1. Spirit Fanfics >
  2. Por Trás da Janela >
  3. Esse é o nosso fim...

História Por Trás da Janela - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Esse vai ser muito cute! Mas talvez possa dar gatilho ok???

Boa leitura!

(Música recomendada: War of hearts)😉

Capítulo 13 - Esse é o nosso fim...


S/n on

- VOCÊS NÃO VÃO À LUGAR ALGUM COM MINHA FILHA!!! - Virei-me e vi uma mulher com as cabelos loiros escuros, olhos das cores dos meus, e com mais ou menos 1,70 de altura -

- Filha!?!? - Disse quase que em um sussurro -

Olhei para meus pais, que estavam incrédulos, e já haviam saído do carro.

- M-Marjorie!?!? - Minha mãe disse, e eu levei meu olhar à mulher que agora à olhava com ódio -

- Como puderam? - Ela perguntou, e seus olhos se encontravam cheios de lágrimas - ME DIGAM COMO VOCÊS PUDERAM FAZER ISSO???? - Ela gritou indo pra cima de minha mãe, que não tinha palavras e estava encolhida -

- O que tá acontecendo aqui!? - Rob chega acompanhado de Aidan é pergunta à Lauren que faz uma expressão confusa -

- V-Vamos conversar civilizadamente Marjorie - Meu pai disse e a mulher lhe deu um soco no rosto, que fez com que saísse sangue de seu nariz -

- CIVILIZADAMENTE MATHEUS??? VOCÊS ROUBARAM ELA DE MIM!! ME DISSERAM QUE ELA HAVIA MORRIDO NO PARTO!! COMO PUDERAM!?!?! - A mulher estava incrédula -

- M-mãe? O que tá acontecendo?? - Me pronunciei pela primeira vez, e as duas me olharam, mas Marjorie me olhava com um brilho diferente no olhar, era como se ela estivesse necessita de me ver -

- S-s/n??? É você? - Ela perguntou caminhando até mim, e colocando suas mãos em meu rosto '

- sim, q-quem é você? - A expressão em seu rosto era de tristeza agora -

- Expliquem isso à ela! Expliquem agora!! - Ela disse e meus pais engoliram em seco -

- Se eles não explicarem, eu explicarei!! - Uma voz masculina foi ouvida, e assim que me virei, vi Isaac, me olhando com um sorriso -

- ISAAC??? - Corri até meu amigo pelo qual eu havia sentido tanta falta -

- Depois eu te explico tudo minha pequena, ok? - Concordei e ele se recompôs - Aqui, na presença de todos, eu venho afirmar que Matheus e Miranda Almeida, sequestraram S/n Almeida de Marjorie Collins! E eu tenho como provar! - Ele disse e logo pegou uma pasta, onde continham imagens e documentos - Marjorie? - Ele chamou a mulher, que sorriu fraco e pegou os papéis -

- S/n, Seu sobrenome não é, e nunca foi Almeida! Você se chama S/n Collins! E você é minha filha de sangue. - Assim que a mulher pronunciou aquela frase, senti meu coração errar as batidas, não sabia se era felicidade ou medo, mas minha pressão caiu, e quando me dei por mim novamente, Aidan estava me segurando nos braços -

- Como? - Foi a única coisa que saiu de meus lábios naquele momento -

- À 17 anos, 5 meses e 6 dias, você nasceu, mas assim que meu parto foi feito, Miranda afirmou à mim que você havia falecido, que havia ocorrido um problema na cirurgia, e você não tinha aguentado - Lágrimas começaram a sair de seus olhos - Naquele momento, eu senti meu mundo cair, tudo, tudo o que eu mais sonhei foi um dia ter você, e quando finalmente havia conseguido, me disseram isso! Mas graças ao Isaac, descobrimos à verdade, seus pais pagaram uma grande quantia para todos naquele hospital, para que eles os encobrissem, eles roubaram você, levaram você embora! E o motivo foi que Matheus era loucamente apaixonado por mim, e Miranda não podia ter filhos, então para que ele continuasse com ela, ela te roubou, e eles e criaram escondida, para que ninguém à reconhecesse! - Olhei para Matheus que estava olhando para um canto envergonhado, enquanto Miranda estava aos prantos -

- Então, você é minha mãe? - Perguntei -

Ela concordou com a cabeça, e mil coisas se passavam em minha mente.

