1. Spirit Fanfics >
  2. Por que eu te Odiava? - Jikook, Kookmin >
  3. Cap 41

História Por que eu te Odiava? - Jikook, Kookmin - Capítulo 41



Notas do Autor


Inventei de juntar dois capítulos😅
Hehehehe, não me matem!

Boa leitura 💗

Capítulo 41 - Cap 41


Fanfic / Fanfiction Por que eu te Odiava? - Jikook, Kookmin - Capítulo 41 - Cap 41


            Seul, Coreia do Sul

            Mansão Jeon Kim

O ômega estava abalado. Sabia que havia acontecido algo naquele dia quando Jungkook gritou consigo, mas não esperava que fosse uma desconfiança de que si estava o traindo.

Respirou fundo antes que lágrimas caíssem de seus olhos e olhou novamente para as fotos. Elas não mostravam claramente que Jimin traia seu marido, mas sim um encontro com outro Alfa, o que já poderia levantar suspeitas.

- Jungkook não confia em mim? Ele realmente achou que eu o traí? Mas a culpa é minha também, eu deveria ter contado sobre as consultas - disse Jimin para si mesmo, preocupado.

Mas isso foi há dias atrás, será que Jungkook esqueceu? Ou que ele não pensou que Jimin o traía e sim outra coisa? Mas o quê? Eram tantas dúvidas.

Jimin deitou-se na cama ainda com as fotos em suas mãos. Se lembrava perfeitamente daquele dia e sinceramente, não havia visto algum motivo para Jungkook ter gritado consigo daquela maneira ou ter perguntado se não tinha nada para contar para si. 

Então quando Jeon estava deitado no sofá, era porque ele deveria estar refletindo, pensando sobre o assunto, né? Ou só estava esperando o ômega chegar em casa? Mas em nenhum momento Jungkook o acusou de adultério, então o que ele pensou?

- Assim eu vou enlouquecer com tantas perguntas! - gritou Jimin para si mesmo frustrado, antes de escutar o som da notificação em seu celular.

Pegou o aparelho em suas mãos e viu na barra de notificações, uma mensagem de Hoseok com um endereço.

- Eu tenho que sair com os meninos, não posso ficar pensando nisso agora - Suspirou Jimin se levantando para continuar se arrumando.

Depois de pronto, desceu as escadas preguiçosamente e sem ânimo. Descobrir sobre aquelas fotos não estava o deixando muito bem mentalmente, mas tentaria esquecer por enquanto para aproveitar com seus amigos, a quem não havia a um bom tempo.

Entrou no carro junto ao motorista e ao segurança e passou o endereço da cafeteria onde seus amigos estavam o esperando. Ela ficava bem perto da mansão de seus sogros, então o caminho não foi demorado.

- Obrigado - agradeceu ao motorista e entrou na cafeteria com um capuz cobrindo seu rosto e o segurança ao seu lado.

- Minie! - gritou Hoseok abraçando o mais novo.

- Oi Hobi. Oi gente - disse o ômega abraçando os três.

- Sentimos tanta saudades, Jimin - falou Taehyung sorrindo para o loiro que sorriu nervoso.

- Eu também, Tae - falou Jimin desviando o olhar do mais novo.

- Venha - chamou Hoseok para a mesa, se sentando junto aos demais. 

Cada um fez seus pedidos e se puseram a conversar uns com os outros, matando a saudade e contando o que havia acontecido nesses últimos meses. Ambos já tinham se formado, Taehyung arrumou um emprego, Hoseok estava fazendo um curso e a irmã de Yoongi estava grávida, o que havia deixado o ômega loiro contente.

- Já sabe o que é? - Perguntou Jimin para Yoongi.

- Ainda não, mas falta bem pouco - Respondeu o Min com um sorriso.

- E você, Jimin? Como está indo? Tem acontecido algo? - Perguntou Hoseok com um sorriso.

- Bem, eu quase morri afogado - disse Jimin suspirando, enquanto os meninos arregalaram os olhos preocupados - Mas já estou bem!

- Ai que alívio! O que aconteceu? O imprestável do Jungkook não fez nada? - Perguntou Taehyung recebendo um olhar feio do ômega mais velho.

- Foi uma armação. Alguém entrou lá em casa quando o Jungkook saiu para denunciar o Taemin e tentou me afogar na piscina, até hoje ainda não sei quem era - Respondeu Jimin se encolhendo ao se lembrar daquela noite.

