História Por tanto te amar - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Tags Romance
Visualizações 2
Palavras 802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Hoje a noite não tem luar


Fanfic / Fanfiction Por tanto te amar - Capítulo 5 - Hoje a noite não tem luar

A noite foi longa! Acordei de madrugada e fui comer algo.

Assim que cheguei na cozinha me deparei com o Harry beijando a Cara, a qual estava usando apenas uma camiseta dele.

Não posso negar o ciúme. 

A Cara ao me ver sobe rindo, ficamos apenas nós dois lá.

H: Nós te acordamos?

V: Graças a Deus não-  disse seca

H: está tudo bem?

V: Claro! Desculpa. - Disse arrependida ao perceber que não havia motivos para o tratar assim.

H: O quê houve, bebê? - disse enquanto me abraçava.

Eu o afastei e disse: Não houve nada, eu juro.

H: Então por que essa distância? 

Me estressei completamente, e disse: Porque não é correto eu viver como se não sentisse algo por você. Não é correto eu sentir algo por você, e até esse sentimento ser completamente aniquilado de mim, é assim que vou agir.

Vi a cara surpresa dele, a qual me deu uma resposta que me surpreendeu mais ainda: Faça o quê bem entender, pois pra mim é um grande tanto faz.

O encarei por uns 30 segundos, e disse: Ok, boa noite! E subi.

Deitei e abri o notebook. Veio mensagem do Liam: "E aí moça, como vai o seu primeiro dia de volta?"

V: vai bem, mas só quero alugar a minha casa e ficar só.

Liam: entendo! Você deve querer descansar e tanta gente ao redor, não é legal! 

V: eu não sei direito, estou e estressada e posso está falando por pressão psicológica imposta por  mim.

Liam: você não está bem, não é mesmo?

V: nem um pouco.

Liam: quer dar uma volta?

V: está tarde, não quero incomodar.

Liam: você não me incomda nem um pouquinho se quer.

V: ok, rapaz! Vamos dar uma volta. Este é o meu número (*********)

Liam: te vejo em minutos, até.

V: até.

Fechei o notebook, deitei na cama, olhei para o teto e sorri. Olhei o relógio e eram exatamente 3:48.

Tomei um banho e enquanto colocava a roupa chegou uma mensagem, já estou aqui.

Me arrumei rapidamente e desci.

Lá estava ele, dentro de um carro  branco,  saiu do mesmo para me cumprimentar.

Liam: Olá, seunome! Você está bem?

Você on/

Nossaaaaaaaa! Eu estava bem, e como estava! Era estranho explicar, mas a presença dele me trazia abrigo. 

Você off/

V: estou sim. -entramos no carro.

Não demos metros de distância da casa, o telefone do Liam toca.

Ligação on/ 

N: Liam, onde você está? 

L: estou dando uma volta, por quê? 

N: eu preciso muito de você, é urgente.

L: estou indo.

Ligação off/

L: Moça, tem problema se dermos  uma passadinha lá em casa? 

V: mas é claro que não.

Você on/

Eu estava começando a me indagar se aquilo tinha sido bom, pois estava na rua com um rapaz que havia acabado de conhecer e estava indo pra casa dele. 

Preciso parar de agir por impulsos.

Você off/

Chagamos lá, subimos. Não encontramos o Niall.

O Liam correu para o quarto dele e não o encontrou. Colocou a mão na testa e, por momentos, se desesperou.

Ouvi um barulho no banheiro e tchan, lá estava o Niall. A testa dele estava sangrando e ele não parava de vomitar.

Pedi ao Liam algo para que eu pudesse fazer um curativo, e fiz tal.

O Liam deu um banho nele e trouxe para sala, o encheu de perguntas, o qual não respondeu a nenhuma.

O Liam se estressou, kkkk 

Eu fui até o Liam, o abracei e disse: meu bem, calma! Esse tipo de coisa agora não vai ajudar; fui em direção ao Niall levando um lanche, perguntei o quê havia acontecido.

N: eu fui dar um susto no Liam e no chão tinha uma lata de desodorante, tropecei ali e bati a cabeça na ponta da cama e comecei a vomitar.

V: Vamos ao médico? 

N: já estou melhor, vou assistir um pouco de TV e comer algo, já, já melhoro... obrigado.

V: de nada.

O deixei descansando e fui falar com o Liam, expliquei o quê havia acontecido e ele suspirou aliviado, me deu um beijo na testa e paramos ali, eu toquei o seu rosto e ouvi a sua respiração ficar mais alta, porém lenta. Nos aproximamos e... o Niall o chamou.

Liam: fala, Niall.

N: Era só para eu ter certeza de que ainda estava aqui.

L: estou.

Ele voltou para mim, segurou no meu rosto e disse: onde estávamos? - eu sorri e respondi: está tarde, é melhor eu ir para casa.

L: você tem certeza? Nós nem saímos.

V: tenho sim, meu bebê! Podemos fazer algo amanhã,  se quiser.

O vi fechando os olhinhos ao sorrir e sorri junto, 

L: Ok, bebê!  Vamos descansar e amanhã eu passo lá. 

Me despedi do Niall, 

V: fica bem, e qualquer coisa me liga, ok? 

N: ok! E saiba que estou de olho, senhorita! Disse olhando para o Liam e depois para mim e sorrindo. Eu sorri.

Saí de lá e fui pra casa, desci do carro,  o Liam me levou na porta, me abraçou, beijou a minha testa e eu dei um selinho nele, sorri e subi.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...