1. Spirit Fanfics >
  2. Por sua causa (MALEC) >
  3. É impossível resistir

História Por sua causa (MALEC) - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura! (Fanart linda, surtei)

Capítulo 11 - É impossível resistir


Fanfic / Fanfiction Por sua causa (MALEC) - Capítulo 11 - É impossível resistir

 [...]

No dia seguinte, era meu primeiro dia oficial de trabalho, acordei não tão cedo e tomei meu café da manhã. Magnus já não estava em casa. Logo depois de tomar um banho e me arrumar com a roupa e calçados que Magnus deixou, recebi uma ligação e era do tal motorista da empresa que ia sempre me buscar, e então fui até ele. As minhas vestes da marca da empresa era muito bonitas e confortáveis, estava todo de preto exceto os tênis: uma camisa estilo social com golas e de mangas curtas, calça com tecido jeans, e meus tênis eram brancos também da marca dos Bane's, é, eu gostei. 

[...]

Chego na empresa e vejo Max, secretário de Izzy, ele se levanta e me olha aos prantos. 

- Ligthwood, por algum motivo a Sra. Isabelle quer lhe ver, disse ser urgente!

- Aconteceu alguma coisa? - Fiquei um tanto desesperado, Max não soube responder e então corri para a sala  de Izzy.

Abri rapidamente a porta e ela estava rindo ao telefone sentada em sua cadeira, arqueei a sobrancelha, não sabia se ficava feliz em vê-la bem ou se a matava! Ela desliga e se levanta vindo até mim.

- Que bom, que chegou! - me abraça.  - Nossa você está tão pálido.

- Isabelle! -alterei um pouco minha voz pela indignação. 

- Credo, parece o Magnus quando está bravo, essa convivência de vocês vai fazer você se parecer com ele, tô até vendo.

- Izzy, qual era a urgência? - Suspirei pesado. 

Ela pega dois vestidos pendurados em cabides separados e me mostra.

- Hoje vai ser uma reunião em tanto, então, qual você acha que combina mais comigo?

Cruzei os braços a encarando. A porta é aberta e Magnus entra, me encara e encara Izzy.

- Ok, Magnus, qual você acha melhor?

- Izzy, meu secretário pessoal, não é o seu designe de figurinos. - Disse Magnus.

- Mas não vejo problemas nele me ajudar.

- Pede para o seu secretário te ajudar.

- Eu gostei tanto do Alec. -me abraçou, ainda sim estava indignado.

- Alexander tem muita coisa pra fazer.

Com as palavras finais dele, ela me solta. Magnus coloca uma de suas mãos em meu ombro, apertou.

- Izzy, você fica linda de qualquer jeito. - olhei os vestidos.- Mas eu gostaria de ver como você fica de branco. 

Apontei para o vestido justo, com detalhes dourados na cintura. Logo sai da sala com Magnus, ela parecia feliz.

- Arranjou uma amiga bem importante. - Magnus andou ao meu lado.

- Izzy é bem legal. - E diferente das amizades que costumava a fazer.

- Uhum... Porque não foi para minha sala antes?

- Max disse que era urgente. 

- Mas você não deve fazer o que Max disser.

- Desculpa.

- Perdoarei quando fizer seu trabalho.- assenti e já estava indo pra minha mesa mas ele segura meu braço discretamente- Na minha sala.

Me virei pra ele e ri soprado. 

- Se eu fizer na sua sala, tenho certeza que não vou trabalhar. - disse maliciosamente e sorrindo cinicamente.

- Oh, mas você realmente vai trabalhar. - meu sorriso chegou a sumir, Alec, profissionalismo. 

- Primeiro você Sr. Bane. - o olhei e lhe dei passagem. 

Ele passa por mim me encarando de cima a baixo, entra na sala e logo em seguida eu entro, Magnus se senta e em sua mesa mal havia espaço para seus próprios pertences pois de pilhas de papéis eram três. 

- Puta merda. 

- Sua punição. 

Cheguei a arquear a sobrancelha, apesar do trabalho imenso que terei para organizar tudo aquilo e passar para o computador... Já conhecia os truques de Magnus, nada era tão ´´simples´´ assim.

- Organize-os. -ordenou retirando um suspiro meu, quando me aproximei e comecei a ver alguns documentos, iria me sentar mas percebi que as cadeiras que ficavam de frente para sua mesa não estavam mais ali, fiquei um tanto perdido até. 

Magnus me observava, o olhei de volta procurando respostas.

- Quer sentar?

- Acho que é meio óbvio pela minha expressão.

- Certo, se sente em meu colo. 

Ri baixo. 

- Está brincando? 

- É meio óbvio pela minha expressão que não. - Jogou meus próprios argumentos contra mim. 

- Tá. Ok. -Vou até ele, me sento em seu colo e não sei mas por algum motivo eu estava um pouco irritado, pelo o que parece eu não gosto muito de perder numa discussãozinha. Minha atenção estava cem por cento no que havia em minha frente. 

Alguns minutos se passaram e logo quando eu havia resolvido a metade de uma pilha de documentos, mas por segundos meu foco foi perdido por suas mãos pesada que passeava por minhas coxas, mordi os lábios e... Não, ele não iria me ganhar tão fácil, eu... eu sou muito difícil. A intensidade aumentava e porra, quando me toquei estava de olhos fechados, Alec, não! 

Me foquei novamente nas papeladas e consegui, uma pilha completa terminada. Já no inicio da segunda, suas destras adentraram minha camisa e apertava minha pele, suspirei. Na metade dela, ouço a voz de Magnus no pé de meu ouvido mas não era ele falando ou algo assim, ele estava gemendo e porra! Assim não dá! tirou minha concentração. Tentei retoma-lá mas era quase impossível. 

- Magnus eu não... N-não consigo me concentrar assim.- Ele aperta meu membro e logo acariciou.

- Shh... continue fazendo suas coisas. - Com suas mãos em meu quadril, ele fazia com que eu me movesse em seu colo, não bastou tudo aquilo, ele ainda ficou duro e dessa vez começou a beijar meu pescoço. 

- Não dá, não assim. Pelo anjo...

- Alexander, você só sai daqui depois que terminar. - sussurrou.- Tenho uma reunião a tarde e se eu me atrasar por sua causa teremos uma conversa bem séria. 

Por minha causa?! Eu sabia que não seria tão fácil, porra!

 


Notas Finais


tirei uns dias pra mim meus bens, mas voltei! Cara, pensando em fazer uma matona de caps hmmmm, será que merecem?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...