- O Jungkook foi denunciar o Taemin? - Perguntou Yoongi.

- Sim e ele já foi preso - sorriu Jimin aliviando os meninos.

- Pelo menos, agora você está mais seguro, não é? - disse Hoseok.

- Na verdade não - disse Jimin baixinho.

- Como assim? - Perguntou Taehyung preocupado.

- O alfa da minha loba também quer me fazer mal - disse Jimin.

- Calma, o seu verdadeiro alfa no caso? - Perguntou Yoongi recebendo um olhar nada agradável de Jimin.

- Meu Alfa é o meu marido! O Jun não merece receber esse título - falou Jimin emburrado.

- Desculpe - disse o Min - Notei que você parece mais calmo e menos melancólico, o que aconteceu nesses dias, hein? 

- Apenas que finalmente eu e o Jungkook estamos convivendo como um casal comum - Suspirou apaixonado.

- Ai que fofo! - disse Hoseok animado - Já saíram em um encontro? Já conversaram sobre alguma lua de mel? Já pensaram em filhos? Eu quero um sobrinho! 

- Calma, Hobi - disse Jimin rindo - Na verdade, nós saímos várias vezes. Ainda não conversamos sobre alguma lua de mel e filhos? Bom, o Jungkook já tem uma filha.

- Quê?! - Perguntou Hoseok.

- O nome dela é Suellen, mas a gente a chama de Sue e ela é uma bebê ômega muito fofinha! - Respondeu Jimin sorrindo.

- Eu quero ver ela - reclamou Hoseok fazendo Jimin rir.

- Aqui - disse Jimin mostrando uma foto da bebê em seu celular para o mais velho, que só faltava confiscar o aparelho para apertá-lo.

- Ela é tão fofa! - gritou o Jung atraindo a atenção das demais pessoas na cafeteria.

- Sim e se parece bastante com o Jungkook - falou Jimin, concordando.

- E essa pulseirinha na mão da bebê? - disse Yoongi olhando a foto.

- Essa pulseirinha com um desenho de um narciso? - disse Jimin o vendo assentir - Não sei, acho que o Jungkook comprou pra ela antes mesmo de nos casarmos. A achei bem familiar.

- Familiar? Jimin, você já viu uma pulseira parecida com essa no pulso da Somin - falou Yoongi rindo do esquecimento do ômega.

- Ah é! - falou o loiro sem graça.

- A Somin? - Perguntou Taehyung.

- Sim, ela tinha uma pulseira com um desenho de narciso. Ela disse que foi um presente do namorado dela que eu nunca conheci - falou Jimin sorrindo ao se lembrar de sua melhor amiga que já não estava mais no mundo.

Jeon Somin foi alguém importante para o loiro. A ômega era como uma irmã mais velha para si, pois estava sempre cuidando do mais novo. A última vez que viu Somin pessoalmente foi há dois anos, antes de conhecer Taemin.

Jimin acreditava que se a Jeon não tivesse se mudado, ela teria o ajudado com Taemin. Ela teria o protegido como sempre fez.

Quando conversou com ela pela última vez, Somin já nem estava mais em Seul. Ela disse que estava apaixonada e que era correspondida. Naquela chamada de vídeo que fizeram, Somin mostrou a pulseira nova que seu amado havia lhe dado, deixando Jimin feliz pela sua Noona ter conhecido o amor, coisa que naquela época, Jimin não tinha.

A Jeon havia passado dois longos anos fora da Coreia, mas havia prometido voltar para Seul visitar seus pais e seu melhor amigo, Jimin. 

Então, em um dia, Jimin recebeu uma ligação estranha de sua Noona. Ela gritava consigo, parecia irritada, decepcionada, mas Jimin não sabia do que ela falava.


"Você destruiu minha vida, Jimin!"

"Como pôde fazer isso comigo?"

"Eu confiava em você!"

"Vocês se merecem!"

"Espero que morram juntos!"


Até hoje, o ômega tentava entender aquelas frases, mas nunca conseguiu. Ouvia barulho de carros, de trovões, de chuva. Somin parecia estar dirigindo, enquanto falava consigo o que deixou Jimin preocupado.

Dois dias depois, Jimin recebeu a notícia de que sua melhor amiga havia falecido em um acidente de carro. 

