História Por trás da guerra - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Karin, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Naruhina, Naruto, Romance, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 125
Palavras 2.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Esporte, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meninas ❤️❤️ mais um capítulo pra vocês

Boa leitura ❤️❤️

Capítulo 19 - Brigas


 

SASUKE - RESIDÊNCIA

 

 

Sasuke respirou fundo, ouvindo o som do interfone soar sem parar no andar de baixo. Já sabia muito bem quem era, e o que foi fazer ali.

 

- Já vai caramba - Itachi olhou para o pequeno monitor antes de destravar o portão. 

 

Abriu a porta, dando de cara com a rosada. Sua expressão não era nada boa, parecia que alguém estava ferrado. Ainda bem que não era ele.

 

- Oi, Sakura - Sorriu dando espaço para ela entrar.

 

- Oi, Itachi - Sustentou um sorriso por apenas alguns segundos - Onde está o Sasuke?

 

- Eu acho que está dormindo - Na verdade não sabia se estava dormindo, só sabia que ele se enfiou naquele quarto desde a hora em que chegou. - Aconteceu alguma coisa?

 

- Ainda não - Respondeu olhando para as escadas.

 

- Aah - Balançou a cabeça em concordância - Olha só… - Tirou seu celular do bolso - Parece que a minha noiva tá precisando de mim! - Guardou o aparelho novamente - Fique á vontade. - Apontou em direção às escadas.

 

- Obrigada - Se virou subindo as escadas.

 

- Sakura… - A voz de Itachi chamou sua atenção - É… O que aconteceu com seu braço?

 

Sakura olhou para seu braço e depois para o moreno mais velho.

 

- Caí a caminho daqui - Disse normal, vendo Itachi concordar.

 

O Uchiha mais velho ficou a observando subir as escadas. Se lembrava das palavras de seu irmão. Pode ser que não havia caído.

 

Suspirou pegando seu celular novamente, e discando um número.

 

- Amor! - Falou saindo pela porta - Estou indo praí - Sorriu ouvindo a voz do outro lado da linha- Porquê vai rolar uma DR aqui em casa. E eu não tô afim de ouvir.

 

(…)

 

 

Sasuke continuava no mesmo lugar, enquanto olhava a mensagem de Naruto em seu celular. Fazia quase 1h e meia, que ele havia dito que Sakura estava a caminho de sua casa. Não gastava todo aquele tempo até lá, morava longe, mas não tanto.

 

Bloquiou seu aparelho, olhando pelo canto dos olhos a porta de seu quarto se abrir. Sakura passou por ela o encarando seriamente, antes de fecha-lá com força.

 

- O que está fazendo aqui? - voltou seu olhar para o teto - Disse que não quero falar com você.

 

- Acha que dou a mínima? - girou a chave.

 

- Pra que trancar a porta? Só estamos eu e você em casa - Tinha conseguido escutar a conversa com seu irmão.

 

- Está bravo por causa da Karin? - Se escorou na porta.

 

Sasuke se sentou na cama, escorando as costas na cabeceira.

 

- Tem razão Sakura… Não acho que dê a mínima - Suspirou olhando o colchão - O problema não é a Karin, e sim você.

 

- Eu? - Soltou um riso anasalado.

 

- Você só está me usando pra fazer ela passar raiva - O olhar que lançou a ela, foi tão sério quando o olhar que recebeu.

 

- Usando você? - Deu um passo a frente descruzando os braços - Acha que estou ficando com você, pra fazer ela passar raiva?

 

- Acho.

 

- Estou sempre com você…

 

- Está sempre comigo, as escondidas - A interrompeu se levantando da cama - Fala pra mim, quando foi que você demonstrou alguma coisa por mim na frente das pessoas. Se não pra fazer esse joguinho de provocações? 

 

A rosada desviou o olhar para o outro lado, evitando encara-ló.

 

- Olha pra mim, e me diga, Sakura. - Sua respiração já havia se tornado acelerada. - Acha legal brincar com meus sentimentos?

 

- Não estou brincando - Voltou seus olhos para as Ônix de Sasuke - Conheço muito bem seus sentimentos e nunca brinca…

 

- Há conhece muito bem meus sentimentos? Mas fica fazendo isso comigo, como se eu fosse algum brinquedo? 

 

- Você está sendo infantil.

 

- Infantil? Você diz que conhece meus sentimentos, mas não conheço os seus - Se aproximou mais dela - Eu não sei NADA, sobre a droga do seus sentimentos.

 

- Acha que meus sentimentos são uma droga?

 

- Que sentimentos? - Seus olhos dançavam revesando de um olho ao outro. - QUE SENTIMENTOS, SAKURA? - Falou um pouco mais alto - Você nunca me disse…- Passou as mãos nos cabelos tentando se acalmar  - Fico com você porquê sou apaixonado! Agora eu... - Apontou para si mesmo - Não faço a menor ideia do porque você… - Apontou para ela - Fica comigo… Sei lá se está só se divertindo. Lhe perguntei uma vez e não obtive resposta! Não tem a obrigação de sentir o mesmo que eu, mas tem a obrigação de me falar que não sente! PRA MIM SAI FORA!

