantei e comecei a arrumar as coisas para quando o ônibus chegasse, terminei boa parte das coisas e resolvo ficar sentado esperando o Deku acordar. Sinto ele se mexer um pouco e logo depois faz uma careta de dor.

- Bom dia Deku, que bom que acordou, agora vai ser mais fácil de arrumar as coisas. -claro que eu queria conversar com ele e tudo mais, só que eu ainda não estava preparado para lagar um pouco de meu orgulho.

- Ai... bom dia Kacchan -ele tenta se sentar, mas ele fez mais uma careta.

- Deku você está bem? -claro que ele não estava bem, mas queria saber exatamente o que ele estava sentindo, dor e o que eu podia fazer por ele e assim por diante.

Midoriya On 

Bem eu realmente não estava muito bem, mas não queria ter que preocupa-lo, eu só estava com dor no quadril.

- Eu estou bem Kacchan -ele me olha com uma cara estranha.

- Eu sei que você não está bem, então pare de mentir! -ele respira e me olha de novo - Aonde dói?

Aponto para o quadril e ele dá uma certa risada maliciosa, o que me deixou com vergonha.

- Já vou me levantar só me dê um tempo. -Eu teria que ajudar ele a terminar de guardar as coisas, já estava quase na hora de irmos embora.

- Você não vai a lugar algum.

Bakugo On

Não queria que ele se machucando mais, então pego ele no colo e levo ele para fora, para que eu pudesse terminar de arrumar as coisas, claro que no começo ele não queria que eu o levasse, principalmente no colo, rio de lado ao pensar nisso e ele percebe.

- Do que você está rindo? -claro que eu não iria responder

- De nada não -o coloquei sentado em um tronco, mesmo assim ele fazia uma cara de dor, sentia pena dele. -Fique aí e espere o ônibus chegar.

Ele apenas concorda com a cabeça e eu vou terminar de arrumar as coisas, logo já estaríamos voltando pra casa.

QUEBRA DE TEMPO

Escuto o ônibus buzinando indicando que já chegou pego as coisas e começo a guardar dentro do ônibus.

Vejo o Deku levantando, parece que eu havia espancado o garoto, ele estava mancando, mas fazia de tudo para que não mostrase nada a mais que isso, ele já parecia melhor do que de manhã. Bom pelo menos teriamos uma desculpa pelo mês de treinamento, porque até eu estava um pouco quebrado.

Midoriya On 

Bem a dor havia passado um pouco, pra falar a verdade tinha melhorado bastante, ja conseguia andar ainda mancando, mas já era suficiente. Vi Kacchan guardando as nossas coisas então subi no ônibus, achei que todos estariam dormindo por causa do mês inteiro de treinamento, mas todos estavam acordados.

- Bom dia minna! -disse com um sorriso no rosto, estava sentindo saudades de todos. Senti uma mão em meu ombro, quando olhei pra trás era ele.

Kacchan deu o seu bom dia do jeito dele, parecia que ele estav de bom humor.

- Bom dia seus bando de merda -como eu disse do jeito dele, deixei um sorriso escapar.

Mas antes de sentar tive uma grande surpresa.

Bakugo On

Chamei novamente a atenção de todos.

- O cambada olhem aqui -dei um selinho rápido em Midoriya que tomou um susto, mas ele retribuiu, quando nós desgrudamos todos nos olhavam, até Aizawa sensei que acabará acordando com o meu grito. Deku estava corado e eu com um sorriso no rosto.

- Quero que todos vocês saibam que o Deku é meu, ninguém vai encostar um dedo nele! Se algum de vocês encostarem em MEU namorado, irão conhecer a morte. 

Midoriya On

Ele me pediu em namoro, quer dizer ele não pediu ele só afirmou, mas é claro que eu queria, meu sorriso era grande é sincero, mas todos ainda permaneciam em choque.

A primeira a sair do transe foi Uraraka.

- Meu shippe é real!!! -logo depois todos começaram a rir também  a gritar.

Foi então que eu senti alguém me abraçando por trás, era o Kacchan, ele olhava mortalmente aqueles que me olhavam, parece que vou ter que aguentar as crises de ciúme dele, mas fui eu que quiz assim.

Bakugo On 

Se alguém chegar perto do meu Deku eu mato, ele é meu e de mais ninguém, eu sei que por essa ninguém esperava, nem mesmo eu.


Notas Finais


Bem espero muito que tenham gostado, amei escrever, amei vocês e isso me incentivou muito a continuar a escrever outras fics, Beijos e nos vemos por ai. 😉


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...