Num ato impulsivo, corri até a mulher que estava chorando, e à abracei fortemente.

Um abraço que continha amor, afeto e carinho, um abraço que eu jamais havia recebido de meus "pais" antes.

"Como se pode sentir saudade de alguém que nunca conheceu?"

Era o que se passava em minha mente, por que de fato, naquele mix de sentimentos, o que mais se fazia presente, era a saudade.

Assim que nos separamos, à olhei nos olhos, e ela sorriu, um sorriso verdadeiro, um sorriso amoroso.

- Eu sempre amei você, sempre pensei em você, e à cada minuto, eu queria ter você comigo, minha filha! - Assim que ela pronunciou essas lindas palavras, comecei a chorar novamente -

- Agora, Matheus e Miranda, vocês estão presos! Por sequestro, chantagem psicológica e emocional, agressão física ao menor, e tortura! Sigam-me - Isaac tirou duas algemas de seu bolso traseiro, e eu o olhei confusa -

- Isaac? - Pergutnei o olhando confusa, e ele me olhou sorrindo -

- Você não achou que eu era mesmo só um mordomo não é mesmo pequena? - Ele disse e eu corri até o loiro, que me abraçou forte, e amorosamente - Eu sempre cuidei de você, por que eu sempre desconfiei, sempre te observei, sempre estive por perto, e sempre investiguei - Ele disse no meu ouvido, enquanto me abraçava - Eu sempre, sempre soube, só precisava das próximas, nunca foi uma viagem para ver meus parentes, foi só pra te salvar, salvar minha pequena S/n - Ele disse e eu já chorava em seus braços -

- Eu te amo Isaac, eu te amo! - Disse e ele me deixou um selar na testa -

- Você sempre, e para sempre vai ser minha irmãzinha mais nova - Ele disse bagunçando meus cabelos e sorrindo -

Logo uma lágrimas caiu de seus olhos, e ele a secou e se virou.

Caminhou até meus "pais" e os algemou.

- S/n? - Me virei e vi Aidan -

Corri até o moreno, que me abraçou fortemente.

- Pensei que tinha e perdido - Ele disse ainda no abraço -

- Não perdeu - Disse separando o abraço e o olhando -

Logo ele selou nossos lábios em um beijo carinhoso, cheio de amor.

Nos separamos após a falta de ar se fazer presente, e assim que olhamos, nossos pais nos olhavam com sorrisos abobalhados no rosto e com um brilho no olhar. 

Corri até minha verdadeira mãe, e a abracei novamente.

- Finalmente você é minha, minha filha - Ela disse acariciando minhas bochechas e me olhavando profundamente. -

Logo ela olhou para trás e Lauren caminhou até nós. 

- Ah, mil perdões, me chamo Marjorie, Marjorie Collins! - Minha mãe foi até o casal, e os cumprimentou -

- Lauren, Lauren Ryan Gallagher! Esse é meu marido Rob, e aquele bobão ali é nosso filho - À ouvi dizer enquanto Aidan me olhava e abraçava minha cintura -

Ambos rimos e o ambiente estava bom...

N/a on 

Um mês havia se passado. 

Marjorie decidiu que se mudaria para perto de Aidan, para não ter que afastar os pombinhos, e conseguiu a guarda e S/n, que estava radiante com a nova vida.

Matheus e Miranda foram presos, infelizmente não pegaram perpétua, mas ficariam um bom tempo na cadeia.

Aidan estava planejando um pedido especial para S/n, e todos o estavam ajudando.


