História Por que tem que ser assim? - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Cake, Finn, Fionna, Jake, Marceline, Marshall Lee, O Lich, Personagens Originais, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Rainha Gelada, Rei Gelado
Tags Adventure Time, Cake, Finn, Finn X Fionna, Fionna, Hora De Aventura, Jake, Marceline, Marshall Lee, Pricipe Chiclete, Princesa Jujuba
Visualizações 54
Palavras 1.557
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shounen, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 30 - Decepções do dia a dia


Fanfic / Fanfiction Por que tem que ser assim? - Capítulo 30 - Decepções do dia a dia

   Finn: Mais um dia, e... Não lembro o porquê da Fionna estar me abraçando durante esta noite.

Fionna: Nossa como você é esquecido! – Ainda de olhos fechados

Finn: Acordou coelhinha?

Fionna: Ainda não, meu corpo não quer acordar.

Finn: Você nem bebeu e está de ressaca?

Fionna: Não é por isso que não quero levantar.

Finn: Ah, entendi. Você não quer acordar porque está com medo de me encarar nos olhos, pois tenho certeza que foi uma das coisas mais vergonhosas que já fez na vida. – Se aproximou do ouvido da garota e sussurrou essas palavras

Fionna: C-Cala a boca!

Finn: Por que está envergonhada? Depois de ter feito tudo aquilo está com vergonha de quê?

Fionna: Isso é...

Finn: Não consegui te ouvir.

Fionna: Ah, já chega! Perdi o sono! – Se levantou. Qual é o problema dele!? Eu só queria saber como ele reagiria sobre aquela situação! – Corada

Finn: Bom dia mundo, espero que hoje o destino me reserve algo. Em falar em dia, que horas são?

Fionna: 14:50. – Gritou para que ele pudesse ouvir

Finn: O QUÊ!!!

Fionna: Trolei! São 10:30!

Finn: Engraçadona você!

Fionna: Obrigada!

Finn: Droga, comecei o dia sendo trolado. Mas isso vai mudar!

Fionna: Finn, você precisa ver isso!

Finn: O que foi? – Desceu as escadas

Fionna: Olha! O dia tá lindo, que e tal a gente ir até algumas masmorras ou algo assim!?

Finn: Não é má ideia, só que eu tenho que comer primeiro.

Fionna: Posso te chamar de gordo?

Finn: Você me acha gordo? – Ergueu a camisa e apontou pro seu abdome

Fionna: Deixa pra lá.

Cake: Fionna abre a porta!!!

Fionna: Já vou! – Foi abrir a porta. O que houve?

Cake: Más noticias, o rei gelado está sequestrando todos os cidadãos do reino, e disse que você era o preço a pagar!

Fionna: O quê?

Finn: Droga, sabia que uma hora isso iria acontecer!

Fionna: Mas por quê!?

Finn: Bem antes de vocês aparecessem ele já sonhava com a existência de vocês, por isso não me impressiona a ideia dele ter que fazer algo drástico para conseguir o mínimo da sua atenção.

Cake: Certo, só que não temos tempo pra conversar, vamos indo! – Mudou de tamanho e os dois subiram em cima da gata

Finn: Cake, quando descobriu isso?

Caje: Hoje, a princesa estava desesperada pois tinham acabado de levar Gumball diante de seus olhos. Ela simplesmente não sabia o que fazer, então eu decidi vir chamar vocês.

Fionna: Por que eles estão fazendo isso!?

Finn: Fionna, não importa o que aconteça, não se deixe levar pela emoção. Pense no melhor para todos, não tome atitudes egoístas.

Fionna: Não precisa me dizer isso. Não vou deixar tudo sair com ele planeja!

Quando chegaram no castelo do rei gelado viram uma cena chocante. Todos os reféns grudados no teto presos em cristais de gelo,

Finn: Vamos entrar, mas cuidado com algumas armadilhas.

Fionna: Certo!

Finn: Ei, seu cuzão! Apareça e seja homem, Rei Gelado!

Rei gelado: Que vocabulário mais pobre Finn. Esperava mais de você.

Finn: Foda-se seu vocabulário, eu vim aqui pra te encher de porrada!

Fionna: Finn cuidado!

Finn: Droga! – Pulou para trás

Rainha gelada: Parece que vou ter que te colocar no eixo, Finnzinho!

Finn: Que nojo! Não me venha com essa melação!

Fionna: Então vocês estavam juntos.

Rainha gelado: É claro! Como acha que vamos conseguir vocês dois?

Fionna: Nós dois?

Rainha gelada: Você sabe o que eu quis dizer sua moleca!

Fionna: Até parece que vamos deixar tudo sair do jeito que vocês querem!

Rainha gelada: E o que você vai fazer? Estou com um monte de reféns e se der um passo a mais eu explodo o cristal em que estão congelados, um por um. Consegue carregar o peso da vida de um inocente?

Fionna: O que quer que a gente faça pra liberar os reféns?

Rei gelado: Deixa que eu respondo essa pergunta. Eu quero, a sua vida! Quero que se torne minha escrava, Fionna!

Fionna: Pra que você quer isso?

Rei gelado: Para o futuro é claro, afinal você é uma garota pura, assim poderia criar uma família sem problemas. Ou então, poderia usar da sua força pra me tornar o rei de todos os reinos!

Finn: Você me da nojo, Simon. Nunca pensei que ligaria tanto pra opinião dos outros a ponto de tentar destruir tudo e todos.

Rei gelado: Calado! Você não sabe a humilhação pela qual eu passei! O quanto eu quis alguém ao meu lado e sempre fui deixado de escanteio!

Finn: Que discurso de covarde. Seu argumento não me convence.

