História Por toda minha vida!!! - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Tags Diabolic Lovers, Drama, Romance
Visualizações 5
Palavras 1.644
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Lemon, Misticismo, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Explicando!!!
1- para começar eu andei relendo alguns capítulos e algumas coisas podem não ter ficado claras, para começar Sakura não nasceu em Osaka, e sim no país do Fogo. Seu pai a levou para lá especialmente para matá-la sem que ninguém soubesse.
2- nessa fanfic o Japão é governado por reis e não um imperador como no Japão e o motivo pela qual ninguém conhece o paradeiro do país do Fogo ou os outros é porque eles usam um jutsu de barreira protetora e para entrar e sair do país precisam de uma permissão especial. Bem é isso se ainda ficou alguma dúvida comentem e eu irei responder todas
Bjs😘

Capítulo 7 - Você está no meu subconsciente?!


Fanfic / Fanfiction Por toda minha vida!!! - Capítulo 7 - Você está no meu subconsciente?!

Sakura on:

Eu achei que já tinha acordado, mas o lugar onde me encontrava era muito escuro, então pensei estar em um sonho. Tento encontrar uma saída desse lugar mas por mais que eu andasse não chegava à lugar nenhum.

                      (...)

Narradora on:

Sakura havia parado de andar quando ouviu o que parecia ser gotas d'agua caindo de um teto

....ping, ping,ping...

(Autora:—desculpa pessoal não sei fazer gotas de água caindo.

Sakura:— Ei, baka ?! Se você sabe, porque se meteu a fazer sua besta?

Autora:—E quem te perguntou alguma coisa? Aliás você não deveria estar conhecendo os Sakamakis, hein? 

Sakura:—Deveria se alguém —apontou o dedo para a autora — não tivesse começado um flashback do nada. Com certeza nesse momento eu estaria tomando banho com o meu Shu.

Autora:— Aff! Eu só achei que um flashback ajudaria enquanto não chegamos na mansão, além do mais eu achei que você ia para lá para conseguir aliados e não distribuir a piriquita. 

Sakura:—E quem disse que não se pode fazer as duas coisas?

Falou a menina inflando as bochechas de raiva pelo comentário obsceno da Autora

Autora:— É mas lembre-se que a dona dessa porra sou EU!!! Então você só vai fazer as duas coisas se quiser EU quiser! E no momento eu quero que você fique quieta!!! —Sakura arregalou os olhos ao ver que a Autora havia feito em pedaços uma rocha enorme que surgira do nada “Que forte!!! Se eu continuar a desafia-la vou morrer antes do final da história..." pensou Sakura dando dois passos para trás.

Sakura:—Ca-calma, calma. Nossa depois dessa vou até ficar quieta, se não numa dessas acabo fazendo par com Chuck. B-bem acho melhor a gente voltar para fanfic. Não quero sofrer nenhum acidente.

Autora:—Até que fim entendeu, agora vamos voltar.)

???:—Magnífico,não?—perguntou uma voz estranha e ao mesmo tempo familiar —esse poder que você precensiou é apenas um vislumbre do que pode ter se me aceitar. Você sozinha poderá destruir a aldeia que tanto mal lhe fez, não seria emocionante?

Indagou o monstro.

Sakura:—Eu não quero nada de você! Você é um demonio cruel e mentiroso! Minha mãe morreu por sua causa, graças a você estou nessa situação,—Falou Sakura entre lágrimas enquanto seus pés se dobravam fazendo-a se prostrar aos pés do monstro — não posso mais voltar para casa e nem lutar ao lado de meus companheiros... Como igualmente ninjas.

A menor espalmou suas mãos no chão sentindo seu estômago se revirar com a oferta do daquele demonio

???:—Você diz companheiros?! —disse a besta depois de um longo silêncio. —E onde estavam seus companheiros que não vieram te salvar? Não é dever dos ninjas dar a vida por seus companheiros se necessário? Acha que eles daria a vida por você?  Como ainda pode considerar seu lar um lugar onde te matariam caso posse os pés? Para eles você não passa de um monstro. Odei-os pois eles á odeiam! Destrua-os pois eles tentaram te destruir! Não se sinta mal por aqueles que te julgaram sem ao menos tentar te aceitar.