- Ok, tá tudo pronto? - Aidan pergunta pela milésima vez -

- Aidan Ryan Gallagher!! Se você perguntar isso mais uma única vez, eu te jogo no mar e falo pra S/n que você abandonou ela! - Sadie disse e Aidan lhe deu língua -

- Gente, isso aqui tá muito lindo! - Marjorie disse entrando com as alianças - 

- Não poderia fazer menos para ela! - Gallagher disse sorrindo abobalhado -

- Ela te ama, por favor, não à magoe! - Marjorie disse acariciando um lado do rosto do moreno apaixonado -

- Ele não é louco tia, eu quero ele todinho na porrada! - Sadie disse e Aidan à olhou cerrando os olhos -

- Eu ajudo!! - Finn gritou -

- Me too - Jack brinca -

- Tá bom, já entendi - Ele diz rindo e fazendo todos rirem -

...

Passadas algumas horas, já estava de noite, e Aidan estava esperando S/n, que havia combinado com ele às 19 e ja eram 19:23.

- Aidan? Abusado? - Ele ouviu sua linda voz, e logo à chamou -

- Estou aqui bobona! - Ela chegou até o lugar, e ao ver tudo decorado,  seus olhos marejaram, ela olhou para o garoto, que caminhou até ela e pegou suas mãos -

- Uma vez, uma garota, uma linda garota, me disse que amava as borboletas, por que elas à faziam se sentir livre! E essa mesma garota, roubou totalmente meu coração, é a garota que eu quero para minha vida, a garota pela qual eu quero acordar todos os dias e olhar para o lado, e à ver ali, toda desengonçada e dormindo, a garota pela qual vai me tirar sorrisos bobos, e me fazer sentir-me vivo! E essa garota é a garota que está na minha frente, com os olhos cheios de lágrimas - Ele disse secando as lágrimas da menina, e logo pegando seu rosto com as mãos, e deixando m carinho ali - Então S/n, o que eu realmente quero pedir é...- Ele se ajoelhou e tirou uma caixinha vermelha do bolso, e assim que à abriu, era um belíssimo par de alianças, que eram banhadas à ouro, e uma delas tinha uma linda borboleta azul em cima - Quer ser à mais linda, e a única borboleta que habitará em meu jardim? - Assim que o moreno de olhos verdes terminou com a sua pergunta, S/n pulou em seus braços, fazendo com que ele caísse para trás, com ela em seu colo -

- Sim! Eu aceito ser A sua borboleta - Ela disse e Aidan à beijou intensamente -

- Eu te amo minha garota misteriosa - Ele disse e à olhou nos olhos, naqueles olhos pelos quais desde o início, haviam mexido completamente com o psicológico do rapaz -

- E eu te amo meu abusadinho - Ela disse para o de olhos verdes, que desde sempre havia cativado a garota -

...

E esse foi o fim...

O Fim dessa linda e louca história de Amor...

Mas será que é realmente o fim deste casal? O Fim dessa história?

Não sabemos, mas sabemos de um coisa...


Nem sempre um final feliz, pode ser um final feliz...


Essa foi a minha história, a nossa história.

Mas como sempre, tudo acaba, assim como ela, e é com dor no coração que eu escrevo agora...


Fim 



Notas Finais


Eu tô chorando
MEU DEUS
Eu me apeguei demais nessa fanfic, tô aqui triste!!
Vocês gostaram dela???
Não foi um fanfic enorme, mas foi feita com muito amor.
Cada comentário de vocês, me deu cada vez mais forças pra continuar, sempre que eu via um comentário, eu sabia que tinha que continuar por vocês, por que querendo ou não, minhas fanfics já fizeram vocês sorrirem, e isso é a única coisa que eu mais quero...
Aqui eu deixo nosso casal.
Nosso Fack maravilhoso
Nossa Sadie maluca e perfeita!
Nossa Aidan boiola.
Nossa S/n patroa.
E nossa fanfic querida...
Espero que tenham gostado assim como eu gostei...
E pela última vez aqui, eu digo.
Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...