 

- NÃO PODE DIZER QUE NÃO SINTO, SE EU NUNCA LHE DISSE! - A rosada levantou a voz.

 

- Eu posso…

 

- EU TAMBÉM GOSTO DE VOCÊ… - O interrompeu. - Seu idiota - Disse em tom normal - Você é cego? A gente vive juntos… Conversamos o tempo todo. - Desviou o olhar por um momento - Todas as vezes que vou pra casa, fico pensando que o dia poderia passar bem rápido, só pra mim te ver de novo! - Sasuke suavizou a expressão a encarando - Ver o único palhaço que me faz esquecer todos os problemas que tenho! - Umideceu os lábios - Eu nunca disse o que eu sinto! E nunca iria dizer! - O moreno franziu o cenho - Minha intenção era me afastar de você! Mas droga… Eu tentei, mas não dá.

 

- Porque queria se afastar?

 

- Não quero que se machuque - Balançou a cabeça em negação - Pensei que se ficasse com você sem ninguém saber, seria mais fácil pra mim, mas nunca pensei que isso poderia te machucar. - Começou a caminhar pelo quarto sendo acompanhada pelo olhar do moreno - Fiz aquilo na frente de todo mundo, mas não foi pela Karin, foi por ciúmes - Sasuke pareceu surpreso - Ver você conversando com ela… 

 

- Sabe que não é da Karin que eu gosto.

 

- Mesmo assim… 

 

- E como me machucaria? 

 

- Ficando comigo - Parou o olhando - Eu tenho medo que se machuque por minha culpa… Por essa razão, queria me afastar, mas o medo de não ter você por perto é maior. Me sinto egoísta!

 

- Você nunca me machucaria.

 

Sakura balançou a cabeça. Não era em sentimentos que o machucaria… Na verdade, não era ela que lhe machucaria, caso ele soubesse demais. Isso que lhe dava medo. E por isso se sentia egoísta.

 

- É impossível não te machucar, se você ficar se metendo na minha vida!

 

- Do que está falando? - A olhou confuso.

 

- Sei que você anda tentando bisbilhotar.

 

- Está falando da ligação? Da sua amiga? - Voltou a ficar sério - Aliás, amiga que tem voz de homem? Muito mal educada por sinal! 

 

- O que isso é da sua conta? As ligações que recebo não lhe diz respeito.

 

- Então pra que mentir? Não era mais fácil dizer quem era? - sorriu em sarcasmo.

 

- Porque você acha que tenho que lhe dizer alguma coisa? - Devolveu o sorriso.

 

- Porque? Você foi buscar uma encomenda, que só Deus sabe o que é! Uma encomenda, COM ou PRA uma pessoa, que apenas pela voz me apareceu problema! - Olhou para o braço dela - Você aparece machucada, recebe ligações de pessoas estranhas, tem comportamentos agressivos…

 

- CALA A BOCA, SASUKE!  - Com toda a sua força ela lhe deu um tapa no rosto.

 

- VIU, é desse tipo de comportamento que estou falando - Disse com a mão encima do local atingindo pelo tapa.

 

- Já lhe disse que fui buscar um vestido! 

 

Sasuke notou o quão nervosa ela estava ficando. Parecia mais aborrecida que a última vez que lhe pediu para ver o ombro machucado.

 

- Está sempre escondendo coisas? Isso já se tornou comum pra você, não é? 

 

- Quer falar de esconder coisas? - Se aproximou respirando ofegante - Então me fala, o que você estava conversando com a Karin. Que demorou tanto para sair da escola?

 

- Fui ao banheiro, e depois ela me entregou o celular que esqueci na sala.

 

- Mentiroso! - Sorriu, logo em seguida mordendo o lábio inferior. - Você não é nem um pouco diferente de mim! 

 

- Não fiz nada com ela…

 

- Claro que não fez… E TAMBÉM NÃO FOI AO BANHEIRO! - Tornou a elevar a voz, mas agora de uma maneira mais zangada - FIQUEI COM CIÚMES ATOA, PORQUE DESCOBRI QUE PEDIU PRA ELA IR ATÉ A MINHA CASA, PERGUNTAR AO MEU PADRASTO, O PORQUÊ DE NÃO TER IDO A DELEGACIA, QUANDO ME ASSALTARAM! - Sasuke engoliu em seco desviando o olhar. - É POR ISSO QUE DEMOROU TANTO, ESTAVA CONVERSANDO COM ELA… ACHOU QUE EU NÃO IA FICAR SABENDO? AFINAL TAMBÉM MORO LÁ! TEVE ALGUMA DIFERENÇA? - o empurrou - ELE RESPONDEU O MESMO QUE EU "ELA NÃO QUIS" - O Uchiha nunca havia visto ela tão nervosa - VOCÊ ENTENDEU, SASUKE? EU NÃO QUIS!  

