História Por Que os Meus Sentimentos? - JungKook BTS - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Amor, Bts, Ensino Medio, Fanfic, Imagine, Jungkook, Romance
Visualizações 48
Palavras 1.399
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiee, quanto tempo!
Tive aquele famoso bloqueio criativo, mas estamos de volta!
Esse capítulo é mais um narrado pelo JungKook e cheio de emoções, tá nem tantas! Ficou bem legal, apesar de curtinho, acho que vcs vão gostar... Pegam as dicas, ein!
Tenho uma pergunta para fazer pra vcs, então leiam o final!
Espero que gostem e boa leitura ❤

Capítulo 29 - Desafio!


Fanfic / Fanfiction Por Que os Meus Sentimentos? - JungKook BTS - Capítulo 29 - Desafio!

                  P.O.V JungKook

30 minutos. Esse foi o recorde de tempo em que o Jimin e o Taehyung passaram sem brigar. Esses trinta minutos foram os que eles se reencontram, ainda no carro, e depois, quando chegamos no restaurante, tudo desandou.

Tae hyung deu em cima da Emma, a menina pela qual o Jimin hyung está apaixonado, descaradamente e o Jimin ficou com muita raiva dele, também descaradamente. Imagina a minha felicidade quando eu vi isso acontecendo. Imagina ela maior ainda quando eu tive que arrastar os dois até o carro para levá-los até a empresa para dar um jeito nisso! Bom, esse é exatamente o meu atual nível de felicidade!

"Escuta aqui, eu não sabia..." Passo pelas portas do meu escritório, me distanciando da discussão dos dois, que durou o caminho inteiro até a empresa e ainda não acabou.

Me jogo na cadeira em frente a minha mesa e passo a mão pelos cabelos, tentando não socar a cara dos dois. Eles são mais velhos que eu, mas às vezes parecem mais novos.

"Taehyung, você pode, por favor, calar a boca?" Escuto Jimin hyung falar, assim que os dois entram no meu escritório. "Ou eu vou socar a mesma!"

"Calma, eu já disse que eu não sabia!" Tae levanta as mãos, em rendição, mas não desiste.

"Você nem ao menos se importou!"

"Olha, não é bem assim. Eu..."

"Ah, dá pra vocês dois calarem a porra da boca!" Grito, me levantando e batendo na mesa, fazendo os dois me olharem assustados. Eles assentem com a cabeça e se sentam, Jimin no sofá em que ele praticamente vive e Taehyung na cadeira a minha frente, me olhando. Ambos sabem como eu fico quando estou nervoso e ambos não gostam disso, ou das consequências, então por quê me provocam?

Suspiro e volto a me sentar, pegando meu notebook e o abrindo na minha frente. Sinto que os dois me observam, mas não ligo, tento me concentrar no trabalho que preciso terminar, depois disso fico livre.

"Olha, eu realmente não sabia que a menina que você estava afim era ela!" V hyung volta ao assunto, depois de algum tempo. Termino de digitar o último número, finalmente completando este gráfico, e fecho o computador. O menino a minha frente me olha com receio e abaixa a cabeça.

"Realmente não importa!" Respondo, já mais calmo, ganhando a atenção do garoto jogado no sofá mexendo no celular.

"Como assim 'realmente não importa'?" Sinto a a fúria em sua voz e dou de ombros, sentando na sua frente. "Para mim importante muito! Você não ia gostar se a mesma coisa acontecesse com a Gaby!"

"Não, mas, diferente de você, eu não me afastei da Gaby em nenhum momento e não demorei tanto assim!"

"Não, imagina!"

"Como assim...?"

"Calado!" Eu e Jimin falamos ao mesmo tempo, fazendo o Taehyung se encolher e se jogar em um poltrona de frente a minha.

"De qualquer maneira," continuo, me recostando na cadeira, como se não fosse nada, "não nunca avançaria com ela!"

"Isso não é verdade!" Jimin responde. Sinto uma leve dúvida na sua voz e insisto nisso, começando a ver um progresso.

"Não?"

"Não!" Franze as sobrancelhas e joga a cabeça para trás, dando um longo suspiro. "Tá, eu não sei! Eu quero alguma coisa, mas você sabe o  porque deu ter medo."

"Irene!" Suspiro e ele confirma com a cabeça. Eu não sabia, mas antes de eu e ela começarmos a namorar, o hyung era apaixonado por ela, até depois. Pelo que ele me disse, ela iludiu ele, disse que gostava dele, que queria ficar com ele, mas o largou depois que ele tirou a sua virgindade. Ou seja, ela simplesmente usou ele e depois o jogou fora, trocando-o por mim, o que não foi legal.

Eu só soube dessa história depois que nós terminamos. Fiquei mal e quando perguntei o porquê dele não ter me dito isso antes, ele falou que não queria se intrometer no meu namoro.

A parte mais triste é que ele saia com a gente, via nós dois juntos, e nunca falou nada. Sempre fingiu ser forte, que não gostava e nem se apegava a ninguém, quando na verdade ele gostava de alguém com quem ele não poderia ter nada. Isso deve ter realmente doido e o trauma ficou.