Rei gelado: Verdade? – Olhou para o lado e quebrou um cristal onde estava um refém. E agora te convence, herói?

Finn: Desgraçado ele era inocente!

Rei gelado: Pouco me importa!

Rainha gelada: Tudo que queremos... Vai ser realizado!!!

Cake: Não acredito que eles se rebaixaram a esse nível!

Fionna: Isso não tem graça cara! Acha que uma vida vale essa seu reinado de merda!?

Rei gelado: Acho! – Esticou a mão em direção a outro cristal mas não o explodiu

Fionna: Droga, o que posso fazer!? – Pensou. Está bem! Eu aceito ser sua rei gelado!

Rei gelado: Sério!? Então venha!

Nesse mesmo instante ele avançou para tentar abraçar a garota, porém no meio do caminho Finn também avançou na direção dele, mais específico na corôa dele fazendo ele ficar sem poderes. A rainha gelada tentou fazer algum movimento, mas Fionna já estava a golpeando, um soco que a arremessou fazendo a mesma ficar desacordada.

Rei gelado: Maldita! Como ousa me enganar!

Fionna: Foi mal, não sou a garota dos seus sonhos! – Sorriu

Finn: Exato, ela é a garota dos meus! – Pegou ela pela cintura e a beijou

Rainha gelada: O QUÊ!!!

Rei gelado: Então realmente aconteceu. – Abaixou a cabeça por conta de tanta decepção

Cake: EI!!! O QUE ESTÃO FAZENDO NO MEIO DE TODO MUNDO!? E POR QUE NÃO PARARAM DE BEIJAR AINDA?

Fionna: Por que fez isso!? – Muito vermelha

Finn: Sei lá, só deu vontade. – Sorriu

Fionna: Você não pode fazer isso tão de repente assim! Quer me matar do coração?

Rei gelado: Já era, não tem mais volta!

Finn: Você está incrivelmente compreensivo hoje.

Rei gelado: É lógico, pois eu já sabia que vocês tinham essa relação.

Fionna: Então por que matou aquele inocente!?

Rei gelado: Inocente? Não, eu não matei ninguém. Aquele cristal estava fora da visão de vocês e não tinha ninguém dentro.

Rainha gelada: Acha que um covarde como esse mataria alguém? – Acordando

Rei gelado: Calada mulher! Ah, eu não achei que já tinham ultrapassado o 15 degrau. Que pena, minha preciosa Fionna foi até o final com esse moleque.

Fionna: C-C-Cala a boca! Eu não fui em final nenhum!

Rainha gelada: Por que está tentando esconder? Vocês dois moram no mesmo lugar, dormem no mesmo quarto todo o dia, não me impressionaria se levassem uma vida cheia de perversão.

Fionna: Não levamos nem um tipo de vida, só moramos juntos!

Rainha gelada: Pra que mentir? Eu lembro de você ter dito que quem perdesse a luta faria o que o outro quisesse sem questionar!

Fionna: Não é verd-

Rei gelado: Tenho certeza que no primeiro dia ele já te obrigou a fazer aquilo com ele.

Rainha gelada: Se bem que quem fez a proposta foi ela, então acho que ela já tinha planejado tudo isso. “Sob a escuridão da noite, os dois nus esperando pelo melhor momento de suas vidas. Fionna já pronta pra receber o garoto, enquanto Finn começa a dar vários beijos em seu pescoço e seios, até Fionna desferir uma frase: Por favor, Finn... Eu quero o seu p-

Fionna: PARA!!! O QUÃO PERVERTIDA VOCÊ CONSEGUE SER!?

Rainha gelada: O que foi? Eu só estava descrevendo o que realmente aconteceu.

Fionna: Não aconteceu nada disso tá legal? Por que todo mundo duvida da gente?

Finn: Eu também não consigo entender o porquê de tanta desconfiança.

Rainha gelada: É verdade? Então como explica essas marcas roxas em seu pescoço?

Finn: Isso é...

Rainha gelada: Viu? Todo mundo já percebeu.

Fionna: Droga, por que eu fui dar aqueles chupões nele!? – Pensou muito envergonhada

Finn: Você quer saber? Foda-se, vamos acabar logo com isso, libere esses reféns.

Rainha gelada: Deixa eu pensar, só libero eles se concordarem em contar a todos que estão namorando.

Fionna: O QU-

Finn: Tudo bem.

Fionna: Concordou fácil assim!?

Rainha gelada: Então, quebrem! – Todos o cristais quebrar e todos caíram

Cake: Vamos Fionna conta logo.

Fionna: Povo do reino doce, quero um minuto de sua atenção! Quero anunciar para todos vocês que eu e Finn estamos namorando!

Cidadão: Tá, mas e a novidade?

Fionna: Quê?

Cidadão: Todos nós já tínhamos essa ideia. Bom, vamos ignorar isso, muito obrigado por salvarem a gente. – Todos foram saindo do castelo

Fionna: Não acredito que me preocupei tanto tempo atoa.

Cake: Faz parte amiga.

Finn: Cake, você leva a gente de volta?

Cake: Claro!

Fionna: Droga, me sinto estupida.

Finn: Ainda bem que percebeu isso.

Fionna: Cala a boca!

Finn: Vamos logo! – Sorriu e estendeu a mão pra garota

Fionna: Não tente dar uma de descolado!

Finn: Não custa nada tentar!

Fionna: Vamos embora logo, seu idiota. – Começou a dar risada

Rainha gelada: Eles realmente foram feitos um pro outro não acha? – Se aproximou do rei gelado que estava deitado no chão

Rei gelado: [...]

Rainha gelada: Não durma!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...