 

Viu as lágrimas se formarem nos olhos dela, enquanto segurava o pano de sua camiseta, o apertando como se esperasse que isso resolvesse algo.

 

- NÃO SOU OBRIGADA A FAZER O QUE VOCÊS QUEREM! - Começou a lhe empurrar sem parar, até o moreno cair sobre a cama. - PARA DE SE METER- As lágrimas já escorriam por seu rosto - PARA DE METER OS OUTROS - 

 

Subiu sobre ele segurando a gola de sua camiseta. Sasuke não tentou evitar nem um movimento vindo dela, ele apenas olhava como com pesar a maneira que ela estava reagindo. Lhe doía o peito a ver dessa maneira… Parecia mais que estava desesperada, invés de zangada.

 

- CUIDE DA SUA VIDAA! - Lhe deu outro tapa no rosto enquanto dizia.

 

- ESTOU CUIDANDO! - Também elevou a voz segurando os braços dela.

 

- NÃO!...VOCÊ ESTÁ CUIDANDO DE MIM! ESTA CUIDANDO DO QUE ACONTE…

 

- EXATAMENTE! - Manteve seu olhar firme - ESTOU CUIDANDO DE VOCÊ!… TEMOS PASSADO MUITO TEMPO JUNTOS. MESES! - Ele não estava zangado por usar esse tom, só queria que ela lhe ouvisse - ACHA MESMO QUE MEUS SENTIMENTOS CONTINUAM OS MESMOS? TUDO QUE EU SENTIA, AUMENTOU! - Sakura o encarou com os lábios entreabertos - VOCÊ CONTRIBUIU COM ISSO. SENDO ASSIM, QUERENDO OU NÃO, VOCÊ ESTÁ SE TORNANDO A MINHA VIDA!

 

A rosada fechou os olhos, ao ouvir as palavras que lhe foram ditas.

 

- Já nem sei se devo chamar isso de paixão, Sakura - soltou os braços dela.- Abra os olhos - Falou segurando devagar a mão dela. - Olhe pra mim…

 

A rosada levou a outra mão ao rosto, secando suas lágrimas, antes de encarar os olhos negros.

 

- Você acha que isso é paixão? - Segurou a outra a mão enquanto lhe perguntava. - Porque eu acho que já deixei esse sentimento de lado a muito tempo.

 

- E qual Sentimento está sentindo, então? - 

 

Ele lhe puxou devagar a trazendo para perto de si. Levando uma mão até o rosto pálido, secando as lágrimas que insistiam em sair.

 

- Amor? Não tem outra explicação para isso - Sussurrou - Eu me importo demais com você, pra ser apenas paixão.

 

- Está dizendo que me ama? - Sussurrou de volta, sentindo um carinho em seu rosto.

 

- Sim… Eu te amo. - Soltou um quase imperceptível sorriso - Dessa vez, não estou confuso com esse sentimento.

 

- Me desculpe, Sasuke - O abraçou afundando seu rosto no pescoço dele - Sinto muito… Não queria te bat…

 

- Shiiiii… - Passou seus braços entorno do pequeno corpo sobre o seu. - Está tudo bem, não é sua culpa.

 

 Ele sabia, tinha quase certeza, que algo a fazia ter essas reações. Parecia ser uma reação de defesa, a única que demonstrava para qualquer coisa que achasse que lhe faria mal.

 

- Sakura, me desculpe? - Fez um carinho nos cabelos rosados - Prometo que não farei nada que lhe incomode.

 

 Suspirou olhando para teto. Era uma promessa vazia, jamais poderia cumprir-lá.

 

Sentiu o movimento positivo de sua cabeça. Respirou fundo, sentindo todo o perfume que exalava dos longos cabelos rosados.

 

- Fica comigo? - A perguntou de olhos fechados, enquanto sentia o doce cheiro. - Me dê uma chance?

 

- Sasuke… - A rosada fungou enquanto se levantava para olha-ló 

 

 

CONTINUA….


Notas Finais


Mas olha só o que descobrimos 🤔 tinha pessoas querendo matar o Sasuke kkkkkk tadinho!

E que tipo de autora acaba o capítulo assim? Que coisa feia 😅 mas se me matarem não tem continuação kkkkkk então larguem as armas ❤️❤️❤️ beijos de luzes 😂

Espero que tenham gostado ❤️ Desculpem os erros 🤷

E gente do céu, vocês estão acompanhando SASUKE RETSUDEN? Que coisa maravilhosa ver o nosso casal trabalhando juntos❤️ Melhor coisa é ver o Sasuke com ciúmes kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...