Chorou por horas pela morte da amiga, abalado pela perda de alguém tão importante para si, mas mesmo sofrendo pelo luto, seus pais o obrigaram a ir para a escola e foi nesse dia que conheceu Taemin.

O Alfa o consolou e o levou para casa, pois seus pais não estavam na hora. Certamente, se Somin não tivesse se mudado, ela estaria viva e ela teria impedido a aproximação de Taemin e não estaria assim hoje. 

- Tudo bem, Jimin? - Perguntou Yoongi notando o quão distante o ômega estava.

- Sim. Só estava me lembrando da morte da Somin - Suspirou entristecido.

- Pare de pensar nisso, você já superou, mas pensar demais pode trazer memórias ruins - disse Taehyung acariciando seus fios loiros.

- Eu sei, mas tem tanta coisa sobre a Somin que eu nunca saberei pois ela não está mais aqui - disse o ômega.

- Tanta coisa? - Perguntou Hoseok.

- Ela havia me ligado. Parecia que ela estava dirigindo enquanto conversava comigo, mas ela me acusava de algo e dizia que eu a decepcionei, que eu era a última pessoa que ela imaginaria que iria traí-la - citou Jimin, confuso. 

- Traí-la? Como assim? - Perguntou Yoongi.

- Não sei - suspirou.

- Ela disse mais alguma coisa? - Perguntou Taehyung.

- Meses antes da morte dela, Somin havia me dito que tinha uma surpresa pra mim, mas eu nunca soube o que era - respondeu incerto.

- É uma pena, seria maravilhoso tê-la aqui com a gente outra vez - falou Hoseok abraçando o amigo, tentando confortá-lo.

- Chega de assuntos tristes, ok? - falou Yoongi - O que mais aconteceu nessa nova fase da sua vida de casados?

- Muita coisa, mas para minha segurança, Jungkook e eu estamos na casa dos pais dele por um tempo - disse Jimin levando uma colher de iogurte até sua boca, mas fez uma careta logo em seguida.

- O que foi? Está estragado? - perguntou Yoongi estranhando, afinal Jimin sempre gostou de iogurte.

- Não, mas ele está me enjoando - Respondeu entregando o potinho para Taehyung.

- Enjoando? Você está bem? - Perguntou o Kim.

- Acho que já está na hora de contar para vocês - falou Jimin suspirando, deixando os meninos preocupados.

- Contar o quê?! - Perguntou Taehyung - Você está me deixando preocupado.

- Não é nada ruim - falou Jimin rindo.

- Então o que é? - Perguntou Yoongi.

- Eu estou grávido - disse Jimin sorrindo os vendo abrir as bocas surpresos.

- O quê?! - gritaram juntos.

- Eu estou esperando um bebê meu e do Jungkook - falou Jimin sorrindo sem graça.

- Ai me amarrota que eu tô passada! - disse Hoseok se abanando.

- É sério? Você não está de brincadeira com a gente não, né? - disse Yoongi com um sorriso enorme no rosto.

- Não, estou de dois meses - disse Jimin sorrindo.

- Parabéns, meu amigo! - falou Hoseok eufórico enquanto abraçava o amigo fortemente.

- Obrigado, Hobi - disse Jimin retribuindo.

- Você só pode estar de brincadeira! - gritou Taehyung.

- Tae, silêncio - disse Yoongi o fazendo sentar novamente na cadeira.

- Você está esperando um filho dele? É sério? Se fosse do Taemin, seria bem melhor! - falou Taehyung furioso.

- Como é?! - gritou Jimin começando a ficar com raiva.

- Gente, calma. Estamos em um lugar público - disse Yoongi.

- Seria melhor se eu tivesse um filho do desgraçado do Taemin e não da pessoa que está me fazendo feliz? É isso, Taehyung?! - perguntou Jimin com raiva.

- Jimin, se acalme. O bebê - pediu Hoseok preocupado.

- Lembre-se que o Jungkook fez pior! Esqueceu que foi por causa dele que o seu primeiro amor morreu? - falou Taehyung e várias pessoas já prestavam atenção na discussão que se formava ali.

- Eu não ligo! O Jungkook está me fazendo feliz e isso é o que importa! Por favor, controle o seu ciúme - disse Jimin tentando se acalmar.

