1. Spirit Fanfics >
  2. Por que Sim! (imagine Bakugou katsuki) >
  3. Último dia de treinamento

História Por que Sim! (imagine Bakugou katsuki) - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Olaaa !!
Primeiro cap da semana
(. Vai ser dois ok? Ok)




Foto de capa aleatório



Boa leitura!💖😜....






Alguém lê isso?

Capítulo 7 - Último dia de treinamento


Fanfic / Fanfiction Por que Sim! (imagine Bakugou katsuki) - Capítulo 7 - Último dia de treinamento


      

       10° mês de treinamento (último)





        Bakugou on




   Estou no meu último dia de treinamento , e junto a mim está o nerd do Deku ( sim eu ainda continuo o chamando assim ) que não para de falar na maldita garota , a qual não faço a mínima ideia de quem seja , que mora com a sua mãe . Isso é um saco já tô pra dá uma vuadora nele!






     - a kacchan ela é tão inteligente- ( só no meu sonho-autora)- e ela gosta bastante de livros! Até fala línguas diferentes ! Ela sabe falar português!- ele fala todo animadinho com coisa de gay.




  

    

    - para de ser gay porra!- falo já no meu limite , pera ... Sempre estou no meu limite- de onde porra vem essa língua???!-pergunto.





    - você sabe o país do outro lado do mundo??- pergunta.






    - uhmm... Você tá falando do Brasil??- pergunto por saber que aquela é a pior língua para se aprender.... Bom é o que dizem.







    - Sim!- fala animado- ela também fala inglês , espanhol , francês - o interrompi






  - você fala ,fala e fala , mais nunca falou o nome dela!!! - ou eu não me lembro?- e nunca nos apresentou!- falo com os braços cruzados e uma carranca- não que eu me em porte- deixo claro.







   - mais ela disse que vocês se conhecem ...- ele fala sem entender nada .






   - que?!- eu não entendo - entendi foi nada... - Falo pensativo - fala o nome dela .







   - o nome dela e S/n S/s , mais ela gosta que a chame de Shidory - boom! Meu sub consciente trabalha e agora faz todo sentido .

    





    -Nooosa ... Como não pensei nisso?!- falo passando as mãos na cara - então o nome dela é S/n não é?- pergunto e ele assenti - ótimo , hoje vamos passar na sua casa caso não se enporte -





         Bakugou off




          S/n on

     





   Vocês não vão acreditar! Nesses últimos tempos e consegui praticar quase todos os meu poderes e a cada dia melhoro mais e mais , palavras de Phil .





     - vamos mais forte!- grita Phil.





   Nesse momento estou no jardim de casa batendo num saco de pancadas a exatamente seis horas e quarenta e quatro minutos então significa que já está escurecendo e , por em crível que não pareça , estou exausta .





     - vamo parar por hoje ...- só falta eu cair mista no chão!.... - estou morta - deixo meus braços caírem .






     - Sério que esse é seu melhor?- uma voz conhecida fala e eu me viro , me separando com o esverdeado e uma cabeleira espetada loira -Que pena ... Pensei que fosse mais forte..- fala ele debochando da minha cara .






       - Há Há Há Ha !- riu forçado- treina seis horas sem parar pra tu ver bombinha...- agora foi minha vez de debochar , ele faz uma cara de surpresa mais não fura muito , ele logo faz uma carranca- E agora? Quem é o fodão ?- pergunto e logo dou um rizinho pra ele - o que faz aqui?- pergunto a ele.







  

    - não te via a messes , então o idiota do Deku foi me falar de uma garota que tava morando com ele , aí fiquei curioso quanto a isso e aí ele me falou do Shidory e aí  eu raciocinei- ele explica com as mãos no bolso e eu seguro a risada mais ele percebeu - por que tá rindo??!!!QUER MORRER???!!- ele grita a última parte fazendo eu não aguentar e soltar a risada .







     - tava com saudade era?- digo com um sorriso malisioso no rosto .







    S/n off




    Bakugou on




   Cinto meu rosto queimar depois daquele sorriso que ela deu e desvio o olhar pra ela não notar , o que eu tinha certeza , que eu estava corado, olho em volta e não a ninguém por perto ótimo, depois de mais calmo a olho e pego ela me olhando , descaradamente , de baixo pra cima me analisando , e eu que não sou nada besta , fiz o mesmo e ..PORRA! Ela tava com uma camiseta  colada ao corpo , e um short , um short.... Bastante curto , ALL star pretos e luvas de box , sem contar que ela estava , deveras , suada o que deixou a camisa mais colada ainda! MANO! E ainda tava em um por do sol que a fazia brilhar.... E eu estava ali .... Literalmente a comendo com os olhos .







       Bakugou off





       S/n on






  Ele vira o rosto por esta corado e tenta disfarçar com uma carranca- , mais eu como uma boa observadora ( só que não) , percebi , logo aproveitei para olhar ele e MANO! Ele tava com uma calsa moletom preta , um tênis preto e... SEM CAMISA! ( Autora -obs:a camisa  estava em seu ombro direito) todo suado que chega brilhava quando o sou batia , lembrei de crepúsculo agora..  mais voltando... MANO! Não posso mentir.... Katsuki Bakugou é sim um pedaço de mal caminho , e tipo eu logo perdendo que ele fez o mesmo que eu o que me fez corar.






     -uhmm! Tá corada- ele fala assim que olha para meu rosto.





   

   -Ue quê que tem?- pergunto- você é um pedaço de mal caminho , quer que eu faça o que?- pergunto e ele vira com meu elogio - e agora? Quem é que tá corado?- lhe pergunto logo tirando as luvas de box.






 

   - Tsc!- fais aquele barulhim com a boca de forma descontente- vai cagar!- ele fala cruzando os braços e fazendo um biquinho .