"Ah, pelo amor de Deus, Jimin!" A voz do Tae ressoa na sala, fazendo sua voz soar mais grave do que já é. "Você tem que superar! Todos temos traumas, mas, se ficarmos com medo de tentar, nunca conseguiremos fazer nada! Olha para o JungKook, por exemplo, ele teve um relacionamento fracassado, achou que nunca mais ia gostar de ninguém ou confiar em ninguém, e agora está aí. Ele está namorando e parece estar super feliz!"

"E estou!" Confirmo com a cabeça, um sorriso surgindo em meus lábios. Falar da Gaby faz tudo melhorar.

"Não enche, Taehyung!"

"Não, eu concordo com ele!"

"Concorda?" Jimin e Tae falam ao mesmo tempo, se virando para mim. Sorrio. 

"Concordo! Você tem que superar, pedir a Emma em namoro é a melhor opção, afinal, vocês não se magoam mais e começam a ver que nada é igual a antes."

"Exatamente!" V hyung concorda comigo, estralando os dedos e se aproximando, claramente feliz por não ter falado besteira.

"E como, exatamente, eu faço isso?"

"Peça ela em namoro!" Tae e eu falamos ao mesmo tempo, fazendo o Jimin rir, incrédulo. Ele alterna seu olhar entre mim e o menino ao meu lado, olhando como se fôssemos dois loucos.

"Vocês só podem estar brincando!"

"Por que?"

"Não, eu não vou pedir ela em namoro!" Nega com a cabeça e se recosta no sofá. Olho para o Taehyung e ele está claramente indignado, como se o Jimin fosse a pessoa mais burra do universo. Manejo a cabeça de um lado para o outro, pensando, e uma ideia me vem a mente.

"Tudo bem, você não teria coragem de qualquer maneira!"

"O que?" Sinto sua raiva queimar a minha pele, enquanto ele me olha, e tento não sorrir. Hyung odeia ser chamado de medroso, odeia ser desafiado e perder.

"É, você teria medo demais para pedir ela em namoro!" Me levanto e ando até a janela, olhando a paisagem. "Acho que é melhor assim!"

"Concordo!" Ouco Tae dizer, entrando no jogo.

"Não, não é bem assim!"

"Sério?" Me viro para ele, uma sobrancelha arqueada, com as mãos nos bolsos. "Então você teria coragem?"

"Claro!"

"Prove!" Desafio, fazendo sua expressão vacilar um pouco, mas logo se restabelecer. Ele volta a me olhar, com um sorriso ladino, e não gosta nada do brilho novo que surge em seus olhos.

"Tudo bem, eu provo." Ele se aproxima, devagar, como quem está em território inimigo, e eu não gosto nada do que está por vir. "Eu peço a Emma em namoro, eu dou uma chance, mas com uma condição!"

"E qual seria?" Ergo uma sobrancelha e vejo seu sorriso aumentar mais ainda, satisfeito com a minha expressão confusa. Pelo canto do olho vejo o Taehyung indo para mais longe de nos dois, acho que ele já sabe o que o hyung vai falar.

"Casamento!" Seu sorriso aumenta mais ainda, se é que é possível, e meu rosto vai de confusão até desespero. "Eu peço a Emma em namoro, eu dou uma chance, com a condição de você parar de adiar o impossível e pedir a Gaby em casamento!"

Me viro para a janela, tentando não socar a cara do hyung. Isso foi uma jogada bem baixa. Ele sabe que eu tenho que ficar noivo ainda esse ano e me casar até o final do ano que vem, mas que eu ainda não contei para Gaby, para a minha namorada. Eu tenho medo da reação dela, essa é a verdade. Eu tenho medo da resposta dela! Dela dizer um não e me deixar, acabando com tudo que temos.

Suspiro e passo a mão pelo cabelo, tentando esclarecer a mente. Eu tenho que fazer isso, de qualquer maneira, cedo ou tarde. Quanto mais eu adiar mais difícil vai ficar e com mais medo eu vou ficar. Se eu tiver que fazer isso para os dois se acertarem, para Emma e o Jimin se acertarem, então eu faço. Afinal, eu irei ter que fazer, melhor agora do que depois!

"Tem certeza?" Me viro para o hyung, que está com um sorriso triunfante nos lábios e o vejo vacilar, momentâneamente, antes de confirmar com a cabeça. "Tudo bem, fechado!"

Estendo a minha mão para ele e o mesmo a aperta, selando o nosso acordo, enquanto ele me olha friamente. Do outro lado da sala ouço o hyung murmurar:

"Vocês são loucos, isso não vai dar certo!"


Notas Finais


Gostaram? Oq vcs acham que vai acontecer? Boatos dizem que o Jimin é mais rápido do que a gente pensa!
Bom, a pergunta que eu queria fazer é a seguinte:
Vocês preferem uma fic com os meninos como idols ou igual a essa, onde ele são pessoas "normais"?
Me respondam, por favor! Tenho algumas ideias de fics e preciso da ajuda de vcs pra decidir qual postar primeiro!
Ahh, vocês viram os teasers? Mds, oq é que foi aquilo! Com dois segundos de música eu já morri, imagina quando sair o MV inteiro! Só Deus na causa!
Enfim, espero que tenham gostado e obrigada por lerem ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...