- Você mentiu pra mim, Jimin! Você me prometeu que iria pensar com calma sobre o que sentia por mim e só fez dar a bunda para um Alfa que mudou de ideia?! Eu esperava de qualquer um exceto de você! - disse Taehyung recebendo um tapa forte no rosto por Jimin, surpreendendo a todos que se encontravam no local.

- Ui - sussurrou Hoseok.

- Escuta aqui! Naquele dia, eu estava muito sensível. Qualquer aproximação de qualquer um me faria morrer de amores, eu não sentia nada por você a não ser amizade. Foi o calor do momento, Kim Taehyung! Não foi só porque eu "dei a bunda para o meu Alfa" que eu mudei de ideia! Eu amo o Jungkook e ele me ama! - gritou Jimin irritado - Será que não dá para você ficar feliz por mim? Eu já não aguento mais tudo isso, só quero ser feliz, Tae! Por isso eu vou embora daqui!

A essa altura, Jimin já derramava lágrimas grossas. Estava brigando com seu melhor amigo, a primeira pessoa que mostraria apoio a sua felicidade. Mas não era bem assim.

Sabia que Taehyung gostava de si de outra maneira, mas não daria nenhuma "brecha" para o mais novo pensar que tinha alguma chance consigo. Não queria magoar seu amigo por não sentir o mesmo, mas parecia ser a única maneira.

Amava Jungkook e ele o amava também, será que nunca poderiam realmente ser felizes?

- C-como assim, vai embora? - Perguntou Yoongi assustado com a confissão do mais novo.

- Eu e Jungkook vamos nos mudar para Atenas. Nós já íamos quando completassemos um ano juntos, mas eu resolvi antecipar. Já não aguento mais Seul e nem essas lembranças ruins - Respondeu Jimin enxugando suas lágrimas.

- Você está mesmo decidido, Jimin? - Perguntou Hoseok com os olhos marejados, abraçando o amigo. 

- Estou sim. Nós vamos nesse final de semana ou no começo da próxima, mas o Jungkook precisa ajudar um amigo antes. Parecia ser importante para ele adiar um pouco - Respondeu Jimin suspirando.

- Iremos sentir muito a sua falta. Por favor, volte para nos visitar, viu? - disse Yoongi também o envolvendo em um abraço, escutando um "eu volto" do mais novo.

- Como assim você vai embora, Jimin?! O Jungkook te convenceu por acaso? - Perguntou Taehyung aflito.

- Não, fui eu mesmo que decidi! Depois do acidente dos meus pais, das ameaças, da tentativa de afogamento, da prisão do Taemin, eu ainda descobri que ele é casado e tem uma filha! - falou Jimin em lágrimas, deixando os três surpresos - Não sabe o quanto isso me destruiu. Eu cansei, Tae! Cansei dessa cidade, cansei de várias pessoas que vivem aqui, cansei de todas essas memórias ruins, eu cansei. Pedi para Jungkook adiantar a viagem, não queria ter que esperar um ano para isso acontecer.

Hoseok novamente o envolveu em um abraço, tentando transmitir um pouco de calma e conforto para o mais novo que sorriu para si, agradecendo.

Taehyung permaneceu quieto depois do desabafo do ômega. Não queria ser nenhuma das pessoas que Jimin diz querer distância, não queria ser mais um motivo para o ômega partir tão rapidamente, não queria perder quem amava e ainda mais, seu melhor amigo.

- Jimin, me desculpa… - disse o Kim se aproximando do Ômega, mas o mesmo desviou de seu toque.

- Por favor, não encoste em mim - pediu Jimin com a voz quase inaudível e abraçando seu próprio corpo - Não quero ouvir mais nada, só preciso voltar para casa e do meu alfa.

Mesmo entristecido, Tae assentiu devagar e viu Jimin saindo da cafeteria, junto a Hoseok e Yoongi. Soltou um suspiro e os seguiu também, para ter certeza de que o ômega chegaria em segurança em casa, porém não esperavam o ver ali.

- Oi amor, podemos conversar? - Perguntou Taemin com um sorriso cínico no rosto, assustando Jimin e os outros meninos.

             Mansão Jeon Kim

Embora já tivesse avisado a Jungkook que Jimin havia saído, Jin não se encontrava muito confiante. Andava de um lado para o outro na sala de estar, esperando o ômega retornar, ele havia dito que não demoraria muito, mas parece que enganou-se.

