História Por que tem que ser você? - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Hermione Granger, Severo Snape
Tags Granger, Harry Potter, Hermione Granger, Hogwarts, Romance, Severo Snape, Severo/hermione, Sevmione, Snamione, Snanger, Snape
Visualizações 244
Palavras 449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Magia, Romance e Novela
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 31 - Ele se lembrou da noiva


Fanfic / Fanfiction Por que tem que ser você? - Capítulo 31 - Ele se lembrou da noiva


O dia amanheceu extremamente lindo, naquela manhã, a natureza parecia querer contribuir para que o dia fosse especial.
Os alunos do sétimo ano estavam eufóricos. Grande parte deles estavam desde cedo depositando suas energias nos preparativos para o baile. Já outros, caminhavam pelo castelo, relembrando e despedindo-se do local que para eles em grande parte de suas vidas foi um lar.


Hermione e Severo ainda estavam na sala precisa.
A grifinória já havia acordado há alguns minutos e admirava o homem deitado ao seu lado.
Assim que abriu seus olhos, a primeira visão que Severo teve foi de sua amada o observando.

- Bom dia meu amor. – Ela lhe disse e em seguida escancarou um lindo sorriso para ele.

- Bom dia. – Ele acariciou suas bochechas e depositou um beijo em seus lábios.
Ficaram alguns minutos juntos na cama. Severo então resolveu levantar-se, pois o dia seria cheio.
Ele sentou-se na cama e Hermione foi ao seu lado.

- Quer conversar? – Ela percebia que algo o afligia.

- Eu não sei. Eu...

- Pode falar. – Ela acariciava seu rosto o encorajando. - Pode me falar qualquer coisa meu amor.

- Eu quero recuperar minha memória, mas ao mesmo tempo sinto que, ao recupera-la, perderei tudo.

- E o que seria tudo?

- Você.

- Se depender de mim, jamais me perderá meu amor.
Ambos se encararam, sorriram e os lábios se encontraram novamente, desta vez um beijo sem desespero, calmo, terno e cheio de amor.
Enquanto se vestiam, ambos brincavam como duas crianças, estavam felizes, estavam apaixonados.
Após vestir sua última peça de roupa, Severo notou que em seu bolso ainda estava seu colar. Ele então decidiu que deveria usa-lo.
Assim que o colocou, sentiu uma terrível, quase insuportável dor em sua cabeça.

- Severo! – Hermione correu até ele, vendo que havia caído ajoelhado com as mãos em sua cabeça.
As dores vinham cada vez mais forte, e junto delas, lembranças surgiam em sua mente.
De repente ele levantou-se, as dores haviam parado. Sua expressão era indecifrável, parecia que tentava entender algo.

- Severo, o que você tem? – Apesar de perceber que as dores cessaram, Hermione percebia que ele estava atormentado.

- Estou me lembrando... de tudo!
Os olhos de Granger se arregalaram, ela ficou atenta as próximas reações dele.
Ele tinha uma expressão aterrorizada, até que aos poucos suas feições habituais iam retornando.

- Emilly Clarke! – Ele pronunciou decidido. – Preciso encontra-la.
Severo saiu da sala sem ao menos olhar para trás.

- Ele recuperou a memória. – A grifinória dizia para si mesma enquanto a primeira de muitas lágrimas que viriam a seguir escorria por sua face. – Ele se lembrou da noiva e agora irá se casar com ela.


Notas Finais


Eu sei, mereço um avada, desculpem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...