História Por que não três? - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle, Haechan, Jaemin, Jeno, Jisung, Mark, RenJun
Tags Chensung, Markchan, Markhyuck, Nomin, Noremin, Noren, Norenmin, Renmin
Visualizações 188
Palavras 791
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi rs.
Então, desculpem por esse sumiço, eu não estava muito bem, ainda não tô, mas não posso deixar vocês na mão.
Boa leitura! ♡

Capítulo 3 - Onde estavam?


Fanfic / Fanfiction Por que não três? - Capítulo 3 - Onde estavam?

Jaemin estava estranho e todos da rodinha de amigos perceberam, desde que Renjun tinha o dado um selinho, ele não conseguia parar de pensar sobre isso.

Havia começado mais um dia de aula e Renjun não sabia como iria olhar pra cara de Jaemin, estava completamente envergonhado e se arrependia muito do que fez, e se o mais novo não tiver gostado?

...

- Bom dia, Junnie! - Exclamou DongHyuck, pulando nas costas de Renjun, esse que apenas murmurou um "Oi" totalmente desanimado.- Ih acordou de mal humor foi? - Brincou, sendo totalmente ignorado por Renjun, que apenas se sentou em seu lugar, as  aulas foram tranquilas, estava conseguindo ignorar Jaemin, por mais que sentisse o olhar do mesmo em suas costas quase o tempo todo.

O sinal para o intervalo tocou e Renjun estava quase saindo correndo da sala, mas foi impedido por uma mão segurando com força seu pulso.

- Renjun, vem comigo. - Disse Jaemin puxando o mais velho pelos corredores da escola, entraram em um banheiro mais afastado, quase ninguém ia lá.

- O que quer? Por que me trouxe aqui? - O Huang permaneceu afastado, encarando o chão como se fosse a coisa mais interessante do mundo.

- O que eu quero? -Riu sem humor e trancou a porta, se aproximando do chinês, que dava passos pequenos pra trás até ficar preso entre a parede e o corpo de Jaemin.- Você me beija e acha que eu vou deixar por isso mesmo? Aquilo mexeu comigo, Renjun.

- E-eu... - O rosto de Renjun estava completamente vermelho e ele não sabia o que falar, conseguia apenas encarar os lábios bonitos de Jaemin.- Me beija...

Jaemin sorriu com o pedido do menor e aproximou-se mais, apenas roçando seus lábios nos do mais velho.- Jaemin... -Reclamou o garoto, arrancando uma risada do maior, que após isso finalmente colou os lábios em um beijo lento, mas que logo se intensificou, Jaemin pediu permissão para aprofundar o ósculo, que logo foi concedida.

As línguas se enroscavam, brigando por espaço. Os corpos entrando em combustão. As mãos do maior percorreram o corpo magro de Renjun, este que suspirou ao sentir o toque em si.

- Ja-Jae... - O menor se separou dos lábios alheios e gaguejou assim que sentiu o aperto em uma de suas nádegas. Ambos ofegantes pelo beijo intenso e os olhos transbordando luxúria.

- Nós podemos parar se quiser - Jaemin disse com a voz baixa e rouca, fazendo com que Renjun estremecesse em seus braços.

- Eu quero! - Disse um tanto desesperado, fazendo o Na rir baixo.

- Seu desejo é uma ordem! -Dito isso, Jaemin selou seus lábios aos do mais velho mais uma vez, agora em um beijo mais agressivo.

Levou as mãos até a cintura do mais velho por baixo da camisa e apertou o local, o fazendo gemer baixo, era sensível naquele local.

Renjun desceu as mãos até o membro ainda coberto do maior e o apertou, recebendo um puxão de cabelo vindo do mesmo em resposta ao seu ato.

- Injunnie... Me chupa. - Disse Jaemin em um tom autoritário, forçando o menor pra baixo, esse que não pensou duas vezes antes de abaixar a calça do garoto a sua frente e segurar em seu membro semi-ereto, começando uma masturbação lenta.

Pouco tempo depois, passou a língua sobre a glande de Jaemin, a chupando lentamente. Não demorou muito naquilo e logo abrigou todo o membro do mais novo em sua boca, movimentando sua cabeça um tanto rápido, se engasgando algumas vezes. O Huang levou a destra até a própria calça, a desabotoando rapidamente, colocou seu membro pra fora e começou uma masturbação no ritmo dos movimentos em sua cabeça.

Os estudantes não se preocupavam em gemer alto, os gemidos abafados de Renjun estavam deixando Jaemin louco. Os dois estavam próximos do ápice, assim como o fim do intervalo, o sinal tocou um pouco abafado por estarem longe, mas os garotos não se preocuparam, continuaram em seus próprios mundos, gemendo alto quando finalmente gozaram.

- Injunnie, temos que ir. - Jaemin falou doce, arrumando sua calça e puxando o mais velho delicadamente para cima.

Deixou um selar demorado em seus lábios e pegou papéis, limpando o garoto e arrumando sua roupa.

Renjun abraçou a cintura do Na e escondeu o rosto em seu pescoço, deixando um beijinho ali.

- Vamos, bebê. - O Na deixou um último selar nos lábios do mais velho e saiu o puxando até a sala, para a sorte dos dois, o professor ainda não tinha chegado.

Os garotos foram para seus devidos lugares, mantendo um sorriso nos lábios, o que não passou despercebido por DongHyuck e Jeno, foram questionados sobre o que havia acontecido, mas só respondiam que estavam conversando, o que não esperavam, era que Jeno tinha notado um chupão perto da clavícula de Jaemin.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...