Namjoon, que observava o marido, sentiu a pequena preocupação do ômega em relação a Jimin. Por mais que quisesse se aproximar, com certeza iria ser empurrado por SeokJin que ainda não havia o perdoado e também, porque era bastante orgulhoso, principalmente depois de uma briga.

Soltava suspiros de vez em quando, assim como Jin que apertava as mãos com frequência por causa do nervosismo. Será que deveria ter ido com o loiro? Será que Jimin estava bem? Um segurança foi o bastante para proteger Jimin? 

Namjoon, finalmente vencendo o orgulho, se aproximou do marido e o envolveu em seus braços, sentindo-o retribuir rapidamente. Afinal, também estava com saudades do calor de seu marido.

- Vai ficar tudo bem, amor. Ele deve estar seguro - sussurrou Namjoon o vendo suspirar e soltar um leve sorriso.

- Espero que sim, Nam - disse Jin erguendo seu rosto para olhar para o Alfa, que tinha um sorriso em seu rosto.

- Me desculpa por brigar com você, amor - pediu Namjoon.

- Está bem, amor. Me desculpa por ter prolongado a briga - falou Jin escondendo seu rosto na curvatura do pescoço do moreno.

- Eu te desculpo - disse Namjoon com um sorriso.

- Eu também - disse SeokJin rindo baixinho, erguendo para olhá-lo outra vez.

O mais velho sorriu e tomou seus lábios para si. Estava com tanta saudades de seu ômega que o beijou de volta, entrelaçando seus braços ao redor de seu pescoço.

- Estava com tanta saudades, amor - falou Namjoon logo após se separarem, permanecendo abraçados.

- Eu também, Nam - falou Jin aspirando seu cheiro forte e viciante.

- Até que enfim! - gritaram os gêmeos assustando o casal.

- Vão trabalhar! - reclamou Namjoon fazendo os três rirem.

            Cafeteria Cha-teul   

Jimin tremeu-se ao olhar para Taemin, se perguntando como ele estava ali? Taemin foi preso! Ele fugiu da cadeia?! O ômega estava assustado e notando isso, o segurança logo se colocou em sua frente, ao ver o ruivo se aproximando.

O Alfa ergueu suas mãos para cima, mostrando que estava desarmado e que (Talvez) não faria mal algum a Jimin. Mas isso não conseguiu acalmar o ômega e muito menos, Yoongi, Taehyung e Hoseok que também se colocaram em frente a Jimin, impedindo qualquer aproximação do alfa ruivo.

- Credo, nem parece que já fomos amigos - disse Taemin revirando seus olhos.

- Escuta aqui! No momento em que você fez mal ao Jimin, deixou de ser nosso amigo! - falou Yoongi furioso.

- Calma, Yoongi. Eu vim na paz - disse o Lee rindo.

- Fala logo o que você quer ou simplesmente vai embora e nunca mais apareça na vida do Jimin! - disse Taehyung.

- Sério, Kim? Deveria estar do meu lado, não? Afinal, Jungkook roubou o Jimin de você - provocou.

- Do lado de quem magoou o Jimin? Nunca! E a propósito, você não estava preso? - disse Taehyung o vendo franzir as sombrancelhas, confuso.

E no meio de toda aquela cena, ele observava de longe, muito bem escondido, juntamente ao seu inseparável chapéu vermelho que se encontrava em sua cabeça. Se divertia com a confusão deles e principalmente, a de Taemin que não tinha ideia do que o Taehyung falava.

Mas também havia uma dúvida em sua cabeça: O que Taemin estava fazendo?

Mesmo confuso, o Lee resolveu deixar para lá, focando apenas no que viera fazer ali. Procuraria saber sobre isso depois.

- Enfim, eu soube que está grávido outra vez, não é Jimin? - Perguntou Taemin vendo o ômega arregalar os olhos e se encolher atrás do segurança, enquanto abraçava sua barriga.

Não queria que seu pesadelo se tornasse real.

- Como assim, outra vez? - Perguntou Yoongi olhando para Jimin que apenas abaixou a cabeça.

- C-como sabe? - Perguntou Jimin temendo a resposta.

- Foi um pequeno truque, amor. Ninguém saberia, nem mesmo o Kook-ah, não é? - sorriu cínico vendo Jimin o olhar confuso.

- Kook-ah? Como sabe que eu o chamo assim? - Perguntou Jimin extremamente confuso.

Como ele sabia sobre o bebê e sobre o apelido que deu a Jungkook? E como ele estava ali sendo que ele havia sido preso? Alguém o libertou? Quem?