Sakura —Para!!!— Gritou ao ergue-se do chão —Eu sei o que você está tentando fazer, mas não vai conseguir com que eu mude de opinião, eu não vou aceitar esse poder.

???— Você é muito teimosa, não é? Se preferi ser ferida a ferir não faltará gente que à faça sofrer e certamente acabará por ser morta.

Sakura encarou a besta que mudava a cor dos olhos de vermelho para amarelo e ponderou suas palavras, talvez ele tivesse certo — estava decidida!— não iria mais abaixar a cabeça para ninguém, mas também não iria aceitar os poderes da besta.

Sakura — Você está certo em uma coisa, desse jeito vou acabar morrendo e é por isso que vou juntar aliados e derrotar meu pai!

A menina observava a besta que deitava sobre as quatro patas e exibia suas nove caldas,o semblante do demonio transparecia... Oque?! Preocupação?! Estaria ele preocupado com o futuro daquela criança?— Ela se aproximou do demonio e se sentou ao seu lado apenas absorvendo o silencio daquele lugar 

Sakura— Ei!— tentou chamar a atenção da besta — você sabe que lugar é esse?

???— Não reconhece este lugar?—Questionou a besta encarando a criança ao seu lado —Esta é sua mente minha cara. Você e eu estamos presos no seu subconsciente.

Sakura —Você está aqui à muito tempo?—Perguntou com sinceridade.

???—Desde que você nasceu, mas antes estava aprisionado em sua mãe. Quando ela teve você o selo enfraqueceu e alguém me libertou, ou melhor me controlou para que eu destruísse a vila e então o quarto Hokage me selou novamente, só que dessa vez em você. Final da história.

Sakura —E-eu não entendo, você sempre esteve preso? Você fez algo para que o punissem assim?

???—GRRR!!! Eles capturaram todas as bijus, vocês humanos sentem medo e revolta daquilo que não entendem e logo passa a nos odiar e nos vêem como ameaça...

Sakura —O que! Então existe mais de você?

???—Tá surda?! Foi o que eu acabei de dizer — gritou.

Sakura — Mais que grosso.— sussurrou

???—Quem é grosso aqui?!

Falou a besta mostrando o dedo do meio para a garota.

Sakura —Aff! Você é bem temperamen-tal sabia? Me lembra bastante o Obito.

Sorriu para o demonio

???— Tenho certeza que isso foi um insulto — comentou a besta enquanto coçava a orelha com suas garras.

Sakura —Eu posso te fazer uma pergunta?

(Autora: Tenho certeza que ela acabou de fazer )

— Fala logo!— falou impaciente.

Sakura —O que é você? Quero dizer, você parece um urso misturado com um cachorro... Então o que é você?

???—Isso sim foi um insulto não foi? Minha Jinchoouriki tinha que ser uma tapada, não é? Vou te explicar bem devagarinho EU-SOU - UMA KI -TSU - NE, a raposa de nove caldas. Olha só eu tenho nove caldas viu?— apontou para as próprias caldas.

Sakura —Mas então me diz ai qual seu nome?

???— Me liberta daqui e eu te conto meu nome que tal?

Sakura — E se eu te libertar o que fará?

???—Destruirei todos que me feriram, todos os ninjas para falar a verdade inclusive você pequeno inseto.

Falou com um sorriso maquiavélico enquanto lançava a menina pelos ares com apenas um peteleco de suas garras.

???— Que vergonhoso! Uns minutinhos de conversa e já começa a pensar em me libertar.

Sakura —Seu- seu DEMONIO!!! Tentou me manipular para tira-lo daqui! Mas você não vai a lugar nenhum!!!

Se levantou do chão cospindo sangue

???Tsc! Suma daqui, você vai ter problemas suficientes quando voltar, e tente sobreviver, certo? Afinal quero estar vivo para ver se vai ou não se vingar, mas do seu jeito de pensar acabará sendo morta sem dúvida.

