História Por que te amo?(paulicia) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Adriano Ramos, Alícia Gusman, Bibi Smith, Carmen Carrilho, Cirilo Rivera, Daniel Zapata, Davi Rabinovich, Diana Ayala, Firmino Gonçalves, Jaime Palillo, Jorge Cavalieri, Kokimoto Mishima, Laura Gianolli, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Personagens Originais, Rabito, Valéria Ferreira
Visualizações 307
Palavras 1.140
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Segundo capítulo


Enquanto as garotas andavam até o alojamento feminino os garotos já estavam no masculino junto de Alan que apenas observava cada um deles. 

─ Cadê o mauricinho em? ─ perguntou o Guerra então o Cavalieri chegou com suas bagagens no dormitório colocando suas coisas em uma cama que tinha seu nome escrito nela de caneta. 

─ Foi mal ae Alan tava falando com a Alicia, aliás quando ela pintou o cabelo? Na última vez que a gente conversou por vídeo chamada ela tava com outra cor ─   comentou o garoto loiro de maneira calma surpreendendo a todos os garotos. 

─ Pera ai pera ai.... O mauricinho ainda fala com ela? ─ perguntou o Ayala com a sombrancelha arqueada fazendo o Cavalieri revirar os olhos com a fala. 

─ Não. Te. Interessa ─ fala pausadamente causando risada no Alan

─ Cara, ela pintou faz umas semanas, tem que ver tem tinta rosa por todo lugar do meu quarto. ─ fala frisando o meu. 

─ Ondina, Felipe ou Amy? ─ pergunta e todos estranharam. 

─ Os três com a Mandy, a Isa, a Manu e a Sugar ─ fala recebendo um sinto muito do loiro ─ ta beleza. Eu tenho que ir agora, pra ver se aqueles malucos já chegaram ─ fala o garoto dando um tapa no ombro no garoto antes de sair, sem despedir-se dos outros campistas. 

─ Ei mauricinho! ─ chamou o Palillo enquanto o garoto subia na cama sorrindo. 

─ Fala Jaime ─ diz o garoto sem nenhum tipo de interesse. 

─ A Alicia... Ela... Ainda... 

─ Senta raiva de vocês? ─ perguntou e todos os garotos se olharam então o Palillo concordou ─ Sim, ela sente. Na verdade é mais mágoa do que raiva, mas ela sente ─ fala simplismente e todos os garotos ficaram um pouco ressentidos com o que Jorge havia falado com tanta sinceridade.

... 

Ao chegar no refeitório para almoçarem no primeiro dia, logo após de se instalarem nos quartos não encontraram Jorge, Valéria ou ninguém da família Gusman, porém não se importaram com isso... 

─ Ei! ─ chamou Paulo e todas as garotas olharam para ele. ─ Como foi o ajuste de vocês no quarto? ─ perguntou e todas as garotas se olharam antes da Garcia soltar as palavras

─ Péssimo! 

─ Ué, por quê? ─ perguntou Davi confuso e Maria Joaquina revirou os olhos lembrando-se do acontecido e começando a descreve-lô. 

" As garotas andavam em silêncio até o alojamento, todas em conjunto certificando-se que ninguém ficou para trás. 

─ chegamos ─ avisou a menina de cabelos rosa abrindo a porta e dando espaço para as garotas verem aonde ficariam pelos próximo mês. ─ Bom eu sei que não é como as princesinhas da Disney estão acostumadas a ficar, mas é um ótimo lugar. Temos várias camas confortáveis, travesseiros, cobertas e um banheiro então divirtam-se ─ desejou a Gusman sentando na única cama que tinha cobertas por cima e o beliche era decorado com pisca-pisca. 

─ Ei! Essa foto é nova ─ diz a Ferreira olhando para uma imagem dela e da Alicia de biquínis abraçadas na beira do lago. 

Na fotografia elas estavam de costas, por isso estava na cara que nenhuma das duas sabia disso. 