- Sei porque você mesmo disse e também, eu já sabia antes mesmo de vocês dois se casarem - Respondeu revirando os olhos.

- O quê? - disse Jimin.

- Mas não tem importância, não é? Afinal, só queria que você mandasse um recadinho para o Kookie - disse Taemin.

- Recado? - disse Taehyung também confuso.

- Apenas diga a ele que o dou os parabéns, ok? Ele realmente cumpriu o que disse - Respondeu dando de ombros.

- Parabéns? Por quê? Pelo bebê? - Perguntou Yoongi.

- Pela aposta, idiota - Respondeu.

- A-aposta? - Perguntou Jimin sentindo sua voz falhar. 

Jungkook e Taemin haviam apostado alguma coisa? Os dois já se conheciam? Bem que no dia da discussão, Taemin falava como se de fato conhecesse Jungkook, então eles realmente se conheciam e ainda conversavam um com o outro?!

- Sim, apostamos em quem seria o vitorioso ao colocar um bebê dentro de você e ainda te levar para o altar. Enfim, eu tinha ganhado na parte do bebê e ele ganhou em se casar com você, mas resolvi deixar que o Kookie ganhasse a aposta em troca da minha liberdade - disse Taemin sorrindo, fazendo Jimin começar a chorar.

- J-jungkook te tirou da c-cadeia? - sussurrou Jimin em lágrimas, desacreditado.

- Eu não vou falar mais nada. Espero que morram juntos, viu Jimin? Bye! - disse o alfa antes de se afastar.

O ômega estava abalado. Não conseguia crer no que ouviu da boca de seu ex, mas poderia ser mentira, não é? Afinal, Taemin faria qualquer coisa para machucá-lo outra vez.

- J-jimin? - chamou Taehyung vendo o ômega secar suas lágrimas e se colocando de cabeça erguida.

- Vamos - disse Jimin falando com o segurança.

- S-senhor… - Jimin o Interrompeu.

- Agora! - gritou o ômega o vendo assentir rapidamente.

Entrou no carro rapidamente e mandou que dirigisse logo para a mansão, saindo sem se despedir dos meninos que estavam preocupados.

Não cairia na lábia de Taemin, precisava ouvir de Jungkook se aquilo era verdade. A única dúvida que estava em sua cabeça agora era: Taemin e Jungkook eram amigos?

- E agora? - Perguntou Yoongi preocupado.

- Não sei, mas espero que nada de mal aconteça - falou Hoseok.

              Mansão Jeon Kim.

O casal se encontrava abraçadinhos no sofá, trocando carinhos e beijos repletos da saudade que haviam sentido um do outro, enquanto Key, Kay e Sue reclamavam do grude dos mais velhos, mas rapidamente todos olharam para a porta, onde o mais novo entrava em casa com o semblante preocupado e pensativo.

- Jungkook, o que aconteceu? Está tudo bem? - Perguntou Jin olhando para o filho mais novo.

- Está sim, papai. Só estou pensando em uma coisa que não sai da minha cabeça - disse o moreno suspirando - o Jimin ainda não chegou? 

- Não, o Jimin ainda não chegou - Respondeu Jin - Mas no quê está pensando, meu filho? 

- Já tiveram algo em sua cabeça que seria uma coisa ruim para sua relação e temia que seu parceiro descobrisse, mas não queria que ele soubesse? - perguntou Jungkook olhando para os mais velhos que ficaram confusos com a pergunta do moreno.

- Não sei, meu filho. Isso tem haver com o Taemin? Você foi vê-lo na prisão, não é? - disse Namjoon o ouvindo responder "Sim" - Bem, querido. O que você não quer que o Jimin saiba?

Antes mesmo de Jungkook responder, a porta fora aberta com brutalidade por Jimin que não parecia nem um pouco feliz. O loiro se aproximou de Jungkook que rapidamente sorriu ao ver seu pequeno ômega, embora ele não parecesse estar de bom humor.

- Oi amor, como foi… - Jimin o interrompeu.

- Eu só vou perguntar uma vez, embora eu já tenha a confirmação e quero que você responda a verdade - disse Jimin vendo Jungkook assentir, um pouco assustado com o comportamento do mais novo - Você já conhecia Lee Taemin?




Notas Finais


Tchauzinho!!

Até o próximo capítulo 💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...