História Por que choras - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias .hack//Liminality
Personagens Personagens Originais
Tags Mutilação
Visualizações 23
Palavras 603
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Terror e Horror
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Estupro, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Pq choras minha doce psicopata

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction Por que choras - Capítulo 1 - Capítulo único

De coelha branca


Porque choras ?

Porque se corta ?

Porque queres ver sangue ? 

Porque é ante- social ? 

Porque ninguém lhe amas ? 

Porque não sente dó? 

Você não tem sentido!? 


Porque Choró?

Para esquecer minhas mágoas 


Porque me corto?

Não posso machocar alguém! 


Porque quero ver sangue ?

 Bem a cor é linda não acha? 

Todos os dias procurei por um vermelho tao.... Brilhante... Tão....vivo 

Meus desenhos ficam lindos com a cor que sai de suas veias com a cor que o seu coração bombeia, com a cor que sempre que você se ferir ela vai está lá...


Porque tão ante- social ?

 Quem quer uma louca perto de si ?

Quem quer dormi sabendo que não pode acordar?! 

Quem quer ficar ao lado de uma pessoa que zela por violência? 


Porque ninguém me ama ? 

Eu não amaria um psicopata 

Eu não amaria alguém que não tem amor 


Porque não sinto dó? 

Olhe o que é dó ? 


Porque não tenho sentimentos? 

Como sempre digo 

Sentimentos são banais 

Sentimentos são inúteis 

Sentimentos.... A meus doces sentimentos 

Dor, alegria, raiva, angústia, etc... Só serve para atrapalhar só serve para te destrai, sentimentos porque alguém os valoriza tanto ?! Eu realmente não intendo vocês ! Porque querem se magoar com essa droga de sentimentos?!, Porque gostam tanto de algum para perdoar e seguir como se nada tivesse acontecido?! 

O único sentimento que eu gosto é do praser, praser em ver dor,praser em ver alguém me tocar e depois simplesmente se acabar 

Sabe todos os dias eu tiro minhas veste e me olho no espelho a como é que pode uma garota de dezesseis anos só mostrando seu corpo os outros já adivinha a sua vida a dor que você já sentiu, meu corpo é marcado, não por mim não gosto de me corta ou sla qualquer coisa que me envolva alto mutilação 

Só que eu não tive uma infância comum sabe na favela você fazia algum de errado e a punição era ferro quente em sua pele 

Sabe eu sempre foi muito levada então quase todos os dias sentia aquele ferro vermelho encostando em minha pele a fazendo rasgar uma dor imensa se tomar conta de meu corpo quando tiravam aquilo mostrava a carne pulsante e avermelhada 

E depois atacavam vodca na ferida 

Já me acostumar com a dor já me acostumei a ver os outros sofrerem 

Aahh... A queles malditos gritos e gemidos de dor me lembro até hoje ver o ferro vermelho encostar na pele de outra pessoa os gritos as risadas os choros e e suluço se tomavam conta daquele local 

Não sei podem me chamar de louca ou estranha mas era prazeroso era bom ouvir gritar s de dor ouvir gemido de dor 

Meus olhos brilhavam por conta do fogo meus ouvidos escutavam berros e choros sabe porque muitas das vezes eu via pessoas sendo queimadas vivas 

Já vi tantas cabeças rolarem, han 

Eu tenho tanta coisa para falar 

Tantas coisas que já vi e Vivi 

Pessoas implorando por suas vidas

Enquanto todas as crianças de minha idade queria bonecas ou carrinhos eu só queria uma faca de caça ou uma arma por aos simples que ela seja 

Eu gostei de minha infância aprendi que nada é de mão beijada e que o mundo está se ferrando para você eles só vão te comer vivo 


Sabe o coelho a cima meu apelido é coelho

Coelho branco 

Não por eu ser branca e sim pelos os olhos deles 

Coelhos brancos tem olhos vermelhos 

Minhas mão escorre o sangue da mesma cor que os olhos de um mero e inocente coelho 

Para corvo 

Um beijo meu doce morto 











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...