História Por Nossos Filhos... - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Chen, Jeon Jeongguk (Jungkook), Lu Han, Park Jimin (Jimin), Xiumin
Tags Jikook Xiuchen hunhan
Visualizações 5
Palavras 1.212
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura...

Capítulo 7 - O aniversário...


P.O.V MINSEOK

Eu posso ouvir a conversa das pessoas no salão de festas, parecem ser muitas, estou com medo, Será que ele veio? Como as pessoas vão reagir quando me vir? Será que elas gostam mesmo de mim como o tanto que dizem.

- Hey! – Sinto mãos apertando minhas costelas, dou um pulo e olho para trás, era o Luh

-Quer parar de me assustar desse jeito?! – Depois de minha fala o mesmo gargalhou, ele estava vestido com uma calça branca colada, sapatos brancos também, uma camiseta branca lisa que estava com a barra por dentro da calça e um blazer também branco, que destacavam seus fios e olhos arroxeados, um verdadeiro príncipe – Você está lindo

-Você também... – Eu estou vestido com uma calça colada preta, uma camiseta também preta e um blazer azul escuro – Porque está parado aqui? Não deveria estar lá dentro?

- Estou com medo Luh... E se ele não vier – Sim eu contei para ele sobre o Jongdae – E se o Rei Park não vier...

- Olha eu até poderia te dizer se eles vieram ou não mas primeiro, eu não entrei lá ainda e, segundo eu não os conheço – Ri de sua fala – Vou entrar junto com você ta bom? – concordei – Então segura minha mão

A segura e me posicionei ao seu lado, as portas se abriram e o Moço que anunciava os nomes dos convidados nos olhou e logo falou em alto som para todos, que já estavam com os olhos grudados em nós dois.

- Senhoras e senhores!Recebam com uma salva de palmas, O Príncipe Da Noite Jeon Minseok e o Príncipe de Linfa Jeon Luhan! – Sim meu Appa Adicionou nosso sobrenome no nome de Luhan, agora ele é oficialmente meu irmão.

Todos aplaudiram, e fomos descendo as escadas, ainda de mãos dadas, passei meus olhos pelo salão e não encontrei os dois, e aquilo me deixou triste, desmanchei meu sorriso na hora, mas quando meus olhos começaram a marejar ouvi o Moço dos Nomes novamente.

-Senhoras e senhores! – Nos viramos – Recebam Vossa Majestade o Rei Park e o Príncipe Park – Meu sorriso surgiu assim que ouvi os nomes, nos viramos e meus olhos se encontraram com os de Dae, ele sorriu para mim e caminhou em minha direção, soltei minhas mãos das do Luhan, Rodeei meus braços no pescoço de Jongdae e o Mesmo abraçou minha cintura, ficamos abraçados por um tempo até  que nos separamos e pude olhar em seus olhos, que brilhavam como um  diamante.

- Seus Olhos São tão bonitos Baozi... – Corei com sua fala – Você é muito bonito baozi

- Você  veio! Sorri contente – Eu estava com medo de vocês não virem – Ele sorriu fraco

- Eu estou aqui – Começou a tocar uma música romântica – Você quer dançar comigo? –Me perguntou segurando minha mão

- Com toda certeza príncipe Park – O mesmo riu

Nós caminhamos até o meio do salão de festas e quando chegamo-lo segurou minha cintura e eu seu ombro, começamos a dançar no ritmo da música, sem desviar nossos olharem, ele me olhava profundamente, e eu retribuía seu olhar. Fomos nos aproximando eu podia sentir nossas respirações, nossos lábios foram se roçando e quando iriam se grudar eu senti alguém cutucar meu ombro, bufei irritado e ele também, olhei para trás e encontrei um duque, que ficou falando asneiras para mim, que eu não deveria estar daquela forma com um Jeon por causa das brigas entre as famílias e bla bla bla.