Sakura —Do que está falando? Que tipo de problema?— Perguntou irritada

???— Você deixou que o cliente da prostituta fugir e agora irá dizer aos inquisidores que você é uma jovem de Elite

Sakura — Eu não sou uma jovem de elite. Eu sou uma ninja. Ninja, ninja, ninja. Entendeu?!— Gritou com a fera.

???— Não há muita diferenca entre um e outro,os ninjas só não são caçados porque  ninguém não sabe de suas existências. Cada Kage tem seu próprio país e só negociam com outros países de confiança,l que não temem a existência de ninjas, sempre mantendo o sigilo de de suas negociações. Além do mais nenhum Kage deixaria impune alguém que ameaçasse contar o segredo dos ninjas.Algumas vezes já chegaram a espalhar sobre a existência de ninjas, as informações  surgiram de ladrões e ninjas renegados, mas,  nunca se conseguiram provar. A existência dos ninjas é algo surreal até mesmo para os próprios jovens de elite.

Sakura:— Não importa que me confundam com uma jovem de elite, eu mesma sozinha serei capaz de me livrar dos inquisidores, para eles jutsu é uma coisa totalmente desconhecida não saberão nem o que o atingiram.

                          (...)

 Sakura já havia recobrado a consciência somente para encarar o nível de horror que seu ódio a levara, em sua mente estava pronta para encarar os inquisidores, mas quando vira o tanto de vida que fora tirada por sua causa,perdeu qualquer força que tinha de lutar e se defender, deixando que a levassem até a torre da inquisição. Embora não tivesse certa de querer morrer, mas ansiando um fim para aquele vazio que era o pior tipo de dor.

Sakura on:

Três semanas depois ...  

Fazia dias que estava presa nesta cela fria e escura mas não saberia dizer quanto tempo exatamente, nesse meio tempo sinto que emagreci muito por causa da minha má alimentação. Os guardas não são muito fãs de “malfettos" por isso recebo comida em quantidade menor do que o necessário para um recém nascido e agora estou vazia, sem nenhum chákra  para fazer um simples jutsu de fuga. Não posso reclamar, se estou nessa situação só posso culpar à mim mesma.Pois se não fosse minha mente culpada por aquelas mortes eu teria acabado com aqueles inquisidores ali mesmo naquele prostíbulo.

Ouço passos descendo os dregraus e sei que algum guarda apareceu para me alimentar.—

Guarda—É  impressionante que ainda esteja viva depois de tanto tempo — disse o guarda interrompendo meus pensamentos.— os malfettos que foram capturados na mesma época em que você já estão todos mortos. Então me explica porque você ainda está viva?— Seus olhos brilhavam em interesse e procurava em minha expressão algo que se aproximasse da resposta.

Sakura —Por pura força de vontade?

Arrisquei.

Guarda — Huum!— falou simplesmente para logo em seguida ir embora levando consigo a bandeja de comida que trazia. “ AHH SEU FILHO DA PUTA!!!" pensei com raiva, — mas isso já não importava pois amanhã eu seria executada... O mais ironico é que depois de tanto sofrimento que tive que passar para evitar de ser queimada pelo meu pai, serei morta na fogueira por ser confundida com uma jovem de elite.

Sakura — Então esse é meu fim. Aquela comida era minha única esperança de acumular um pouco de chákra.

Posso começar de novo com minha fé abalada?

Por que eu não posso voltar atrás e desfazer isso.

Eu só tenho que ficar e encarar meus erros, mas e se eu ficar mais forte e mais sabia...

Eu superarei isso...


(Get it Right — Glee)


Continua...


Notas Finais


Autora—Gente tem recado importante nas notas iniciais se não leram subam de novo e leiam. Porque é muito muito importante
Sakura — E o que te faz pensar que eles estão lendo as notas finais, hein?
Autora — sei lá, só sou super confiante mesmo
Sakura — Vai quebrar a cara
Autora — Me deixa ficar iludida, garota!
Sakura —tá bom,tá bom


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...