    - Ahh! Não faz isso ! Você fica fofo !- falo me aproximando e apertando suas bochechas o fazendo corar ainda mais e eu como sou uma boba sorri que chega fechei os olhos ( imaginem aquele sorriso de cinema ) e ele solta um " eu não sou fofo!!!" abri os olhos e ele estava me encarando , ele olhou no fundo dos meus olhos , era como se ele pudesse ver o fundo da minha alma , seus olhos carmesim brilharam e cinto seu toque em minha cintura , me apertando e juntando nossos corpos suados , ele quebra o contato e olha pra minha boca , o que faz eu fazer o mesmo , mordo meu lábio inferior ao ver seus lábios , o fazendo soltar um sorriso ladino  , fomos nos aproximando e fechando meus olhos logo após meu ato nós selamos nossos lábios num selinho , meu coração dispara , meu estômago se revira , ele logo passa sua língua no meu lábio inferior , entendi seu pedido e logo o cedi , transformando aquele beijo numa coisa mais necessitada e selvagem ( ao estilo Bakugou) demos umas pausas entre o beijo e ele nos cola mais dando umas apertadas me fazendo arfa durante o beijo , minhas mãos ganham vida e vão ao encontro com o cabelo dele , e lá dou umas puxadas perto da nuca e ele arfa , ficamos assim até ouvir meu estômago roncar e nos quebramos o beijo , mais continuamos com as testas coladas e ele rindo de mim - Ei ! Pare de rir!- falo fingindo irritação- fiquei seis horas sem comer seu miserave! - falo me separando de sua testa e cruzando os braços , e ele a cada fala minha tia mais e eu bufo , ele se aproxima do meu ouvido e susurra







    - Ahh! Não fique brava meu amor ! Isso estraga sua beleza...- fala num tom sacana me causando um arrepio e logo morde o lóbulo da minha orelha , não resisti e o abraço pelo pescoço e solto um gemido manhoso baixinho em seu ouvido que se arrepia dos pés a cabeça e eu sorrio


 





    - parece que encontrei seu ponto fraco- falo no pé do seu ouvido e ali deixo uma lambida ( calma gente , não foi a orelha toda foi só uma partezinha que , lógico , você escolhe onde)ele me aperta mais ao sentir outro arrepio( -autor: coitado do kacchan , neste estante o bixin  fica duro(*﹏*;)! ! ) Lodo me afasto dele e pego minhas luvas e e o olho - vai ficar me olhando ou vai entrar?- pergunto e ele bufa com um sorriso no rosto , bota a camisa e entra - não repara na bagunça - falo tirando o sapato e ele faz o mesmo  , pego meus chinelos e dou um par pra ele , calçamos e entramos , de verdade , na casa - senta aí vou ali e já volto - falei/mandei e ele vai e se senta .







       Subo as escadas e me deparo com Midorya que já estava de banho tomado e cheiroso.







     - S/a- san!- ( seu apelido) - cadê o kacchan?- ele pergunta... Malisioso???!!!!o que fizeram com o meu Deku fofinho e inocente???!!!!






     - Quem é você e o que fez com meu Izuku inocente???!!!- pergunto fazendo um drama falso e ele ri








   - alguns messes com você e me transformou nisso- ele fala








   - nossa , magúo !- falo tiste- ele tá lá no sofá- falo e vou para o meu quarto , tomo um banho , boto um short curto e um moletom da cor( sua preferência) escrito "BOOM" arrumei meu cabelo deixando ele solto/ presso  e desço , encontrando os dois ali - demorei?- pergunto para eles que me olham da cabeça aos pés , katsuki percebe e tasca um tapão na nuca do rapaz o que me causa risos - katsuki vai tomar um banho vai !- falo puxando ele - você já sabe onde fica as coisas - nesta te te levo umas roupas - ele se vira pra mim








    - sim mamãe!- ele sorri










   - vai logo !- lhe dou um selinho e vou pra a cozinha fazer a janta mais logo volto e subo  , vou até meu quarto e pego uma roupa para katsuki , vou no banheiro e bato na porta - ei Suki - bato na porta e ele abre só de toalha e um pouco molhado - aqui estendo a roupa e ele pega - tá , vou descer que eu vou fazer a janta - quando eu ia descer ele segura meu pulso e me puxa , logo selando nossos lábios num beijo , depois de um tempo me separo- já está bom !- me deparo dele com um selinho e desço .







                                Quebra

                                        de tempo 





       

      Estava cortando uns tomates quando Katsuki entra e se senta na messa e fica me olhando 








     - tá , o que você quer?- pergunto e ele sorri - não - falo e continuo a corta os tomates e logo parto para as cebolas , a primeira foi de boa , na segunda eu já estava chorando - a bosta!- falo e fecho os olhos , logo cinto braços me abrasando por traz .







   - vem deixa eu corta - ele fala - vai lavar as mãos e o rosto - fala ele tentando enxugar minhas lágrimas faço o que ele pede , quando volto ele estava no fogão e eu sinto um cheiro bom de c/p ( Comida preferida)! Vou até ele e fico ao seu lado .









     -  O cheiro está ótimo!- falo e ele me olha de solaio com um sorriso - sabia que c/p é minha comida preferida?- ele se vira pra mim.








  - que ótimo! Essa é a comida que eu mais sei fazer!- ele segura minha cintura e eu seu pescoço fazendo um cafuné em seus cabelos perto dali , ele me beija e eu retribuo .









      -uh! Hum!- alguém coça a garganta e nós nos separamos - Quem , é , ele?- pergunta meu irmão.










    -ferro...- pensei













┬─┬( º _ º)


















Continua


















(ノಠ益ಠ)ノ彡┻━┻














Notas Finais


Foi isso até próxima!💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...