Jongdae irritado segurou minha mão e me puxou para longe dali, começamos a correr rindo igual bestas, abri uma porta que dava para uma sacado, com a vista do Jardim de meu Omma, quando olhamos para o mesmo encontramos nossos Pais conversando, podíamos ouvir a conversa dos mesmos, e como sou um bom curioso ficamos ali ouvindo.

 

P.O.V JIMIN

Quando cheguei na festa cumprimentei alguns amigos, Reis e Rainhas, Duques e outros, até que meus olhos param meu filhote dançando com Minseok no sala, os mesmos exalavam paixão para quem quisesse ver, não tinham medo ou vergonha.

Senti o cheiro amadeirado de Jungkook, ele se pôs ao meu lado e começou a olhá-los também, mas como ele não consegue ficar com a boca fechada um minuto logo se pronunciou.

- Os dois estão apaixonados... – o olhei e sorri concordando, que me olhou – Igual a gente quando mais Jovens – Respirei fundo me lembrando de tudo que passamos.

-Só que eles não têm medo de assumir que estão apaixonados, diferente de nós

                - Vem quero que você conheça alguém – Puxou minha mão até um canto, meus olhos caíram em um garoto que estava de costas, eu o reconheci na Hora, era Luhan – Luhan? – o mesmo o olhou e sorriu.

                Ele tem olhos arroxeados no mesmo tom de seus cabelos, na noite em que eu o vi não pude ver seus olhos mas hoje eu não tenho dúvidas de que ele seja mesmo meu filhote, seus olhos são exatamente como os do meu bebê

                - Este é o Rei Park – O mesmo me olhou sorrindo, que é lindo como o de seu Appa – Este é Luhan, meu filhote – Falou apontando para Luhan, aquelas palavras amoleceram meu coração muito, mas tive que me segurar para não chorar, não poderia fazer feio.

                - Muito prazer Luhan, meu nome é Park Jimin mas pode me chamar só Jimin

                - O prazer é todo meu Vossa Majestade, meu nome é Jeon Luhan, mas pode me chamar de Luh se quiser – Sua voz é doce, e ele é muito educado – Desculpe minha intromissão mas eu sinto que já o conheço de algum lugar...

                Naquele momento eu gelei, e Jungkook percebeu isso me tirando de lá, só´fui perceber quando nós chegamos no jardim do castelo, que era lindo por sinal.

                -Sabe quem fez este jardim? – Me perguntou me puxando para de baixo da árvore que ali estava

                - Não – ri fraco

                - Foi o Taehyung – Arregalei os olhos, senti os mesmos marejarem, eu conhecia o Tae desde infância, ele era um príncipe vizinho, seus appas são muito amigos de nossa família até hoje – É a cara dele não é? – O mesmo riu e deixou sua primeira lágrima cair, não me segurei também, feche meus olhos e chorei, muito.

                - Sinto tanta falta dele Kookie – Respondi com a voz embargada, ele me abraçou muito forte – Ele nos ajudou tanto.

                -Eu sei meu amor, mas foi à hora dele ir – Concordei com a cabeça

                -Ele amava tanto o Hoseok Kookie – O abracei

                - Hoseok foi um homem de sorte... Olha pra mim – o olhei, ele limpou minhas lágrimas e eu as suas – Eu te amo

                - Eu também te amo – Ele sorriu e me beijou, um beijo profundo e cheio de sentimentos, nós precisávamos tanto daquele beijo – Quando nos separamos e olhamos para cima damos risada, xiuchen estavam se beijando, e era muito fofo.

 

                P.O.V XIUMIN

                Então quer dizer que Jimin era amigo de meu Omma? Neste momento estou olhando Jongdae surpreso, El e riu fraco e se aproximou de mim, pousou suas mãos em minha cintura e eu em seu pescoço, ele foi se aproximando bem devagar, senti nossas respirações misturadas, eu coração estava a mil. Foi então quando nos beijamos, e nossa era maravilhoso, meu primeiro beijo , e o primeiro de muitos...

 

Continua...


Notas Finais


Até a próxima :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...