─ Alan, ele tirou a foto naquele dia que eu sujei o quarto dele com tinta pra cabelo. Aliás eu sujei de novo esses dias, só que de rosa ─ fala a garota e a Ferreira gargalhou com a confissão da amiga. 

─ Mano... Você não tem limites ─ diz Valeria  e Alicia deu de ombros. 

─ Quem tem limite é município, eu não ─ avisou a Gusman causando ainda mais risadas na amiga ─ Eu tenho que ir ver se os amores da minha vida não chegaram ainda, então divirtam-se e Val ─ chamou a garota que a encarou ─ cuidado para não morrer com veneno de cobra ─ diz olhando para cada uma das garotas antes de mandar um beijo e sair correndo. 

─ Qual o problema da Alicia com a gente? ─ perguntou Bianca fazendo Valéria a olhar indignada. 

─ Talvez o fato de que vocês fizeram bullying com ela quando ela tinha oito anos e fizeram ela se mudar para a casa do avô por causa disso? ─ perguntou debochada. 

─ Nós éramos crianças Valéria ─ diz a Medsen fazendo a Ferreira rir de desgostos. 

─ Claro, mas a dor que ela sentiu a tristeza que ela sentiu não eram de crianças, vocês destruíram a segurança da minha melhor amiga e eu tive que ajuda-la a se reconstruir cada pedacinho porque ela nunca pensou ser de fato boa. Sabiam que a cicatriz que ela guarda ainda está lá com ela? E ela sente remorso de vocês, além de raiva, é claro. ─ fala a Ferreira deixando todas as meninas ressentidas com o que fizeram anos atrás. "

─ Caralho... ─ foi a única coisa que os garotos conseguiram pronunciar antes do dono do acampamento chegar acompanhado de Alan, Alicia, Jorge e Valéria e mais treze adolescentes. 

─ Amor da minha vida, minha conquista, teu sorriso me ilumina, você é uma ilha... ─ cantaram Alicia, Valéria, a garota loira e o moreno de olhos azuis que ainda não haviam sido identificados pelos campistas. 

─  Garotada! ─ chamou o senhor campos fazendo todos virarem para si e os quatro pararem de cantar. 

─ Graças a Deus! ─ gritou Erick se ajoelhando no chão assim que os amigos ficaram quietos. 

─ Appa! ─ repreendeu a Gusman e o garoto gargalhou levantando e abraçando-a forte. 

─ Eu ouvi esses dois demônios cantarem do carro que a gente veio, até aqui cria, eu não aguentava mais ─ falou o garoto e a menina concordou entendendo o que ele havia dito. 

─ Continua vô! ─ pediu Alan vendo que todos ficaram novamente em silêncio. 

─ Bom, alimente-se bem porque depois do almoço nos iremos escolher os times e as representantes de cada equipe. ─ avisou por fim e os adolescentes desconhecidos para os alunos da mundial começaram a bater palma e gritar

"Isso ai senhor campos o senhor é top! " 

"Lindíssimo falou tudo! "

" Rainho das butaflays "

" Ícone faz assim monamours"

─ Mano cola aqui! ─ grita a Gusman chamando a atenção de todos ─ como eu conheço geral eu vou apresentar vocês campistas da mundial para as fadas, ícones, barbies da minha vida. ─ avisa a garota causando risada no Jorge e na Valéria. 

─ Por pura educação mesmo, já que a gente não tem nenhum interesse em conhecer ou se aproximar de vocês ─ avisou Sugar e Erick ao mesmo tempo e bateram as mãos por terem o mesmo pensamento. 

─ Lindíssimos falaram tudo. Ícone faz assim ─ fala Ondina e Felipe batendo palmas causando risadas nas Gusman. 

─ Okay okay ─ fala a menina de cabelos rosas se recuperando das risadas ─ Esse são... 


Notas Finais


No próximo capítulo eu coloco uma lista de personagens originais pq eu to com preguiça.Mas quem le a maioria das minhas fics já conhece a maioria deles, beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...